História Appa Chennie - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Okay, agora chega. Já deu. Não vou mais escrever bônus. A cria vai nascer e eu ainda estarei escrevendo sobre esse assunto? Não. Acabou.

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk mais uma vez me desculpem por isso mas eu não consigo evitar.

Culpa da @ChenlockHolmes kkkkkkkkkkkkkkk Dudinha, esse capítulo é pra ti.

Aaaah, não foi tirado do Twitter e sim do meu cérebro doido kkkkkkkkkkkk

Capítulo 3 - Bônus: Chennie Júnior Fanfiqueiro


Bônus: Chennie Junior Fanfiqueiro


Chennie Junior descobriu o mundo das fanfics, ao conversar com alguns colegas de grupo, o Nct Dream Return e se interessou pela leitura, mesmo com o tiozão, CEO do grupo, Lee Taeyong dizendo que não era para ele entrar para esse mundo.

— Garoto, não entre para esse mundo. É um caminho sem volta e TaeTen não existe. Só pra deixar claro.

Chennie Júnior olhou para o tiozaum desconfiado, com aquela carinha de “aham sei, vou fingir que acredito”, o garoto era esperto demais, assim como... bem, não como o pai que era um completo tapado que botava o microfone na boca, confundido com a garrafinha d’água e nem como os tios do Exo. Era cada um pior do que o outro, nenhum normal mas toda vez que Chennie Júnior via uma interação entre o tios Chanyeol e Baekhyun, plotava alguma coisa. Com os tios Jongin e Kyungsoo também. Mas claro, depois de ler Call Me Daddy, a imaginação do garoto fluiu feito água na fonte.

O pequeno Kim era curioso demais para não ler. Mas decidiu ler apenas para a sua classificação etária. Nada de pornozaum 18. Mesmo que sua curiosidade fosse tão aguçada.

Mentira, Chennie Júnior lia 18, porém pulava os hots para não destruir a visão romântica que tinha dos tios quando cantavam Promise e Baby, don’t cry.

Já tinha o aplicativo Spirit no celular, o escondeu numa pasta secreta com senha para que ninguém descobrisse e favoritou inúmeras fanfics, principalmente as que eram relacionadas ao pai e ao Exo. Eram as melhores para o menino.

Fanfics como Pera, Uva, Maçã ou Salada Mista, Um Diabinho Diferente, Parabéns Meu Amor, SOS, Férias Para Elas foram algumas que o garoto colocou em sua lista de leitura denominada como “Melhores Fanfics Ever de Loren Littrell”

Claro que o garoto tinha que puxar saco da autora, senão, sabia que ele poderia sofrer consequências como ser shippado, ou estar em um Apocalipse Zumbi, ou até mesmo ser algum híbrido misturado em uma experiência falha de algum cientista maluco.

Até o pobre Chennie Júnior sentia medo da autora maluca que tinha alguns parafusos a menos na cabeça. Então, para quê arriscar, não é mesmo?

Mas dúvidas apareceram, o garoto se apaixonou completamente por fanfics e já sonhava com plots para poder escrever, claro sem JongDae descobrir senão, o coro do garoto seria arrancado com a pinça que a mãe fazia sobrancelha.

Entretanto, não fora apenas o mundo das fanfics que fizeram Chennie Junior se apaixonar, mas também o gênero Yaoi.

Tudo o que era relacionado, Chennie Junior buscava, ABO, fem!au, LoveXHate, virou cadelinho de Chanbaek e Kaisoo mas quando leu a primeira Chanbaek 18, o estômago foi no cérebro e voltou.

Mais e mais dúvidas massacraram o cérebro do garoto e vez ou outra, fazia algumas perguntas sem cabimento para o pai.

— Appa, o tio Yoda já tocou na banda dos Skywalkers? 

— O QUE? COMO ASSIM, CHENNIE JÚNIOR?

O garoto bateu as perninhas uma na outra e ficou morrendo de vergonha. JongDae já tinha ouvido falar daquela fanfic Power Mega Ultra Master famosa, que foi escrita em dois mil e dezenove. 

— Nada não pai. Deixa pra lá.

No outro dia, Chennie Júnior acabou encontrando uma fanfic com o nome de Quebra Galho, de uma escritora que foi bem famosinha desde o ano de dois mil e dezessete. Era uma das veteranas do site e foi aí que Chennie Júnior enlouqueceu por fanfics 18, com hots maravilhosos, bem descritos e que fazia com que o leitor vivesse aquela história.

Não precisa dizer que era essa autora não é mesmo?

Leu aquela longfic de quase quarenta mil palavras em menos de um dia. A autora se tornou sua idola das fanfics. Quebra Galho se tornou seu hino e Chennie Junior voltou com perguntas descabidas para o pai.

— Pai, o tio Baekhyun já fez... fez... hot 18 com o tio Chanio?

— CHENNIE JÚNIOR! VOCÊ NÃO TÁ LENDO FANFIC, NÉ?

— O que é fanfic?

O garoto se fazia de sonso assim como o próprio tio Yoda lhe ensinou rápido mas JongDae já estava desconfiado fazia tempo.

— Olha filho, não entre pra esse mundo. É um caminho sem volta. E Xiuchen não existe. Só para deixar claro.

— Então é verdade?

— Claro que não! Ao menos Xiuchen não...

Chennie Júnior deu uma risadinha debochada do pai, já tinha lido inúmeras Xiuchen e gostou de uma em especial, O gatinho Xiumin, onde Xiumin é um híbrido de gatinho mas o Chen da fanfic come o Suho.

Bem esquisito isso... Mas o garoto gostou.

— Pai, o kpop é movido à fanfic. Não vê a autora que está escrevendo essa? A mente dos fãs é fértil demais.

— Da Loren Littrell parece que ultrapassa as barreiras do universo e quando ela virar purpurina, o cérebro dela tem que ser estudado pela NASA. Essa mulher fez plot até de quando sua mãe estava grávida de você, imagina o que aquela mente pensa? Eu tenho medo.

O garotinho riu das palavras do pai que parecia estar entrando no clima descontraído da conversa. Não ia adiantar mesmo proibir o menino, ele já conhecia muita coisa sobre fanfics e repreende-lo agora, era como dar um tiro no próprio pé. Ele faria escondido.

Na verdade já fazia mas JongDae não precisava saber.

— Filho, quero que você foque na sua carreira. Você vai ter futuro no NCT Dream Return, principalmente porque agora, o grupo foi para a empresa Real_PCY Entreteniment. 

— Pai, eu não quero que as fanfiqueiras me shippem com os caras do grupo.

— Mas como você disse, a mente é fértil demais para não shippar.

Chennie Júnior olhou com uma carinha confusa para o pai que sorria largo para o seu pequeno e o menino o abraçou.

— Então eu posso continuar lendo?

— Se for na sua faixa etária sim.

Chennie Júnior apertou os lábios um no outro, ainda abraçado ao pai e sorriu sapeca. Mal sabia JongDae que 18 era o que o filho gostava mas isso, ele também não precisava saber.


Notas Finais


Claro que eu tinha que vender o meu peixe kkkkkkkkkkkkkkkk as fanfics mencionadas pelo Chennie Junior são minhas mesmo kkkkkkkkkkkkkkkkkkk só Poor Alfie, maravilhosa, incrível, detalhada, perfeita, espetacular que não kkkkkkkkkkkkkk mas panfleto também porque amooooo.

Bem, agora é sério, chega de bônus kkkkkkkkkk já deu né kkkkk prometo não escrever mais 🤣🤣🤣

E não me xinguem kkkkk

Agora eu fui!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...