História Appa do meu filho (Park Jimin) - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, BLANC7, EXO, Got7
Personagens BamBam, Jackson, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Youngjae
Visualizações 300
Palavras 979
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeonghaseyo pudins!! Turu baum?
Espero que xim!
Só digo, eu n sei fazer história com muito drama ;-;

Espero que gostem e boa leitura 💗

Capítulo 12 - Por favor!


Fanfic / Fanfiction Appa do meu filho (Park Jimin) - Capítulo 12 - Por favor!

Se vcs tiveram esperança, que alguém iria me puxar... Vc esta bem enganado! 

O Impacto foi forte e eu fui parar em cima do capô do carro. Antes de  apagar, eu ouço alguém gritando.

...: S/N!! 

E depois disso, eu só via a escuridão...

Jimin ON 

Aquela cena passou tudo em camera lenta... Via meu filho no chão chorando e minha amada com vários cortes, em cima do capô do carro, a mesma já havia apagado. O motorista, me ajuda a tirar ela dali, sei que ele não tem culpa pois o farol indicava que era para ele seguir seu caminho... Eu ligo para a ambulância. 

Taemin estava sentado no chão abraçando sua bola e chorando. Ver ele chorando e a S/n, ferida me parti o coração... 

Eu acabo desabando em lágrimas. 15 minutos depois a ambulância chega e levaram a S/n direto para o hospital. Eu n fui pois, com quem iria ficar o meu filho? 

Pego meu pequeno no colo , que ele se encolhe ali mesmo. E começa a chorar baixinho, eu faço cafuné na sua cabeça. 

Taemin- A-appa... A ma-mamãe vai fi-ficar b-bem? - Fala entre soluços.

Jimin- Claro que vai meu anjo! Sua mãe é forte, não se preocupe logo logo ela estará aqui, conosco brincando...

Taemin- Promete? - Ele levanto o dedinho mindinho.

Jimin- Prometo! - Interlaço nossos dedos. 

Pego a bolsa da S/n, que estava no chão, ( pois quando eu corri ela caiu) e fui para a minha casa. Taemin estava com a cabeça em meu ombro, e sua respiração estava pesada... Acho que dormiu! 

 Chego em casa e vou procurar minha chave do meu carro. Acho ela, vou para a garagem e coloco meu pequeno no banco de trás do carro e depois o cinto. Entro na frente e dou partida.

Depois de alguns minutos, já estava no hospital. Quando entrei já estava a secretaria ali, vou em direção ao balcão e pergunto sobre a S/n...

Secretária- Ela está no quarto 35-B no terceiro andar! - Ela fala olhando os papéis

Jimin- Obrigado! - Saio dali.

Procuro o elevador e entro, que logo já sobe para o primeiro andar. Fico andando no corredor imenso até achar o quarto.

(...)

Tinha conversado com o Doutor, que estava cuidando da S/n, e ele disse que minha pequena poderia acordar a qualquer momento, pois ela estava sobre efeito da anestesia. 

Taemin me perguntava quase toda hora, que quando a mãe dele iria acordar. 

Taemin- Appa! A mamãe, é bonita né?

Jimin- Ela é maravilhosa! - Sorrio.

Taemin- Eu tô com fome! 

Jimin- Vou te levar para comer algo! - Me levanto da poltrona que estava sentado.

Peguei sua pequena mãozinha gordinha, e fui caminhando pelo hospital até acham um lugar que tinha algumas coisas para comer. Paguei oq ele queria e o mesmo começou a comer.

(...)

S/n ON

Fui abrindo meus olhos lentamente, para se acostumar com a luz do lugar em que eu estava. Minha visão estão meia embasada, mas logo ficou normal, eu estava em um hospital? 

Meu corpo dolorido, meu pulso esquerdo estava enfaixado, minha cabeça doendo. Eu lembrei do ocorrido, que me fez ficar aqui nesse lugar. Será que Taemin está bem? 

Depois de minutos ali, vejo alguém entrar no quarto. Era Jimin e meu filho! 

Que logo se pronunciam:

Taemin- Omma!! - Ele vem até mim e me abraça.

Jimin- Vc esta bem S/n?

S/n- Um pouco... Só estou meia dolorida. - Sorrio sem mostrar os dentes.

Jimin- Quer que eu chame o doutor? 

S/n- Não precisa agora! Obrigada mesmo assim ...

Taemin- Faz carinho na minha cabeça?- Ele se aconchega no meu lado.

S/n- Tá bom bebê! - Começo a fazer cafuné nele.  

Jimin- Nossa, também quero! - Ele senta no chão e coloca sua cabeça em cima de braços sobre a cama.

S/n- Vc não é mais bebê! 

Jimin- Sou sim! - Bico. - Quero carinho, igual a alguns anos atrás! 

S/n- Tá bom tá bom, bebezão! - Coloco minha outra mão na cabeça dele e faço cafune.

Depois de alguns minutos assim, os dois haviam pegado no sono. Jimin estava sentado no chão na mesma posição antes de dormir. Balanço um pouquinho ele, para se sentar na poltrona do que ficar no chão.

S/n- Jiminnie! Levanta do chão! Vai ficar doente... - Chaqualho ele um pouco.

Jimin- Huh? - Ele abre os olhos.

S/n- Jiminnie senta lá! - Aponta para a poltrona. - O chão é gelado! 

Jimin- Preocupada comigo S/a? - sua voz sai meia rouca. 

S/n- Aish! Só faz oq eu mandei! 

Jimin- Continua a mesma estressadinha de sempre... - Ele ri do próprio comentário.

S/n- Idiota!

Jimin- Que vc ama!

S/n- Quem disse?

Jimin- Eu! E vc sempre fica nervosa quando vou tentar te beijar, Igual antigamente... - Sorri de lado.

S/n- *reviro os olhos* 


(...)


Quebra de tempo.... 

Hoje eu sairia desse hospital, mas eu terei que ficar repousando. Jimin me deu uma saia preta, com uma camisa não muito longa branca e tênis Adidas. Depois te der vestido tudo, eu saio do quarto, vendo Jimin e o meu filho.

S/n- Vamos?! - Pergunto a eles.

Jimin- Claro! 

Taemin- Omma! Quero colo! - Estica os bracinhos.

S/n- Vem meu bebê! - Pego ele do colo do Jimin.

Taemin- Não sou um bebê! - Faz bico.

S/n- É sim! - Beijo sua bochecha.

Fomos até a secretaria, Jimin assinou uns papéis e fomos para casa. 

(...) 

Jimin deixou Taemin na casa dos amigos dele, pois o mesmo disse que queria conversar comigo...

Chegamos em uma praça e sentamos em um banco que tinha lá. Conversamos algumas coisas até o Jimin se ajoelhar no chão, fazendo algumas pessoas olharem. 

Jimin- S/n, eu sei que vc ficou chateada comigo por ter ido embora sem falar nada, e ainda ter deixado o Taemin junto com vc... Mas eu fiz isso para o bem de vcs, eu só queria que fossemos uma família normal, mas vc quer me rejeitar! S/a, quero vc seja minha novamente... - Ele tira uma caixinha com dois anéis. - Aceita namorar cmg?! 

S/n- *Suspiro* Jimin... Eu...

Jimin- Por favor!

S/n- Aish... Jimin eu....


....




Contínuo?











Notas Finais


Será que ela vai aceitar? :3
Não sei k

Espero que tenham gostado! 💕
Obgda por ler ❤
Annyeong 💓


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...