História AQUAMAN! - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Aquaman
Visualizações 1
Palavras 344
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - I


         O mar estava agitado; ondas de mais de quinze metros subiam e quebravam-se em espuma branca, lançando uma chuva congelante quando soprada pelo vento. Picos rochosos apareciam e desapareciam no meio daquele caos molhado, banhados e subjugados pela água em toda sua força e beleza. Um barco pesqueiro arriscava-se pela costa atrás de peixe; os doze homens estavam desesperados e não podia mais esperar. A tempestade, porém, pouco se importava. Raios e trovões faziam sua festa de luzes e sons nos céus, onde um mar de nuvens negras arrastavam-se vagarosamente como um espírito carrancudo. --Recolham as redes!!! Vamos, homens! As redes!-- Gritava o capitão James; um homem truculento, de uma hisurta barba ruiva e profundos olhos negros. Seus homens corriam de um lado pro outro, desesperados e encharcados, tropeçando nos próprios pés e escorregando graças à madeira úmida e balouçante. --Capitão James! Capitão James!--, Berrava um de seus homens; um rapaz magricela, de cabelos cumpridos e olhos verdes. --Tem alguma coisa debaixo de nós, senhor! Alguma coisa grande!-- O capitão pestanejou e praguejou; dirigiu-se até à murada do barco e inclinou-se para o lado de fora, tentando ver o que estava submergido sob eles. --Devem ser recifes, rapaz. Só isso!-- Gritou o capitão, em resposta. A água banhava-o incessantemente. O rapaz de olhos verdes engoliu a seco r assentiu, embora ainda muito temeroso. --As redes já foram recolhidas, senhor!-- Avisou um outro homem, pendurado num cabo de aço ligado à cabine principal. --Muito bem.--, James disse, com meio sorriso no canto de seu rosto. --Vamos conseguir, homens. Não tenho um pingo de dúvida. Fiquem firmes e…-- Súbitamente o barco foi empurrado de baixo pra cima, fazendo-o empinar; os homens foram jogados para a popa, alguns caíram no mar e foram engolidos rapidamente por ondas selvagens. --Céus, o que foi isso?-- Ouviram James perguntar, em tom de plena agonia. Cinco homens ainda estavam no navio, equilibrando-se o melhor que podiam. Um som grave ecoou na escuridão molhada, e à luz de um raio viram um gigantesco tentáculo erguer-se do mar e quase lamber as nuvens.   



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...