História AQUAMAN! - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Aquaman
Visualizações 2
Palavras 320
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 16 - XVI


         O corpo do pequeno homem boiou na água, inconsciente. Arthur se virou para Mera e, antes que sua rainha pudesse lhe dizer qualquer coisa, alçou nado, a água transformada em redemoinhos em seu rastro. Ela o seguiu, e a multidão com suas vozes inflamadas, voltou a encher o espaço vazio. Deixaram para trás Maré Vermelha e seguiram pelo mar aberto; a imagem do vilarejo tornava-se cada vez menor e turva à medida que iam se distanciando. --Arthur, espera!-- A voz de Mera alcançou o marido como uma onda; ambos pararam, de repente - a espuma e as ondulações passando por eles, velozmente - encararam um ao outro, com as palavras presas nas gargantas. Ela se aproximou devagar e tomou as mãos deles nas suas. Ele estava relutante, ela sentia, mas jamais a recusava. Jamais. --Ele está lá agora, você sabe.--, Disse a rainha, sua voz cheia de preocupação. Ele assentiu, sério. --Não podemos simplesmente voltar e esperar concertar tudo. Se Orm é rei, toda a guarda real está com ele. Eles não vão abrir alas para nós, sabia? Vai ser guerra, Arthur. Guerra por nossas cabeças.-- Arthur se livrou das mãos de sua mulher, mas não de forma abrupta; ele se virou e nadou até o cume de um rochedo - um submarino havia naufragado entre colunas de recifes; as cracas havia devorado-o pelo lado de fora, ao passo que um campo de algas se instalara no interior. Um cardume de peixes azuis saiu de uma das janelas quando Arthur desceu sobre a pedra. --Eu me afastei desse mundo por um único motivo, e você sabe disso.--, Havia mais mágoa do que raiva em seu tom de voz. --Guerra é a última coisa que busco. Mas… Um Leviatã encalhado numa praia… Isso chamará atenção das autoridades terrestres e se assim for…-- --Eles trarão a guerra até aqui.-- Completou Mera. Seus cabelos vermelhos ondulavam abertamente, como um fantasma numa dança solitária.       



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...