História A.Q.U.A.R.I.U.S - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Harry Potter
Visualizações 1
Palavras 1.243
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Magia, Mistério
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Nudez, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - A Conversa


- Aquarius - Harry arregalou os olhos e eu ri

- Olá Harry, como vai? - Coloquei minha bolsa na mesa - Essa é Silena Beauregard, minha prima - eu apresentei 

- Oi - Ele corou - er... Esses são meus amigos, Hermione Granger, Rony Weasley e Ginny Weasley - Ele apresentou e eu me aproximei da Hermione.

- Olá ma fée - Eu sorri para ela que pareceu não entender 

- Aquarius, Vous ne savez pas si c'est elle, s'il vous plaît, mon cousin. - Silena pegou o meu braço 

- Elle est tellement comme mon oncle, Dumbledore doit savoir quelque chose, mais est maintenant mieux laisser tranquille - Eu falei e sorri para eles

- O que vocês estavam falando? - A ruiva perguntou curiosa 

- Sobre problemas querida - Respondi indiferente - Então Harry, está pronto? Eu realmente não tenho muito tempo hoje - Olhei para o meu relógio.

— Eu estou sim - Ele caminhou até mim

- Sra. Weasley, eu vou levá-lo comigo mas venho trazer ele em segurança tudo bem? - eu perguntei a ela

- Sim querida, vão - Ela sorriu e voltou para a cozinha - Gina, querida, venha me ajudar na cozinha - eu vi o olhar da menina brilhar em raiva e o meu brilhou em ambição, essa menina tem algo a mais.

 

~~~~~~~~~~~~~_~~~~~~~~~~~~

LONDRES TROUXA

 

- Venha Harry, eu adorava vir nessa casa de chá - Eu entrei na casa de chá e me sentei em uma mesa bem localizada e chamei o garçom 

- Eu pensei que conversaríamos n'A Toca mesmo - Ele disse vermelho enquanto eu olhava o cardápio 

- Um Trifle e um chá caramelado por favor - Eu falei para o garçom que anotava - E você Harry, o que quer? - Perguntei a ele que parecia confuso 

- é... um bolo de chocolate e chá de maçã fresca - Ele fez o pedido e o garçom assentiu e saiu 

- Bem, achei que por mais acolhedora que pareça, A Toca é muito movimentada e tem muito ouvidos, se é que me entende - Eu coloquei o guardanapo no colo 

- Eu quero me desculpar por ontem. Não deveria ter dito aquilo tudo para você, eu não sei aonde estava com a cabeça de te julgar e criticar - Ele falou rápido e o garçom voltou com os pedido 

- Entenda Harry, eu não queria estar aqui, não queria ter voltado para a Inglaterra por que serei alvo para Voldemort, e meus filhos também, você não sabe os motivos do meu pai em ter escondido minha existência de você, afinal ele não gostava de falar que teve uma filha - Eu beberiquei meu chá 

- Por que Sirius não falava de você? - Harry perguntou curioso

- Digamos que minha mãe não era a pessoa que ele desejava ter filhos e eu não sou a filha que ele gostaria de ter - Disse indiferente - A questão é que, eu estou aqui pela minha madrinha, não por você ou por Dumbledore ou pelo meu pai. Sua mãe cuidou de mim como se eu fosse filha dela e ela é a única que vale algum esforço meu, então eu achei que já era hora de voltar e cuidar de você - falei fria e comi meu doce

- Minha mãe? - Ele perguntou abobalhado 

- Sua mãe Harry, era a mulher mais amorosa que existia então eu não poderia deixar você morrer e fazer com que a morte dela tenha sido em vão - O encarrei seria

- Eu... Obrigado, eu acho - Ele baixou os olhos e comeu seu bolo 

  Nós conversamos durante o lanche e eu pude perceber que ele apesar de tudo, era um bom menino, um pouco corrompido, mas um bom menino e que apesar de tudo que sofreu não é ruim, o que me agradava muito. Quando acabamos, eu paguei a conta e nós saímos para uma ruela escura e eu aparatei para A Toca e nós fomos andando até a pequena casa e quando eu entrei, arregalei os olhos e Harry gargalhou:

 

- SILENA - Eu exclamei alto e ela me olhou arregalando os olhos 

- A-aqua - Ela gaguejou e eu a olhei brava 

- O que isso significa? Olha seu estado e você Margô? - Margô riu  animada 

- Estávamos brincando - As duas disseram juntas e eu revirei os olhos 

- Vamos embora Silena - Eu disse frustada e ela se limpou e limpou Margô - Eu vou vir amanhã para te levar ao Beco tudo bem Harry? - eu acariciei os cabelos dele que assentiu e eu beijei a testa dele e sai de lá me despedindo de todos 

 

~~~~~~~~~~~~~_~~~~~~~~~~~~

HORAS DEPOIS

 

  Eu estava terminando de me arrumar, só faltava encontrar jóias que combinassem com meu vestido verde esmeralda mide até quase na canela e meu salto também verde esmeralda. Eu peguei minha caixa de jóias e tirei uma gargantilha de prata com diamantes, um par de brincos de esmeraldas e meus anéis. Finalizei minha maquiagem com um batom vermelho, arrumei meu cabelo em uma divisão igual, peguei minha capa de veludo negro, minha bolsa e desci.

  Margô estava brincando lá na sala já arrumada com um vestido armado azul escuro com detalhes brilhantes; um sapato preto estilo boneca; com o cabelo preso em duas marias-chiquinhas e delicados brincos de diamantes. Ela sorriu pra mim e logo em seguida Silena desceu já pronta em um vestido vermelho no joelho, colado ao corpo; um salto preto; a capa de veludo vermelho escuro; cabelo com a franja jogada para o lado; bem maquiada e com apenas uma gargantilha de rubis que era da tia Druella:

 

-Vamos então - eu perguntei para ela que assentiu e segui até a lareira - MANSÃO MALFOY - Eu

disse e entrei na lareira 

 

  Eu apareci na sala dos Malfoy. Silena e Margô apareceram em seguida e um elfo entrou na sala, fez uma reverência e nós seguimos ele até o salão de jantar. Quando nós entramos eu e Silena sorrimos: Tia Bella, Tia Cissy e tia Andie estavam sentada em um sofá conversando e rindo comp adolescentes; Tio Rabastan, Tio Rodolphus, Tio Lucius e Draco conversavam em um canto mas pareciam se divertir e uma música suave tocava ao fundo. Aquela imagem era magnífica:

 

- Aquarius, Silena! - As três mulheres exclamaram e vieram até nós e nos espremeram em um abraço

- Tia Andie, Tia Bella, Tia Cissy/ Mamãe, Tia Andie, Tia Cissy - Eu e Silena falamos juntas e rindo 

- Amor de vovó - Tia Bella pegou Margô no colo e a menina riu 

- oi vovó, oi vovó Cissy, oi vovó Andie - Ela disse meiga e as mais velhas a abraçaram 

- Meninas, como estão belas - Tio Rodolphus nos elogiou e nós o abraçamos 

- Olá tio Rabastan, tio Lucius - eu abracei os dois 

- Padrinho, tio Rabastan - Sil os abraçou 

- olá Draco,  não vai me dar um abraço? - Eu sorri carinhosa pra ele e o mesmo correu até mim e eu ri 

- Como senti sua falta Aqua - Ele sussurrou no meu ouvido e eu vi algo diferente em sua voz

- Está tudo bem meu anjo? - Perguntei preocupada enquanto acariciava seus cabelos 

- Sim - Eu sabia que era mentira mas não forcei 

- Vamos comer? - Tia Cissy falou animada e bateu palmas, fazendo os elfos entrarem com toda a comida.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...