1. Spirit Fanfics >
  2. Aquela Aposta - (Jikook) >
  3. Capítulo 3

História Aquela Aposta - (Jikook) - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


boa leitura!!!

Capítulo 3 - Capítulo 3


Jungkook, Yoongi e Yugyeom caminhavam juntos em direção a saída. Os três, ou melhor, os dois debatiam sobre o que fariam o resto do dia.

- Não contem comigo pra nada. - Murmurou Yoongi, este que não via a hora de chegar em sua casa e descansar o resto do dia. - Vocês sabem que eu trabalho, e não consigo dormir por tempo suficiente. Estou cansado.

Jungkook revira os olhos, mas sabia que Yoongi não iria junto nem que lhe pagassem.

- Deixa ele, Yug. - Jungkook disse abraçando os ombros do amigo. - Ele prefere dormir do que ficar com a gente, essa é a verdade.

- Olha o drama. - Yoongi murmura entendiado, só queria ir pra casa de uma vez. 

- Tudo bem, hyung. Vai descansar. - Yugyeom tranquiliza o amigo deixando tapinhas em suas costas. - Mas a próxima vez não tem desculpas, você vai passar a tarde toda com a gente.

Yugyeom sempre fora o mais compreensivo entre os três. Jungkook se estressava com isso às vezes.

- Fala sério, você se parece com um idoso. - Jungkook ralha para Yoongi que se afastava dos dois indo em direção a um ponto de táxi próximo de onde estavam.

- Tchau, sem educação. - Yugyeom grita para o amigo que o responde com um aceno.

- Vamos pra minha casa, vai. - Diz Jungkook pegando seu celular, iria chamar um uber.

- Pra sua casa? A poucos minutos atrás você dizia que queria ir pra qualquer lugar, menos sua casa. - Yugyeom questiona recebendo um olhar de canto de seu amigo.

- E dai? Mudei de ideia, não posso? - Yugyeom tinha vontade de socar a cara de Jungkook em momentos como esse.

 Como pode uma pessoa ser tão bipolar? No começo do dia ele estava normal, falando todo animado sobre as férias e agora está assim. 

- O uber está vindo. - Disse seco recostando seu corpo a parede. Yugyeom nada disse, não queria levar outra patada de graça.

Jungkook se sentia mal por isso, às vezes era grosso sem mesmo perceber, e Yugyeom tinha paciência demais, nunca rebatia sua grosseria, mas sabia que era xingado com todos os palavrões possíveis na cabeça do amigo.

[...]

Já em casa, Jungkook cumprimentou alguns funcionários que cuidavam da casa na ausência de Namjoon, e logo subiu para o seu quarto se jogando em sua cama.

Yugyeom jogou sua mochila em um canto do quarto, e deitou junto de Jungkook.

- E então? Vai me dizer o porquê de você ter ficado tão azedo do nada? - Jungkook não demonstrou surpresa a pergunta do amigo, e logo se virou para se deitar de frente com ele.

Jungkook ainda estava chateado com a ausência de Namjoon.

No início do dia, ele até tentou ignorar esse fato, não queria descontar sua irritação em todo mundo. Mas no final da aula, ele se lembrou que voltaria pra casa e ficaria sozinho, como nos últimos meses.

- O Namjoon hyung. - Diz em meio a um suspiro. - Você lembra que ele tinha ido a uma viagem, né. Já faz uns meses que ele está fora, e era pra ele voltar hoje, eu estava até ansioso pra ele chegar logo, mas adivinha só!

- Houve um imprevisto? - Completou Yugyeom. Aquela não era a primeira vez que aquilo acontecia, Jungkook sempre ficava estressado com isso.

Ficava triste também, mas essa parte ninguém precisava saber.

- Como sempre houve um imprevisto. - Diz revirando os olhos. - Imagina se nesse meio tempo que ele está fora acontece algo comigo?! E se eu sou sequestrado? Ou pior, e se eu morro de alguma forma? Ele seria o último a saber.

Yugyeom ria das hipóteses absurdas do amigo, Jungkook quando queria era bem dramático.

- Você é o rei do drama. - Disse se levantando da cama. - Levanta também. Eu tô morto de fome, vamos descer comer alguma coisa.

- Você tá rindo da minha desgraça? - Ralha indignado. - Pois vai passar fome.

- Para de ser chato. É difícil te ouvir reclamar com o estômago vazio. - Diz voltando os olhos ao garoto enquanto o puxava da cama.

Jungkook, com a maior carranca do mundo se levantou, e com isso, os dois caminham em direção a porta para irem a cozinha.

Enquanto Jungkook se sentava em uma das cadeiras de sua cozinha, Yugyeom revirava os armários a procura de algo para comer.

- Tem aquele cereal de chocolate que você gosta no armário de lá. - Yugyeom mira animado o amigo esparramado na cadeira.

Pegou um pote, colocou seu tão amado cereal acompanhado de um pouco de leite. Se sentou a cadeira ao lado de Jungkook. 

- Não vai comer também? - Pergunta Yugyeom com a boca cheia.

- Depois, não estou com fome agora. - Responde Jungkook. Yugyeom não deixou passar batido o tom desanimado do amigo.

- Olha, você não deveria ficar assim. Pensa pelo lado bom! - Diz abocanhando outra colherada de cereal.

- Que lado bom? - Pergunta infeliz. Não conseguia ver lado bom em ficar sozinho o dia e a noite toda.

- Bom, você pode ficar sozinho. - Responde Yugyeom depois de um tempo pensando em uma resposta boa para dar ao amigo. 

- Yug, essa é justamente a parte ruim de tudo isso. - Jungkook indaga em meio a um suspiro.

- Ah. - Yugyeom murmura. - Mas você pode ficar com a casa toda pra você, né? Pode até dar uma festa, estilo filme colegial americano.

Jungkook ponderou por alguns instantes, pensou seriamente sobre a ideia do amigo.

Por fim, resolveu que dar uma festa seria uma ótimo ideia.

- Yug, você é um gênio. - Murmura sorrindo de orelha a orelha.

Yugyeom o encarou confuso, ele não tinha mesmo levado a sério a ideia da festa a sério, tinha?

- Jungkook, pelo amor de Deus, eu falei brincando. - Diz engolindo o cereal que tinha em sua boca.

- Tome cuidado com o que você fala perto de mim. - Diz dando de ombros e se levantando da mesa. - Yug, eu vou dar uma festa!

Yugyeom assistia calado a cena. Jungkook realmente tinha se empolgado com a ideia.

Qual a probabilidade disso tudo dar merda? Era o que se perguntava.

[...]

Após chegarem da escola e almoçarem, Jimin e Taehyung descansavam na enorme cama do Park.

Taehyung, já cansado de ficar deitado, se levanta e cutuca as costas de Jimin.

- Comer e depois deitar da um sono, né? - Jimin murmura em meio a um bocejo. 

- Pode parar! - Diz Taehyung dando uma tapa nas costas do amigo. - Eu não vim aqui pra ver você dormir, levanta agora dessa cama. 

Jimin revira os olhos, se espreguiça, e se senta de frente a Taehyung, que lhe encarava com as mãos na cintura.

- E o que você sugere? Eu duvido que tenha algo mais interessante pra se fazer do que cochilar a tarde toda. - Taehyung lhe encara indignado, odiava a preguiça de Jimin.

- Pelo que eu me lembro, você disse que a gente ia jogar video game a tarde toda! E tudo que fizemos foi comer e deitar. - Taehyung reclamava. Jimin apenas suspirava cansado.

- Tá, tá. Vou pegar as coisas. - Indaga se levantando preguiçosamente da cama e indo em direção ao armário que tinha em seu quarto.

Jogou o aparelho junto dos controles em cima de sua cama.

- Você que arrume tudo, eu vou escolher o jogo. - Diz a Taehyung que revirava os olhos para o amigo, enquanto tentava desembolar os fios. 

Jimin voltou para cama com uma enorme caixa de plástico, onde guardava seus jogos. Se sentou e começou a olhar os CD's a procura de algum que lhe despertasse o interesse. 

Taehyung terminava de conectar o aparelho a enorme televisão que tinha ali. Com isso, se sentou animado ao lado de Jimin que olhava calmamente os CD's.

- Caramba! Estes são novos?! - Pergunta animado tomando os CD's da não de Jimin.

- São, comprei faz um tempo, mas só chegaram agora. - Diz soltando um riso fraco ao ver a animação do amigo.

- Por que tem dois desse? - Taehyung pergunta mostrando dois jogos, aparentemente novos, iguais.

- Comprei a mais por engano. - Jimin respondeu simplista dando de ombros.

- Certo, e você vai dar pra mim, né. - Taehyung murmurou como quem não quer nada, colocando o CD perto de sua mochila.

Jimin o encara desacreditado. 

- Quem disse? Você sabe quanto custou isso aqui?! Eu comprei na pré-venda, foi caro pra caralho. - Diz se esticando e pegando o jogo que Taehyung tentará roubar. 

- Mas você tem dois! Não seja egoísta! - Ralha Taehyung se esticando para pegar o jogo de Jimin.

- E dai? Foi caro do mesmo jeito. - Diz empurrando Taehyung que tentava a todo custo pegar o jogo da mão de Jimin.

Subitamente Taehyung parou de insistir. Pegou um jogo qualquer da caixa e colocou para rodar.

Jimin o encarava confuso, Taehyung costumava a ser insistente como o demônio. 

Diante do olhar confuso do amigo. Taehyung se lembrava de algo.

Se lembrava de quando ele e Jimin tinham entre quatorze e quinze anos, nessa época os dois eram adolescentes incrivelmente idiotas. Faziam apostas em cima de literalmente tudo.

As apostas, era nisso que Taehyung pensava. Os dois levavam as apostas, por mais fúteis que fossem, extremamente a sério. 

- Tudo bem, se eu ganhar essa partida você vai ter que me dar esse jogo. É uma aposta. - Taehyung quebra o silêncio entre eles, apontando para a televisão que rodava o jogo.

Jimin piscava desacreditado, era isso que Taehyung estava pensando?

- Você ficou esse tempo todo em silêncio pra soltar isso? - Ralhava indignado, não acreditava no amigo às vezes.

- Isso não importa. Mas e então, apostado? - Perguntou estendendo a mão para Jimin.

- A resposta é não. - Respondeu simplista se virando pra frente.

Taehyung o mirava indignado, nunca que Jimin negaria uma aposta.

- Você mudou, Jimin. - Diz dramaticamente. - O Jimin de antes nunca negaria uma aposta.

Jimin revirou os olhos e não disse nada.

- Senta aqui logo, eu vou começar sem você. - Disse se referindo ao jogo que já rodava na TV.

Antes de se sentar perto do amigo, sentiu seu celular vibrar, junto do barulho da notificação, em seu bolso.

- Espera, acho que é minha mãe. - Disse tirando o celular do bolso e vendo que de fato era sua mãe mandando mensagens a ele.

Jimin pausou o jogo e se sentou ao lado do amigo, na intenção de cheretar suas mensagens. 

Respondeu sua mãe e deu uma rápida passada nos status de seus colegas. Parando em uma foto de Jungkook e Yugyeom juntos.

Taehyung olhou para foto, olhou para Jimin e teve uma nova ideia.

- Eu tenho uma nova aposta. - Disse atraindo o olhar curioso de Jimin em seu rosto.


Notas Finais


me desculpem se tiver com muitos erros ortográficos! eu dei uma revisada rápida antes de postar.
enfim, deixe seu favorito e me conte oq está achando nos comentário!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...