História Aquele dia... - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Violencia
Visualizações 10
Palavras 559
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Festa, Ficção Adolescente, Mistério, Violência
Avisos: Mutilação, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


É um trabalho que deu errado e me deixou e stressada pra caralho ao ponto de eu desistir de ganhar nota. Espero que gostem :)

Capítulo 1 - Capítulo único


ATENÇÃO!
A história a seguir não é verdadeira,por tanto qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.

A história a seguir contém: Violência,sangue,e outras coisas não tão agradáveis para pessoas sensíveis. Você foi avisado.

 

Houve um caso no meu bairro,um caso que vou te contar,ninguém nunca ouviu sobre ele pois nunca o contei. Eu era apenas um jovem,rebelde,não me importava muito com a vida. Os dias eram sempre chatos,só não eram tão entediantes por conta dos meus amigos,Maria,Jake,Celina e David. Nós sempre estávamos fazendo alguma coisa como  zoar as coisas,era tudo muito perfeito,com eles ao meu lado eu era a pessoa mais feliz do mundo. A rotina era sempre a mesma,acordar,tomar o café,assistir TV,depois almoçar e ir para a escola. E depois disso,eu chegava em casa perto do horário da noite,mas como quase todos os meus amigos moravam no mesmo bairro que eu,nós acabávamos indo e voltando pra casa todo mundo junto,embora alguns morassem mais pra frente. Mas teve um dia em especifico… O dia que acabou com a perfeita vida que eu levava… O dia em que levaram embora as pessoas que eu mais amava no mundo…

Neste dia iria haver uma festa,ela iria ser no horário da noite,perto do meu bairro havia uma casa de festas,ou seja,a festa ia ser lá. Me arrumei,e fui pra festa,ao chegar lá encontrei o casal Celina e David,eles estavam muito bem arrumados,nós nos cumprimentamos e ficamos conversando. Conversa vai conversa vem,Maria chegou. O amor da minha vida estava linda,usando um vestido azul com a saia meio armada,ela chegou perto de onde estávamos e nos cumprimentou,eu disse a ela que ela estava linda e tudo mais. Nós ficamos jogando conversa fora por um bom tempo,até que Maria foi beber água,passará um tempo em que Maria havia ido beber água e não havia voltado,eu pensei na possibilidade de ela ter ido ao banheiro ou para algum outro lugar. Depois de um tempo eu resolvi investigar,pois já estava meio estranho aquilo. Fui andando até onde ela deveria estar,mas não encontrei ninguém,já muito preocupado comecei a procurar nas salas próximas a mim naquele momento. Fui abrindo cada uma das portas,mas não vi nenhum sinal de vida,vi então uma porta bem no fundo… Decidi abri-la… Ao abrir me deparei com uma cena horrível da minha querida Maria com o pescoço degolado deitada no chão toda insanguentada,lágrimas começaram a cair do meu rosto naquele momento,eu não podia acreditar no que eu estava vendo. Eu sai correndo de lá chorando,fui contar para algum professor ligar para a polícia urgentemente. Meus amigos vieram me confortar com lágrimas nos seu rostos também,eu ainda lembro das seguintes palavras que eles disseram.
"Calma Jason,isso tudo vai passar… Os policiais vão encontrar esse assassino e ele vai ter o punimento que merece."
Depois de um tempo a polícia chegou,eles começaram a investigação e disse para todos irem para casa,eu voltei muito aflito e sem forças,minha mãe também me confortou também,depois disso ela me deu um suco de maracujá para eu poder me acalmar e me colocou pra dormir,mesmo tomando o suco não consegui dormir. No dia seguinte,eu tive que ir para a escola,Jake não havia vindo hoje,por conta do acontecido com a sua falecida irmã. Depois desse dia o funeral de Maria foi feito,eu compareci,claro,todos os seus amigos compareceram. Eu até hoje lembro daquela cena horrível,de minha antiga amada com o pescoço degolado…


Notas Finais


Espero que tenham gostado :)

Tchau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...