1. Spirit Fanfics >
  2. Aquele dia em que eu reencarnei no mundo pokémon >
  3. Prédios e dragões

História Aquele dia em que eu reencarnei no mundo pokémon - Capítulo 30


Escrita por:


Notas do Autor


Eae, á quanto tempo! Kkkk
Ñ é novidade pra ninguém q ultimamente eu ando demorando um pouco pra postar, mas eu ñ expliquei bem o motivo, isso é pq até um tempo atrás eu mesmo ñ sabia.
Acontece q eu tinha passado por um tipo de "bloqueio", mas eu ñ diria um bloqueio e criativo e mais como um "eu realmente to sem vontade nenhuma de escrever". Eu percebi q estava forçando a mim mesmo a continuar escrevendo, por isso eu ñ ficava satisfeito com os caps, pq eu ñ me sentia bem escrevendo eles.
Mas enfim, no final td oq eu precisava era uma pausa, eu passei um longo tempo sem me preocupar com a minha história, e qnd eu finalmente me senti com vontade de escrever d novo eu fiz esse capítulo inteiro em um dia! Heey final feliz!!
Com sorte os próximos caps vão sair bem mais rápido (isso é uma previsão ñ uma promessa, pfv ñ me façam fzer mais flexões ;-;). E obg pelos comentários positivos, sério, vcs me ajudaram bastante, mt obg mesmo.
Sem mais enrolação vamos ao cap, eu gostei de escrever espero q gostem de ler!

Capítulo 30 - Prédios e dragões


Absol: "..."

Toxicroak: "..."

Os dois se encaram em silêncio em posição de batalha. Eles estão concentrados como dois cowboys esperando pra sacarem as armas

Gengar: "..."

Sableye: "..."

Os dois fantasmas assistem de perto vidrados na luta, eles parecem preocupados mas também ansiosos. O toxicroak sorri maliciosamente e avança em um ataque rápido

Absol: "...!"

Absol desvia por muito pouco de um soco

Absol: 'Ele é rápido demais!'

Toxicroak continua dando vários socos rápidos consecutivos e Absol continua desviando de todos eles. Absol está claramente se esforçando o máximo que pode. Com um sorriso sádico no rosto, para Toxicroak a luta não parece nada mais que uma brincadeira. Um dos golpes dele arranha o rosto de Absol que quase não desvia por pouco, isso deixa um arranhado um pouco abaixo do olho. Absol se afasta

Absol: 'Ack! Se isso pega no olho...'

Toxicroak: "Hehehehe, que foi guri? Você não era o fodão não?"

Absol: "..."

Absol continua encarando Toxicroak á distância sem se mover

Sableye: "Eita! Você conseguiu mesmo acertar ele?!"

Gengar: "I-Impossível! Quando a gente encontrou ele na floresta ele-"

Toxicroak: "Ele fez vocês de trouxa. Pois é, como esperado de dois manés como vocês. Agora, observem..."

Toxicroak salta em direção ao Absol pronto pra atacar novamente

Toxicroak: "...ENQUANTO EU TRANSFORMO ESSE MOLEQUE EM PÓ!"

Toxicroak usou mega chute! Porém, por algum motivo, Absol desapareceu bem diante de seus olhos

Toxicroak: "QUE?!"

Toxicroak acabou acertando um aparelho velho de ar condicionado que estava na parede

Toxicroak: "AH MERDA! O AR CONDICIONADO NÃO!"

Gengar: "ATRÁS DE VOCÊ, CUIDADO!"

Toxicroak olha pra trás e vê Absol correndo em sua direção. Absol da uma cabeçada e o acerta com o chifre! Mas Toxicroak defende cruzando os braços na frente do ataque, ambos são arremessados pra trás no impacto

Sableye: "Ãh?? Como foi que ele fez isso?! É como se tivesse em dois lugares ao mesmo tempo!"

Gengar: "I-Isso me soa como o movimento Double Team, mas eu não tenho certeza..."

Toxicroak: "Tsc, belo truque guri, mas você vai precisar de um pouco mais do que isso se quiser sobreviver."

Absol sorri

Absol: "Tem uma sujeira no seu rosto."

Toxicroak passa a mão no rosto e ela fica suja de sangue. Há um arranhado um pouco abaixo do olho, bem no mesmo lugar do machucado do Absol

Toxicroak: "Q-Que?!"

Absol: "Agora estamos quites."

Gengar e Sableye: "QUEEEEEEEE?!"

Toxicroak: "E-Esse desgraçado...!"

Todos ficam espantados com a reviravolta repentina da batalha, principalmente o dois fantasmas assistindo que estão totalmente em choque. Vendo a reação dos seus inimigos, Absol ri confiante

Absol: "Uhuhuhu."
'OH MEU DEEEEEUS!! ISSO FOI IGUALZINHO UMA DAQUELAS CENAS DE FILME DE LUTA!!! QUE DEMAAAAAAIS!!!!'

Mesmo se mantendo calmo e sério por fora, mesmo diante dessa situação, por dentro Absol continua sendo o mesmo

Alguns andares acima...

Zack, Unown e Gardevoir estão correndo subindo as escadas do prédio

Cofagrigus: "Hein? Mas que porr-"

Um Cofagrigus aparece no meio do caminho, Gardevoir sai correndo na frente e toca nele. Gardevoir usou teletransporte!

Cofagrigus: "ÃH? QUE?! ONDE É QUE EU TÔ??"

Gardevoir teleporta o pokémon junto com ela pra longe, ela então se teleporta de volta para o prédio e deixa o Cofagrigus sozinho, e continua correndo junto com os outros

Unown: "Pra onde você tá levando todos esses pokémons??"

Gardevoir: "Nem eu sei, a gente não tem tempo pra eu ficar escolhendo onde eu vou teleportar."

Zack: "Só continuem correndo, a gente tem que achar eles o mais o rápido possível!"

A escadaria acaba no que parece ser uma grande praça de alimentação. O lugar está vazio, sem nenhuma pessoa, várias mesas estão derrubadas pelo chão e marcas de garras podem ser vistas das paredes ao teto. Zack, Unown e Gardevoir continuam correndo por essa praça até que...

Dragonite: "...?!"

Dragonite olha pra eles do outro lado da sala

Dragonite: 'Espera, esses não são os... OQUE ELES TÃO FAZENDO AQUI?! O meu plano não funcionou?'

Gardevoir corre em direção á ele e se prepara para usar teleporte

Dragonite: 'Se o zubat souber que eles estão aqui eles vão arruinar tudo! Eles são uma ameaça para os meus planos, eu não tenho escolha, a não ser eliminá-los eu mesmo!'

Dragonite usa dragon claw! mas Gardevoir desvia

Gardevoir: 'Ele é forte!'

Gardevoir se teleporta pra trás, evitando ser acertada por outro golpe

Zack: 'Merda! Mas essa agora...'
"GARDEVOIR, TIRA ELE DO CAMINHO!"

Gardevoir tenta usar telesinése para afastar Dragonite. Não foi muito efetivo, Dragonite não se moveu um músculo

Gardevoir: "Que-"

Dragonite usou Dragon Breath! Ele cospe uma grande rajada de fogo na direção da Gardevoir, o fogo é tão forte que abre um buraco enorme na parede que vai pra fora do prédio. Gardevoir é completamente engolida pelas chamas

Zack e Unown: "GARDEVOIR!!!"

Dragonite: 'Tsc, são esses os alvos que deram tanto trabalho pros outros? Patético.'

Dragonite olha para Zack e Unown e se prepara para dar um golpe final

Dragonite: 'É ridículo que eu tenha que perder meu tempo tirando pedras tão pequenas do caminho. Vamos só acabar com isso logo...'

Derrepente, Dragonite para quando ouve passos vindo das chamas

Dragonite: "I-Impossível!"

Gardevoir: "Hey..."

Gardevoir anda por entre o quente fogo como se não fosse nada, apesar de estar suja de cinzas ela tem nenhum tipo de queimadura. Ela estala os dedos enquanto caminha lentamente em direção ao Dragonite de forma intimidadora

Gardevoir: "Tá de zoeira comigo? Isso foi algum tipo de piada?"

Dragonite: 'Não pode ser! Meu Dragon Breath pode vaporizar até mesmo o aço, não tem como ela ter sobrevivido! A não ser que...'
"...Você é imune a ataques tipo dragão não é?"

Gardevoir sorri maliciosamente

Gardevoir: "Podem ir em frente, eu dou conta dele."

Unown: "Eh?! Tem certeza disso? Você vai ficar bem?"

Gardevoir: "Eu vou ganhar tempo pra vocês subirem. Qualquer coisa e eu alcanço vocês rapidinho, podem deixar comigo."

Zack acena com a cabeça

Zack: "Boa sorte."

Dragonite: 'Do que que eles tão falando?'

Zack e Unown começam a correr imediatamente em direção ao Dragonite

Dragonite: 'Mas nem pensar que eu vou deixar eles passa-'

Gardevoir se teleporta instantaneamente na frente do Dragonite e lhe da um soco no rosto, como o dragão estava focado no que os outros dois iam fazer ele não pôde desviar do ataque surpresa. Gardevoir usou Fire Punch!

Dragonite: "ÃH?!"

 Mas não foi muito efetivo... A pele grossa de Dragonite quase não sofreu nenhum dano, porém, o atordoamento do golpe deu tempo suficiente para que Zack e Unown corressem em direção ás escadas pro próximo andar! Gardevoir se teleporta para o outro lado da sala novamente para não ser atacada

Dragonite: 'DROGA! ELES FUGIRAM!'

Com um sorriso debochado no rosto, Gardevoir começa a fazer alongamentos na frente de seu inimigo

Gardevoir: "Uhh, depois de passar alguns dias viajando nas costas de um Charizard, é bom aliviar o estresse socando a cara de alguém. Heheh, isso vai ser divertido."

Dragonite: "Grrrr..."
'Hmph, ela só tá tentando me tirar do sério, eu tenho que manter a calma. Aqueles dois podem ter fugido mas eles são fracos, não preciso perder meu tempo correndo atrás deles, alguém nos andares acima pode dar um jeito. Já essa gardevoir aqui... Do jeito que os nossos membros são incompetentes ela pode acabar dando trabalho pro resto da associação...'
suspiro "Parece que eu vou ter que resolver isso com minhas próprias mãos. Chega de brincadeira, é hora de lutar sério."

Dragonite se coloca em posição de batalha, Gardevoir faz o mesmo

Gardevoir: "Pode vir!"

Alguns andares abaixo...

Toxicroack: ofegante "SEU PIRRALHO!!!"

Toxicroak continua tentando acertar Absol. Por algum motivo, os movimentos de Toxicroak estão muito mais lentos e ele parece terrivelmente cansado, de modo que Absol não precisa se esforçar quase nada para desviar dos ataques

Absol: 'Eh? A gente nem tá lutando a tanto tempo e ele já cansou?'

Gengar: "Esse guri... Ele planejou tudo o tempo todo!"

Sableye: "Espera, v-você não acha que...?"

Gengar: "Sim, eu tenho certeza."

Sableye: "M-Minha nossa!"

Absol: 'Eh?? Planejei oque? Do que eles tão falando?? Hmm...'
"Uhuhuhu! Isso mesmo, era tudo parte do meu plano esse tempo todo!"

Sableye: "QUEEEE?!!"

Gengar: "Eu te falei! Ele sabia da fraqueza do Toxicroak e fez ele destruir o ar condicionado de propósito!"

Toxicroak: "Esse filho da puta...!"

Absol: 'Ohh, ar condicionado é? Então a fraqueza dele deve ser calor ou alguma coisa assim. Bem, obrigado por me falarem.'

Toxicroak, um pokémon que costuma viver em terrenos úmidos como pântanos e brejos. Ficar exposto por muito tempo em um ambiente quente e seco pode ser letal para esse pokémon

Gengar: "Ele só estava brincando com a gente esse tempo todo! Esse absol não é só poderoso mas também um mestre da estratégia de batalha! Ele nos fez de tolos!"

Absol: "Huhuhu~"

Absol cora enquanto faz uma pose confiante, ele parece ter ficado comovido com o elogio

Toxicroak: ofegante "FODASE ESSE MERDA! Quando eu pegar ele eu vou... Eu vou... Eu..."

Enquanto Toxicroak está se matando pra terminar uma frase, Absol simplesmente passa por ele andando

Toxicroak: "OI?! ONDE É QUE VOCÊ TÁ INDO? ISSO AINDA NÃO ACABOU!"

Absol anda até uma das caixas de madeira, ele pega uma tábua solta e começa a esfregar na outra, a tábua de madeira começou a pegar fogo

Toxicroak: "Eh??"

Absol anda em direção á Toxicroak segurando a tábua na boca

Toxicroak: "EHHHH????"

Absol: sons ilegíveis de Absol com uma tábua na boca

Toxicroak: "NÃO! SAI PRA LÁ! FICA LONGE DE MIM!!"

Toxicroak fica de costas pra uma parede enquanto Absol chega mais e mais perto

Toxicroak: "N-NÃO PORFAVOR! EU DESISTO!! VOCÊ GANHOU, VOCÊ JÁ GANHOU!!!"

Absol balança o fogo na direção do Toxicroak

Toxicroak: 'O calor... O cheiro da fumaça... Eu to ficando tonto... Acho que vou...'

Toxicroak desmaia de exaustão e cai no chão derrotado

Gengar e Sableye: "...!!!"

Os dois assistindo ficaram em completo choque por um momento. Sem saber oque pensar eles apenas encaram a cena de boca aberta

Absol: 'Só isso? Hmm, foi mais fácil do que pensei.'

Sableye: "E-Ele realmente... O Toxicroak realmente... P-P-Perdeu?!"

Gengar: "A gente tem que fazer alguma coisa. S-Se a gente não der um jeito nesse Absol ele vai..."

Absol: "Oi."

Gengar e Sableye: "AHHHH!!!"

Os dois fantasmas levam um susto com Absol falando com eles derrepente

Absol: "Err... Tem um amigo meu que tá aqui nesse prédio em algum lugar e eu to procurando por ele. Vocês podem me ajudar por favor?"

Isso foi oque Absol disse, mas oque Gengar e Sableye escutaram foi...

Absol: aura intimidadora "Escutem aqui, eu estou procurando por um certo alguém e vocês vão me ajudar a encontrar." olhar ameaçador "Entenderam?"

Gengar e Sableye: "S-SIM SENHOR!"

Absol sai correndo na frente

Absol: "Ótimo, me mostrem o caminho!"

Com lágrimas nos olhos, os dois seguem o Absol

Gengar e Sableye: "Sim..."
'NÓS SOMOS DOIS COVARDES!!!'

Absol: 'Aguenta firme Magikarp, eu tô chegando.'

Em algum lugar daquele prédio...

Um pequeno pokémon está de frente para uma janela. Em silêncio, ele olha pro lado de fora, o fogo, as pessoas, os pokémons, ele pode ver tudo da cidade e um pouco mais. Mesmo testemunhando todo esse caos ele parece não ter reação nenhuma, é como se ele estivesse apenas esperando por algo... Ou por alguém...

Zubat: "..."


Notas Finais


Mt obg por lerem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...