História Aquele ex - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Neymar, Philippe Coutinho
Personagens Personagens Originais, Philippe Coutinho
Tags Coutinho, Futebol!, Rússia, Selecao
Visualizações 51
Palavras 1.594
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sim pessoal, estou postando dois capitulos hoje srsr
Boa leitura

Capítulo 8 - Eu perdi o amor da minha vida


- Nacho Fernández, Nacho Fernández... Philippe repetia o nome enquanto digitava o nome rapidamente e pagava o celular para mandar mensagem para Marcelo para saber mais sobre o companheiro de time. –Como eu tinha desconfiado, casado com Maria Cortes. Philippe disse sorrindo ao ver a notícia.

“Oi cara, por que o interesse no Nacho?

Marcelo”

O celular do homem apitou logo em seguida revelando a mensagem do companheiro de seleção.

“Ele está saindo com a Madelayne e quero saber quais são as intensões dele, já que descobri que ele é casado.

Philippe”

“Ele está divorciado Philippe e faz tempo, e que eu saiba a Madelyne também então deixa os dois.

Marcelo”

-Droga. Philippe disse batendo forte na mesa com raiva vendo que não tinha nada de errado com o senhor perfeição.

“Tudo bem, obrigada

Philippe”

E assim homem foi se deitar, porem não conseguia dormir, a insônia era pior que quando ele a viu saindo com Roger.

-------------

Enquanto isto do outro lado da cidade Madelayne ria das histórias engraçadas de Nacho enquanto caminhavam em direção ao restaurante.

- Aí ela veio correndo na minha direção falando que me amava e tudo mais, aí minha ex esposa ficou louca da vida e quase pulou do pescoço daquela maluca.

-Mentira. Madelyne ria das histórias do homem, era bom se sentir bem próximo de alguém, e Nacho era assim, a fazia sorrir e se sentir confortável o contrário de Roger que era tão chato.

- Ok Lady eu já falei muito sua vez, uma história bem engraçada que aconteceu com você. O homem disse a olhando por alguns instantes antes de voltar sua atenção a estrada.

- Nossa esta é difícil, vida de advogada não tem graça. A mulher disse pensando em tudo e só conseguia pensar nos momentos engraçados com Philippe. – Bom teve uma vez que eu e o Phillipe estávamos no Brasil, aí acabamos nos perdendo em uma das estradas e o a gasolina tinha acabo no meio do nada.

-Não acredito.

-Sim, ai eu comecei a brigar com ele e disse que ia embora andando, e sai do carro, ele veio atrás de mim e eu corri para um tipo de pasto que tinha ali, ai eu sai correndo e ele veio atrás, a gente se afastou tanto do carro que depois não sabíamos voltar.

- Caramba. Nacho disse começando a rir.

- Sim, ai eu brava com Philippe e assustada com a situação olhei de longe no meio do nada e juro que vi um bicho vindo na nossa direção, eu comecei a gritar desesperada e o mato começou a se mexer e eu gritando, quando o Philippe viu aquilo, me pegou no colo e saiu correndo comigo no colo e eu gritando desesperada, não sei com ele esbarrou em uma pedra sei lá e nos dois caímos juntos no barro rolando.

- Nossa. Nacho ria alto da história com ela. – E o bicho.

- Você acredita que era um gato. Os dois explodiram em risadas até pararem na frente do restaurante.

Nacho saiu do carro rapidamente abrindo a porta para ela descer a ajudando descer e segurando sua mão com cuidado a levou até o restaurante.

- Então me diga, o que você gosta de fazer quando está sozinha? Nacho perguntou assim que puxou a cadeira para ela se sentar.

-Ler e jogar vídeo game.

- Mentira? Temos então que marcar um dia para jogarmos, tenho uma sala de jogos e vamos jogar o dia todo feito? O homem disse entendendo a mão para a mulher.

- Feito. Assim que ela segurou a mão dele, o homem depositou um beijo carinhoso na mesma.

- Qual seu vinho preferido? Nacho perguntou olhando a carta de vinhos.

- Eu adoro vinho tinto seco e o seu?

- Seco. O homem disse sorrindo para ela, pedindo uma garrafa do melhor vinho tinto seco que tinha no lugar.

O jantar foi divertido, ela se sentia bem perto de Nacho, ele a fazia sorrir, se interessava pela história dela e não pelo o que aconteceu entre ela e Philippe e a melhor parte, se interessava pelo o que Thomas gostava de fazer o que era um ponto muito positivo.

Assim que os dois terminaram de jantar e foram para a frente da casa da mulher ela se sentia mais animada e não queria que a noite terminasse naquele momento.

- Bom foi uma noite muito divertida.  A loira disse entregando o blazer que ele tinha emprestado para a mesma que estava dentro do carro.

- Exatamente Lady, espero poder repetir o mais rápido possível. O homem segurou o blazer nas mãos que tinha o cheiro do perfume dela.

Se aproximando da mesma ele segurou o rosto dela entre suas grandes mãos, e viu o detalhe bonito que tinha os grandes olhos acinzentados de Madelayne, ela era bonita de mais, e ele não entendi como alguém conseguia entender o por que alguém teria deixado aquela mulher escapar.

Se aproximando um pouco mais, o homem selou os lábios dos dois com carrinho, quando as pequenas mão de Madelayne foram para sua nuca aprofundando ainda mais o beijo dos dois , porem o ar começou a faltar fazendo os dois se afastarem relutantes, as testas coladas os olhos fechados, a respiração pesada era apenas isto que tinha naquele momento.

- Acho melhor eu ir, ou vou acabar estragando tudo. Nacho quebrou o silencio fazendo a mulher sorrir abrindo os olhos e encontrando os olhos castanhos mel de Nacho a observando.

- Tudo bem, quando você chegar me avisa?

- Eu não dormiria sem dizer boa noite para você Lady. O homem disse beijando rapidamente os lábios de Maddy e se afastando dela. – Boa noite.

-Boa noite.

------------------------------

- O que vai fazer neste fim de semana Coutinho? A voz de um dos companheiros de equipe enquanto os dois se trocavam.

- Vou sair com uma amiga.

Philippe tinha decidido a esquecer Madelayne, já que a mulher mesmo disse para ele se afastar, e ele não queria que a mulher o afastasse de seu filho, iria doer menos se afastar de Madelayne do que de Thomas.

- O jogo contra o Real Madri está chegando em...

- Sim, não vejo a hora. Philippe disse colocando seu tênis sério.

-Por que o interesse neste jogo?

-Por que o Nacho está saindo com a ex dele.

O vestiário explodiu em risadas enquanto Philippe ficava ainda mais bravo por aqueles idiotas estarem falando de Madelayne.

- Respeite a Madelayne seu merda, não quero que falem dela aqui. E saindo do lugar o homem foi para seu carro bravo.

A semana passou rápida e o fim de semana finalmente chegou, não teria jogo aquele fim de semana então ele poderia aproveitar sua vida que ele escolheu.

Assim que ele e a ruiva entraram no restaurante seus olhos foram direto para a loira que estava sentada em uma das mesas no fundo conversando animada com Nacho a sua frente.

- Aqui senhor. A garçonete chamou sua atenção para a mesa novamente o fazendo relembrar o que estava fazendo naquele lugar.

- Que lugar lindo. Aa ruiva a sua frente disse animada, e ele apenas revirou os olhos para a mesma tentando começar uma conversa.

Mas ele não conseguia, sua cadeira estava virada diretamente para a mesa de Nacho e Madelayne que riam alto, quando suas mãos se tocaram sobre a mesa.

Ela estava vermelha como no primeiro dia que os dois saíram, e os olhos da mulher estavam brilhando e seu sorriso meigo apenas mostrava que ela estava encantada e feliz por estar ali com aquele cara.

Philippe bufou novamente tentando se concentrar em sua acompanhante porem não conseguia, sempre sua atenção se voltava para a mesa dos dois a sua frente.

Assim que sua comida chegou, ele tentou se concentrar no seu frango com batata porem sua visão mudou no momento que viu que Nacho e Madelayne se beijavam apaixonadamente.

Os olhos de Philippe se encheram de lagrimas enquanto via a mulher sorrir para o homem após cortarem beijo.

-Droga.

-Alguém problema com seu frango?

-Não, está ótimo. Se ajeitando na cadeira novamente ele tenta novamente voltar sua atenção para a ruiva.

Sua atenção segue na sua mesa até a mesa da sua frente pedir sobremesa, e ele ver que Nacho dava um pouco da sua sobremesa para Madelayne na boca.

A raiva de Philippe só aumenta quando ela sorri para o mesmo selando os lábios dos dois, Philippe tinha um misto de tristeza e raiva, as lagrimas chegavam a queimar nos olhos dele para não descerem, ele tinha perdido o amor de sua vida, ele no fundo achava que no final ele a teria de volta, mais ele se esqueceu que ela é maravilhosa, e única e que qualquer um não deixaria a chance que ele teve passar, e ver ela feliz com outro só ele se sentir ainda pior e triste.

Assim que a refeição terminou, ele não quis sobremesa, apenas queria sair dali o mais rápido possível, sua acompanhante caminhou até o banheiro enquanto Philippe se levantava e caminhada até a saída para pegar as chaves do carro e esperar a ruiva.

Enquanto ele esperava a mesma ele ouviu a voz de Madelayne se aproximar dele, e parando do seu lado abraçada com Nacho ela observou Philippe sem ao menos o cumprimentar.

Nacho pegou as chaves do Audi e sem ele e nem Madelayne falar com Philippe foram para a saída abraçados e ainda sorrindo animados.

- Droga. Ele tinha a perdido, perdido o amor da sua vida por uma besteira.


Notas Finais


Um beijo e um queijo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...