História Aquele idiota - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais, Suga, V
Tags Colegial, J-hope, Jimin, Jungkook, Sexo, Suga
Visualizações 70
Palavras 974
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieee, turusbom?

Demorei mais cheguei! Hj o capítulo está cheio de emoções!

Espero que gostem.

Eu recomendo que vcs leiam esse capítulo escutando Again, de Noah Cyrus!

Bom, chega de enrolação e bora pro cap!

Boa leitura..♥

Capítulo 8 - Não pode ser..


Fanfic / Fanfiction Aquele idiota - Capítulo 8 - Não pode ser..

Algumas horas depois..

Mi: E sua mãe? - perguntou sem tirar a atenção do celular

- Não sei! Já liguei pra ela várias vezes, e todas as vezes chamou até cair na caixa postal. - disse e mordi a maçã que estava em minhas mãos

Mi: Já tentou ligar para seu pai? 

- Mastiguei Já. Acontece a mesma coisa

Mi: Estranho.. 

- Talvez tenha acontecido algum emprevisto.. alguma reunião de última hora, sla..

Mi: Pd ser - bloqueou o celular Bora ir dormir que amanhã tem aula 

- Aish - dei a última mordida na maçã e joguei no lixo o que restava Quero não 

Mi: Vamo logo - disse subindo as escadas 

- revirei os olhos e subi também

Mi: Boa noite.. - deu um tapa em minha bunda. Ato que fez me lembrar de Jimin hj mais cedo. Sorri lembrando Iiih, que isso menina?

- An? Ah.. nada! Er.. Boa noite - entrei no quarto e fechei a porta.

Fui até o banheiro e escovei meus dentes. Voltei pra cama e peguei meu celular. Disquei o número dá minha mãe e liguei.

Chamou, e chamou várias vezes. Aconteceu como mais cedo! Caixa postal.. tentei ligar no número de meu pai mas deu desligado ou fora de área. Dei de ombros pensando que eles deviam estar realmente ocupados

Botei o celular no criado mudo ao meu lado e dormi.

                      .....

Acordei com os raios de sol invadindo meu quarto e vindo de encontro ao meu rosto. Levantei dá cama, e com muito custo me arrastei até o banheiro.

Fiz minhas obrigações matinais e voltei ao quarto. Vesti o meu uniforme e arrumei meu cabelo.

Eu estava sentindo algo estranho em meu peito. Como se fosse acontecer algo ruim, ou, já tinha acontecido.. estranhei, pós foi a primeira vez que senti isso. Arrumei minha mochila e fui pra cozinha

- Boom diaaa - sorri ao ver Mi 

Mi: Bom dia - sorriu de volta

Tomamos nosso café então fomos para a escola


Como estava entediante aquela aula. O professor dá aula passada avia pegado meu celular, pois eu estava mexendo. 

Ele fez eu perder no joguinho mano. No final dá aula dele tive esperanças que ele me devolvesse. Mas não! Ele não devolveu. Simplesmente entregou ao prof de química (o dr agor) e disse que era pra me devolver só o final dá aula dele

Como não tinha nada pra fazer além de prestar atenção na aula. Eu fiquei olhando pro nada, apenas pensando na morte da bizerra

Xx: Ayumi!

Dispertei de meus pensamentos com alguém me chamando

- Hmm? 

Prof: A diretora está te chamando! 

- Oq eu fiz dessa vez? -

Prof: Não sei..

Levantei me perguntando oq tinha acontecido e fui a diretoria. Bati na porta algumas vezes até escutar um "entre", então entrei

Diretora: Bom, seu professor me entregou seu celular. Só que alguém não para de te ligar, atendi uma vez e a pessoa disse que só falaria com vc. Então eu..

O celular tocou a interrompendo

Diretora: Pd atender!

Peguei o celular e atendi. Sai dá salinha onde a diretora fica e então perguntei quem era

Ligação on*

                            - Ayumi?

- Sou eu! Quem deseja?

                            - Eu sinto muito em lhe informar mas, seus pais estão.. eles.. - suspirou Eles estão mortos!

- c-como assim.. mortos? - pergunto já chorando

                            - Eu estava passando pela estrada e vi o carro capotado. Chamei a ambulância mas já era tarde! Sinto muito!..

- Não. Não. Não. NÃOOOO -desabei 

Não podia ser verdade..

                                  - Pelo oq eu entendi, os corpos chegaram aí em Seul na depois de amanhã! Eu sinto muito mesmo moça - desliga

Ligação off*

Como? Meus pais! Não. Não pode ser. 

Meus pais, minha única família. Os únicos que me intendiam..

Enxuguei minhas lágrimas e voltei a sala dá diretora 

Diretora: Aconteceu alguma coisa grave? 

- N-ão, está.. tudo..bem - segurei o choro

Eu não podia contar oq tinha acontecido! Sou menor de idade e se eu contasse, comcerteza me mandariam para um orfanato. É isso era tudo oq eu não queria

Fui até o jardim para pensar no que tinham acabado de me dizer. Ainda não tinha caído a ficha! 

Chorei ao lembrar de tudo oq o homem me disse

Senti alguém se aproximar, então enxuguei minhas lágrimas e olhei

Jimin: Pq está chorando? - sentou ao meu lado

- Meus.. Meus pais.. eles - e mais uma vez não consegui segurar o choro - Eles estão mortos!

Contei tudo a ele..





2 semanas depois..

Eu estava a duas semanas evitando a Mi mas o Jungkook! Não contei nada sobre o acontecido pra eles. Somente Jimin sabe 

Nessas duas semanas Mi-Cha veio várias vezes com Jungkook aqui em casa. Mas eu não atendi a porta

 Evitei eles na escola o máximo que pudr, fiquei isolada em um canto. Sem falar com ninguém, longe de todos

A única pessoa que eu fiquei esses dias foi Jimin! Me senti bem perto dele. Ele preenchia o vazio que eu estava sentindo

               .....










Era para ter sido um dia "normal'' hj! Mas a pessoa em que eu confiei, decidiu estragar tudo!

Ele simplesmente colocou uma televisão no meio do pátio e deixou rolar um pequeno filme, onde tinha cenas dá gente transando, áudios de quando eu contei pra ele sobre meus pais e outras coisas. Ele simplesmente expôs minha dor para todos na escola

Flashback on* 

Jimin: A verdade é que eu só queria te comer Ayumi! Agora que já provei, não me interessa mais! 

Sai dali chorando, eu realmente não sabia oq fazer! Todos me olhavam, alguns com pena, outros já foram de minha situação! Ainda ouvir alguém no fundo gritar

" Lá vai a putinha órfã. Hahah. Vc gemendo parece uma cachorra louca "

Eu não podia acreditar naquilo. Só podia ser um pesadelo! 

Escutei Jungkook me chamar. Finjir não escutar e continuei andando

Corri ate a saída e fui embora

Eu não podia mesmo acreditar!

Flashback off*

                          

          "Vc acabou de cometer o pior erro.

                 E vc vai se arrepender, querido.

       Porque uma vez que vc dá e então                                                                                tira.

                Você só vai acabar querendo."


                                      Noah Cyrus - again


Notas Finais


Me desculpem se tiver muitos erros
É que eu estou morrendo de sono e não revisei, então não liguem

Espero que tenham gostado

Não esqueçam de comentar e de divulgar a fic pra chegarmos aos 40 favoritos

Um beijinho na bundinha e até o próximo

Bye, bye babies❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...