1. Spirit Fanfics >
  2. Aquele que me mostrou a felicidade. >
  3. Chapter VI

História Aquele que me mostrou a felicidade. - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Chapter VI


Fanfic / Fanfiction Aquele que me mostrou a felicidade. - Capítulo 6 - Chapter VI

   ❦Pᴏʀ Hʏᴏɢᴀ❦

Eu acabei de ter um sonho erótico? Assim de repente? Eu tenho um sério problema, preciso de um médico pois isso não é normal.. Mais não é mesmo.

Tentei voltar a dormir mais foi complicado. Então eu tive a brilhante ideia de ir tomar banho, e foi isso que eu fiz.

    ❦Pᴏʀ Sʜᴜɴ❦

Hmm.. Cheiro bom de morango, esse doce vai ficar uma delicia! Espero poder comer logo, será que o Hyoga vai gostar? Se ele não gostar, pelo menos sobra mais pra mim

Falando nele.. Cadê ele, já passei umas 5 vezes pela sala e não o vi lá. Vou procurar no quarto dele.

Espero não atrapalhar ele em algo..

Fui andando até o quarto de Hyoga, estava tudo silencioso não havia barulho nenhum, certamente ele estaria dormindo. Abro a porta de seu quarto e o vejo dormindo, o começo a chamar.

Hyoga: Cinco minutos mais pls... Zzzz

Pensei em acordar ele de outra maneira, mais Hyoga tem um certo problema, mais ele está tão sexy desse jeito.. Ele jamais faria isso comigo né hehehe...

Me sentei em seu como e o abracei, eu conseguia sentir seu membro todo duro em minha bunda, me dava uma sensação gostosa.. Shun Amamyia! você não pode ter relações sexuais... ou você engravida ( Shun é hermafrodita ). Senti uns braços ao redor de meu pescoço, não me assustei pois sabia que era Hyoga, ele não só colocou um braço atrás do meu pescoço, como também prendeu meu braço e me puxou para mais perto.

Hyoga: sabia que é feio acordar uma pessoa?

- é....

Hyoga: acho que alguém vai ser punido por acordar uma pessoa..

- Por favor.. Não me bata...

Hyoga: Hey Pequeno! Eu jamais ousaria te bater, nem em um dos meus piores sonhos.

Ele me levantou um pouco e começou a sorrir maliciosamente.

- Hyoga! Não podemos fazer isso..

Hyoga: você nunca me contou o motivo do porque não podemos fazer

Eu não sabia o que dizer.. como ele reagiria se eu dissesse isso, ele poderia se afastar de mim? Me xingar ou zoar? Eu não quero isso.. se um dia ele descobrir, ele certamente vai se afastar de mim..

Não pense isso Shun!

Ele também pode gostar da notícia.

Hyoga: vai me dizer ou não? Fique sabendo que dependendo da pergunta, eu amaria ser papai, não se esqueça -*Beija*-

Ele me deitou ao seu lado e ficou acariciando meu cabelo, aqueles belos olhos azuis me fascinavam, nunca havia visto alguém com os olhos tão bonitos como os dele.

Hyoga: Sabe do que eu mais gosto?

- não o que?

Hyoga: estar deitado com você do meu lado, pena que amanhã vamos ficar separados por causa da suas provas finais, mais eu vou te recompensar levando te a um dos melhores restaurantes de tokyo, te prometo.

- Sua companhia já me faz bem, eu só preciso estar dois minutos ao seu lado que me sinto feliz..

Hyoga: 😊 agora diga me. Porque você não pode fazer isso?

- É.. É que eu.. Bom eu.. Como eu posso te dizer isso.. Mgh.. - eu apertei seu hombro*- .. Hyoga, se nós dôs não usarmos proteção.. você.. você..

Hyoga: Eu o que Shun?

- Eu posso CARREGARUMFILHOSEU!

Hyoga: você pode falar devagar por favor?

- Eu posso carregar um filho seu..

Seus olhos se arregalaram, certamente ele estava surpreso.. Mais ele poderia ficar irritado.

Hyoga: Shun...

- Eu sei.. É asqueroso..

Hyoga: Não Shun! Essa foi a melhor notícia que já recebi, além de que um dia você chegue me dizendo "Parabéns Papai"

- Hy..Hyoga..

Hyoga: não precisa chorar pequeno

- Eu te amo!!

Nos abraçamos, e em momento algum ele deixou de passar a mão pelo meu abdômen e dizer

Hyoga: Um dia serei papai de uma preciosura

Ficamos um bom tempo deitados, as vezes nos beijavamos, mais nenhum ficou triste ou nervoso com a notícia. Não vou mentir que Hyoga de qualquer jeito queria me levar para cama, mais eu não deixei, quero que seja um momento especial.

Em algum momento nos que damos dormindo, de conchinha.

O quero para sempre, mesmo que eu tenha que lutar pelo seu amor com a Eri, mais ninguém vai me separar de você.

Fui despertando cheio de beijinhos, Hyoga certamente havia acordado antes de mim.

- Oh por deus Hyoga... Desse jeito vou ficar com diabetes.

Hyoga: porque conejito? Por acaso sou muito doce é?

- você é mais o menos, as vezes você acorda de mal humor.

Hyoga: hey, eu acordo as vezes por causa que o Seyia me acordar com aqueles gritos de burro dele.

- hehehe.. Você deve estar com fome vamos comer?

Hyoga: eu queria comer isso mais como você não deixa ( ͡ಥ ͜ʖ ͡ಥ) eu como outra coisa..

- pela mor de deus Hyoga! Não temos camisinha.. Você não vai querer ser pai cedo vai?

Hyoga: eu vou na drogaria e compro um monte! Vamos.. Só essa noite?

- Ok só essa noite, mais você tem que me prometer ser calmo.. Eu ainda sou virgem

Hyoga: agora eu quero mais ainda, deve estar apertadinho 7u7

Começamos a rir com o comentário malicioso dele e nos levantamos. Eu sai de seu quarto e fui direto a cozinha para ver se o doce estava pronto.

Coloquei dois pratos para nós dois, e o doce sem esquecer a colher, na mesa. Hyoga desceu minutos depois, nos sentamos e começamos a comer.

Hyoga: puta merda Shun! Isso ta bom!

- obrigada Hyoga..

Hyoga: quer ir comigo comprar as camisinhas Shun?

- E.. eu nunca fui com meu irmão comprar isso.. É meio vergonhoso..

  Hyoga se levantou e me pegou pela cintura, me levando até o sofá.

Hyoga: Repete Shun. Repete para mim..

- É? >:v Hyoga você percebeu em que posição estamos!?

Hyoga: disse alguma coisa Shun?  -*aperta as coxas do Shun*-

- He..hey e..eu disse a..anoite


Notas Finais


7u7 o que será que vai acontecer??? Hmmm???
Próximo capítulo conterá +18


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...