História Aqueles olhos - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camila Intersexual, Camilag!p, Camren G!p, Lauren Jauregui
Visualizações 450
Palavras 1.345
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Capítulo 7


 

Camila Cabello P.O.V

Depois que terminei de conversar com a minha mãe e desistir de tentar convence-la de que eu não irei para o aniversario do papai mas ela insistiu dizendo que se eu não fosse ela iria vir me pegar pela orelha então fazer o que né.

Ainda por cima conhece a filha da Srt. Jauregui,nunca que eu iria imaginar que ela era mãe,será que ela é casada?,se for o marido dela tem muita sorte de ter as duas na sua vida,mas enfim. Quando a Srt. Jauregui saiu eu voltei a organizar a minha mesa e algumas papeladas que deixaram mais cedo para ela assinar.Passou uns 5 minutos e escuto o telefone da minha mesa tocar.

-Srt. Cabello venha aqui por favor-Fala sua voz fica ainda mias rouca por telefone,se ela falasse mais eu acho que ficaria excitada,deve ser errado senti atração pela a sua chefe?

-Já estou indo Srt-Falo e desligo o telefone,aproveito e levo os papeis que ela precisa assinar,bato na porta uma vez e escuto murmuro"Entre".Entro na sala e a vejo lendo alguns papeis,sua postura é firme,transmite segurança,petulância e poder,sua pernas grossas estão cruzadas,sua roupa é uma saia uma blusa social e um salto,e para completar a sua beleza natural um batom vermelho,maravilhosa. 

-Com licença-falo entrando e ela continua olhando para os papeis-Algum problema?-Pergunto chegando perto da sua mesa e ela levanta o olhar

-Sente-se,só quero saber como está a minha agenda-Fala e eu assinto,puxo a sua agenda do meu bolso do palito e começo a ler alto-

-A Srt tem uma reunião marcada com o pessoal do design e moda as 14:00,depois com os da contabilidade as 17:00,e por último chego um e-mail no computador da empresa enformando um problema com o slogan para a capa desse mês-Falo e ela suspira fundo

-Mila-fala Noah pulando no meu colo,essa garotinha consegui desperta meu lado paterno sem ter meu sangue nas veias,não consigo explicar é estranho,pois a conheci hoje.

-Oi princesa-Falo dando vários beijos molhados na bochecha dela

-Pa-para-fala rindo e ficando vermelha e eu paro e fico olhando para ela.A menina é o clone perfeito da Lauren,pele branquinha,olhos verdes,cabelos pretos,boca,Chega a ser assustador-Seu colo é confortável-Fala se ajeitando na minha perna,ficando de lado igual a um bebê,olho para Lauren e ela parecia babar em nos,ou na filha dela,acho que eu viajei um pouco-

-Então que dizer que o meu não é confortável Noah Jauregui-Fala fingindo indignação e pequena se encolhe mais nos meus braços-

-Não mama,Mila Glande e mais confortável-Fala errado,e eu me derreto toda,essa menina é um amor-

-Sei,agora desse do colo da Srt. Cabello que nos temos muito o que trabalhar ainda-Fala e a pequena me olha e eu olho pra ela-

-É verdade?-Pergunta e eu assinto-Dloga-Xina e faz um bico enorme ainda no meu colo

-Olha a boca Noah Jauregui-Lauren a repreende

-Diculpa-Fala com voz embargada e meu coração doí um pouquinho

-Não faz assim princesa,quando terminamos eu e você podemos tomar um sorvete que tal?-Falo e ela desmancha o bico na hora e me abraça

 -Serio?-Fala ainda me abraçando,olho para a Lauren que estava com a cara franzida

-Só se a sua mãe deixa claro-falo e a Noah tira o rosto do meu pescoço e olha para a Lauren com uma carinha de cachorro abandonado-

-Tá agora deixa eu e sua mãe trabalharmos-Falo e ela assenti e sai do meu colo,sento falta do contato mas não reclamei,afinal ela não é nada minha e acho que a Lauren não gostou muita da última frase que falei-

-Pronto agora fica ali no cantinho brincando,enquanto eu e a Srt. Cabello trabalhamos ok?-Fala para a filha que assenti e vai a onde estão um cantinho de criança na sala da Lauren,acho que a Noah vem muito aqui-Agora ao trabalho-Fala e começamos organizando o assunto que será tratado nas 3 reuniões do dia,dá um pouquinho de trabalho mas conseguimos terminar a tempo de dar um passeio com a Noah,já que são 13:00 e a primeira reunião será 14:00.

-Está liberada Srt. Cabello cuide bem da minha filha-fala me dando um olhar de dar medo

-Com a minha vida,Vamos Noah-Falo e ela vem correndo para os meus braços

-Vamos,vem mamãe-Fala chamando a Lauren que ainda estava revendo algumas coisas das reuniões

-Hoje não filha,outro dia a mamãe vai-Fala e a Noah faz uma carinha triste-

-Tá bom-fala e esconde a cara no meu pescoço tadinha

-Vamos Srt. Jauregui vai ser legal-Fala tentando convence-la e ela me olha e olha para a Noah que estava fungando baixinho no meu pescoço

-ok você venceram,vamos-fala se levantando e pegando a bolsa,a reação da Noah foi a melhor a baixinha deu uns gritos de felicidade,suponho que elas não passem muito tempo juntas

-Vamos-Falo indo em direção a porta,abrindo para a Lauren passar,acho que vai ser legal.

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>JÁ NO PARQUE>>>>>>>>>>>>>>>>>>

Lauren Jauregui P.O.V

Chegando no parque a Noah arrastou a camila para a primeira carrocinha de sorvete que ela viu,e o engraçado que a camila parecia um fantoche na mão dela,e olha que uma grandona daquela ser arrastada por uma criança pelo parque,era no minimo cômico se não estivesse arrancando suspiro de vadias a onde passassem,será que a Camila não consegui passar despercebida pelas mulheres sem arrancar olhares de desejos?-

Elas passaram um tempo lá comprando e voltaram para onde eu estava com 3 sorvetes,Camila com 2 e a Noah com o dela-

-Oi,eu não sabia qual sabor trazer pra vocês então pedi um misto-fala me entregando e se sentando ao meu lado e a Noah senta entre as minha pernas-

-Sem problemas,obrigado-Falo e ela me dá um sorriso galanteador-

-De nada-Fala 

-Mama deixa eu bincar no paquinho-Pedi minha filha toda suja de sorvete

-Claro,mas não vá muito longe,fique sempre por perto-Falo e ela assente 

-Bigado mama-Fala e sai correndo um pouco desajeitada

-Ela é incrível-Fala Camila olhando para a Noah que estava brincando na gangorra com um menino do tamanho dela,olha para ela de perfil- 

-É sim,ela é o bem mais precioso que eu tenho-falo e ela olha para mim,era castanho no verde e verde no castanho-

-Seu marido é um homem de sorte-Fala com um pouco de tristeza na voz mas eu não aguentei ri até não aguenta mais,e ela ficou me encarou com a testa franzida,Gata-Qual é a graça?-Pergunta e eu vou parando de rir

-Eu não tenho marido-Falo e a sua boca abri em um perfeito ''O''-

-Eu pensei..-

-Pensou errado,eu não sou casada,nem mesmo conheço o pai dela-Falo e ela me ainda me olha de boca aberta-

-Como um homem iria deixar duas preciosidades dessas sozinhas?-Fala e eu coro e ela continua mas agora olhando para onde a Noah está-Eu sempre quis ser pai,mas digamos que a minha ex,não queria-Fala e eu a encaro,pai?Como assim?Ex?ela olha para mim e ver a minha cara de confusão-Ah....e-eu sou intersexual,você sabe o que é?-Fala e agora é a minha vez de abrir a boca incrédula,então as minha suspeitas estavam certas,ela tem um pênis-

-Sei,sei você têm um pênis,funciona?-Pergunto e só depois vejo o que saiu da minha boca,merda eu e a minha curiosidade-Não quer dizer...me desculpa é.....droga-me levanto bruscamente e procuro a Noah,quando eu ia a chamar ela me interrompe-

-Hey calma,tá tudo bem-fala segurando a minha mão eu levanto o meu rosto e encaro a sua boca carnuda parecia que ela estava me chamando,fui aproximando devagar,quando eu estava sentido o seu halito no meu rosto sinto alguém puxar a minha saia,olho para baixo e vejo a Noah chorando baixinho e com o joelho ralado

-dodói mama-Fala chorando um pouquinho a Camila a pega no colo

-A onde doí princesa-Pergunta e a Noah aponta para o cotovelo,que tinha um pequeno arraião e eu corro onde está a minha bolsa e começo a procurar um bande-te

-Traz ela aqui Camila-Falo e ela vem com a Noah ainda em seus braços,ela estica o braço da Noah e eu coloco o bande-te

-Pronto bebê da mamãe-Falo e ela ela faz uma cara emburrada

-Eu não sou bebê mama,sou uma mocinha-Fala fazendo uma carranca linda,olho para a camila que ria das coisas da Noah,formaríamos uma bela família.Quem sabe?

CONTINUA>>>>>>>>>>>>>>>>

2/3

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...