História Aqueles olhos - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello
Personagens Camila Cabello
Tags Camilag!p, Camren G!p, Lauren Jauregui
Visualizações 128
Palavras 844
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Capítulo 8


Camila Cabello P.O.V

-Camila?-Chama Lauren com a Noah nos braços,estávamos no meu carro chegando na empresa para começar a primeira reunião

-Oi?-Pergunto parando carro no encostamento e olhando para ela

-Tem como você me ajudar a descer?-Pergunta olhando para Noah

-Oh claro-Falo e saio rapidamente do meu carro indo abrir a porta do lado dela

-Obrigado-Fala saindo do carro e me dando um beijo na bochecha,fecho a porta,tranco as portas e volto a caminhar atrás da Lo.Lo?eu em.....

-Deixa eu levar ela,parece pesada-Falo quando a alcanço perto do elevador,recebemos olhares curioso e maldosos dos outros por termos chegado juntos,mas  Lauren não pareceu se importa então,quem sou eu para achar?

-Obrigado-Agradeci e me estende a Noah me abaixo um pouco para pega-la e a envolvo em meus braços,ela que rapidamente se aconchega em mim,olho para a cena e sorrio,é uma sensação incrível te-la em meus braço,meu peito se encheu de amor e carinho por ela,não sei explicar mas eu tenho uma sensação estranha de amor paterno relacionado a Noah-Ela realmente adora seus braços e seu colo-Fala Lauren apertando o botão do elevador eu a olho e assinto sorrindo

-Eu também amo te-la em meus braços-Falo e ela assenti abaixando a cabeça,passamos um tempo em silencio só com a música chata do elevador até que ela quebra o silencio-

-Posso te fazer uma pergunta mas se quiser não precisa responder-Pergunta olhando para mim nos olhamos intensamente era verde no castanho e castanho no verde,no momento que iria responder a porta do elevador se abriu-

-Já ia procurar por você Lauren,os acionistas já está nos esperando-Fala a mesma mulher do dia da entrevista,a mesma me olha como se fosse um pedaço de carne meus rosto queima com tal olhar,Lauren percebendo chama a atenção da mulher-

-Vamos temos uma tarde bem cheia hoje,então é melhor começarmos-Fala olhando para mim e para a mulher-

-Ok agora me dar essa pestinha aqui-fala querendo tira-la dos meus braços mais não deixo,elas me olham estranho e logo trato de me justificar-

-É melhor coloca-la no sofá da sala da Senhorita Jauregui-Falo com um tom de voz firme e vejo elas estremecerem-

-Claro claro-fala a mulher e saímos do elevador,vou em direção a sala da Lauren mas sou parada pela mesma-

-Coloquei-a lá e vá para a sala de reuniões quero você lá-fala e sai mas antes dando um beijo na minha bochecha,coro com o ato mas tento disfarçar para não passar vergonha na frente dos outros,volto a caminha para a sala rapidamente e coloco a Noah com cuidado no Sofá,com o movimento ela se acordou e se agarrou no meu blazer-

-Oi princesa-falo acariciando seus cabelos e ela me olha atentamente com aquela perolas verdes-

-Oi-Fala e fecha os olhos sonolenta tento sair mas ela abre novamente os olhos-Fica-fala e eu assinto beijo a sua testa e volto a fazer o carinho nos seus cabelos

-Vou ficar-Falo e fico até perceber sua respiração ficar mais calma,tento sair sem fazer barulho,me assusto com a mulher nos olhando escorada na porta-

-Você leva jeito com crianças-fala se aproximando dou um passo para traz e a minha pantorrilha bate na mesa em frente ao sofá

-O-obrigado mas eu preciso ir-Falo e saio correndo novamente,será que teria que viver correndo dessas mulheres na empresa?Me pergunto caminhando em direção a sala de reuniões,bato na porta e abro divagar,as pessoas olharam para mim e eu corei na hora,entrei com uma postura firme para passar segurança e profissionalidade,me sento ao lado de uma mulher,droga é aquela do elevador,olho para a Lauren e a mesma olha de volta mas logo é desviada a atenção apenas para que ela continue a reunião-

A Lauren está se saindo muito bem no dialogo com os acionista,ela é uma profissional e tanto,anoto algumas coisas da reunião até que sinto uma mão na minha coxa,olho para o lado e aquela doida de novo,é hoje que eu morro.Fico vermelha igual a um tomate,ea percebi e sube mais um pouco a mão ficando perto da minha virilha,minha respiração no momento é quase nula,olho para o lado e a cínica nem estava olhando para mim e estava fingindo que não estava acontecendo nada-

-Está bem Senhorita Cabello-Pergunta uma das acionista me olhando um pouco preocupado e não tardo a assenti de leve,olho para baixo onde está a mão da mulher e tento tirar de lá mas a demonia não solta,eu não quero usar força bruta e acabar machucando ela-

-Moça dá para tira a sua mão daqui?-Pergunto no seu ouvido e desgraçada sorrir como se estivesse em um dialogo normal,praga.

-Desculpe Senhorita Cabello não tenho-Franzo o cenho com a sua resposta,ela só pode ser louca,mas como vi que não tinha outra escapatória,tentei ignorada a sua mão e focar nas palavras de Lauren-

-Então e é só senhores,espero que não tenha mais problemas referidos a está situação-fala apertando a mão de todos,quando eles saiem da sala,até a demonia e fica só eu e ela-

-O que você pensa que estava Cabello?-Pergunta com uma cara de brava,droga será que ela percebeu?Pois se sim,eu acho que não tenho mais emprego.

CONTINUA>>>>>>>>>>>>>>>>

 


Notas Finais


Desculpa a demora,espero que tenha gostado,tentarei voltar logo...........


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...