História Arca : Agouro do amanhã - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Ação, Aventura, Fantasia
Visualizações 0
Palavras 443
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Shounen
Avisos: Álcool, Canibalismo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - A busca pelo cálice começa!!


-Adatriun, sério? Qual a sua garantia e se roubarmos o cálice? 

Era leolf, Leolf tinha uma voz rouca e sua pele era esverdeada, sua boca lembrava um tigre rubro, seus dentes inferiores saiam de sua boca, usava uma capa que cobria uma roupa preta. Leolf pertencia a uma raça hibrida de Orcs e humanos. Geralmente eram nascidos de escravas, logo sofrem imensa rejeição da população em geral.

-Já era esperado algo assim hahaha, agora em seus pulsos tem um localizador de magia e assim que um de vocês estiver com o cálice na mão, ele irá avisar aos meus magos contratados!!!

-É típico de um hibrido nascido de uma raça imunda e criada por um Deus repugnante, não são nada além de escória!!!

Os elfos, são considerados a raça perfeita ao lado dos humanos reinam no continente, sempre com uma atitude superior em relação as outras raças. Irritado pela arrogância do elfo, Leolf empunha seu bastão e aponta na direção do elfo com fúria em seus olhos proferiu: Diga-me seu nome antes de afundar essa tua cabeça na terra, lixo élfico. 

-Meu nome? Alencar, o herdeiro da inverno e dono do inferno- .  Alencar usava a uma armadura, seus cabelos eram de cor púrpura amarrados com um elástico, empunhava duas espadas inverno e inferno. Espadas as quais deviam ser herdadas do clã D’ário.

-INVERNO E INFERNO? Que incrível, posso ver de perto? 

Até aquele momento Orion não havia percebido a tensão ao redor, também não sabia com quem estava falando de forma tão amigável.

-Rato, não direcione suas palavras para mim!!!

-JÁ CHEGA!!! Saiam agora desse salão e busquem meu precioso cálice!!!

 -Run. Deu sorte hibrido nojento!! 

-GRRRRR- Rosnou Leolf.

 Todos saíram em busca do cálice. Os únicos que ainda estavam no jardim eram Orion e Rígel, estavam se preparando para sair. Normalmente eles usavam um orbi de locomoção, funcionava de uma forma peculiar, ao ser ativado ele transportava os usuários para uma estação chamada: porta orbi. Porém houve um problema, Orion procurou em sua bolsa o orbi e não estava lá.

 -Rígel, temos um problema. Eu acho que perdi o orbi de locomoção...

 -Você o quê? Droga Orion, nós precisamos ir para a vila do Sr. Zach pedir ajuda. 

-vejo que vocês precisam de um orbi, me levem junto e eu lhes darei o orbi. 

-Elen? eu concordo e você Rígel?

-Não sei, vejo que você está portando um bracelete arco não é? Talvez seja útil, tente não morrer...

- Ninguém vai morrer Rígel.

 O orbi foi ativado e num feixe de luz eles sumiram.

 “Ninguém vai morrer”, o canto da fênix, o agouro que traria.... as engrenagens do destino começaram a girar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...