1. Spirit Fanfics >
  2. Arcanjo Renegado - KakaSaku >
  3. Face de Anjo...

História Arcanjo Renegado - KakaSaku - Capítulo 2


Escrita por: e lilith89


Notas do Autor


Espero que gostem... 🥰🥰❤️❤️

Capítulo 2 - Face de Anjo...


Fanfic / Fanfiction Arcanjo Renegado - KakaSaku - Capítulo 2 - Face de Anjo...

Kakashi POV

A campainha toca e  já saco minha arma e caminho em direção a porta, Dragon vem logo atrás. Abro a porta e aponto a arma logo surge imagem de mulher que fica completamente paralisada. Não posso dar o mínimo deslize isso pode custar minha vida, começo analisar a mulher a  minha frente que continua parada sem dizer nenhuma palavra,  olhei naqueles olhos verdes esmeraldas lembrei imediatamente quando Tendente mostrou pela primeira vez aquela foto , “parecia anjo”.

— Qual seu nome? — continuo como arma em direção da cabeça dela.

— S-Sakura Haruno. —  ela gagueja.

— Entre! —   abaixo a arma,a puxo pelo braço e tranco a porta. — Dragon sentado. — dou comando.

— M-Meu pai mandou eu vir aqui... — fiquei um tempo a analisando.

— Eu sei. — falei. — Tenente disse para cuidar de você,e  isso vou fazer. — falo olhando diretamente nos olhos dela.

— Me pai disse  que poderia confiar em você, mas ainda não sei seu nome! — olhei para ela pensei em não responder.

— Kakashi Hatake!

— Onde você conheceu meu pai? — odeio o tipo pessoa que chega fazendo mil perguntas.

— Isso não te interessa... — sou grosso. — Se estiver como fome tem comida na geladeira e o segundo quarto a direita será seu quarto. — simplesmente virei à costa deixando-a sozinha.

 Vou em direção do meu escritório onde fecho a porta, refletindo como essa louca transformou minha vida depois de uma ligação. Para o Tenente mandar sua filha ate mim algo muito grave aconteceu , pior é que  ela é “gostosa pra porra”, preciso espera três dias por uma resposta dele, se não obtiver nenhum retorno posso considerar que ele esta morto.

Sakura POV

Meu pai só poderia estar louco para deixar nas mãos de um cara  que já me  recebeu com uma arma apontada na cabeça e mal trocamos algumas palavras,  sei somente seu nome “Kakashi”, e por sinal ele é muito bonito mais  de poucas palavras, depois da nossa breve conversa ele se trancou no escritório e de  lá não saiu mais .Me  deixou em companhia de um  cachorro American Bully.

Como não tenho nada para fazer resolvi explorar o lugar, pelo jeito só o cachorro foi como minha cara ,todo lugar que vou ele sempre me  acompanha. Conheci o estábulo onde  havia cavalos lindos, caminhei mais pouco pela propriedade, logo resolvi sentar no chão observando pôr do sol era uma  vista linda, neste momento comecei a pensar no meu pai. “só espero que o senhor esteja bem pai”, fechos os olho e sinto lágrimas escorrendo pelo meu rosto, tive a sensação de estar sendo observada abri os olhos, percebo Kakashi está um pouco distante me observando fixamente.

 — Dragon vem garoto. — Kakashi chama o cachorro. — Melhor você  entrar também Sakura. — primeira vez que ele me  chama pelo nome.

Kakashi continua parado observando,então achei melhor não contraria-lo levantei caminhei em sua direção, percebo que ele estava me  analisando e  isso me deixa completamente sem jeito, logo entrei na casa. Sigo direto para escadas em direção do quarto havia falado, minha mochila já esta ali em cima da cama então achei melhor tomar banho quente, assim o  fiz tirei minha roupa e caminhei em direção ao banheiro logo liguei o chuveiro deixei a água morna  molhar meu corpo.

 Depois do banho me  sequei e me enrolei na toalha caminhei em direção da cama peguei  a primeira roupa que achei dentro da  mochila e foi um macaquito floral. Desci as escadas em direção a  cozinha e me  deparei  com Kakashi cozinhando, logo notou minha presença mais não disse nada. Assim que o jantar ficou pronto, nos sentamos à mesa para jantamos num completo silêncio.

— Se quiser posso lavar a louça! — preguntei para Kakashi.

— Não obrigado... — ele muito grosso.

Resolvi ir para sala tenta me distrair um pouco, já que Kakashi não gosta mesmo de conversar. Peguei meu celular no bolso do macaquito, começo a mexer olhando para ver se tinha alguma mensagem. Mas logo Kakashi aparece como raio toma o celular da minha mão.

— Ei devolve meu celular.  — ele me olhou serio. — Estou falando serio, devolve!

— Eles podem saber sua localização através dessa droga... — ele joga meu celular conta a parede.

— Mas do que você está falando? Por que quebrou meu celular seu imbecil! — falei alterada.

Kakashi vem minha direção como um furação me empurra contra parede me fazendo olhar diretamente naqueles olhos azuis acinzentados dele. Logo ele dá  um soco na parede furioso, fazendo todo meu corpo tremer de medo.

— ESCUTA AQUI... NÃO SOU BABÁ, E SIM PROTETOR,A PARTIR DE HOJE VOCÊ SEGUI MINHAS REGRAS... PRIMEIRA NÃO VAI USAR CELULAR... SEGUNDO NÃO MEXER NAS MINHAS COISAS... TERCEIRO NÃO ENTRAR NO MEU ESCRITÓRIO... E QUARTO NÃO FAÇA PERGUNTAS IDIOTAS... ESTAMOS ENTENDIDO! — não consegui  falar só concordei  com a cabeça. — Seu pai me deu a missão de cuidar de você, e é isso que estou fazendo. .. Só posso dizer que haviam pessoas que  estavam atrás dele,e que podem estar atrás de você ainda não sei por qual motivo. Pois antes do seu pai dizer alguma coisa a ligação ficou muda. — meu pai falou com ele pensei.

Kakashi se afasta de mim passa as mãos nos cabelos e seus músculos estavam contraídos. Dragon ficou ao  lado dele o tempo todo.

— Preciso de um  banho! — ele disse e subiu as escadas.

Esse homem é cógnita que adoraria desvendar, pois aqueles olhos azuis carregam  marcas de passado  que não fez nada bem para ele. Depois daquele acontecido, não  o vi mais ,estou sentada na varanda olhando céu estrelado, não sei que horas são.

Logo a porta é aberta, Kakashi vai para um canto escuro da varanda sentou no chão e começou a vomitar, então resolvi me aproximar dele. Percebi sua  respiração  alterada, e que seu corpo  está tremendo ,e estava suando muito e falando coisas desconexas ,  deduzi que ele estava tendo um  ataque de pânico.

Pego a coberta e  cobro por alguns minutos coloco meu corpo  sobre o  dele, já atendi pacientes assim, esses ataques duram  em media  20 a 30 minutos,  raramente  duram mais de uma hora.

— Kakashi! Olha nos meus olhos... Por favor! Respira e inspira devagar. — peço a ele.

Depois de quase 20 minutos Kakashi está mais calmo, seu olhar está fixo no meu, “nossa nunca tinha visto olhos tão lindos assim”, estou completamente hipnotizada mesmo que ele seja ogro, não posso mentir Kakashi é um  homem lindo.

— Desde quando você tem  crise de pânico? — pergunto.

— Desde que saí do exército. — percebo  seu olhar triste.

— Você procurou tratamento para essa crise pânico? — queria sabe mais dele.

— Não! Para me dizer estou louco... Não obrigado... — ele falar com ranco.

— Como ajuda especialista esse sintomas pode diminuir... — Kakashi observa.

— Não quero falar sobre isso... Obrigado por me ajudar. — ele se levantar.

Na verdade não sei o que Kakashi já passou, mais quero conhecê-lo. Mesmo sendo esse homem fechado e cheio de traumas, é boa pessoa, só precisa ser compreendido. Pouco a pouco vou me aproximando e conquistando sua confiança.


Notas Finais


Até próxima capítulo...

❤️❤️❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...