História Archeman no Tempo - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Archeman No Tempo, Heróis, Velocista
Visualizações 1
Palavras 2.944
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Misticismo, Romance e Novela, Saga

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


— Apresentação e relembrar novos personagens
— Primeira batalha, no entanto, inicio da guerra, uma aliança formada para um único objetivo.
— A batalha de Archeman vs Lobus, Homem Fluido
— O Plano do Senhor Neville
— Quem será o homem misterioso

Capítulo 4 - Velocidade contra várias ameaças


Após a batalha de Archeman e Lobus, o garoto velocista chega na casa de Drake onde estava o anfitrião e Andy que estava enfurecido.

Andy Towann – "Você é louco, cara? Quase colocou tudo a perder!"

Drake Williams – "Calma Andy, não precisa exagerar apesar que... Arche, você vacilou."

Drake carregava Tomas que estava machucado para o seu laboratório, enquanto Andy olhava com uma cara feia.

Tomas Albert- "Eu mandei mal, me distraí fiquei e muito nervoso, Andy."

Andy Towann- "Ah, então você ficou nervoso? Eu vou te falar o que é ficar nervoso. Você não nos escuta e luta contra sei lá quem, não usa seu maior poder que é correr para fugir e por último, quase morre com algo altamente forte, que vai lá saber, o que é isso que está dentro de você, sabe se é uma bomba de hidrogênio."

Drake Williams- "Andy, já chega!"

Drake Williams – "Me ajuda leva-lo lá para dentro, vamos examinar e ver se houve alguma anomalia."

Andy ajudava carregar Tomas para dentro do laboratório, enquanto isso, uma garota estava observando tudo que acontecia.

Já de noite...

No topo de um edifício, estava o Lobus observando a cidade, o homem lobo que não sentia mais seus sentimentos,  só buscava vingança, Lobus passava a mão em sua ferida causada pela corrente elétrica que o Archeman havia aplicado no vilão, Lobus nota alguém te observando no topo de um prédio á frente, este prédio é duas vezes maior que ele estava.

O mutante(Lobus) se levanta toma alguns passos para trás e corre em sentido ao limite do terraço do edifício e salta em direção a outro prédio maior, em seguida, começa correr pelas janelas em busca do topo, com suas garras e suas habilidades de mutante, ele andava sobre a fachada do prédio tranquilamente, até que em alguns segundos ele atinge seu objetivo e chega no terraço.

Lobus olha para o homem e diz.

Lobus – "Não me faça ter que gastar meus ATP’s valiosos com você, verme."

A outra pessoa saí do escuro e possuí o rosto cicatrizado.

Homem fluido – "A menos que tenha 6 jóias, não pode me derrotar, infelizmente sou imortal e invencível e estou em todo lugar."

Lobus – "Você é o que um tipo de divindade? Zeus? Ah não pelo jeito é filho de Poseidon. Bom, seja lá quem for, meu tempo deve ser gasto com outro filho da mãe."

Homem fluido – "Na verdade, estou aqui para te ajudar."

Lobus vira as costas.

Lobus – "Uma boa noite pra você."O homem fluido aparece na frente do Lobus num piscar de olhos, após se transformar em gás metano.

Homem fluido – "Ao contrário do que pensa, estou aqui para te ajudar, se eu quisesse te dar uma surra, aparecia de surpresa, estou a serviço do Senhor Nevi..."

O Lobus ao ouvir o nome de Neville, tenta socar o gás(Homem fluido) a sua frente, mas falha na tentativa.

Homem fluido – "Eu quero te levar consciente, não me obrigue te apagar."

Lobus – "Você falou do cara que destruiu a minha vida e do meu melhor amigo."

Lobus usa seu poder de força de seus “pulmões de aço” e suga todo o gás pro seu corpo e em seguida cospe o gás. (Nota-se que o metano não é nocivo ao mutante.)

O Homem fluido já cai em formato de ser humano no chão.

Homem fluido – "Então, vai ser assim?"

O Fluido soca duas vezes o rosto do Lobus, que desvia apenas só de um.

Lobus avista uma antena no topo deste prédio e salta até o topo dela, fazendo assim o fluido perde-lo do campo de vista. Mas, o fluido se estica em formato de gosma até o Lobo humano e o derruba. Em seguida, o fluido se transforma em água assim criando uma inundação no topo do prédio, o Lobo nada tentando sair, porém, o Fluido faz um redemoinho, sufocando o mutante.

Após isso, Fluido transformasse em humano novamente e o Lobo está no chão tossindo após engolir muita água.

Homem fluido – "Eu te avisei, agora para me acompanhar, vou te deixar um pouco inconsciente."

Homem fluido vai em direção do mutante que estava deitado no chão, a alguns metros, meio inconsciente, o fluido querendo exibir seus poderes, transforma sua mão em uma espécie de “martelo da água”.

Walker “O Lobus” lembra se seu amigo Cientista Larry, que precisa de sua ajuda e fica enfurecido, liberando assim pela primeira vez a fúria Lunar.

Lobus levanta-se com ódio, e seus olhos vermelhos olhando para o fluido, corre em direção do fluido, com a fúria em suas garras.

Lobus – "Walker é por você!!!"

O lobo corre em zig-zag, causando uma ilusão óptica no Fluido, assim conseguindo atingir o Aquoso, com isso o Homem Fluido (Aquoso) caí no chão e o Lobus pula encima do mesmo e começa golpear várias vezes, enquanto isso o Fluido se defende colocando seus braços a frente, sofrendo grave arranhados.

O Aquoso consegue escapar e jogar o animal humano longe, lançado um jato de água tentando contê-lo.

Um laser é disparado e atinge o meio da briga.

Senhor Robert Neville – "Já acabaram? Precisamos conversar, John Walker."

Lobus – "Em você pouco confio, tomara que seja rápido a conversa, Neville."

Senhor Robert – "Aqui não, vamos ao laboratório."

Senhor Robert – "Fluido, bom trabalho... vamos!"

Enquanto isso, já de noite no laboratório do Drake.

Drake estava examinando os dados de Tomas, tentando melhor entender como funciona seus poderes

Drake Williams – "Você está bem?"

Tomas – Sinto meu corpo cansado, mas estou bem.

Neste momento, Andy preparava um soro potente com muitos nutrientes para Tomas e na TV passa notícias internacionais, sobre o Brasil onde noticiava eventos ocorridos na Amazônia.

Drake e Tomas prestavam a atenção.

O repórter diz: “Foi avistado pelas populações e tribos do estado do amazonas, um animal gigante azul, na qual aterrorizou os moradores do estado, fazendo assim o governo federal e o exército tomarem providências”.

Drake e Tomas se olham.

Tomas Albert – "O golpe foi forte demais, ou o repórter disse algo sobre “animal gigante azul”?"

Drake ri e diz - "O mundo mudou, uns se fantasiam de animais misteriosos, outros tem poderes para correr rápido."

Andy vem em direção de Drake e Tomas.

Andy – "Do que os dois estão falando?"

Drake com raiva olha pra Andy.

Drake – "Ah... nada cara, me dê este soro!"

Drake pega a seringa e olha para Tomas.

Drake – "Vai doer um pouco, homem, depois disso você tem que ir embora para repousar."

Drake espeta o soro em Tomas.

Tomas – "Espera, com este soro o correto não era ficar e esperar acaba-lo?"

Drake- "Não... devido a sua velocidade, quando você está correndo rapidamente, o soro passa mais rápido e não irá atrapalhar os ambos rendimentos e sua mãe te espera..."

Tomas – "Tudo bem, isso é verdade, irei para casa agora."

Tomas se agradece a Drake.

Andy – "Tomas, pode me levar?"

Tomas – "É claro, se está pronto pra alta velocidade?"

Andy – "Estou."

Os três saem do laboratório de programação imenso de Williams, que agora estava improvisado como laboratório-hospital-área de treinamento do Drake e eles vão em direção a rua de um bairro nobre de Michigan.

Tomas olha para Drake.

Tomas – "Vai amanhã à aula?"

Drake - "É claro, amigão, a feira de ciências está chegando."

Tomas ri e concorda com a cabeça.

Andy- "Até mais, Drake é com você, Archeman."

Tomas Albert – "Nem preciso perguntar mais se você está pronto... Vamos!"

Tomas dispara em uma altíssima velocidade fazendo um vento forte passar por um raio daquela rua.

Drake sente uma corrente de ar passando em seu rosto e vira-se para sua casa imensa, enquanto seu pai aparece.

Vinc Williams – "Filho, o que aconteceu aí?"

Drake Williams – "Nada pai, estou apenas olhando a lua..."

Vinc Williams – "É você fazia isso desde criança."

Os dois riem.

Vinc Williams – "Filho, preciso que você vá amanhã de noite na Williams, instalar uns programas de segurança e revisar aqueles que constam, tudo bem por você?"

 

Drake Williams – "Claro, pai."

Vinc sorri.

Vinc Williams – "Vamos entrar está tarde, filho."

*NOTA-SE QUE O LABORATÓRIO DE DRAKE É ATRÁS DE SUA IMENSA CASA*       

Havia uma garota numa árvore observando.   

A garota misteriosa olha e diz: "Mas, o que é isso?"

No entanto, Archeman corria pela cidade com Andy nas costas e depois de percorrer alguns quilômetros em 10 segundos, ele chega na casa da tia de Andy.

Ele desacelera e Andy sente forte tontura.

Tomas – "Andy?"

Andy Towann – "Calma, estou bem é a super velocidade que me deixou com vontade de vomitar."

Andy ficou uns dois minutos se recuperando e ele se levanta.

Andy Towann – "Tomas, preciso conversar com você... você precisa entender uma coisa, o vacilo que você deu neste dia."

Tomas Albert – "Olha, sobre isso..."

Andy Towann – "Calma garoto, você tem que entender que todo o seu erro, poderia ter matado. Acho que os vilões não estejam errado, deve deixar com alguém que consiga manipular tudo isso, talvez não deveria ser você o escolhido, pense nisso... obrigado pela carona."

Tomas fica sem graça, enquanto Andy entra na sua casa.

Tomas usa sua super velocidade para ir pro seu destino (sua casa).

O Archeman se questiona : “O Andy pode ser meio louco, mas será que está certo? Quer dizer, eu não sei lutar, aquele Lobo humano, poderia ter arrasado com tudo ali e machucado todos, meu avô sempre foi um grande cientista, meu pai nem tanto como segurança... e a minha mãe de uma das maiores químicas do país a dona de casa. Será que eu fui escolhido ou foi sorte? Eu sei que é melhor tentar do que pensar no que eu poderia ter feito.”

Archeman chega na sua casa, nota que por ser já 00:12 horas, Mack Albert estava dormindo, ele sobe para o quarto para pensar um pouco no dia e no que havia feito.

Após, Tomas entrar em sua casa, a câmera de segurança que está á frente da casa desfoca e aparece dentro da sala do Robert Williams. Lá está o Homem Fluido, Lobus, o estagiário e o Robert Williams.

Homem Fluido – "Então, o velocista é esse garoto aí?"

Lobus com os braços cruzados diz - "Não subestime o garoto é inteligente, apesar de não saber usar seus poderes."

Homem fluido olha com desprezo para Lobus.

Homem Fluido -  "Senhor Neville? Nunca esteve tão quieto assim."

Robert Neville estava pensando, pois este garoto esconde um grande passado, que Neville não pode revelar a nenhum de seus comparsas, isso estragaria seu plano, ele só precisava efetuar mais rápido a captura do garoto.

Robert Neville -  "Ah nada, temos que partir para o próximo passo."

Lobus – "Espera, eu nunca concordei em te ajudar , só vim te acompanhar e me dê um motivo para não acabar com todos aqui?"

Homem Fluido – "Que cara, chato!"

Robert Neville – "Walker, sei que você não confia em mim e eu te entendo, mas não perca seu tempo, eu lhe daria vingança que tanto quer, não fui eu quem permiti a entrada dele aqui e nem posso tirar o seu amigo dessa, mas eu posso lhe prometer vingança."

 

Lobus – "Como eu não tenho mais ninguém, vou confiar em quem um dia me ajudou. O inimigo do meu inimigo é meu amigo, mas se você pisar na bola eu colo todo a perder."

Robert Neville – "Esperava pela sua resposta positiva, eu tenho um presente."

Robert pega uma maleta em seu armário e abre e lá está um braço com o desenho de um raio.

Robert Neville – "É o braço de Zeus, é indestrutível, pode lançar raio e aguenta vários tipos de perturbações, calor e ondas, coloque em seu braço direito, foi desenvolvido por um cientista apaixonado por mitologia grega que nós mandamos embora, mas ele só cuidou da projeção a parte mecânica é nossa."

Lobus sem dizer nada, com cara de poucos amigos, adiciona o braço de Zeus em seu braço direito, assim ativando.

 

Homem Fluido – É... o papo ta bom, mas eu queria saber qual é próximo passo?"

Robert Neville – "Meu intuito, é o seguinte, conseguir fazer a parte que restou da molécula se transformar num poder para alguém e esse sou eu, com o poder que restou podemos ser nós três contra um, ainda mais com que estou planejando e mexendo com o mundo de subpartículas, conseguiremos nossos objetivos facilmente."

Homem Fluido – "Mas, senhor Neville como vamos fazer se o poder dela está com o Archeman e tira-lo dele vai precisar de um tempo."

Robert Neville – "Bom, quando conseguimos aquela molécula, pedi á Stanie extrair 10% da identidade estrutural molecular dela, no entanto, ela foi congelada é necessário uma energia altíssima para ativá-la ou apenas uma parte ativada já da molécula, tocar no resto congelado, e para isso precisamos de duas coisas, do sangue do Archeman e outro direito após conseguir esse primeiro.

Lobus- "Tá e o que espera que nós façamos, corte o Archeman?"

Robert Neville – "Exatamente."

Na manhã seguinte, 8 dias antes da féria de ciências.

Na escola Corleone, dentro do campus, perto dos armários...

Lá estava Dylan andando o lado de sua namorada Luna Bertizollo que não parava de fazer perguntas.

Luna Bertizollo – "Onde você estava ontem a noite? Te liguei e fui a sua casa e sua mãe disse que você havia sumido, está me traindo?"

Dylan Drake – "Luna não, por favor, não foi nada disso, eu estava aju..."

Luna Bertizollo – "Você não me ama mais??? Pode dizer, Luna não."

Tomas vem andando no corredor e Luna sorri.

Luna – "Acredita Tom, o Dylan está me largando."

Tomas Albert – "Oi, gente."

Dylan Drake Williams – "Oi cara, desculpa por isso."

Tomas Albert – "Tranquilo, homem."

Tomas Albert – "Ah Luna, não acho que seja isso."

Luna arregala seus olhos e diz.

Luna Bertizollo – "Você está do lado dele?"

Tomas e Drake bufam por Luna falar um monte. Até que um barulho estranho acontece no campus, Tomas e Drake se olha espantados.

Drake Williams – "Luna, fica quieta."

Luna Bertizollo – "Não me manda ficar quieta, garoto."

Drake Williams – "É sério, fica quieta!"

Quando Luna ia retrucar.

Tomas sente um frio na espinha e tudo se congela, olha para o lado esquerdo não vê nada e olha para o direito e um pedaço de madeira vem na direção dos três, na tentativa de acertar-los, no entanto, Tomas empurra Luna e Drake tirando o da direção e pega todos os alunos que estavam corredores e coloca para o lado de fora da escola e o Archeman volta para dentro da escola onde Luna e Dylan Drake estavam caídos e a velocidade volta ao normal.

Tomas Albert – "Saí daqui agora, Drake e leva a Luna."

Drake Williams – Certo, Tom."

Luna espantada diz- "T-Tom? É você?"

Drake puxa Luna e dois saem do corredor.

Tomas pensa: “Ok, quem fez isso e da onde saiu isso”.

Tom olha para sua frente após a fumaça se desfazer lá estava Lobus.

Tomas Albert – "Só poderia ser você, que ainda nem sei o nome."

Lobus ri – "Patético, meu nome é Lobus, seu imundo."

Tomas vibra seu rosto para não ser identificado

 

Tomas Albert – "É um prazer, sou o Archeman."

Lobus – "Archeman, um nome patético para alguém patético, parabéns, sabemos muito sobre, sobre sua mãe, haha."

Archeman enfurece e corre em direção do Lobus.

Archeman – "Seu filho da mãe."

Archeman acerta dois socos no Lobus, no entanto, após tentar o terceiro seu braço é seguro e o garoto recebe um chute na barriga, era o Homem Fluido.

Homem Fluido – "Você não parece não forte agora, rapidinho". O Aquoso ri.

Lobus – "Valeu, água."

 Archeman estava assustado, pois nunca tinha visto alguém daquele tipo, o cara tinha uma cicatriz no rosto e estava sempre bem corado.

Homem Fluido – "Que tal se eu te afogar agora com os meus poderes de água?"

O Archeman tenta se levantar, mas recebe um chute do Aquoso.

Homem Fluido – "Durante a segunda guerra mundial, eu recebi treinamento de taekwondo."

Homem Fluido – "Lobus, imobiliza ele."

Archeman – "O que vocês querem comigo?"

Lobus agacha e o imobiliza segurando seus braços e perna e Homem Fluido tira o canivete para cortar o braço.

Homem Fluido fura um pedacinho do baço e recolhe um pouco de sangue do Archeman e guarda num frasco.

 Archeman – "Aí seus idiotas, isso machuca".

Homem Fluido – "Pronto, agora desacorde-o."

O Homem fluido se levanta e começa a estancar  sangue, mas antes de desacorda-lo o Lobus quis provocar o velocista de raio.

Lobus fala no ouvido do Archeman – "É sim, nos conhecemos a Mack Albert."

Aquilo serviu de um frio no Archeman que geralmente é tão quente, no entanto, no mesmo momento entrou em seu corpo como uma bomba carregada.

O Archeman deu duas cotolevadas no Lobus e se livrou dele, levantou bruscamente pegou o Animal lobo pelo pescoço o levantar e enforcou com sua mão saindo raios, machucando o pescoço do mutante, em seguida o jogo na parede dando socos, após isso o Homem Fluido foi tentar nocauteá-lo com chute, no entanto o Archeman desviou e em seguida lhe dá um empurrão, fazendo o Aquoso voar e lança dois raios em seguida, machucando o Homem fluido.

O Homem fluido se transporta em forma de gás para o lado do animal lobo.

 

Homem Fluido – "Lobus, vamos! Já temos o que queríamos."

Lobus – "Bem, que eu achei melhor ir embora mesmo."

Lobus toca no nevoeiro de gás(Homem Fluido) e some.

Archeman corre para o telhado da escola, mas não nota nada e nem ninguém, além de vários alunos assustados, felizmente além de Luna, viu o Archeman.

Fim do episódio.

No telhado do da escola estava um homem totalmente de capuz e blazzer, olhando o Archeman e o garoto corre para dentro da escola.

O Homem misterioso cata uma gota de sangue que caiu no telhado, os sinais da viatura soa e o homem some.


Notas Finais


Deixe seu comentário, sua sugestão, crítica ou apoio, é muito interessante, preciso de feedback's.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...