1. Spirit Fanfics >
  2. Are You My Daddy? - JiKook, NamJin e TaeYoonSeok (ABO) >
  3. Mochi?

História Are You My Daddy? - JiKook, NamJin e TaeYoonSeok (ABO) - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Mochi?


Fanfic / Fanfiction Are You My Daddy? - JiKook, NamJin e TaeYoonSeok (ABO) - Capítulo 4 - Mochi?

Dias depois,

Dia 01 de Março...

Pov's Yoongi¡!

Yg: Appa! — Chamei manhoso.

Taehyung e Hoseokie estavam arrumando suas coisas para irem a Taiwan, Tae havia dito que não poderia me levar pois era uma viagem a trabalho. Mas, eu iria mesmo assim. Agora só tinha que convencer meu appa.

DoYoon: O que foi, filhote? — Perguntou.

Vou até o mais velho e me sento em seu colo.

Yg: Posso te pedir uma coisa? — Fiz bico.

DoYoon: Claro. — Disse sério.

Sorri.

Yg: Posso viajar com o TaeTae?

Appa fecha mais a expressão.

DoYoon: Você sabe que eu não gosto desse seu namorado, Yoongi. — Disse negando com a cabeça.

Yg: Porque, appa?

DoYoon: Ele te deflorou, meu filhote. — Pegou em meu rosto. — Sem o meu consentimento.

Yg: Appa! — Repreendi. — O irmão dele vai estar lá!

DoYoon: Irmão?

Yg: Sim, o Hoseok Hyung é muito responsável. — Balancei a cabeça. — Por favor, deixa!

DoYoon: Yoongi...

Yg: Por favor, nos não vamos fazer nada demais.

Mas é claro que vamos, mas appa não precisava saber disso.

DoYoon: Não sei não, Yoon. — Virou o rosto.

Comecei a chorar.

Yg: E-Então você não me ama, não me q-quer feliz! — Fiz birra.

DoYoon: Não, não filhote. — Limpou minhas lágrimas. — Pode ir, meu pequeno.

Concordei com a cabeça e abracei o mais velho.

Yg: Obrigada, Appa. — Sorri. — Eu te amo.

DoYoon: Certo, eu também.

Sorri saindo do colo do mais velho e indo até a porta do escritório.

Yg: Agora vou arrumar minhas malas, Tchauzinho!

Pov's Namjoon¡!

Finalmente, estávamos arrumando nossas coisas para a viagem a Taiwan. Teria que ir mais cedo para arrumar todos os detalhes, finalizar as roupas, ensaiar a entrada dos modelos e tudo o mais. Nossas malas estavam abertas em cima da cama, eu dobrava e guardava minha roupa, estava tudo tranquilo até uma coisa rosa bebê na mala de Jin, para ser mais específico, em meio as suas cuecas.

Me aproximo na mala do mais novo e pego a coisa rosa bebê, sentindo meu coração acelerar ao ver que se tratava de um vibrador.

Nj: Droga, Jin! — Disse surpreso.

O ômega sai do banheiro e quando vê o vibrador em minhas mãos rapidamente o pega.

Jin: Mamãe e p-papai não te ensinaram que é feio mexer nas c-coisas dos outros! — Disse com os olhos arregalados.

Nj: Eu podia jurar que você era um ômega inocente e-e...

Jin abre a boca e a fecha, seu rosto estava vermelho. O ômega iria se masturbar durante nosso viagem, iria colocar aquele vibrador fofinho em sua entrada. Eu sabia que era errado, mas era inevitável imaginar a cena.

Jin: Namjoon?

Nj: Jin... Você é virgem?

O mais novo faz um bico e guarda o vibrador em suas coisas, assim como tava antes, só que mais escondido.

Jin: Sim... — Susurrou.

Deus.

Kim Namjoon, vocês são irmãos, por favor.

Esses dias que se passaram desde a chegada de Jin, fez com que ficasemos mais próximos, as vezes ficávamos nos encarando, olhando um para o lábio do outro, até lembrarmos que somos irmãos e nos afastar, fingindo que nada aconteceu. Era quase impossível não notar a beleza do ômega, seus cabelos escuros, lábios carnudos e rosados, suas coxas, bunda, cintura fina, Ah Jin...

Nj: Desculpe, eu...

Jin: Tudo bem, Hyungie. — Disse brincando com os dedos.

Amo quando me chama de Hyungie.

Nj: Bom... — Limpei a garganta. — Vamos continuar a arrumar nossas coisas, sim?

Jin: U-Uhum! — Concordou com a cabeça.

Pov's Hoseokie¡!

Th: Deveríamos estar arrumando nossas malas. — Disse com um sorriso.

Hs: Mas aqui está tão bom. — Respondi.

Após muito esforço, Taehyung havia, finalmente, parado de resistir a mim. Estávamos deitados em nossa cama, abraçados e de vez em quando eu conseguia roubar um selinho do mais novo, que sorria e batia em meu peito.

Th: Sabe... Eu senti falta disso. — Diz me olhando nos olhos.

Hs: Eu também. — Acariciei seu rosto. — Na Austrália não tive ninguém, meu único desejo era voltar para Coreia, ver você.

Th: E porque não voltou? — Perguntou.

Era complicado, minha ida para a Austrália havia sido mais problemática que tudo. A verdade era que eu não estava pronto para falar sobre isso com Tae.

Hs: Er...

Alguém bate na porta do quarto e nós nos separamos rapidamente. Taehyung se levanta e eu me sento na cama, limpando a garganta.

Th: P-Pode entrar!

A porta se abre e a cabeça de Yoongi aparece, com seu típico sorriso doce gengival. Eu já era apaixonado por Taehyung desde que me intendo por gente e agora a cada segundo que passava com Yoongi o mesmo conseguia entrar no meu coração e ficar lado a lado com Taehyung. Será que meu irmão se sentia assim?

Th: Honey?

Yg: Oi... — Disse baixinho.

Hs: O que está fazendo aqui, Yoon? — Perguntei calmamente.

Yg: Er... Eu vou ir com vocês. — Sorriu de lado. — Não podia ir para Taiwan sem mim, não é?

Passar um mês com Taehyung e Yoongi, em um quarto de hotel? Vai ser difícil, prevejo ereções doloridas.

Th: Honey, como você é teimoso! — Disse em um riso fraco.

Me levanto da cama e abro a porta do quarto, vendo Yoongi com um casaco vermelho com a palavra "Love" espalhada, uma calça jeans azul, meias coloridas e uma pantufas. O pequeno ômega estava uma gracinha.

Hs: Me deixe te ajudar com as malas! — Sorri.

Pego as duas malas de Yoongi, que estavam super pesadas, e as coloca no canto do quarto, ao lado da escrivaninha.

Th: Seu appa deixou você vir?

Me viro para os mesmos, os vendo abraçados, dando um selinho. Mordo o lábio, eu não tinha nada com nenhum dos dois, não podia cobrar que me incluíssem nisso, ainda.

Yg: Sim! — Sorriu me olhando. — Mas vou porque falei que Hoseokie Hyungie também iria e que ele era muito responsável.

Th: Não creio! — Revirou os olhos.

Sorri.

Hs: Vou cuidar muito bem dos meus Dongsaengs! — Mordi o lábio.

Yg: E... Talvez eu tenha chorando para  o convencer. — Balançou os ombros.

Th: Você não tem jeito, Honey! — Riu soprado.

Yoongi vai até a cama e se senta.

Yg: O que vamos fazer? — Sorriu.

Th: Tomar banho, jantar e dormir. — Disse sério. — Separados, tomar banho separados! — Olhou para o ômega.

Hs: Que isso, Tae! — Sorri. — Porque não para de ser chato e não assistimos um filme?

Yg: Yes! — Pulou. — Vamos!

Pov's Jimin¡!

Estava andando de um lado para a outro, tentando fazer o máximo de barulho possível, mas acho que era isso o que ela queria, que eu ouvisse o sexo que eles estavam fazendo. Eram quase 1h da manhã e Tiffany e Jeon estava no quarto ao lado, transando.

Nesses meses que havia se passado, Tiffany havia mudado da água para o vinho. Não era mais carinhosa comigo, estava me tratando mal e a toda hora estava querendo mostrar, esfregar na minha cara que Jeon era dela. Isso me magoava, ela era minha mãe, não deveria fazer isso, porém, faz e me deixa muito irritado. Sim, eu gostava do Alfa Lúpus, mas entre mim e Jeon só havia amizade, eu jamais cogitaria o tomar de minha Omma, mas acho que ela não sabe disso.

Eu já havia flagrado briga dos mesmos, ainda não sabia o motivo mas após a discussão, Tiffany só piorava o modo de me tratar, as vezes me obrigava a limpar toda a casa, duas, três vezes seguidas e... Jeon sempre me ajudava e tudo ficava mais fácil.

Tiffany: Oh, Jungkook! — Gemeu alto.

Reviro os olhos e saio do quarto, sem antes pegar meu celular e desço para a sala de estar. Eu sei que estava tarde mas eu precisava falar com o Tae. Entro no kakao e ligo de vídeo chamada para o alfa.

JM: Atende, Tae...

O alfa atende e me olha com os olhos arregalados.

JM: O que foi? — Perguntei.

*Th: Minnie... — Sussurrou.

JM: Porque está sussurrando? — Sussurrei.

*Th: Yoongi e Hoseokie estão dormindo aqui, do meu lado. — Respondeu, ainda sussurrando.

Sorri. Eu sabia de toda a história dos irmãos Jung e parece que agora Yoongi estava com os mesmos.

JM: O que vocês fizeram? — Sorri malicioso.

*Th: Omo, se controla garoto! — Repreendeu. — Nos apenas ficamos deitados... Juntos, assistindo filme.

JM: Aigoo! — Joguei a cabeça para trás. — Que fofo, Tae.

Olho para o alfa que olhava para o lado, provavelmente estava olhando para Yoongi e Hoseokie por enquanto que dormiam.

*Th: Eu amo eles, Minnie...

JM: Eu sei. — Disse firme.

*Th: Mas não sei se Yoongi iria aceitar tudo isso, ele é tão sensível. — Suspirou. — Seria muita informação para ele, eu e o Hoseok...

JM: O Yoon é um ômega maravilhoso, Tae. — Disse sério. — Tenho certeza que ele iria entender.

*Th: Não sei, Minnie. — Piscou algumas vezes. — Enfim... Amanhã nós vamos para Taiwan.

Sorri.

JM: Vai me trazer um cartão postal? — Fiz aegyo.

*Th: Mas é claro, temos que completar sua coleção! — Sorriu.

Fico conversando com Tae por um tempo até o mesmo decidir ir dormir, pois iria ter que acordar cedo para terminar de arrumar suas coisas para a viagem. Então, falamos que amávamos um ao outro e desligamos a vídeo-chamada.

JM: Bom, parece que a tortura acabou. — Disse a mim mesmo.

Levanto do sofá e vou em direção a escada, estava com sono e agora que Tiffany e Jeon tinham parado, eu poderia dormir.

— Mochi?

Levanto a cabeça, vendo Jungkook na escada, apenas de boxer preta. Olho para seu corpo, vendo as tatuagens coloridas por seu tronco, peito e braços, seus cabelos caiam sobre seus olhos escuros de galáxia.

JM: Jeongguk...





























Notas Finais


Desculpe qualquer erro.
🤗💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...