História Are you ready for it? - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
Personagens Annie Leonhardt, Armin Arlert, Bertolt Hoover, Eren Jaeger, Erwin Smith, Farlan Church, Historia Reiss, Isabel Magnolia, Jean Kirschtein, Keith Shadis, Kenny Ackerman, Levi Ackerman "Rivaille", Marco Bott, Mikasa Ackerman, Mike Zacharius, Mina Carolina, Personagens Originais, Petra Ral, Reiner Braun, Rico Brzenska, Samuel Linke-Jackson
Tags Eren, Levi, Mutante, Supernatural, Yaoi
Visualizações 85
Palavras 994
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 22 - A verdade


Fanfic / Fanfiction Are you ready for it? - Capítulo 22 - A verdade

Na cidade, Eren, Levi e História  acabaram chegando em uma parte menos povoada, havia uma velha igreja abandonada perto deles, então decidiram ficar por ali a noite.

— Está escuro, isso é ótimo. — disse Eren.

— Pelo menos ninguém nos verá. — completou Levi.

História  esfregou os olhinhos pesados de sono, Levi e Eren viram escadas que levavam a uma sala no alto, assim que entraram viram que havia duas cama ali, com certeza alguém morou ali por um tempo. Havia outra sala embaixo com uma cama, então eles decidiram que Levi iria ficar no quarto de baixo e Eren e História  no de cima.

Levi havia acabado de cobrir História  com os cobertores velhos e rasgados que tinham ali. Deu um beijo em sua testa e desceu as escadas, viu Eren sentado em um dos bancos da igreja com os olhos fechados, as mãos em frente ao corpo, como se estivesse rezando para a estátua quebrada de Jesus no altar.

Eren parou de rezar e olhou para trás, vendo que Levi estava o observando.

— Não queria interromper. — disse sentando ao seu lado.

— Não interrompeu, eu já tinha acabado.

Levi olhou para a velha estátua no altar e sorriu:

— Então esse é Jesus?

— Você não o conhecia? — perguntou surpreso.

— Apenas ouvi falar, dizem que ele é bom.

— É o que acredito.

— O que você estava pedindo a ele? Uma vida melhor? — perguntou sorrindo.

— Não... eu rezo para que meus amigos estejam vivos e seguros.

Levi encarou Eren surpreso, então sorriu com a resposta.

— Levi... como a gente se conheceu?

Levi pareceu confuso com a pergunta do garoto.

— Na sua escola?

— Não, eu quis dizer... antes de eu me esquecer de tudo.

— Oh... entendi.

Levi olhou para a estátua de Jesus por um tempo e depois olhou para Eren.

— Nós nos conhecemos por sua causa, Eren.

— Minha?

— Sim, Quando eu e meu irmão chegamos nós ficamos sem nenhum lugar para ficar, nós dormíamos nos bancos da praça principal ou nas árvores. Teve um dia que eu e o Nivai saímos para conseguir comida e acabamos te encontrando. Você estava com a Mikasa fugindo de algumas pessoas.

— O que eu fiz pra elas correrem atrás de nós? — Eren perguntou.

— Vocês roubaram comida. Só tinha três pessoas atrás de vocês, mas você acabou tropeçando no chão e caiu, Mikasa voltou para te ajudar mas os três homens conseguiram segura-la pelo braço e pegaram você pela camisa se me lembro direito.

— E o que aconteceu depois?

— Eu e o Nivai pegamos algumas pedras do chão e jogamos nos homens até eles soltarem vocês, só não pegamos um tijolo porque éramos crianças e não tínhamos força.

Eren deu um pequeno sorriso.

— Quando eles soltaram vocês, Nivai puxou Mikasa pelo braço e eu peguei você no colo e todos nós corremos até despistar os homens.

— Você me pegou no colo?

— Você era o mais novo entre nós, esqueceu? Era bem pequeno.

— É verdade, e depois?

— A gente se escondeu em um beco escuro e os homens não nos viram, só que bem nesse beco escondido que entramos nós vimos Erwin, Farlan, Marco e Jean lá. Acabamos conversando e sabendo mais sobre os outros, Mikasa deixou você comigo e saiu para buscar suas irmãs e o seu irmão.

— E nós resolvemos morar juntos?

— Sim, um ajudava o outro.

— Mas e a Annie, Mina e...

— É verdade, foi o Reiner que os encontrou. Rico e Mina ele encontrou perto dos trilhos do trem, Annie e Bertholdt ele salvou da mesma forma que eu e o Nivai salvamos vocês. Armin e História  você já sabe como conhecemos.

— Sim, Mikasa me disse... Só mais uma pergunta, você disse agora a pouco, “quando eu e meu irmão chegamos”... chegaram de onde?

O sorriso de Levi desapareceu, mas ele não estava bravo com Eren.

— ... Eu e meu irmão morávamos na Rússia antes de tudo isso acontecer. — admitiu.

— O que? Você é Russo? — Perguntou visivelmente surpreso.

— Sou, e fui forçado a aprender a sua língua para sobreviver.

— Como assim? — Perguntou temendo a resposta.

— ... Eu e meu irmão fomos vendidos pelo nosso próprio pai. Ele não tinha dinheiro, e um homem fez essa proposta... Ele aceitou.

Eren ficou boquiaberto.

— ... Levi...

— O homem que nos “comprou” era o dono de uma casa de swing... com direito a pornografia infantil...

Eren não precisou ouvir o resto para saber o que aconteceu, mas mesmo assim quis ouvir, Levi parecia que precisava desabafar com alguém, então por que não ele?

— Vocês foram estuprados? — Eren perguntou já afirmando.

— Sim... mais de Dezessete vezes... — sua voz pareceu falhar, o motivo foram suas lágrimas.

— Levi... eu sinto muito... muito mesmo.

Levi limpou suas lágrimas e respirou fundo.

— Mas... meu irmão era muito protetor, ele conseguiu derrubar um homem mesmo tendo quatorze anos, ele me pegou e nós conseguimos fugir — Levi dizia com leveza, como se tivesse tirado um grande peso de seus ombros.

— Alguém mais sabia disso?

— ... Apenas Mikasa, Farlan... e agora você.

— ... Obrigado por me contar isso Levi, eu só consigo te admirar ainda mais. — confessou — Eu pensava que a minha vida era ruim, mas você aguentou muito mais do que eu suportaria.

Levi ofereceu um pequeno sorriso. Eren tocou o ombro de Levi lhe transmitindo apoio, Levi sorriu e encarou uma das janelas.

— Levi, eu quero ficar mais forte como você, como você consegue suportar tantas coisas e ainda continuar sorrindo? 

— ... Seja como o fogo, Eren.

— O fogo? — Perguntou visivelmente confuso — Como assim o fogo?

— Saiba aquecer quem precisa... e queimar quem merece.

Eren se surpreendeu com a resposta do mais velho, tinha soado tão... assustador, mas mesmo assim Eren não pôde deixar de admirá-lo.

— Já está tarde, melhor você ir dormir um pouco. – Levi o alertou.

— Você não vem?

— Não, vou ficar um pouco mais... com Jesus.

Eren sorriu e se levantou do banco.

— Boa noite, Levi.

— Boa noite Ren... Eren. — corrigiu a fala.

— Tudo bem, pode me chamar como achar melhor. — disse subindo as escadas, louco para descansar.


Notas Finais


Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar, Não vou shippar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...