História Are you ready for it? - Capítulo 24


Escrita por:

Postado
Categorias Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
Personagens Annie Leonhardt, Armin Arlert, Bertolt Hoover, Eren Jaeger, Erwin Smith, Farlan Church, Historia Reiss, Isabel Magnolia, Jean Kirschtein, Keith Shadis, Kenny Ackerman, Levi Ackerman "Rivaille", Marco Bott, Mikasa Ackerman, Mike Zacharius, Mina Carolina, Personagens Originais, Petra Ral, Reiner Braun, Rico Brzenska, Samuel Linke-Jackson
Tags Eren, Ereri, Lemon, Levi, Mutante, Supernatural, Yaoi
Visualizações 150
Palavras 1.336
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 24 - Corra!


Fanfic / Fanfiction Are you ready for it? - Capítulo 24 - Corra!

 Enquanto pensava nisso, ouviu a porta do quarto ser aberta, História  abriu um sorriso e começou a correr na direção da porta, Eren estava desconfiado, algo lhe dizia que não era Levi, pensando nisso, assim que História  correu até seu lado, ele a segurou pelos ombros e, lentamente, foi recuando, com História  sem entender nada. As suspeitas de Eren estavam certas, não era Levi, era um homem alto com uma capa negra nas costas, e uma cicatriz no rosto. O homem entrou sorrindo, Eren não o conhecia, mas História  sim, e ficou tremendo de medo, quando Eren parou de recuar, ficou na frente de História  na intensão de proteger ela. O homem viu a menina atrás de Eren, sorriu e retirou seu capuz, e esticou a mão para ela.

— Olá História .

Nenhum dos dois respondeu, História , demonstrando seu medo, apertou o braço de Eren.

— Tudo bem. — resmungou — Então, onde está o Levi?...Hm?— Bertholdt olhou para as flores no chão e cobriu o nariz. — que fedor...me digam, onde está o...

— Ele não está aqui! — Eren o interrompeu, o olhar de Eren era assustador, mas Bertholdt não se importou.

— Então, vamos brincar?

Eren deu uma olhada rápida para História , que entendeu o recado, ela se afastou de Eren e ficou agachada do lado esquerdo da cama de Levi, Eren deu um passo a frente e levantou sua guarda, ficando em posição de ataque, pronto para lutar. Bertholdt sorriu e se colocou na mesma pose que ele.

— Isso será divertido. — disse, e de repente, Bertholdt fez um pequeno corte em seu braço com sua unha e controlou o próprio sangue, criando uma arma de sangue e que ficava em seu braço, contendo duas pontas afiadas. Eren suspirou e, sem aviso, correu até Bertholdt. Tentou Dar um soco em seu rosto, mas Bertholdt segurou seu punho, mas Eren foi mais rápido, usando sua mão esquerda, acertou a barriga de Bertholdt, assim que ele o soltou, usou  a mão direita para atingir seu rosto. Eren conseguiu acertá-lo três vezes, e ao mesmo tempo que batia, empurrava-o para trás, quando ficaram bem próximos da porta, Eren saltou e deu um chute em seu rosto. Quando foi dar mais um golpe no adversário, recebeu imediatamente um soco no rosto e, por causa das pontas afiadas da arma, cortou o lado direito de sua boca, além de ser arremessado para trás por causa da força, Eren caiu em cima das flores do quarto, ele se levantou rapidamente, limpando o sangue de sua boca. Bertholdt sorriu. E isso só irritou Eren ainda mais, ele cerrou os punhos com tanta força que chegou até mesmo a feri-lo, ele correu novamente até Bertholdt, mas desta vez, tentou dar uma rasteira nele, mas Bertholdt já esperava por isso, então simplesmente saltou para trás de Eren em um mortal incrível, caindo de costas para Eren, mas era uma armadilha, assim que Bertholdt se virou, recebeu um golpe com o cotovelo de Eren, sendo empurrado para trás e batendo as costas em um dos pilares do quarto, mas Eren não tinha terminado, graças ao treino com o clã, ficou muito mais rápido, Eren saltou na direção das pilastras, ficou correndo de uma até chegar em Bertholdt, saltando de uma das pilastras, pulou na direção dele, conseguiu chutar a parte de cima de sua cabeça, e assim que seus pés tocaram o chão, ele não perdeu tempo e, dando um mortal, chutou o queixo de Bertholdt, e ainda tentou socar o seu rosto novamente, as desta vez, Bertholdt o impediu, segurou seu punho, deu uma cabeçada em Eren e depois chutou sua barriga, jogando-o para trás, Eren bateu as costas na parede mas não se importou, viu Bertholdt correndo em alta velocidade em sua direção, mas não recebeu o soco dele, pois se abaixou, porém, a força que Bertholdt tinha era tanta que abriu um enorme buraco na parede, Eren bateu em seu braço, afastando-o de si, agarrou a gola de sua roupa e se jogou na direção de Bertholdt, assim que o seu adversário atingiu o chão, Eren pisou em sua barriga e saltou para frente, mas no meio do salto, foi surpreendido quando Bertholdt agarrou a sua perna e começou a girá-lo, fazendo ele bater as costas em qualquer coisa que estivesse próxima, e por fim, jogando-o na parede onde ficava a cama de Levi, Eren, assim que atingiu a parede, tudo passou em slowmoucham, enquanto estava preso na parede, lentamente ergueu sua cabeça e olhou para Bertholdt. O mesmo mantinha um sorriso irônico no rosto, um detalhe é que, quando Eren foi jogado, o vento que ele levou consigo fez varias pétalas voarem pelo quarto, e enquanto ele encarava  Bertholdt, as pétalas caiam lentamente. Eren esperou uma pétala amarela tocar o chão, e quando isso aconteceu, ele rapidamente tomou impulso com os pés na parede e se lançou na direção de Bertholdt. Foi tão rápido que Bertholdt não pôde desviar, em uma batida de coração, Eren agarrou o pescoço de Bertholdt e , aproveitando a velocidade que estava, correu até o outro lado do quarto, segurando Bertholdt e fazendo-o bater as costas no chão, quando chegou no outro lado do quarto, ergueu Bertholdt, chutou-o em direção ao teto e, dando um salto absurdamente alto, o alcançou, agarrou-lhe pelo cabelo e o arremessou de volta ao chão, e assim que Bertholdt caiu no canto do quarto, destruiu ainda mais o chão e um armário velho que ali ficava, desaparecendo em meio aos pedaços de madeira quebrados e a cortina de fumaça. Eren pousou no chão de forma majestosa, como quando um herói salta de um lugar alto. Ele se levantou e olhou para trás, nem sinal de Bertholdt.

— Eren!

Eren olhou para frente novamente, e viu História  correndo e sorrindo em sua direção, mas antes que ela o alcançasse, eles ouviram Bertholdt se levantar, como se nada tivesse acontecido. Eren levantou a guarda novamente, ficando na frente de História . Bertholdt esticou os braços, meio que alongando-os, em uma rápida troca de olhares, Eren percebeu Bertholdt encaixar o seu pé debaixo de uma mesa quebrada no chão, e em dois segundos, chutou-a na direção de Eren e História , com velocidade e força. Mas Eren já esperava por isso, História  gritou assustada e se agachou, Eren juntou toda sua força no braço direito e, quando a mesa o atingiu, socou-a, partindo-a em duas, mas infelizmente para Eren, era apenas uma distração, e como em um show de mágica, Bertholdt surgiu atrás de Eren e o golpeou nas costas, mas a força foi tanta que Eren foi arremessado em uma das pilastras com violência, e antes de cair no chão, Bertholdt surgiu em sua frente e o segurou pela blusa no ar, Eren estava zonzo pelo ultimo ataque, Bertholdt não usará nem metade de sua força real. Bertholdt colocou seu punho em frente a barriga de Eren, e sem aviso prévio, lhe deu um soco tão forte que o fez cuspir sangue, além das pontas da arma de sangue o perfurarem. Depois o pegou pelos cabelos, apenas para humilhá-lo, ergueu-o no ar mais uma vez e o jogou em cima das flores, desta vez, Eren não se levantou, mas ainda estava acordado. Bertholdt caminhou até ele mais uma vez, pegou-o pela camisa e apontou sua arma mais uma vez, mas foi surpreendido ao sentir uma pequena pedra atingir-lhe a cabeça, Bertholdt largou Eren e olhou para trás, e viu História  com uma carinha fechada. “Serio mesmo que ela achou que uma pedra poderia me parar?” Era o que Bertholdt pensava.

Bertholdt sorriu ao perceber que História  estava sozinha e indefesa, então ele esqueceu Eren e caminhou até ela. Eren ainda tentou pará-lo, rastejando lentamente no chão, Bertholdt parou em frente a História  e sorriu, a pequena ficou tão assustada e apertou o pano sujo de sangue que segurava atrás de si.

— ...Levi... — disse, rezando para ele aparecer.

Bertholdt se aproximou ainda mais da menina e Eren, usando o resto de força que lhe restava, gritou alto:

— Corra!


Notas Finais


Corre negada!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...