História .Arella Rhovanion - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Arella, Luta, Mãe Da Ravena, Magia, Mistério, Ravena, Trigon Castelo
Visualizações 21
Palavras 305
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 14 - Capítulo 14


Quando acabou o café, Ravena decidiu sair para uma floresta que conhecia. Saiu do castelo, e foi em direção á trilha, que levava a mata.

Enquanto caminhava ouvia sussurros, que estavam incapazes de entender. Aquilo não era normal. Ravena tentava ouvir cada um deles, mas eles não passavam de sons esquisitos e anormais. Ravena decidiu continuar andando, foi quando ouviu um sussurro mais alto, e conseguiu entende-lo.


-diga-me....

-o que?

-diga-me... O que você é...

-como assim?

-diga-me....

-Pare de brincadeiras e fale logo! --Ravena nunca foi de ter paciência.

-o que você é...?

-oras, sou a princesa daqui.

-não é disso que falo...

-bem... Sou uma vampira...

-e o que mais...?

-só isso.

-sua mãe é uma vampira... E seu pai...?


O corpo de Ravena estremeceu. Se seu conta de que não sabia ao certo, se seu pai era vampiro também.


-m-meu pai... Ele é...

-humano? Tem certeza..?


Ravena pensou:


Como pode? Ele adivinhou meu pensamento....



Ela não gostou nada, de ter dúvidas sobre seu pai.


-quem é você?

-eu... Sou o vento...e ao mesmo tempo.... Nada...

-Ah. ENTÃO VA PRO INFERNO!


Apos dizer isso, tomou seu caminho de volta.



-tola....




Ravena correu sem se cansar. Era extremamente veloz, por ser vampira. Chegou aos portões do castelo rápido. Entrou e encontrou seu pai conversando com um guarda. Ate chegar nele, o analisou, procurando algo que revelasse o que ela não sabia. Mas nada encontrou.


-ola, minha princesa. Onde estava? --Trigon perguntou.

-eu estava na floresta.

-Hm...

-onde está a mamãe?

-acho que no jardim.

-obrigada papai. --ela o abraçou, e saiu em direção ao jardim.


Aquelas duvidas podiam não passar de besteiras, ilusões bobas. Quando chegou no jardim, viu Arella cuidar das flores.


-oi mãe...

-ah, Ravena! Pensei que fosse ficar mais na floresta.

-eu ia mas...

-mas? --Arella olhou para Ravena.

-não estava um clima agradável. Não ha sol, e ficou frio lá.


Ravena mentia muito bem, mas não para sua mãe.


-Ravena. Você adora o frio. Pra mim você não mente. O que houve?


Realmente, aquela foi a pior desculpa que ela deu.




Continua...


Notas Finais


Tensão no ar.
Desculpe os erros, e favorite se gostou❤

Ate mais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...