1. Spirit Fanfics >
  2. Armagedom >
  3. Capitulo 19: Reação de Tsunade, e conversa com Jiraya.

História Armagedom - Capítulo 22


Escrita por:


Notas do Autor


=============================================

Notas do Autor:

{}: significa que Izuku e Alice estão conversando através de pensamentos.

-: Significa que estão conversando em voz alta



[]: Izuku usando telepatia para se comunicar com outras pessoas.

Pessoal desculpem pela demora para postar, mas como eu expliquei, estou atolado de serviço, estou escrevendo um pouco a cada dia, o novo surto que está começando com o corona, está fazendo muitas empresas acelerarem o processo de transição para o modo de trabalho Home Office.

Quem trabalha em RH, Telemarketing ou na area de T.I. sabe que eu não to mentindo.

Eu estou fazendo o melhor que posso, por isso peço sua paciencia.
=============================================

Capítulo 22 - Capitulo 19: Reação de Tsunade, e conversa com Jiraya.


Fanfic / Fanfiction Armagedom - Capítulo 22 - Capitulo 19: Reação de Tsunade, e conversa com Jiraya.

 

 

Alguns dias depois em Konoha.

 

Nesse momento uma jovem loira com cabelos castanhos estava olhando furiosa para Hiruzen que tinha a bochecha esquerda inchada, enquanto Mito a continha com firmeza usando sua correntes que claramente estavam tendo que se esforçar muito.

 

-SEU VELHO FILHO DA PUTA, COMO VOCÊ SE ATREVE A FAZER ISSO COMIGO? (???) disse com raiva extrema enquanto chorava.

 

-Tsunade se acalme é para o bem de Konoha. (Hiruzen)

 

-BEM DE KONOHA MINHA BUNDA, VOCÊ DEU LIBERDADE PARA O FILHO DA PUTA DO DANZO, E AQUELE VELHO FODEU COM TUDO, PARA NÃO SACRIFICAR ELE VOCÊ ME SACRIFICOU. (Tsuna) disse com ainda mais raiva, se sentindo traida por alguém que ela ja viu como seu pai.

 

-VOCÊ ME VENDEU COMO UMA PROSTITUTA BARATA, MALDITO SEJA VOCÊ HIRUZEN SARUTOBI. (Tsunade) gritou indignada enquanto ainda mais lagrimas escorriam de seus olhos.

 

Mito vendo a cena, suspirou pesadamente ela não podia dizer que não entendia Tsunade, ela teve uma reação semelhante quando seu pai a forçou a se casar com Hashirama afinal.

 

Para Tsunade foi ainda pior, porque ela estava sendo forçada a se casar por causa dos erros de Hiruzen e Danzo, o clã Asahi veio em busca de comercio e um lugar para ficar, se Danzo não tivesse agido esse casamento nunca teria sido arranjado em primeiro lugar.

 

Hiruzen ouvindo Tsunade suspirou amargamente.

 

Olhando para Hiruzen daquele jeito, Tsunade se acalmou um pouco quando disse:

-Eu nunca vou te perdoar por isso velho, e pode acreditar se eu tiver a chance eu mato Danzo e jogo a cabeça decepada dele na sua frente. (Tsunade) disse com veneno em sua voz.

 

Mito notando a situação disse:

-Tsunade já é o suficiente, eu entendo seu ódio, mas matar uns aos outros não vai resolver o problema. (Mito)

 

-Sim, e eu tenho que pagar pelos erros de um filho da puta ambicioso calada porque é para o bem de Konoha, não é? (Tsunade) disse com raiva para Mito.

 

-Não, mas me diga, no que matar ele vai ajudar? (Mito)

 

-Vai ajudar a dar um exemplo, mostrando o que acontece, ao ensinar o que foder outras pessoas para limpar seus erros causa. (Tsunade)

 

Hiruzen ouvindo Tsunade apertou o punho, ele não era burro, ficou nítido que Tsunade o odiava muito agora, e se tivesse a chance mataria Danzo sem sequer piscar e o pior de tudo é que ele não podia fazer nada com ela, Mito jamais permitiria, além dela ser fundamental para a aliança com o clã Asahi.

 

-O que está feito, está feito Tsunade. (Hiruzen)

 

-Sim, Hokage-Sama, o que está feito está feito. (Tsunade) disse com frieza.

 

Vendo Tsunade, e sentindo a frieza dela, Hiruzen suspirou amargamente, ele não era burro e sabia que o relacionamento dele com ela foi destruído e o clã Senju certamente se oporia a ele a partir de agora.

 

Mito notando que Tsunade se acalmou o suficiente a soltou das correntes, quando disse:

-Tsunade, talvez esse casamento não seja tão ruim. (Mito)

 

-Sim, avó quem sabe um cara, que já tem duas noivas que ele conhece desde a infância, e que odeia Konoha, vá me tratar bem depois de tudo com que ele se importa quase ter sido morto. (Tsunade) disse com sarcasmo nítido.

 

-Eu tenho certeza que é com isso que ele sonha, em se casar com a neta do fundador do lugar, que ele odeia, em um casamento que foi forçado goela abaixo nele quando ele já tem duas garotas que ama. (Tsunade)

 

-Agora se me dão licença, eu não tenho mais paciência para ficar aqui e ouvir essa besteira, eu vou me casar com ele, pois é para o bem da aldeia que meu avô criou, mas saibam que isso é a última coisa que eu farei por Konoha, a partir de agora, nunca mais esperem nada de mim por essa aldeia e nem me contem como uma Kunoichi daqui. (Tsunade) disse friamente ao pegar a bandana e jogar na mesa de Hiruzen e depois sair furiosa.

 

Ouvindo Tsunade e vendo ela partir Mito suspirou e disse:

 

-Eu só vou dizer isso uma vez Hiruzen, é melhor que nada como isso se repita novamente, porque se o fizer, eu mesma vou dar um fim em você. (Mito) disse com frieza extrema em sua voz.

 

-E a partir de agora, não conte com meu apoio porque eu só vou te apoiar se for verdadeiramente benéfico para o clã Senju ou Uzumaki, de resto eu não movo mais um dedo por você. (Mito)

 

-Mito seja razoável aqui, você sabe que esse casamento é necessário. (Hiruzen) disse em pânico.

 

Ele não era estupido, o apoio de Mito foi uma das coisas que sempre permitiu a Hiruzen manter tudo sobre controle, perder o apoio dela não se limita a perder o apoio do clã Senju, metade dos clãs de Konoha só estão sobre controle porque Mito está presente o apoiando os Uchiha em particular aceitam o que ocorre, porque sabem que Mito se realmente tentar supera Tobirama com uma mão nas costas.

 

-Sim, e é por isso que eu não deixei Tsunade afundar sua cara no chão, ou ir e matar Danzo agora. (Mito)

 

-Mas isso não muda o fato de que essa situação está acontecendo, porque você deu rédea solta para Danzo devido a ele ser seu companheiro no esquadrão de Tobirama e ter ficado ao seu lado quando Tobirama morreu. (Mito)

 

-Essa rédea solta, custou a Tsunade um preço alto demais Hiruzen, ela é quem está pagando o preço pelos seus erros, e se minha neta vai sofrer, eu vou me certificar de que você e Danzo paguem o preço pelo sofrimento dela antes que eu morra. (Mito) disse friamente e saiu.

 

Vendo Mito indo embora, só uma palavra passou pela mente de Hiruzen.

 

“MERDA” (Hiruzen)

 

Enquanto isso, em outro ponto de Konoha em cima das cabeças dos Hokages, Izuku olhava para a aldeia com frieza.

{Você ainda não perdoou Mito, não é?} (Alice)

 

{Eu já disse que vou matar aquela velha filha da puta} (Izuku)

 

{Izuku, porque guardar ódio por um chute insignificante, esse não é você?} (Alice)

 

{Ela te ferir, não foi insignificante Alice, foi grave, eu poderia facilmente ter perdoado ela se eu fosse o atacado, sinceramente eu nem me importaria, mas atacar você é inadmissível} (Izuku)

 

{E o plano?} (Alice)

 

{O plano continua, por enquanto Konoha ganhou mais alguns anos de vida, é tudo o que eles terão de qualquer forma} (Izuku)

 

{E sua noiva?} (Alice) perguntou calmamente.

{Você vai receber um novo corpo} (Izuku)

 

{Eu acho melhor não, pelo menos por agora, a menos que ela tente te matar primeiro} (Alice)

Ouvindo Alice, Izuku arregalou os olhos em surpresa.

 

{Não precisa ficar surpreso, eu posso ser racional quando quero, e da mesma forma que você faria tudo para me fazer feliz, eu faria o mesmo por você e eu já te disse antes, eu não ligo para quantas putas você possa ter no final, desde que eu seja a única que mulher que importa para você} (Alice)

 

{E por mais que eu não queira, eu não sou burra Izuku, você não está satisfeito só comigo, e não vai tocar em Katsumi antes que eu e ela terminemos a fusão} (Alice)

 

{E sinceramente, eu não me importo tanto de você ter outras mulheres em sua vida, enquanto você não as amar, eu não poderia ser mais a favor, afinal eu ainda sou criada pelos seus desejos sombrios, o que inclui sua luxuria} (Alice) disse enviando o desejo dela por outras garotas.

 

{E eu que pensei que era o único que te excitava} (Izuku) pensou divertido.

 

{Você é e sempre será o único que tem meu coração, mas assim como você se sente excitado com outras mulheres, eu sou o mesmo} (Alice) pensou calmamente.

 

{E após acharmos um jeito para resolver a opção de compatibilidade, eu tomarei todos os corpos de mulheres que você ou eu cobiçarmos e adicionaremos ao seu harém, elas serão suas, pois serão eu, e eu quero tudo que posso conseguir, quero te satisfazer completamente sendo eu mesmo que apenas parte} (Alice) pensou amorosamente.

 

Se sentido aquecido com o amor de Alice por ele, Izuku pensou.

{Estaremos juntos para sempre Alice, seja nessa vida ou nas próximas} (Izuku)

 

{Não pense separadamente, nessa ou na próxima vida.....} (Alice) começou a recitar um poema.

{Pois uma dá em outra a partida} (Izuku) terminou de recitar o poema.

 

Enquanto os dois estavam parados conversando mentalmente, Izuku sentiu alguém se aproximando, e quando olhou viu um jovem com cabelos brancos, e manchas de tinta abaixo dos olhos, tendo uma pequena verruga no nariz.

 

Ele o reconheceu como Jiraya.

 

-Porque você está aqui afinal? (Jiraya) perguntou com raiva para Izuku.

 

-Pela mesma razão pela qual você luta por Konoha. (Izuku)

-Lealdade. (Izuku)

 

-Você está forçando ela a se casar com você, apenas por lealdade? (Jiraya) perguntou indignado.

-Você acha que eu estou feliz com esse casamento? (Izuku) perguntou friamente.

 

-Acha que quero passar meus dias, com medo de ser assassinado por uma esposa que eu não pedi, quando eu já tenho duas lindas noivas que eu amo? (Izuku)

 

-Eu não estou nem um pouco feliz com esse casamento Jiraya, mas assim como ela, eu estou sendo forçado aqui. (Izuku)

 

-Se você é contra, porque não romper com o casamento, eu não acho que alguém possa te forçar a aceitar. (Jiraya)

 

-Porque você não tentou matar Danzo quando ele armou aquele plano ridículo dele? (Izuku)

 

-Eu posso sentir isso, você tem a força necessária para derrubar aquele velho se realmente estiver dando 100%, e eu sei que você estava na aldeia e sabia do plano, eu podia sentir você observando tudo afinal. (Izuku)

 

Ouvindo Izuku, Jiraya apertou o punho e estreitou os olhos, com isso ficou claro para ele que Izuku era um sensor, e um muito bom nisso.

-Você me culpa pela mulher que você ama estar sofrendo, mas não fui eu quem causou problemas Jiraya, não fui eu que foi contra um acordo pré-estabelecido. (Izuku)

 

-Eu vim para Konoha, após ser convidado pelo Hokage para as negociações, se quer reclamar com alguém reclame com Danzo, ou com o seu Hokage por defender ele. (Izuku) disse de forma desinteressada.

 

Apertando o punho com força, Jiraya lançou um olhar cheio de raiva para Izuku.

 

Ele sabia.

 

Jiraya sabia que tudo o que Izuku estava certo, mas o que ele podia fazer?

 

Se ele atacasse Danzo ou Hiruzen ele seria considerado um traidor, por isso ele focou sua raiva no único alvo disponível.

 

Vendo Jiraya, Izuku sorriu quando disse:

-Entendo, você não é um idiota cego, simplesmente é um covarde que escolheu descarregar a raiva em inocente, por não poder alcançar os culpados. (Izuku)

 

-EU NÃO SOU COVARDE. (Jiraya) gritou.

-Não? (Izuku)

 

-Então porque você está aqui, me acusando por coisas que você sabe muito bem que não foram minha culpa? (Izuku)

 

-É porque é conveniente, você sabe que se atacar Danzo ou Hiruzen vão te considerar um traidor, você não tem apoio politico para fazer nada afinal. (Izuku)

 

-Ao contrario dos dois que tem clãs Shinobi os apoiando, junto aos Status deles, você é um civil que teve que ingressar no mundo Shinobi por conta própria e fazer as coisas por si mesmo. (Izuku)

 

-Como consequência, você não tem peso político para fazer nada relevante, se você atacar eles, você provavelmente será taxado como traidor. (Izuku)

 

-Sabendo disso, você escolhe um alvo mais fácil, que não vai te matar, e que as consequências cujo atacar serão mais baixas. (Izuku)

 

-Me diga se isso não é a atitude de um covarde que teme o forte, e intimida os que ele considera fracos, o que mais é? (Izuku)

 

-Eu não estou te atacando por ser o alvo mais fácil, estou o fazendo porque é o melhor para Tsunade. (Jiraya) disse entrando em postura.

Quando viu Izuku rindo.

-Melhor para Tsunade? HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA (Izuku) perguntou enquanto ria maniacamente.

 

-Puta merda, quanta merda você tem na cabeça para dizer uma besteira dessa? (Izuku)

-Konoha traiu Tsunade, e você acha que me matar é a solução? (Izuku)

-Seu idiota, mesmo no caso improvável de você conseguir me matar, Konoha não será mais a casa de Tsunade depois dessa merda. (Izuku)

 

-Ela não vai confiar na aldeia, e nem a aldeia nela, porque eles sabem o que fizeram. (Izuku)

 

-Será só uma questão de tempo até seu amado Sensei bolar um plano para matar Tsunade, numa tentativa de se livrar de uma bomba relógio. (Izuku)

 

-Você está errado, o Sensei não faria isso. (Jiraya) disse em um tom mortal

-Do mesmo jeito que ele não venderia ela como se fosse uma prostituta barata, apenas para reparar as merdas de Danzo? (Izuku)

-Claro que sim, Hiruzen jamais faria algo como isso, ele é tão santo, não é? (Izuku) disse com zombaria nítida para Jiraya.

 

Jiraya ouvindo Izuku teve uma veia na testa, e estava prestes a atacar Izuku, quando viu que ele tinha sumido do lugar.

Logo em seguida ele sentiu uma lâmina em sua garganta, quando Izuku disse:

 

-Sabe Jiraya, eu poderia te matar aqui e agora, mas é muito mais divertido ver você sofrendo sabendo que a mulher que você tanto cobiça, será minha e você não poderá fazer nada para impedir isso. (Izuku)

 

-Eu pensei que você não queria esse casamento. (Jiraya) disse com as costas cheias de suor frio.

 

-Sim, Jiraya eu não queria esse casamento, mas esse papo com você me fez perceber algo deliciosamente interessante, Tsunade a essa altura deve odiar muito Konoha, eu me pergunto será que é muito difícil virar ela contra a aldeia que a vendeu? (Izuku)

 

{“Acho que morrer pela mão da neta que ela abandonou, vai causar muita dor em Mito”}. (Izuku) pensou de maneira psicopata.

 

-Ela nunca faria isso. (Jiraya) disse com medo.

 

-Não? (Izuku)

-Eu me pergunto sobre isso. (Izuku)

-Mas, sinceramente para mim não importa, de um jeito ou de outro a situação não muda, em breve vou me casar com ela e vou descobrir. (Izuku) disse em divertimento antes de sair do local deixando um Jiraya horrorizado para trás.

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...