1. Spirit Fanfics >
  2. Arranged Marriage (Levi x Leitora) >
  3. Capítulo 82:-Não me deixe

História Arranged Marriage (Levi x Leitora) - Capítulo 84


Escrita por:


Capítulo 84 - Capítulo 82:-Não me deixe


Havia acontecido tanta coisa nesse último mês, desde do momento em que ajudei Dazai a resgatar o seu irmão e tudo que aconteceu com a tropa de explicação por conta disso...

A carta de Levi era para mim algo que de certo modo me ajudava a acalmar minha ansiedade, afinal ele disse que voltaria para mim. Acreditaria em suas palavras. 

Depois de tantos acontecimentos tanto pelo Golpe de Estado quanto pela nova Rainha. Eu como a maior parte da população acompanhava tudo pelo jornal, percebi que agora a Tropa de exploração era agora benquista pelo povo. O que me alegrava muito. Hanje me escreveu em alguns momentos, me dizendo que todos estavam bem. Mas que estava tudo muito corrido para poderem me visitar.

Posso garantir que essas foram as semanas mais longas de toda minha vida.

Mas agora eu estou com quatro meses de gestação. Minha barriga estava um pouco maior, além disso o médico vinha me ver a cada duas semanas para me garantir que está acontecendo tudo de maneira certa.

 Ao mesmo tempo eu me sentia aflita pois eu apenas queria ver meu marido que se envolveu em coisas perigosas demais e nem se deu ao trabalho de me escrever. Fui recomendada pelo médico a não pensar sobre isso pois tanto estresse assim faria mal ao bebê.

"Uma grávida não deve se preocupar com política. "

Disse meu médico, depois disso Kenny sumiu com todos os jornais. 

A verdade é que eu não tinha mais ânimo para fazer nada. Carolina estava trazendo minhas refeições no meu quarto.

Além disso, Kenny sempre estava por perto, me distraindo com suas conversas sobre suas experiências amorosas. 

Eu realmente sou muito grata por eles estarem em minha vida.

Havia acabado de terminar meu almoço. Deitei virando meu corpo para o lado oposto da porta. Quando ouvi fracas  batidas. Não respondi, a pessoa que fosse iria entrar de qualquer jeito.

-S/n? 

Aquela voz, pensei que fosse meu cérebro me pregando peças. Mas mesmo assim não hesitei em olhar.

Lá estava o Levi, mesmo com sua expressão fechada como sempre, sua roupa era apenas uma camisa social e uma calça preta. Ele estava realmente aqui.

-Porque me fez esperar tanto?

Coloquei minhas mãos sobre meus olhos, sentindo lágrimas quentes escorrerem pelo meu rosto. Era inevitável para mim não chorar como uma criança.

Foi em questão de segundos até ele subir na cama se deitando ao meu lado puxando meu corpo para junto do seu. Me deixando de frente para ele.

O cheiro dele, me fez sentir que estava no céu. Sentia tanta falta dele que poderia facilmente morrer de saudade. Só não fiz isso porque meu filho era sempre o que mais importava para mim.

- Não me deixe nunca mais… por favor!

Falei com minha voz chorosa e meu rosto encostando em seu peito. Não aguentava mais essa sensação de que eu o perderia para sempre e que ele nunca mais voltaria para mim.

-Desculpe… meu amor eu senti tanta a sua falta, não sabe como estou feliz de ver que está bem! 

Ele me disse com ternura.

Mesmo com os olhos cheios d'água fiz questão de olhar para ele.

-Como eu poderia estar bem? Ter que dividir meu Marido com a humanidade não é nada divertido.

Meu coração estava acelerado, naquela batida em que eu conseguia me sentir viva.

Mesmo que eu estivesse um pouco triste pelos sentimentos que tive, a felicidade mal cabia em meu peito por sentir as mãos dele em minha cintura. 

Foi naquele momento em que senti algo chutar minha barriga. O que me fez esquecer por um momento o porquê de eu estar chorando.

-Mexeu!

Minha fala repentina o fez me olhar confuso. Eu coloquei minha mão sobre minha barriga, me sentando na cama. Melhorando a minha posição.

-Aqui dentro Levi é a primeira vez que acontece isso… meu anjo você está ouvindo? Seu pai está bem, ele voltou para nós. Está feliz?

Primeiro falei com o Levi, depois comecei a conversar com o meu amado presente que estava morando dentro de mim que me respondeu novamente com um pequeno chute. Que me fez sorrir de maneira apaixonada.

-Posso?

Levi perguntou, pude ver sua mão hesitando em tocar, mas a guiei a onde eu havia sentido.

-Conversa com ele Levi! 

Disse para ele, que me olhou um pouco assustado.

-Oi coisinha, aqui é seu pai! 

Levi diferente de mim não mudava sua voz para algo fofo. 

Outra vez um chute, que fez Levi me olhar impressionado da mesma forma que Hanje ficou quando tocou a barriga de Olga.

- Mesmo eu não estando com você, saiba que te amo muito, você e sua mãe são o que tenho de mais importante em minha vida! Mesmo que você nem tenha nascido, eu já não consigo me imaginar sem você! 

Ao dizer isso novamente um fraco chute. Eu fiquei bastante emocionada com a maneira na qual Levi conversou com nosso bebê.

Depois disso os chutes pararam. Não sei se foi porque senti meus batimentos se acalmando.

-Levi…

O chamei enquanto ele deslizava sua mão por minha barriga. Com uma expressão apaixonada. Era inevitável, ninguém conseguiria resistir a algo assim, nem o homem mais forte da humanidade. Ficar apaixonado por uma criança que ainda não nasceu, era único e contagiante. 

-Hm?

Me perguntou agora deslizando seu rosto por minha barriga.

-Queria conversar com você sobre os possíveis nomes! Na ultima vez que tive uma conversa normal com Hanje. Ela sugeriu que eu desse o nome se fosse menino e você escolhesse se fosse menina. 

Levi olhou para mim, ainda com sua mão em minha barriga.

- Qual nome você escolheu?

Me perguntou olhando meus olhos.

-Edgar! Porque significa "O que protege a Riqueza com a lança" também porquê é nome de Reis, se for um menino tenho certeza que terá um destino grandioso.

Levi sorriu para mim.

-Você quer que eu escolha o nome se for uma menina?

Confirmo com a cabeça. Ele parou de sorrir e fechou os olhos, muito possivelmente está pensando em um nome.

-Se for uma menina eu penso em Vivian! Não que tenha algum significado é só um nome que ouvi a um tempo atrás.

Depois de ouvir sua escolha, me senti na obrigação de perguntar:

-Onde ouviu? 

Levi suspirou antes de responder.

-Uma falecida amiga minha, ela comentou uma vez que se tivesse uma filha daria esse nome! Farei isso por ela.

Eu já estava bem mais calma. Apenas por ele estar comigo agora. 

-Porque continua me olhando assim?

O moreno me perguntou.

-Olhando como?

Ele colocou sua mão sobre meus cabelos os bagunçando. Carinho que me fez fechar os olhos.

- Eu não vou desaparecer! Você estava evitando piscar… 

Corei um pouco, era como ele disse. Eu não queria que sumisse como em um sonho.

Me sentei entre as pernas dele de lado. Colocando minha cabeça em seu ombro. Beijando delicadamente seu maxilar. Bem próximo ao pescoço.

-Estava com muita saudade! Eu só quero aproveitar o meu marido, enquanto ele estiver comigo! 

A mão de Levi, deslizou por uma mecha em meu cabelo o colocando atrás da orelha.

-Também quero…



Notas Finais


Vivian significa "cheia de vida"
O bebê chutando pela primeira vez, respondendo às emoções de sua mãe, não sei se funciona assim mas realmente eu queria muito que o Levi estivesse junto.
O que temos para hj
Obg por lerem, até o próximo
🌺


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...