História Arranjado (Imagine Jungkook) - Capítulo 35


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Personagens Originais
Visualizações 809
Palavras 1.504
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse anjinho lindo é a Chanmi. Ela é do AOA, meu girlgroup fav. <3
E essa capa nova na fanfic foi uma leitora que fez com todo carinho e me enviou. Achei tão fofa que eu quis usar.
Feita pela @SinKook_1
Obrigadaaa 💜

Capítulo 35 - Cap 34


Fanfic / Fanfiction Arranjado (Imagine Jungkook) - Capítulo 35 - Cap 34

ANTES...

Após o expediente terminar, Jungkook e eu fomos para casa. Chegamos e tomamos banho juntos, estávamos jantando quando a campainha tocou. Fui atender  e quem estava na porta me surpreendeu.

Mina: Olá, S/n!

S/n on

S/n: O que você está fazendo aqui? Como é que sabe onde moramos?

Mina: Eu vim morar aqui.

S/n: Você só pode estar maluca mesmo.

Nesse momento o mesmo homem que vi mais cedo veio até nossa direção carregando algumas malas. Eu já não estava entendendo mais nada. Tudo confuso. Jungkook concordou com isso e não me falou? Me sinto tão atordoada.

Akira: Onde está o rapaz? Vá chamá-lo.

S/n: Que palhaçada é essa? Que tipo de brincadeira é essa?

Mina: Eu vim morar na casa do pai do meu filho. O que tem de brincadeira nisso?

S/n: Você não acha que está passando dos limites, Mina?

Mina: Me dê licença, preciso sentar. Meus pés doem.

Ela me deu uma leve empurrada e entrou em nossa casa, sentou-se em nosso sofá... Nesse momento, Jungkook que estava na cozinha, veio até a sala.

Jungkook: Mina? O que vocês estão fazendo aqui?

Akira: Eu trouxe Mina para morar aqui.

Jungkook: Como assim morar aqui?

Akira: Você é o responsável por isso. Você a desonrou e a engravidou. Assuma seu papel de homem.

S/n: Espera, ele a desonrou? Você contou pro seu pai como isso aconteceu? Contou, Mina?

Mina: Claro que contei o que Jungkook fez comigo.

S/n: O que ele fez com você? Você tá brincando comigo garota?

Jungkook: S/n, agora não.

Mina: É garota. Isso é um assunto de família, não se meta.

S/n: Que saber, eu não tenho que ficar aqui.

Jungkook: Ya, S/n. Não haja assim.

Jungkook chamou mas não dei ouvidos e subi para meu quarto. Eu não sei como agir diante dessa situação. Mina não tem limites e está fazendo de tudo para destruir meu relacionamento com Jungkook. Jungkook com certeza aceitará que ela fique aqui pois se sente responsável. E eu terei que aceitar pelo Jungkook.

Jungkook on

Jungkook: Está vendo o que você fez? - ela deu de ombros

Akira: Então está tudo certo. Mina ficará aqui.

Jungkook: Ela não pode ficar aqui.

Akira: Você a engravidou e ela não pode ficar aqui? Seu irresponsável. Ela ficará aqui até o final da gestação. Depois resolveremos como fica a relação entre vocês dois. Até lá vocês já terão se resolvidos e criarão a criança juntos. Já vou indo. Me mande notícias amanhã minha filha.

Mina: Está bem, appa.

Ele foi embora e eu nem pude evitar que isso acontecesse. Agora Mina terá que ficar aqui em nossa casa. Sinto tanto por S/n ter que lidar com isso daqui pra frente.

Mina: Aqui tem um quarto de hóspedes, certo?

Jungkook: Tem, tem sim. Eu levo suas coisas pra lá.

Mina: Você me fará dormir num quarto de hóspedes?

Jungkook: São as mesmas acomodações que o meu e de S/n.

Mina: Então ela tem que ir ficar lá. Eu vou para o seu.

Jungkook: Eu jamais vou deixar outra mulher dormir na cama que é minha e de S/n. Não dificulte as coisas e apenas aceite ficar lá.

Mina: Está bem, está bem. Eu deixo passar dessa vez.

Jungkook: Eu levo suas coisas. Venha.

Subimos as escadas e a mostrei o quarto que ela ficaria.

Jungkook: Se acomode. Irei para meu quarto agora. Boa noite!

Deixei Mina e fui para meu quarto. S/n deve estar muito chateada agora. Preciso conversar com ela. Ao entrar no quarto ela já estava deitada de lado.

Jungkook: Amor?

S/n: Hm?

Jungkook: Me desculpa fazer você passar por isso.

S/n: Ela vai ficar aqui?

Jungkook: ... sim. Me desculpa amor, de verdade.

S/n: Está bem. Vá dormir!

Jungkook: Boa noite! - deixei um beijo em seu ombro e fui dormir.

S/n on

No dia seguinte levantei bem cedo e me arrumei para o trabalho. Me certifiquei de não fazer muito barulho para não acordar os demais. Peguei minhas coisas, chamei um táxi e fui para a empresa. Hoje eu, realmente, não quero dar de cara com Mina. Não quero vê-la tão cedo. Mas infelizmente isso será impossível agora com ela morando em nossa casa. Até com Jungkook estou chateada.

Subi para minha sala e deixei minhas coisas. Desci novamente e fui em um café perto da empresa. Fiquei um tempo lá e depois retornei. Encontrei Chanmi que estava chegando na empresa e subimos juntas. Falamos sobre coisas aleatórias mas ela notou que algo não estava certo.

Chanmi: Estou achando você bem abatida. Tá tudo bem?

S/n: Eu preciso conversar com alguém senão eu sinto que vou explodir.

Chanmi: Vem, vamos no terraço. Lá não tem ninguém e você pode chorar se precisar.

Nós subimos para o terraço e comecei a contar para Chanmi tudo que tava acontecendo.

S/n: E então agora ela conseguiu se enfiar dentro da minha casa. Ela está querendo acabar com meu relacionamento, Chanmi. Eu me sinto tão atordoada. Não sei como agir. Não quero ter que vê-la toda debochada em minha casa. Não quero nem ver Jungkook. Sei que ele não tem culpa, mas eu estou tão chateada. - eu já estava com o nariz entupido por estar chorando tanto

Chanmi: Você tem aguentado bem até aqui, S/n. Você pode lidar com isso, não pode? Eu confio em você. Sei que tá difícil agora, mas lembre-se que é você que é a noiva dele, não deixe ela agir como se a casa e o seu noivo fosse dela.

S/n: Eu não vou deixar. Mas tá difícil ter que lidar com isso. Logo a barriga dela começará a crescer e Jungkook vai se preocupar com a saúde do bebê e acabará dando bastante atenção a ela. Só pensar isso já me irrita tanto, Chanmi.

Chanmi: Vem cá. Chora aqui abraçada comigo. Você precisa de colo agora.

Eu agradeço tanto ter conhecido Chanmi esses tempos. Ela está sendo uma grande amiga pra mim. Ela tem um coração tão puro e é tão doce com todos. A admiro muito nesse quesito pois eu sou bem grossa normalmente. Após um tempo nós descemos do terraço e enquanto estávamos indo para nossas salas demos de cara com quem eu menos queria.

Chanmi: Não entra na dela. - ela disse baixo

Mina: Bom dia, S/n. Dormiu bem? -ela sorriu sarcástica

S/n: Claro. Com um homão que nem o meu noivo do meu lado, com certeza eu dormi bem.

Chanmi: Vamos S/n. Temos muito o que fazer pra perder tempo com coisas insignificantes.

Após Chanmi dizer isso, nós fomos andando vitoriosas por tombar essa desgraça chamada Mina. Mas a pose de Chanmi logo se desfez ao ver Shownu chegando.

S/n: Bom dia, meu amigo.

Shownu: Bom dia, moças.

Chanmi: Bom dia. - ela disse tímida

S/n: Bom meus amigos. Eu preciso ir agora. - tirei braço de Chanmi que estava cruzado ao meu e o coloquei no braço de Shownu

S/n: Vocês vão para o mesmo caminho. Vão juntos. - eu disse e dei uma carreirinha deixando os dois juntos.

Meu deus, eu já disse que shipo muito esses dois? Aaa quero tanto que fiquem juntos. Sou uma ex estranha? Torcendo para meu primeiro amor ficar com minha colega? Aaarh tanto faz, quero os dois juntos.

Mina on

S/n e Chanmi me pagam por me rebaixarem dessa forma. Agora S/n vai ter que me aturar porque eu pretendo infernizar sua vida até ela largar Jungkook e sair daquela casa. Vai ser tão mais fácil agora me desfazer dela. 

Logo Jungkook estará encantado pelo filho quando minha barriga crescer. Será que eu deveria engravidar de verdade? Mas como? Uma inseminação deve ser muito caro. Talvez eu devesse transar com qualquer pessoa? O idiota do meu ex talvez? Já que ele não me deixa em paz, servirá de alguma coisa.

Jungkook on

Essa manhã ao acordar, S/n já não estava mais do meu lado. Eu a procurei pela casa e não a achei. Talvez ela já devesse ter saído para a empresa? Ela deve estar bem chateada ainda. Me arrumei e estava saindo para empresa quando Mina apareceu e disse que iria comigo, certamente tive que levá-la. No caminho ela pediu para parar num café e comprar algo para ela comer. Depois fomos para a empresa e eu fui procurar por S/n. Fui em sua sala mas disseram que só a bolsa dela estava na sala.

Jungkook: Está bem, obrigado. Quando ela aparecer avise-me imediatamente.

xxx: Sim, senhor.

Eu estava fechando a porta da sala e ela apareceu.

Jungkook: Amor. Porque você veio sozinha? Hm? Você comeu meu bem?

S/n: Comi sim.

Jungkook: Porque não me esperou?

S/n: Você viria com ela.

Jungkook: Verdade, tive que trazê-la.

S/n: Não se preocupe. Eu posso vir sozinha.

Jungkook: Nao, não. Eu vou dar um jeito nisso. Okay?

S/n: Tanto faz, Jungkook. Eu tenho que trabalhar agora.

Ela entrou em sua sala e me deixou sozinho lá fora. Ela realmente está bem chateada e distante. Me sinto mal por isso.

S/n on

Após algumas horas, chegou o horário do almoço e fui para o refeitório com Chanmi. Eu estava com tanta fome que enchi a bandeja com bastante frango. Eu acho que é porque estou frustrada.

Chanmi: Vai comer tudo isso?

S/n: Vou! - eu disse emburrada e ela riu

Nós estávamos comendo e enquanto mastigava o frango me senti mal e corri para o banheiro mais próximo. Me tranquei em um box e vomitei o pouco que eu havia comido. Ao sair do banheiro, Chanmi estava me esperando. 

Chanmi: Ya! Você está bem?

S/n: Estou, foi só um refluxo.

Chanmi: S/n, talvez... Será que...



Notas Finais


continua...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...