História Arried to the Kazekage - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Kankuro, Kiba Inuzuka, Matsuri, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sasuke Uchiha, Shino Aburame, Temari, Tsunade Senju
Tags Gaahina, Romance
Visualizações 47
Palavras 1.146
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Luta, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Capitulo.2


Hinata franziu o rosto ao ver o tecido rendado que ela estava segurando. Seus habituais vestidos de noite e pijamas não estavam em nenhum lugar dentro do seu suposto armário e ela vai morrer primeiro antes de usar uma dessas lingerie. Todas as suas roupas de viajem e dia estavam aqui...todos os seus quimonos e todas as suas roupas de treinamento.

Mas sem pijama. 

Olhando de relance para o jovem que estava lendo algo em um pedaço de  pergaminho, ela abriu a boca para dizer alguma coisa, mas fechou-a novamente antes que qualquer palavra saísse. Gaara parecia sério enquanto olhava para o pergaminho, seus olhos se moveram de um lado para outro enquanto sua mão esquerda batia levemente em uma caneta sobre a mesa. Hinata não queria perturbá-ló...poderia ser algo sobre seu dever Kage e a última coisa que ela queria ara irrita-ló.

'' Pergunte amanhã a Temari ou  Kankuro  sobre suas roupas. '' Gaara disse antes que ela pudesse virar a cabeça.'' Surpreendeu-a saber que ele estava ciente do problema dela, pois não parecia se importar. Sua mão ainda estava batendo na caneta distraidamente enquanto seus olhos nunca deixavam o papel.  '' Tenho certeza que eles sabem algo sobre isso. '' 

'' O-Oh...'' Hinata piscou enquanto se lembrou dos outros irmãos de areia. '' Ela tinha visto Temari antes. Estava de volta a Konoha porque a mulher era em baixadora de Suna e Shikamaru-Kun os apresentou um ao outro uma vez. Temari era linda e ela lembra a Tsunade. A maneira como Temari se comporta foi uma imagem de confiança e força.

Mas se ela fosse pergunta a alguém, ela preferia Kankuro- aquele com a pintura facial. Ele foi gentil com ela durante a festas pré-casamento e reuniões de clãs que eles se tornaram conhecidos. Kankuro realmente tentou envolve-la em uma conversa amigável e foi muito legal da parte dele.

Temari, por outro lado, de depente se virou para ela. A fã-dama também não estava feliz com esse casamento - assim como seus antigos companheiros de equipe, Shino e Kiba-Kun.

Bem, quase todo o resto de Konoha doze, mas seus companheiros de equipe foram os mais vocais sobre isso. Com um suspiro, ela pegou sua velha jaqueta roxa e calça azul. Ele não estava dormindo roupas, mas eles terão que fazer desde que não havia nenhuma maneira que ela ia usar qualquer uma dessas lingerie.

'' Ano...'' Ela olhou em volta para a porta que levar ao banheiro. Ela viu e olhou para o Kazekage atrás de sua franja.

'' Você  pode usar isso. '' Gaara disse. ''Considere o que é seu. '' 

Ela piscou para ele, corajosamente. O que ele disse realmente a fez...corar. Era sem emoção - Simplesmente afirmando que ele estava honrando o casamento, é claro - , mas foi muito gentil da parte dele dizer isso. Com um sorriso agradecido, ela silenciosamente se dirigiu ao banheiro. Ela o perturbara  o suficiente para que ela parasse de lhe perguntar coisas.

O que é meu é seu. 

Nem mesmo seu pai conseguiu disser isso a ela em sua própria casa.

O banheiro era muito simples, mas assim como o quarto - o quarto deles - era elegante. Havia uma banheira de um homem e um chuveiro. Havia uma pia no lado mas á direita e uma estaca para penturar suas roupas. Ao lado da pia havia uma pequena prateleira de madeira onde descansavam todos os sabonetes, escovas de dentes e xampu. Todos os produtos era para homens, então ela fez uma nota mental para de alguma forma colocar as mãos em seus produtos preferidos.

Ligando o chuveiro, ela não esperou para testar a água para ver se estava fria ou quente antes de pisar debaixo dela. Todas as coisas que aconteceram com ela na semana passada foram rebobinadas em sua mente e ela precisa muito da água para aliviar os batimentos cardíacos. Ela teve ataques de Pânico antes e a água sempre a faz se acalmar.

Inconscientemente, sua mente voltou para um Uchiha de cabelos escuros.

Eles não eram amigos. Eles nem estavam perto. Mas ele estava sempre olhando para ela quando achava que ela não estava olhando. Ele sempre aparece toda vez que ela estava em apuros. Ele chamou sua atenção fazendo essas coisas e agora, ela não consegue evitar pensar nisso.

E por que ele não estava presente no casamento dela? Ela o convidou pessoalmente...

Depois de tomar banho, ela se limpou com uma toalha que encontrou em um rack. Ela então  usava uma camiseta sem mangas por baixo do paletó e da calça azul.

Noites no deserto são frias e ela estremeceu. Surpreendeu-a a princípio porque pensava que todos os dias era um calor escaldante. Quando saiu do banheiro, completamente vestida e mais relaxada, foi na ponta do pé ate a cama o mais silenciosa que pode. Gaara ainda estava enterrado em papeis e pergaminhos, o rosto da mesma máscara impassível.

Ele era realmente diferente do Gaara que ela viu durante o exames-chunin...e para isso, ela ficou aliviada. 

A cama era confortável e ela gostou do coberto de peles. Foi legal ao toque. Dando um último olhar ao marido, ela recostou-se  na cama e suspirou. Ela estava exauta fisicamente e mentalmente, então ela não estava se sentido estranha e assustada agora. Gaara afirmou claramente que tudo era para fins políticos, então ela não precisa ter medo de que ele possa fazer alguma coisa com ela - Ela corou - a cama.

Ela fechou os olhos.

Gaara parou de escrever e largou a caneta. Fazia horas desde que ele estava examinado os relatórios das últimas missões dos ninjas de SunagaKure. Os olhos verdes olharam para a janela e viram que já era madrugava, e então voltaram para a mulher adormecida que estava enrolada como uma bola em sua cama.

A esposa dele.

Ela era uma das melhores amiga de Naruto, então ele seria legal com ela. Essa coisa de casamento não era realmente um problema para ele, porque ele realmente não se importa.Se o concelho não tinha uma mão sobre isso, ele duvidava que ele fosse se casar. Ele era casado com seu trabalho e um simples documento declarado que ele era agora  um homem casado não faz diferença.

Bem, talvez apenas uma pequena mudança em seu estilo de vida habitual, pois agora ele compartilhava sua cama, seu quarto, suas coisas e seu trabalho com sua mulher.Vai demorar um pouco para se ajustar, pois ele era solitário, mas ele poderia viver comisso. Ela não era barulhenta, então isso era uma boa coisa. Com um suspiro, ele se levantou da cadeira e caminhou até a cama. Ele viu a pequena barricada de travesseiro que Hinata fez em volta de si e ele sorriu um pouco. 

Casamento né?

Lentamente retirando sua camisa marrom avermelhada, ele largou no chão acarpetado e se deitou do outro lado da barricada.

Gaara fechou seu olhos escuros.

-OOO-

 

 

 

 

 


Notas Finais


E ia gente como que ficou ?!!
até o próximo capitulo ! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...