História Artificial Love...? - (Imagine Sehun) - Capítulo 23


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, Kai, Lay, Sehun, Suho, Xiumin
Visualizações 83
Palavras 1.311
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Então, to pensando em adiantar as coisas aqui pra terminar logo, ando meio desanimada e sem ideias, to passando por uns probleminhas ai ta sendo complicado escrever, então vou ver se tento terminar logo essa fic, sorry <3

Capítulo 23 - 08 - 2 temporada


08 - 2º temporada


 

Como o pai de Soomin estava de caro deu uma carona pra ela até em casa e passaram o caminho todo conversando e rindo.

 

- prometo que marco um dia entre você, eu e a Yujin pra gente se divertir, tá bom? - Soomin se virou pra falar com o irmão.

- tá bom então irmã - sorriu.

- tchau meu amor - deu um beijo em sua testa - tchau pai foi bom rever vocês

- foi sim, tchau minha filha e não esqueça de conversar com ele.

- tá bom


 

Entrando em casa percebeu que a mesma estava em silêncio, sem sinal do Sehun no andar de baixo então subiu para seu quarto e também não estava lá.

 

- um tempinho a sós, ótimo.


 

Tirou a roupa e foi para o closet pegando um conjunto de peça intima e foi para o banheiro, ficou um tempo na banheira e pensando tudo o que aconteceu desde o começo até agora.

 

Soomin não tinha o objetivo de amar de novo Sehun e fingir nas frente das câmera que os dois eram completamente apaixonados um pelo outro, ou seja, iria fingir um amor artificial por ele, mas foi tudo por água abaixo, conviver com ele só fez trazer seu amor de volta que estava guardado bem no fundo do coração, apesar de não querer assumir, o amor falou mais alto.

 

Iria até dar um filho, mas perdeu por conta do acidente e realmente nunca pensou que um dia poderia estar grávida, nunca pensou em ter filho agora, não sentia preparada ainda, pra Soomin sua prioridade é a empresa que estava cada vez mais crescendo. Apesar se um dia acontecer de ficar grávida iria ficar feliz, afinal ter um filho seria uma maravilha e principalmente porque a criança séria de Sehun.

 

Após sair do banho, vestiu o conjunto e enrolou a toalha na cabeça, saindo do banheiro deu de cara com uma cesta e buquê em cima da cama, se aproximou mais e viu que tinha uma carta, pegou abrindo-a e lendo logo em seguida.

 

“ Meu amor, não sei se isso vai resolver, mas te garanto que não lhe trai, jamais iria fazer isso com você, afinal você é a mulher da minha vida e eu nunca me perdoaria se isso acontecesse, não lembro de nada que aconteceu ontem, então resolvi fazer um exame e aí está o resultado eu realmente fui drogado ontem. Não sei como parei aqui em casa e fiquei daquele jeito, mas com certeza te trair nunca. Espero que me perdoe, eu te amo demais, você é a mulher da minha vida. Me perdoa?”

 

Soomin limpou as lágrimas que descia pelo seu rosto e olhou o que tinha na cesta, vários chocolate que a garota mais gostava e abraçou o urso.

 

Pegou a rosa e desceu às escadas em direção a cozinha colocou em um vaso e encheu de água depois deixou em cima do balcão enfeitando. Quando ia voltar para o quarto viu Sehun deitado no sofá, se aproximando do mesmo notou que estava dormindo, e notou seus olhos inchados, começou a alisar seu cabelo e o mesmo se remexeu abrindo os olhos.

 

- Soomin? - se levantou.

- oi meu amor - sorriu.

- você…

- sim, eu vi o que você deixou na cama, sai do banho e vi e li a carta.

- então você…

- eu te perdoo sim, eu fiquei de cabeça quente ver aquela cena não é fácil pra uma mulher, e aquela… - respirou fundo - ela me dá nos nervos, já teve a cara de pau de ir lá na empresa e me ameaçar.

- a Mi Young fez isso? por que nunca me disse?

- não achei necessário. Agora não quero falar dela, vamos falar de nós dois - passou os braços em volta do pescoço do rapaz.

- vamos - sorriu.

 

[...]

 

Os dois já estavam na cama aos beijos e sem roupas, Sehun beijava o pescoço e ia descendo até o seio da garota.

Soomin agarrava o lençol com força, após sentir os dedos de Sehun em sua intimidade.

 

A garota ficava excitada com os toques de seu marido, pois pra ela o rapaz sabia cada detalhe de seu corpo. Quando finalmente sentiu Sehun entrando deu um gemido alto de prazer e agarrou mais ainda o lençol.

 

Começou com os movimentos rápidos e arrancando gemidos de prazer dos dois que já estavam ficando sem fôlegos, mas ninguém queria parar queriam aproveitar o máximo.

 

 Os dois se beijavam com tanta intensidade, desejos e principalmente amor.

 

Aproveitaram a tarde toda sem ninguém para perturbar tiveram dois round de puro amor.

 

[...]

 

Já estava anoitecendo quando Yujin chegou em sua casa completamente exausta. Tomou um banho quente para relaxar, quando saiu vestiu um short curto de algodão e depois um blusão que ia até as coxas.

 

Preparou algo para comer e foi pra sala assistir televisão e quando tava terminando de comer escutou a campainha tocando. Deu pausa no filme e foi atender.

- Kai? - abriu a porta.

- oi amor - deu um selinho.

- oi, entra -  deu espaço.

- aconteceu algo?

- não, só estou cansada mesmo - disse e sentou no sofá.

- entendo, o que tá assistindo? Esses personagens não me é estranho

- 50 tons de cinza - soltou um riso e Kai olhou com a sobrancelha arqueada - era o que tinha aí - deu de ombros.

- hum. To de folga amanhã então então posso dormir aqui?

- claro, amanhã não tenho trabalho mesmo.

 

Os dois ficaram abraçados no sofá assistindo o filme, mas Yujin não tava concentrada, sentia seu ombro e costas doendo.

 

- tem certeza que está bem? - Kai encarou sério.

- sim - deu um pequeno sorriso.

- Yujin!

- só to com dor nas costas e no ombro

- vamos lá pro quarto, faço uma massagem em você.

 

Yujin concordou e desligou a tv e logo subiram para o quarto. A garota sentou na ponta da cama na espera da massagem.

 

Kai pegou em sua bolsa um gel relaxante para fazer a massagem e se aproximou da garota.

 

- com esse blusão é meio complicado de fazer, tira isso e deita de barriga para baixo.

 

A garota não disse nada e só fez o que ele pediu e logo sentiu algo um pouco gelado em suas costas e duas mãos macias alisando. Apertou os ombros sentindo o mesmo duros e às costas do mesmo jeito.

 

- você anda bastante tensa, seus ombros e suas costas estão duro, precisa relaxar mais meu amor - disse enquanto fazia a massagem.

- eu sei, mas é difícil quando se pega um caso complicado.

- sei como é. Bom terminei.

- poxa tava tão bom, por que não faz o serviço completo? - perguntou se virando e encarou.

- serviço completo é?

- humrum!

 

Kai deu um sorriso malicioso e começou a passar o gel pelo corpo da garota e em seguida fazendo massagem. Braços, peitoral e depois descendo pela barriga, tirou o short deixando-a só de calcinha e continuou nas coxas.

 

Yujin se sentia nas nuvens com a massagem, Kai sabia muito bem como deixá-la bem relaxada. A garota puxou ele pra mais perto e começaram a se beijar. Começaram com um beijo calmo e sentindo a mão do rapaz em sua cintura apertando enquanto ela puxava os cabelo da nuca.

 

Já com os corpos nus, Kai se posicionou e Yujin entrelaçou as pernas na cintura, começando com movimentos lentos a garota arfava de prazer e sentia os beijos molhados pelo pescoço.

 

Os movimentos ficavam cada vez mais rápidos e entre 4 paredes do quarto só se ouviam os gemidos de ambos.

 

- eu te amo tanto minha pequena - disse sorrindo.

- também te amo meu amor - sorriu e voltou a beijá-lo.


Notas Finais


Desculpa por esse capitulo pequeno e paia, mas bloqueio ta me atrapalhando


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...