1. Spirit Fanfics >
  2. As Aventuras de Edu >
  3. CAPÍTULO - 09

História As Aventuras de Edu - Capítulo 9


Escrita por:


Capítulo 9 - CAPÍTULO - 09


Fanfic / Fanfiction As Aventuras de Edu - Capítulo 9 - CAPÍTULO - 09


escuto alguém bater na porta

-Dudu mano? -é só o Dani

-entra ae -falo e o mesmo entra

-você viu as naves pousando ali naquele prédios -o Dani está alerta também

-vi sim man, espero que nenhuma tenha pousado aqui -se isso acontecer vai ser complicado

-eu também -Dani fala com um tom desanimado

-se forem os Greys mesmo, eles devem estar usando os clones deles, lembra que são frágeis e desatentos, fáceis de matar porém são perigosos, temos que ter cuidado -vamos entrar em dos nossos papos fodões

-verdade, mas e o consilio dos cinco? eles deveriam nos proteger não é, tem algo estranho rolando -tem mesmo

-pois é, eles devem ter feito alguma distração para poderem entrar na terra tranquilamente -os Greys são espertos

-ou eles devem estar usando alguma técnica nova de invisibilidade aos olhos do consilio dos cinco -pode até ser

-por enquanto vamos só nós proteger, isso incluí as garotas em man, amanhã vamos ensinar elas a usar uma arma caso elas não saibam, quando eu estava com o Nena nós passamos em frente a uma loja de pesca lá em Jundiaí, e eu vi umas armas de relance na parede, vamos achar algum veículo amanhã e iremos buscar -tenho que falar pro Dani sobre o pai dele, só não sei como

-beleza mas você sabe dirigir um carro? porque eu não sei -ele diz em um tom engraçado

-eu não mas a Gi sabe -digo confiante

-beleza então, vou tomar um banho descansar um pouco, até logo -espero que ele não durma

-até man -digo preocupado

vou ir tomar meu banho agora
já são 01:20
essa hidro é topzera
escuto alguém bater na porta
coloco um roupão
e vou ver quem é
espero até que batam novamente

-quem tá aí? -não vou abrir a porta tão fácil

-sou eu -essa voz que mais parece uma melodia, já sei quem é!

abro a porta e ela já me abraça
como esse abraço me revigora
sentamos no sofá
ela está usando um shorts curto e um biquíni preto

-porque você está molhado? -ela diz com um tom engraçado

-há, é que eu estava na hidro -será que eu a convido pra ir lá comigo?

-legal, isso tudo tá uma merda né? -ela meio que fica triste

-é, uma grande merda, mas o que importa é que estamos bem -eu não se ficaremos bem por muito tempo

-talvez -ela quase sussurra

-mas temos que relaxar um pouco, sei lá, assim... você quer vir pra hidro comigo? -aceita vai

-sim, eu quero -opa

peguei a mão dela e fomos até a hidro no banheiro
olhei pra ela
a mesma estava me olhando com desejo
peguei ela e a coloquei em cima do balcão
começamos a nos beijar
a mão boba era inevitável
que beijo bom
começo a morder seu pescoço enquanto tiro seu biquíni
que peitos lindos
volto a beija-la
tirando o shorts dela junto com a calcinha
quando os tiro
ela desamarra meu roupão
a abraço e a levo para dentro da hidro
sempre tive vontade de tranzar em uma
ela me enterronpe e pede para irmos ao quarto
a ajudo a levantar
pego a em meu colo e vamos nos beijando até o quarto
a jogo em cima da cama
delicadamente porém agressivo
ela sorri sedutoramente
vou indo em direção a ela
começo a chupar seu clitóris
ela solta uns gemidos constantes
e dá algumas contraídas
e puxa meu cabelo
a faço gozar
começo a chupar seu peito fazendo movimentos com a língua enquanto faço o mesmo movimento com o dedo no outro peito
ela pega em meu rosto e o vira em direção a ela
vou em direção a boca dela e nos beijamos
encaixo meu pau na buceta dela
ela é virgem, ela me disse isso uma vez
vou aumentando a força a cada bombeada
é excitante ouvi-la gemendo
trocamos de posições varias vezes enquanto trazavamos
antes de eu gozar ela me fez um boquete maravilhoso
deitamos na cama novamente
mas dessa vez para dormir
são 03:11
dia 16/01
eu a abraço e nós dormimos assim
acordo no outro dia com o Daniel me chamando na porta da suíte

-o Dudu os Greys entraram aqui -fodeu

-pera ae man, vou colocar uma roupa -procuro minhas roupas e as visto

-tava tocando uma punheta né safado -as brisa

-não, que isso man kkk -falo rindo

pego minha arma e nós descemos para mata-los
vejo um deles
aparenta ser o vigia
ficamos olhando até os outros aparecerem
chegaram mais quatro aliens
eu e Dani só temos um pente de munição cada, o resto está na minha bolsa
olho para o Dani e faço uns sinais com o dedo que eu vi em um filme
o Dani não entende!

m e r d a !

⍟⍟⍟⍟⍟⍟⍟⍟⍟⍟⍟⍟⍟⍟⍟⍟⍟⍟⍟⍟⍟⍟⍟


Gostaram? então deixem seus votos e comentem o que acharam♡




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...