1. Spirit Fanfics >
  2. As aventuras de Hervínia >
  3. O Senso do Ridículo

História As aventuras de Hervínia - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - O Senso do Ridículo


Fanfic / Fanfiction As aventuras de Hervínia - Capítulo 6 - O Senso do Ridículo

Desde sempre eu soube que o mundo era muito incompreensível e, principalmente, tóxico, mas nunca pensei que ficaria abalada emocionalmente por uma fala infeliz proferida por alguém que conheço e que tenho algum vínculo. Eu sempre quis saber o que leva as pessoas a rejeitarem, desprezarem ou magoarem alguém porque sua forma de pensar é diferente do outro. Meu grande amigo me contou que um dos nossos amigos em comum havia dito que a homossexualidade se trata de uma aberração:

- Vou deixar de falar com ele porque eu soube disso. - Disse Rozen com um tom frio.

- Rozen, como assim? Por que ele falou isso? - Disse eu, indignada com a situação.

Não gostaria de entrar em assuntos que não me sinto confortável em abordar: falo de religião... Não tem como deixar de falar dela, pois é algo que está sempre atrelado à forma de pensar na maioria das pessoas, é como se fosse algo que ditasse a vida de quem a segue. Sou muito intensa quanto aos meus sentimentos, e principalmente quando envolve alguém que amo. Fiz uma sequência de postagens no Whatsapp perguntando: "o que vocês entendem por aberração?". A postagem foi proposital para o dito cujo a visse. Alguns de meus amigos viram, inclusive o Gérlios, então comentou:

- Aberração? Eu entendo que seja algo parecido com um monstro.

Eu estava esperando o opressor (que na verdade é um borsal que não faz merda a uma batata) responder a minha postagem. Ele respondeu:

- Aberração? Vou nem comentar o que eu acho.

Assim que li, pensei: "Como assim? Você não precisa comentar porque eu já sei o que você pensa a respeito. Ninguém quer saber o que você pensa do modo de viver de alguém, embora eu tenha feito postagens para você comentar, enfim, Hervínia e suas contradições". Não tenho paciência para ver uma criança usar a bíblia como argumento para as ações de alguém, muito menos alguém que nem a segue, que vive de aparências. Quanto mais ele fala, mais vergonha passa.

Enfim, talvez a religião não seja tão ruim, talvez seja as pessoas que se comportam mal e usam sua influência para justificar certos atos. Ninguém merece ser chamado de aberração por ser diferente, se fosse por isso, o mundo seria um caos: julgamentos sem fim, dedos apontados para o outro, violência verbal, etc. Poxa, essa geração deveria ter consciência do que aconteceu no passado para não repetir no presente, mas acho que situações assim permanecerão pelo resto da vida. 

Vocês já imaginaram alguém os chamando de aberração (ou sinônimo) porque você não se adequa ao que se espera? E não falo de algo ruim, como por exemplo um ladrão ou assassino, porque estes são escórias da sociedade... mas me refiro ao que a pessoa é sem interferir na vida de terceiros, o maior exemplo disso é a homossexualidade e similares. O que um homossexual tem que o distingue dos demais? O que ele tem de tão ameaçador para serem malvistos? O pior de todo é ter que escutar asneiras por cima de asneiras: justificações baseadas na bíblia e nos costumes remotos... Acho que muitos acontecimentos ou costumes do passado não possuem credibilidade para ditar uma regra hoje, pois se a gente lembrar das atrocidades e indencências que ocorriam nessas épocas, acho que nada se justificaria.

Logo desinstalei o Whatsapp para chorar intensamente em meu quarto e pedi que meus outros amigos falassem comigo no Instagram. Depois de algum tempo me arrependi do que fiz e resolvi baixá-lo novamente, mas o código de confirmação não vinha, que droga!

- Você é realmente intensa, Hervínia. Do nada quer sumir, mas em instantes quer voltar. Disse Gérlios com muitas risadas.

Confesso que também ri, inclusive fui ver memes de animes no Instagram porque é o que faço para me distrair.

É uma perda de tempo dedicar um texto como este a alguém indigno de lê-lo, porque a ignorância é tamanha que... não sei, acho que prefiro nem comentar. Enfim, retornei ao Whatsapp depois de muito choro e indiganação, pedir a meu amigo um monte de figurinhas e utilizei uma perfeita para um número desconhecido que acabara de me contatar: "primeiramente que é vc?" (Barbie irônica). Até esqueci que sou bissexual.


Notas Finais


Venho aqui expor um pouco da minha intimidade.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...