História As Batidas do Meu Coração - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Youngjae, Yugyeom
Tags Markson, Romance, Yugyeom
Visualizações 68
Palavras 1.304
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello meus amores! ❤❤❤ Sentiram saudades? Eu sei que eu demorei muito pra atualizar a fic e peço que me perdoem e não me matem, porque senão eu não vou conseguir atualizar kkkkk ❤❤❤

Quase 1 semana sem capítulo, não é? Mas, agora já estou aqui babys! ❤❤❤

Boa leitura! ❤❤❤

Capítulo 21 - Conversando com Jaebum hyung.


Fanfic / Fanfiction As Batidas do Meu Coração - Capítulo 21 - Conversando com Jaebum hyung.

BamBam

Sigo meu caminho de volta para casa e continuo sorrindo. 

Acho que esse vai ser o melhor dia da minha vida e acho que não vou conseguir parar de sorrir. 

Em meio aos meus pensamentos e distrações, acabo esbarrando em alguém, e, por sorte, eu o conhecia. 

— Oh, desculpe Jinyoung hyung, eu estava distraído — digo para ele que assente. 

— Tudo bem, foi bom você ter esbarrado em mim, faz uns dias que não nos vemos — ele sorri de um modo fofo e continuamos caminhando em direção à minha casa.

— Tem razão. Eu acabei de sair do hospital, hyung — digo — Vai ir comigo até minha casa? — pergunto e ele assente sorrindo. 

— Hum… Ah, o Yug já te contou que eu já comecei a trabalhar, né? — Jinyoung pergunta. 

— Sim, ele comentou comigo. Fico feliz por isso, o tratamento pode ter um bom resultado e logo ele poderá sair de lá — sorrio. 

— Sim, tem razão — ele dá um mínimo sorriso — Bamie, você ainda gosta dele? 

— S-sim, hyung. Mas, você sabe como eu sou tímido pra falar sobre isso, normalmente eu sou bem cara de pau, mas, nisso não… — coro e desvio o olhar. 

— Hum… Entendi — ele pareceu um pouco desconfortável. 

— O que foi, hyung? Parece meio desconfortável. Há algo errado? — indago meio confuso. 

— Ah, não, não, tá tudo bem… 

Continuamos nosso caminho em silêncio. Estranhei esse desconforto repentino do Jinyoung, mas, não vou perguntar novamente, pois sei que ele não vai dizer. 

[…] 

— Ele gosta de você, seu lesado — Jaebum diz pela milésima vez e eu reviro os olhos, também, pela milésima vez. 

— Ele não gosta de mim, hyung! Ele só ficou desconfortável de repente! Pare de repetir isso, isso é coisa da sua cabeça e não tem lógica você dizer isso — digo já irritado. 

— É claro que tem lógica! Jinyoung não me parece o tipo de pessoa que fica desconfortável do nada ou sem motivos — ele diz e suspira se jogando no sofá de minha casa. 

Estávamos discutindo sobre isso desde a hora que cheguei, Jinyoung me deixou na esquina de minha casa e foi embora e quando cheguei, apenas Jaebum estava aqui. Ele disse que os meninos tinham ido embora e talvez amanhã faremos um almoço juntos. 

Eu já estava cansado de ouvir Jaebum hyung repetir essa ideia idiota sobre o Jinyoung. É totalmente ridículo pensar isso sobre ele. Bom… Pelo menos, eu acho… 

— Tudo bem, hyung. Já estou cansado de discutir com você sobre isso. Ah! E você ainda tem que me contar qual é esse seu tal rumo, me conta e para de fazer mistério — digo me lembrando do assunto de ontem. 

— Ah, certo… 

— Os hyung's já sabem? — pergunto curioso. 

— Sim, já contei pra eles, eles ficaram surpresos, até mesmo o Mark ficou — ele diz e ri, provavelmente se lembrando da expressão de Mark hyung. 

— Conta logo, hyung — faço bico. 

— Está curioso? — ele pergunta com um sorrisinho de lado. 

— Claro que sim! 

— Hum… Eu acho que eu não vou te contar — ele diz fazendo uma falsa cara pensativa. 

— Hyung, por favor me conta, me conta, me conta, me conta, me conta, me conta! — o chacoalho. 

— Tá bom, tá bom, para de me balançar criança — ele diz e eu o solto e sorri. 

— Isso quer dizer que você vai me contar? — pergunto esperançoso. 

— Eu vou — ele ri de minha expressão. 

— Bem, nesses últimos tempos eu vinha pensando muito sobre isso e finalmente cheguei a uma conclusão… Hum… Será que eu te conto? — ele diz e eu lhe dou um tapa e lhe lanço um olhar mortal.

— Para de graça! 

— Parei, parei — faz sinal de rendição com as mãos — Bom, eu não sei se já esperava isso, mas… Eu sou gay — ele sorri fraco — E, pra falar a verdade, quando eu disse que pensei sobre isso, eu não pensei, eu só não tava conseguindo aceitar isso. 

— Oh! Eu sabia que um dia você ia se assumir, hyung. E, tá tudo bem demorar um pouco pra aceitar isso, eu pra falar a verdade, não demorei, mas, pra você deve ter sido mais difícil, já que você foi "hétero" por mais tempo que eu — digo e faço aspas na palavra hétero e ele ri. 

— Sim, é verdade. Que bom que entende — ele diz. 

— Claro que eu entendo, quem seria melhor que eu pra entender sobre esse assunto do que eu? — digo e nós rimos. 

— Tem razão, ninguém melhor que você — ele me olha. 

— Hyung, eu posso te perguntar uma coisa? — pergunto. 

— Já perguntou — ele ri e eu faço bico — Tá bom, tá bom, pode perguntar outra coisa — ele ri novamente. Idiota. 

— Ah, então, já que agora você se assumiu gay, você pensa em dar uma chance ao Youngjae? — pergunto.

— Na verdade, não. 

— Não? Por que não? Você não gosta dele? — indago. 

— Não, eu não quero iludir ele de novo, eu não gosto dele nesse sentido, gosto dele como meu amigo, eu sei que ele ainda gosta de mim, mas, eu não sinto o mesmo. Eu só descobrir que sou gay porque venho investigando sobre mim mesmo, não porque estou apaixonado por ele ou por alguém — ele me explica calmamente. 

— Ah, entendi — digo e ele sorri mínimo. 

— Mas, agora, voltando ao assunto do Jinyoung, eu realmente acho que ele não quer apenas a sua amizade BamBam, ele quer mais que isso. Acho que o sentimento dele em relação à você não é um carinho de amigos, ele quer algo a mais — ele diz e eu suspiro. 

— Você acha mesmo isso? Acho que Jinyoung hyung não gosta de mim como você está pensando. Por mais que ele seja gay, ele não demonstra nenhum sentimento por mim nesse sentido. 

— É claro que ele demonstra! Você é quem não percebe isso. Ele sorri pra você a todo momento, sempre que ele tem a oportunidade de estar perto de você ele fica com você, te olha de um jeito diferente… — o interrompo. 

— É isso que amigos fazem — exclamo e ele revira os olhos — Você está errado. E outra, quando eu disse pra ele sobre meus sentimentos em relação ao Yugyeom, ele ficou super feliz, não tem nada a ver o que você está dizendo. 

— Ele pode até ter ficado feliz, mas, isso faz um pouco de tempo, não faz? — ele pergunta e eu assinto — Então BamBam, os sentimentos dele por você podem ter mudado. 

— Tudo bem, hyung. Você tem um pouquinho de razão — digo. Falei isso só pra ele parar de falar…

— Eu sei que você está falando isso só pra eu parar de falar — ele diz. Como assim? Como assim produção? Pode isso? Ele tá lendo minha mente. Socorro! 

— Eu não estou não — minto. 

— Mesmo se estiver ou não estiver, tanto faz, eu vou parar de falar sobre isso pra você poder refletir sobre esse assunto — ele diz e se levanta — Agora eu preciso ir. 

— Certo. Tchau, hyung. Amanhã vamos almoçar na casa de quem? — indago indo até ele que já estava na porta. 

— Não sei ainda, vamos decidir e amanhã eu te mando mensagem avisando. 

— Ok. 

— Tchau Bamie, se cuida, e pense no que eu disse — ele me dá  um abraço e deixa um beijinho no topo da minha cabeça. 

— Tchau, hyung — digo e ele vai embora e eu fecho a porta. 


Notas Finais


Foi isso amores da minha vida, amo cada um de vocês, vocês são muito importantes pra mim, tanto, que eu até sei o nome do user de cada um de vocês que comentam aqui! ❤❤❤

Tchau babys, até o próximo e comentem o que acharam! ❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...