História As Cartas- Jikook - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Amor, Bangtan Boys, Bangtan Sonyeondan, Bts, Drama, Ficção, Ficção Adolescente, Jeon Jungkook, Jikook, Jimin, Jungkook, Kookmin, Paixão, Park Jimin, Romance, Shoujo, Tragedia, Yaoi
Visualizações 4
Palavras 897
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieh de novo, capítulo dois no mesmo dia, aviso: É provável que dia de semana eu poste só um ou nem poste pois é difícil usar meu celular por conta das aulas. NÃO PLAGIE!

Capítulo 2 - 02: A Caixa


Fanfic / Fanfiction As Cartas- Jikook - Capítulo 2 - 02: A Caixa

Povs Jungkook




Disquei O número de uma pizzaria que Taehyung havia falado bem para mim, logo fui atendido por uma voz masculina muito grave:

??: Em que posso ajudar?- A voz diz do outro lado da linha

Kookie: Uma pizza pequena de calabresa, ah sim, e uma coca lata por favor- Passei o endereço e me sentei no sofá.

Peguei o controle e liguei a televisão, logo acessei a Netflix, estava assistindo alguns doramas, quando eu decido verificar como era o porão dessa nova casa, era um costume de minha família ver qualquer porão quando se muda, então, por que não prosseguir com a tradição? Me levantei e abri a porta trancada que levava pra lá, apalpei a parede ao meu lado e senti o interruptor, acendi a luz que fraquejou, coisas comuns de uma lâmpada antiga, haviam várias prateleiras enferrujadas e vazias, alguns insetos asquerosos que andavam pelas paredes,mas, no centro da casa, havia uma caixa, me aproximei curioso da mesma e li em sua tampa a palavra CARTAS, abri a mesma e logo dei de cara com muitas cartas, peguei o monte em minhas mãos e o levei para a sala, me sentei no sofá e peguei o primeiro envelope, decorado e bonito, preservado...Deveria ser de no máximo dois anos atrás (acertou mizerávi ;-; ) O título era apenas: Meu pai sumindo.

Eu estava observando cada detalhe da carta quando a campainha toca, provavelmente a pizza, eu peguei o dinheiro em cima da mesa da sala e fui para a porta, abri a mesma e o entregador esperava com a pizza em mãos, paguei e agradeci, entrei em casa e me sentei no sofá, abri a caixa, 4 pedaços, tamanho para um, claro. Abri a lata de coca cola e bebi um gole, logo em seguida mordendo um pedaço da pizza, volto minha atenção para a carta, abri a mesma e percebo se tratar de uma caligrafia bem elaborada.

Sem aguentar, percebi que já lia a carta.

Isso aconteceu quando eu tinha 7 anos, Eu, Park Jimin, sempre fui uma criança muito feliz, morava em uma casa alegre, com uma ótima mãe que me dava todo o carinho e amor do mundo, meu pai que brincava bastante comigo no quintal e sempre me levava para tomar sorvete aos sábados, eu era mesmo muito feliz, eu sempre gostei da escola, sempre gostei de ler e como pode perceber escrever, um dos motivos para amar a escola era porque eu podia ver meu melhor amigo, Min Yoongi, éramos inseparáveis desde os meus dois anos de idade, ou seja, uma amizade duradoura, enquanto escrevo essa carta, ainda somos melhores amigos, já quando você estiver lendo, eu não sei...Espero que eu esteja pelo menos vivo, bom, a data de hoje? 15/05/2016, eu tenho 15 anos neste momento, mas isso não é o mais importante nesta carta, o mais importante é sobre como meu pai deixou de fazer parte da minha vida...

Todas as férias eu e minha família íamos para a Inglaterra ver a minha avó, e nessa férias não ia ser diferente, tudo pronto, a não ser pelo fato de que meu pai saiu com as malas e disse a mim e a minha mãe que iria somente levar para uma moça arrumar sua alça, na mala havia todas suas roupas, eu e minha mãe acreditamos, então, ele saiu com o seu carro, as horas passaram...e meu pai não retornou para casa, nem hoje, nem amanhã, nem depois, nem na próxima semana, nem no próximo mês, nem no outro ano, e no outro...Enfim Ele nunca voltou...Essa viagem foi cancelada. Não sinta pena de mim, eu juro que eu sou feliz sem meu pai, eu consigo ainda sorrir sem olhar pra ele...Mas Eu ainda o amo e sei que se eu o encontrar, eu vou dar muito amor a ele...Ele era tão especial para mim...Bom, tchau.


Quando percebi, estava no penúltimo pedaço de Pizza e meu rosto estava muito molhado, eu estava chorando muito, então, decidi dormir.




Povs Jimin





Acordei com um pouco de dor na cabeça, me troquei e desci para tomar meu café, minha mãe ainda estava dormindo, era bom eu me apressar pois eu pegava carona com o Namjoon e o Jin, eles estão no primeiro ano da faculdade e são namorados, se assumiram ano passado quando estavam no terceiro, eu Hoseok e Yoongi estamos no terceiro e vamos todo santo dia de carona com eles, como a faculdade começa mais cedo somos os primeiros a chegar na escola e ficamos na praça de frente para ela, terminei meu café e subi para o banheiro, escovei meus dentes e fiz minhas necessidades, ali, parado olhando para o espelho, me perguntei se alguém já havia descoberto minhas CARTAS, acho que não...

Pego minha mochila e assim  que desço ouço a buzina, era hora, sai de casa e logo me deparo com as 4 melhores pessoas do mundo: Jin, Namjoon, Yoongi e Hobi.

Sorrindo entro no carro e cumprimento todos eles.

Chegamos e Nam e Jin vão para a faculdade, nos sentamos na praça e ficamos conversando por um tempo

Suga: Ainda escreve?

Jimin: Não mais...

JHope: É sobre aquelas cartas que me disse?

Suga: Sim

Jimin: Já mostrou alguma carta minha para ele?

Suga: Não,gostaria de ver alguma Hoseok?

Jhope: Sim, posso?

Jimin: Pode Sim, eu era muito jovem.

Estávamos conversando quando um moço passa por nós com uma pasta cheia de cartas parecidas com as minhas, ele esbarra em mim

Jimin: Perdão é...

Kookie:Jeon Jungkook, prazer tá perdoado 

Jimin: Park Jimin... 



 


Notas Finais


Bjos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...