1. Spirit Fanfics >
  2. As crônicas de um virgem desesperado! >
  3. Suspeitosamente específico

História As crônicas de um virgem desesperado! - Capítulo 9


Escrita por: e Candy-NeeChan


Notas do Autor


Hey... Eu voltei... Tudo que eu posso dizer é me perdoem, mas eu tô com uns 15 trabalhos atrasados pra fazer, mas mesmo assim eu tentei escrever kkkkkkkk (To rindo de desespero...)

Capítulo 9 - Suspeitosamente específico


Eren on


Algumas dias se passaram e não havia acontecido nada de diferente, apenas o mesmo inferno de sempre, mas isso eu já estava acostumado.


Agora, o meu progresso com o Levi?... Bom, foi de -10 já que nem nos falamos direito nesta semana, ele não parecia estar me evitando, mas também não fazia o mínimo esforço para manter uma conversa comigo, eu sou carente pô… Tá eu não sou, mas ele é o cara que vai me desvirginar, precisamos ter pelo menos alguns diálogos.


Levei minha mão até meu braço após sentir uma pontada ali.


Mikasa- Você está bem?- Ela diz me olhando preocupada.


Eren- Não- Faço uma pausa dramática e ela se inclina na minha direção mais preocupada ainda- Acho que estou grávido.


Mikasa- Idiota!- Ela diz me dando um tapa na nuca enquanto eu rio de forma discreta- Isso que eu ganho por me preocupar com você.


Apesar de estar rindo, meu braço estava doendo, muito, grandes chances de eu ter batido enquanto estava bêbado.


Mikasa- É melhor você ir na enfermaria- Ela diz vendo eu me debruçar sobre a mesa.


Eren- Nossa enfermaria não serve de nada, sabe que só vão lá os caras que querem matar aula né?


Mikasa- Você vai lá o tempo todo!


Eren- Exatamente.


Mikasa- Falta meia- hora pra aula acabar, no intervalo- Olhei pra ela de forma cortante.


Eren- Recreio! Se tu falar intervalo de novo eu vou te jogar uma cadeira.


Mikasa- Vai tomar no cu! Enfim, no recreio, você vai pra enfermaria. Ela provavelmente vai te passar um dorflex vencido, mas o que vale é a intenção.


Eren- Bom saber que você se preocupa tanto comigo- Sorri de forma irônica pra ela que apenas desvia o olhar.


Mikasa- Puff, preocupada? Se você morresse eu ia fazer questão de escrever "Morreu virgem" na sua lápide.


Eren- Estranhamente eu iria achar isso incrível, mas ficaria melhor se fosse "Morreu virgem, sozinho e chorando em posição fetal enquanto comia miojo".


Mikasa- Suspeitosamente específico… Mas mudando de assunto, como vai o seu plano de ser comido?


Eren- Você está falando de canibalismo?


Mikasa- Eren pela segunda fodendo vez, não, eu não estou falando de canibalismo- Ela fecha os olhos e respira fundo- Estou me referindo ao seu plano de perder a virgindade.


Eren- Aquele otário não está nem mesmo falando comigo!


Levi- Vocês sabem que eu estou literalmente sentado na sua frente não sabe Eren?


Eren- Pau no seu cu!- Eu com certeza não estou com raiva dele por não estar falando comigo- Mas voltando, aquele otário, filho da puta, babaca, idiota está me deixando extremamente puto porque do nada parou de falar comigo. 


Levi- Talvez seja porque quando eu tento falar, você transforma qualquer merda em sexo!


Eren- Olha eu não consigo evitar! Isso foi por causa do chocolate de pau?


Mikasa- Chocolate de pau?


Eren- Não é nada.


Levi- Não Eren, conta pra ela que você me deu uma caixa cheia de pênis de chocolate.


Mikasa- Meu deus isso é incrível pra caralho!


Eren- Verdade, você sabia que eu queimei minha mão umas 8 vezes por aquela merda?!


Mikasa- Isso foi por causa do falso dia dos namorados?


Eren- Sim foi, o que significa que minha situação nesse momento é culpa sua.


Mikasa- Vem jogar a culpa pra cima de mim não!


Levi- Você que decidiu acreditar nessa imbecilidade.


Eren- Eu vou me retirar porque obviamente estou atacado pela minha melhor amiga e pelo amor da vida do meu pau, adeus!- Digo me levantando e indo em direção a porta.


Levi- Atacado o caralho! Você só tá tentando fugir da aula seu pau no cu.


Mikasa- Me espera que eu também tô vazando.- Antes de eu sair pela porta mas o professor coloca o braço na minha frente.


- Vocês sabem que essa aula é obrigatória né?


Eren- Eu não tenho palavras para descrever o quanto eu não me importo- No fim eu me abaixo e passo por debaixo do braço dele, sendo seguido por Levi e Mikasa- Parem de me seguir!!


Mikasa- Não! Eu vou te seguir até as profundezas do inferno se isso significar não ter que participar da aula de química. 


Levi- A gente não estava tendo aula de história?


Eren- Eu tava achando que era português…


Mikasa- Hey, falando nisso, você tem que ir pra enfermaria!


Eren- O que isso tem a ver com o assunto que estávamos falando?


Mikasa- Absolutamente nada! Estou apenas dizendo. 


Levi- Por quê enfermaria?


Eren- Porque eu tô grávido, eu e Mikasa já conversamos sobre isso.


Mikasa- Você já sentiu vontade de dar uns tapas na cara dele?- Ela diz se virando para anão desvirginador. 


Levi- Já, mas pode ter certeza que eu nunca fico na vontade!- Me estatelei no lugar, me virando pra ele.


Eren- Aí, viu? Depois você reclama que eu transformo tudo em algo sexual. Mikasa essa frase que ele falou não tem um puta de um duplo sentido?


Mikasa- Não?...- Ela franziu a sobrancelha em dúvida, me fazendo ficar ainda mais puto.- Quer saber? Foda-se essa merda!- Ela agarra meu pulso e o dele e nos puxa até uma porta branca- Nós vamos entrar aí, falar com a enfermeira otária e você vão aproveitar para resolver seus problemas sexuais!


Levi- Nós não temos problemas sexuais!


Eren- Até porque nós não transamos ainda! E adivinha? Não foi por falta de tentativa…


Mikasa- Ok então, vamos resolver seus problemas sexuais não sexuais.- Ela abre a porta e nos empurra pra dentro, fazendo a porra do meu braço doer ainda mais.


Eren- Aí sua otária! Depois meu braço cai e a culpa vai ser sua!


Mikasa- Srt. Hange, o Eren…


Eren- Está grávido.


Levi- Cala a boca!- Me abaixei rapidamente, desviando de um tapa dele.


Eren- Viu, já estamos até conectados e você ainda assim não quer foder comigo.


Hange- Você de novo? O que aconteceu dessa vez? Espere um pouco e eu já vou aí, e é bom ser algo importante, eu estava tirando um ótimo cochilo. 


Eren- Eu sei lá, tô com dor, acho que vai ter que amputar!- Digo tirando minha blusa e mostrando meu braço pra ela.


Mikasa- Pra que tirar a poha da blusa mano? Era só levantar a manga!


Levi- Shhh, não diga nada. Isso foi sensualmente necessário.


Eren- Eu tô na esperança que te de um ataque e você perceba o quanto meu corpo é incrivelmente gostoso.


Mikasa- Olha só, desse jeito até parece que sua autoestima é alta.


Eren- Isso me deixou levemente magoado, sabe o que poderia resolver…


Levi- Se você disser sexo eu vou dar na sua cara!


Mikasa- Ok, vou dar uma de terapeuta aqui e sumir com esse climão. Levi, por quê você estava ignorando o Eren?


Levi- Eu não estava ignorando ele…


Eren- Sim, você estava seu otário!


Levi- Arg, quer saber, eu não consigo mais fazer sexo por causa dele!


Eren- Que merda eu fiz agora?


Levi- Toda vez que eu tento transar com alguém, eu acabo pensando no pau no cu do Eren, eu já tive que fugir da cama de 4 caras porque a porra do meu pau só levantava quando eu pensava nesse desgraçado.


Eren- Isso poderia ser facilmente resolvido se transasse COMIGO, e não com outra pessoa!- Disse depois de um tempo em silêncio tentando absorver tudo que ele tinha dito.


Levi- Eu não vou transar com você!


Eren- Por quê, mano?


Levi- Porque eu tô puto de não conseguir transar com outra pessoa por sua causa!


Mikasa- Peraí, então você tá com raiva dele por pedir tanto pra fazer sexo contigo, o que fez com que você não consiga transar com mais ninguém… 


Levi- Sim…


Mikasa- E você também não quer desvirginar ele pra ele calar a boca de uma vez por que tá puto de não conseguir transar com mais ninguém?


Levi- Sim…- Fico boquiaberto e acabo nem percebendo Hange vindo até perto de mim, examinar o meu braço.


Mikasa- ISSO NÃO FAZ SENTIDO NENHUM!


Levi- Eu sei!


Mikasa- Levi quem vai acabar dando na sua cara vai ser eu!


Hange- Puta que me pariu!- Ela diz surpresa após tirar um band aid do meu braço- Mas que merda é essa?


Eren- Oh, eu levei um tiro!- Digo sorrindo.


Mikasa- QUE?


Eren- Foi de raspão relaxa!


Hange- Você deveria ir pra um hospital, essa merda infeccionou! 


Eren- Nada de hospitais! E isso é culpa dele, ele que fez esse curativo!- Digo apontando para o Levi.


Mikasa- Você colocou um band aid num maldito ferimento de bala?


Levi- Eu não tenho culpa, era a única coisa que tinha!


Hange- Esse é o menor dos problemas, quando você fez esse curativo?


Levi- Duas semanas atrás…


Hange- Tá, e quando você trocou esse band aid?- ela diz me encarando.


Eren- Acho que… Duas semanas atrás…


Hange- Garoto, assim não é por nada não, mas eu sou uma enfermeira de colégio, eu nem terminei minha faculdade… E você precisa tratar essa merda o mais rápido possível…


Levi- Ou seja, vamos para a porra do hospital.


Eren- Eu já disse que não vou!


Hange- Isso tá parecendo novela mexicana…


Mikasa- Na verdade isso tá parecendo enredo de fanfic clichê escrito por adolescente retardado e sem vida social e que está cheio de coisa pra fazer, daí ele vai lá escreve um capítulo e percebe que ficou uma bosta, mas acaba postando mesmo assim…


Eren- Isso foi suspeitosamente específico…


Continua yeah...


Notas Finais


Espero que tenham gostado, eu vou ali dar com a cara na parede pra ver se eu morro pra não precisar mais estudar...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...