História As Crônicas do Chat Ado - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Chat Ado
Visualizações 18
Palavras 491
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Saga
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


" O xvideos me chama"
- Funky

Capítulo 2 - Crack House


Henthales contou que demorou seis dias para chegar lá no lugar que ele chamou de crack house, confesso que não descobri ainda porque ele chamou assim já que lá só viviam uns caras brisados, ah... Agora entendi...

  Enfim, ele disse que andou pacas e blá blá blá é que no caminho passou em frente de uma oficina de carros e avistou um garoto bem alto e com uma testa bem marcante. Ele disse que não resistiu e já chegou junto:

- Kk iai men, rambora comigo, tô indo pra uma jornada épica atrás de um soco louco ai.

   Estranhamente a resposta do garoto foi:

- Fechou.

- Boa, agora será Henthales e... Espera qual o seu nome mesmo? - perguntou o nosso Herói meio confuso

- Negão.

   Então partiram Negão e Henthales. Aonde eu estava mesmo? Ah verdade. Eles caminharam seis dias até crack house. Nessa parte ele contou com ódio, pois percebeu que só demorou todo esse tempo pois ficou andando em círculos por uns três dias no bairro, sendo que era só pegar uma reta.

  Enfim, eles chegaram exaustos e sedentos por água, já que ninguém lembrou de levar uma garrafa d'água. Ele contou que ambos desmaiaram e acordaram doze horas depois com um batida estranha. Era Reagge, Bob Marley para ser específico. Um sujeito magrelo e com um sorriso de quem vive brisado os recebeu. Finalmente haviam achado Jamaica, o contador de viagens.

   Hethales já foi direto ao assunto:

- Ae mano, aonde está o suco lendário?

- Relaxa, acho que você deviria saber de outra coisa antes disso. – Disse Jamaica – Gaystavo está atrás também de tal suco. Ele não está de brincadeira, reuniu pessoas para ajudá-lo, e pior de tudo, me falaram que ele não oferece um bom plano dentário!

-NÃÃÃOOO!!! – Gritou Negão – Tadinho deles...

- Poxa vida... Logo ele? Conte-me mais Oh detentor de tal brisa – Exclamou Henthales

- Haha engraçadão você né? Tanto faz. Não sei muito mais que isso, só que ele está com uma forte aliança com Mellodramático, é esse cara não está de brincadeira. – Explicou o Guru

- Se quiserem mais informações sugiro que vão atrás do Vacari, o Hackerman. Ele sim pode lhe informar mais. Porém antes deixe-me responder o que havia me perguntado antes.

- Verdade! Por favor, me diz aonde está!! – Suplicou Hen.

- Ok. A lendária garrafa de suco com o lendário sabor está escondido no tempo. Protegido por um forte e antigo guardião. Ela está na mais profunda catacumba Central, aonde pessoas rezam e suplicam a Deus. – Contou o Guru

- Obrigado!!! – agradeceu Negão – Vambora Hen!

   Saíram correndo que nem loucos da casa.

- Esperem eu ainda não falei aonde vocês podem encontrar o Vacari... Deixa pra lá, eles se viram. – deu de ombros o Guru.

   O Guru entrou na casa e continuou a fazer o que sempre fez. NADA. Enquanto Negão e Henthales saíram a procura do Vacari. Mal sabiam eles o que estava planejando Gaystavo.


Notas Finais


Gente estou muito satisfeito com os resultados positivos dessa Estória kkkkkkkk. Tenho mais visualizações do que imaginava que teria, obrigado do fundo do meu coração.
Espero que tenham se divertido com esse capítulo, eu quis implementar falas nele pois achei que ficaria mais interessante você perceberem como cada personagem pensa. Comentem se devo continuar continuar com as falas ou só narrativas mesmo.

- Thales


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...