História As desilusões do amor- Bughead e Varchie - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Riverdale
Personagens Alice Cooper, Antoinette "Toni" Topaz, Archibald "Archie" Andrews, Cheryl Blossom, Chuck Clayton, Elizabeth "Betty" Cooper, Forsythe Pendleton "FP" Jones II, Forsythe Pendleton "Jughead" Jones III, Hal Cooper, Jason Blossom, Josephine "Josie" McCoy, Kevin Keller, Marmaduke "Moose" Mason, Melody Valentine, Polly Cooper, Reginald "Reggie" Mantle, Trev Brown, Valerie Brown, Veronica "Ronnie" Lodge
Tags Bughead, Riverdale, Varchie
Visualizações 290
Palavras 846
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Maratona 2\

Capítulo 14 - Jughead, por favor me ajuda!


Fanfic / Fanfiction As desilusões do amor- Bughead e Varchie - Capítulo 14 - Jughead, por favor me ajuda!

E então por onde começamos? - Perguntou Betty se virando para encarar Jason que tinha um sorriso malicioso no rosto.

Talvez por isso - Disse Jason pegando Betty no colo, fazendo com que ela ficasse com as pernas em volta de sua cintura e só assim foi subindo as imensas escadas de sua casa indo assim em direção ao seu quarto, quando chegou lá já foi logo deitando Betty em sua cama ficando com seu corpo por cima da garota que se mexia tentando respirar sem sucesso, afinal Jason era bem mais forte que ela e estava impossibilitando isso neste momento, a garota conseguiu respirar novamente quando ele se separou por alguns segundos para tirar a sua roupa e puxar a dela também.

Ei Jas, calma - Disse Betty tentando desgrudar sua boca da dele, a falta de ar já estava lhe incomodando - Vamos com calma Jason - Disse Betty ficando sem paciência.

Cala a boca Betty, eu esperei isso por muito tempo então colabora e fica quietinha - Disse Jason descendo a cada beijo na barriga da garota.

Jason, me solta isso não está legal - Disse Betty tentando se soltar novamente sem sucesso.

Eu já mandei calar a boca porra - Disse Jason agora dando um tapa forte nas coxas de Betty que tremeu com a dor.

Jason chega, eu não quero mais - Gritava Betty que nesse momento já tinha lágrimas por todo o seu rosto.

Eu digo quando chega, você não manda em nada entendeu - Disse Jason agora olhando nos olhos de Betty, mas sem se mover - Você vai me pegar pelo o que me fez passar na frente dos meus amigos e vai ser agora - Disse Jason puxando a calcinha de Betty com força que neste momento já gritava e se debatia tentando se soltar, até que por fim conseguiu acertar um chute no rosto de Jason que caiu no chão por alguns segundos, segundos suficientes para Betty pegar o seu celular que estava caído ao seu lado na cama e correr para o banheiro se trancando lá sem saber o que fazer, com um Jason Blossom muito irritado do outro lado do quarto, mas para sua sorte os Blossom nunca comprariam uma madeira barata para fazer sua casa; sendo assim aquela porta do banheiro parecia bem forte, ela só não sabia até quando...

Pensa Betty - Falava Betty andando de um lado para o outro pensando para quem poderia ligar, foi então que sem pensar discou o número dele... Jughead Jones, o cara que tinha acabado de lhe dar um fora no Pop's, mas sim ela confiava nele para lhe ajudar.

Jughead, por favor me ajuda - Dizia Betty com a voz tremula.

Ah sem essa Elizabeth, você me fala aquelas coisas minutos atrás e agora vem me pedir ajuda - Dizia Jughead impaciente e ela podia ouvir a voz de Jennifer reclamando sobre algo no fundo, mas nesse momento isso não lhe importava.

Jughead é sério por favor, ahh - Betty deu um grito com o som alto de Jason dando chutes fortes na porta.

O que está acontecendo Betty? - Perguntou Jughead agora preocupado do outro lado da linha.

Jason está tentando me estuprar Jughead, me ajuda por favor estou na casa dele e não sei quanto tempo vou aguentar aqui - Dizia Betty que neste ponto já havia voltado a chorar.

Aonde você está na casa Betty? - Perguntava Jughead tentando parecer calmo e pelo barulho do outro lado da linha ela sabia que ele já estava na rua e não iria demorar muito a chegar e ela rezava para ter esse tempo.

Estou trancada no banheiro do quarto dele, mas não sei por quanto tempo a porta vai aguentar - Dizia Betty entre soluços olhando para a porta que balançava a cada chute de Jason.

Fique ai e não se mova, eu prometo que não vou deixar ele encostar um dedo em você - Falou Jughead logo após desligar a ligação, Betty sabia que ele estava vindo, mas escutar a voz dele minutos atrás estava lhe acalmando e agora o barulho da porta e os gritos de Jason estavam lhe deixando apavorada e o choro alto foi inevitável.

Alguns dez minutos havia passado, Jughead sabia aonde Jason morava. Na verdade toda Riverdale sabia aonde os Blossom morava, mas Betty já estava com medo que ele tivesse se perdido ou esquecido o local, por que aqueles foram os dez minutos mais longos de sua vida e então aconteceu; em meio aos gritos de raiva de Jason, barulhos fortes na porta que agora já estava quase quebrando definitivamente e o choro insistente de Betty, ela o ouviu, ouviu o seu grito chamando o seu nome e logo em seguida o grito de Jason o xingando, sabia que neste momento os dois estavam brigando e ela estava mais nervosa com essa situação então o que ela se permitiu fazer nesse momento foi apenas se encolher na banheira e tapar seus ouvidos com as palmas de sua mão, numa tentativa falha de acabar com aquele pesadelo.

 


Notas Finais


Esse capítulo me doeu o coração, juro <\3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...