História As desventuras de Alice Angel - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bendy and the Ink Machine
Personagens Bendy, Boris the wolf, Henry, Joey Drew, Personagens Originais, Sammy Lawrence
Tags Alice Angel, Batim, Bendy, Drama, Família, Romance
Visualizações 15
Palavras 308
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Perdão pelo curto capítulo......
🍡🍡🍡




Bjs.

Capítulo 4 - Conheça Jack


Esta pronto Henry?

- Sempre....

O grande pentagrama no chão começou a ficar envolvido com chamas negras que disparam tornando-se tinta líquida. As velas davam um ar sombrio aquela sala no fim do corredor, o silêncio do estúdio deixava tudo tenso demais.

- Acha que vai funcionar?- estava nervoso.

- Acalme-se Joey, se funcionou com Bendy à de funcionar com ele........bem, espero.

Henry começou a pronúnciar palavras inadiveis com convicção, o barulho de um alarme soou pelo estúdio causando espanto em ambos.

- Você ouviu isso- a tensão estava grande entre - isso so pode ser..

- A máquina de tinta foi ligada.


- Será que funcionou?- o nervosismo de Joey era  algo notável.


- Pode ser...... vamos até lá?- por mais corajoso  que seja, Henry sabia que a sala de máquinas  era o domínio de outra pessoa.

- Vai você na frente.


                         ..................................

A sala de máquinas era algo realmente assustador, era uma confusão de graxa e tintas  escorrendo pelas paredes. Canos embaraçados pelo teto, medidores de temperatura que oscilavam instantaneamente,todo cuidado era pouco.

- Acho que não tem nada aqui- Joey estava com medo, andava com tanto cuidado como sua vida dependesse disso.

- Parece que não, vamos sair daqui logo esse lugar me dá arrepios.

O alarme foi disparado mais uma vez erissando até o último fio de cabelo dos produtores. 

- Pode ir Henry, eu vigio a porta- disse fazendo uma cara de inocente.

- Ande logo- Henry fez um gesto para que fosse acompanhando por ele- Se você não vier,  faço Bendy ir atrás de você.

- Você venceu.

Cada canto escuro era um motivo para temer, estavam quase chegando a Ink Machine. Passos lentos e cautelosos com o mínimo barulho de respiração possível.

- Poderiam me ajuda?

Os olhares dos dois se prenderam aquela figura perdida e coberta de tinta.

- JACK.....


Notas Finais


Obrigado por lerem......
Bjs. 😄


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...