1. Spirit Fanfics >
  2. As Doidas do 302 >
  3. Capítulo I

História As Doidas do 302 - Capítulo 1


Escrita por: e Pouck_


Notas do Autor


Eu e co-autora tivemos a ideia no início do ano passado, porém somente agora decidimos postar.
Espero que gostem, e desde de já agradeço a quem ler.

Capítulo 1 - Capítulo I



Milanie Vitale

Paciência. Era o único sentimento que eu precisava ter, porém não tenho.

Como Pouck pode ser tão teimosa?! Era só organizar as roupas dela, a mudança já estava completamente pronta! Os móveis já estavam no apartamento, a cozinha já estava montada, os guarda-roupa estavam montados, nossas coisas já estavam lá! Literalmente tudo está pronto.

Porém, quando chego na casa dos pais dela me encontro com ela totalmente despreocupada, deitada na cama como se não estivesse se mudando.

--Pouck!~ grito assim que me dou conta de que ela está muito ocupada com o jogo.

-- Mila-chan? O que você tá fazendo aqui?~ Não posso acreditar em tais palavras.

-- Pouck! Como você consegue ser tão avoada?!? Era hoje o dia da mudança! Eu pedi para que você organizasse suas coisas!~ Mio Dio! Aperto meus cabelos levemente em sinal de descrença.

-- Não era amanhã Mila? Eu sequer arrumei minhas coisas!~ Ela parecia tão descrente quanto eu.

-- Não Pouck! Era hoje! Eu combinei com você! E também combinei com Mihawk-san!~ digo em um tom de voz mais elevado.

-- Calma Mila! Vai ficar tudo bem! É só arrumar as roupas, estamos a semana toda arrumando as coisas lá no apartamento! ~ Ela diz com uma calma de causar inveja.

Antes que eu podesse responder, a porta é aberta e a mãe de Pouck entra:

-- Mila-chan! Eu sei que é hoje o dia de mudança de vocês duas~ a mulher não termina a frase, ela havia ficado pasma com o quarto da filha.

-- Pouck!! Como consegue ficar nesse quarto! E porque suas malas não estam prontas?!?! Olha a bagunça desse lugar! Eu achei que você havia se organizado!~ a mulher grita com indignação, e ela tem toda a razão de gritar com Pouck.

-- Hitsugaya-san! Não precisa se preocupar eu vou ajudar Pouck a arrumar as coisas dela. Eu vim aqui justamente para isso! E creio que ainda há tempo o suficiente, ainda falta três horas até o horário marcado com o dono do imóvel. Deixe que eu ajudo ela, ? ~Sabia que se ela continuasse a falar com Pouck não resultaria em nada, afinal Pouck adorava irritar mãe.

-- Se está dizendo, tudo bem! Já perdi as esperanças de Pouck se torna alguém organizado!~ Após dizer isso ela sai do quarto.

-- Pouck, temos menos de uma hora e meia para organizar isso!~ Digo já começando a pegar as malas.

-- O que?!?!?~ Ela grita em descrença~ Você disse que tínhamos três horas!

-- Eu disse isso para manter sua mãe calma! Agora levanta daí! Vá tomar seu banho que eu vou arrumando suas coisas!~ Digo vendo ela entrar no banheiro.

E lá vou eu! Arrumar as coisas de Pouck.

☆■☆■☆■☆

Residência Dracule

-- Oe! Mihawk!~ Luffy grita.

-- O que você quer?~ Mihawk diz sem muito interesse.

-- Não era hoje que iria chegar os novos moradores?~ Luffy pergunta com curiosidade. A pergunta chama a atenção de Sanji que acabará de chegar no hall de entrada do prédio.

-- Sim. Provavelmente chegarão em uma hora. Ainda está cedo, o combinado era que chegassem às uma.

-- São duas lindas damas!! ~ Sanji diz com um ar de romantismo.

-- Será que elas são legais?? Ou será que são iguais a Nami?!~ Ussop diz e treme ao citar sobre a alaranjada.

-- Oe Ussop! Elas provavelmente são legais!~ Luffy diz com um sorriso.

☆■☆■☆■☆

Hitsugaya Pouck

Era só o que me faltava! Nem tenho tempo para reclamar! Que saco! Milanie poderia ter adiado esse negócio de mudança!

-- Feche as malas Pouck! Estamos atrasadas!~ ouço Milanie gritar pela milésima vez.

-- Já estou fechando!~ Digo sem interesse, enquanto fecho as malas.

-- Pronto! Agora podemos ir! ~ Mila diz com orgulho.

-- Estou impressionada! E eu não achava que eu tinha tantas roupas! São mais de sete malas!~ Não nego que ter dinheiro é uma maravilha, mas não achei que eu comprava tantas blusas com o tema de jogos!

-- Como isso vai caber no meu carro??? Eu tenho minhas malas sabia?? São mais de cinco Hitsugaya!!~ Milanie diz já entrando em pânico.

-- Calma Mila-chan! Eu vou pedir para o otou-chan levar caso não tenha espaço suficiente.~ Recebo um olhar frio e um sorriso carregado de sarcasmo como resposta.

-- Simples não é mesmo?~ Na maioria das vezes odeio o deboche dela, realmente meu pai pensaria duas vezes antes de sair do sofá e lavar umas cinco ou quatro malas.

-- Certo! Vou tentar fazer com que ele faça esse pequeno favor.~ Saio sem sequer esperar resposta.

Não sei como, mas meu pai aceitou me ajudar em levar minhas coisas até o apartamento. Talvez ele queira que eu saia logo de casa, nunca se sabe.

Assim que saio de casa, me deparo com a Ranger Rover roxa de Milanie. Era uma frescura com aquele carro! Se depender dela o carro recebe mais carinho do que eu!

-- Vamos! É um pouco longe, melhor irmos depressa. ~ Ela diz já abrindo o porta-malas para que podesse colocar apenas um mala.

-- Melhor deixar que meu pai leve tudo! Qual é a diferença levar apenas uma mala??~ Falo sem entender.

-- Amore mio! Uma mala igual a sua equivale a três malas! Então  faz muita diferença!~ Exagerada!

-- Certo! Já que tem tanta diferença vai no seu carro mesmo!~ Falo abrindo a porta do carro para entrar.

-- Vamos! Já estamos atrasadas~ Milanie diz assim que entra no carro, dando partida.

☆■☆■☆■☆

Milanie Vitale 

-- Chegamos!~ digo assim que paro meu carro em frente do apartamento.~ Quantas horas? 

-- Uma e quinze.~ Pouck diz saindo do carro. Irresponsável!

-- Pouck estamos atrasadas quinze minutos!~ Saio do carro já xingando a Hitsugaya.

-- E quinze minutos faz diferença?!?!?!~ ela responde com certa aspereza.

-- Para mim?! Óbvio que faz diferença Hitsugaya!~ Quanta ignorância.

Quando eu ia abrir o porta-malas, vejo Mihawnk se aproximar:

-- Olá! Sejam bem-vindas, Vitale- san e Hitsugaya-san.~ ele diz com cordialidade.

-- Olá! Obrigada por nos receber e desculpe o atraso, houve alguns ocorridos!~ percebi que Pouck estava distraída demais, ela sequer responderia ele.~ Estamos feliz por ter nos aceitado! Sì, Pouck?

-- Sim!~ Pouck realmente é alguém bastante avoada.

-- Certo! Eu irei entregar a chave para vocês.~ Ele entrega duas chaves~ Já que vocês são duas, eu pensei em fazer uma cópia. Espero que gostem do apartamento.~ Ele diz já mostrando a entrada.

-- Vamos!~ Pouck diz animada. Para alguém que queria adiar a vinda está animada até demais.

-- Me ajuda aqui! Tu acha que eu vou levar isso tudo sozinha?~ Digo fazendo ela parar e dar meia volta.

-- Fazer o que? Vou ter que ajudar!

-- E ainda reclama! Oras!

Entramos e nos encontramos com algumas no hall.Um loiro, com uma sobrancelha um pouco fora do normal, um rapaz com chapéu de palha, um outro com nariz de Pinóquio.

-- Oe!~ O rapaz de chapéu diz~ Qual o nome de vocês? O meu nome é Monkey D. Luffy!

-- Olá! Prazer em lhe conhecer meu nome é Milanie Vitale!~ digo lhe sorrindo.

-- Meu nome é Hitsugaya Pouck.~ Pouck diz enquanto esperava o elevador.

-- Bom, nós iremos subir. Creio que poderemos conversar novamente.~ Digo levando as malas. Mio Dio! 

Subimos e logo entramos no apartamento. Estava tudo no lugar eu e Pouck havíamos vindo aqui dois dias atrás para terminar de organizar as coisas.

-- Prontinho! Agora é só guardar as roupas, e tirar todo e qualquer tipo de poeria!

-- Você já limpou tudo da última vez!~ Pouck diz demonstrando total desinteresse.

-- Cale a boca Hitsugaya!~ Digo indo para onde seria o meu quarto ignorando Pouck.

Comecei a abrir as malas para poder organizar minhas roupas, acessórios, entre outros.

Não se passou muito tempo até que eu ouvisse Pouck me chamando:

-- Milanie!

-- O que ela quer agora?~ Digo indo até onde ela estava~ O que foi Pouck?? 

-- Me ajuda aqui! Antes que eu jogue tudo ali dentro e fique assim mesmo!

-- Ficou louca?? Seu quarto não é "achados e perdidos" !!

-- Pois vai ser! 

-- Vou te ajudar então! Mio Dio!

Comecei a ajudar Pouck, melhor, eu estava arrumando tudo sozinha! 

-- Pouck! Não deixe isso ae! Com certeza vai quebrar em algum momento!~ grito vendo que o vidro de perfume iria cair se ficasse em cima

-- Não vai quebrar! ~ Foi exatamente o que eu disse, no momento em que ela deixou o vidro de perfume, caiu e quebrou.

-- Olha só o que você fez!!~ Grito vendo o vidro quebrado e o cheiro do perfume se espalhar, junto do líquido.

-- É só limpar! ~ Pouck grita, ela já havia saido para pegar algo para limpar.

-- Difícil lidar com você Hitsugaya!~ falo demasiadamente alto quando ela voltou.

-- Está bem! Não deixo mais nada em qualquer lugar!

Após um tempo, eu basicamente ficava gritando com Pouck e ela revidando. Ela achou que estava muito chato e colocou música. A música estava um pouco alta....

-- Pouck eu vou ficar sem voz! De tanto que eu grito com você! Parece que você não entende que aqui fica as blusas de manga longa, aqui as de manga curta, aqui as regatas, e aqui seus pijamas!!

-- Quanta frescura! Não vai passar um semana e isso vai estar tudo revirado! 

-- Pois eu vou lhe obrigar arrumar seu quarto toda semana! 

-- Duvido que você irá me obrigar!~ Ela diz sarcástica.

-- Veremos então!~ Respondo com tom de voz firme e com um sorriso.

Após isso ouvimos a campainha tocar:

-- Vai lá olhar quem é Pouck!~ Digo enquanto arrumo os lençóis.

-- Eu não! Vai você!~ ela diz

-- Vai nós duas então!~ Me levanto e puxo Pouck comigo.

Abro a porta, e me deparo com dois homens altos até demais. Eu olho para os dois dos pés a cabeça:

-- Dois postes!~ Eu e Pouck falamos em uníssono.

☆●☆●☆

Trafalgar Law

Escuto um barulho de carro parando na frente do prédio, provavelmente os novos moradores do apartamento, Mihawk tinha comentado que eles iriam chegar hoje,mas não tenho tempo pra ficar checando cada novo morador que chega nesse prédio, pelo menos era o que eu pensava.

Quando estava organizando os documentos do hospital, começo a escutar uma gritaria no apartamento da frente. Impressionante, acabaram de chegar no lugar e já querem arrumar confusão,isso até dava pra "suportar" mas logo depois colocaram uma música extremamente alta, que junto da gritaria,dava pra escutar do outro lado da rua,agora passaram dos limites.

Saí do meu escritório rumo a entrada do meu apartamento,justo quando coloquei o pé pra fora,escuto Zoro praticamente arrombando a sua porta com uma carranca nada boa,pelo menos pra reclamar com  os outros ele presta. Ele nem olhou na minha cara quando foi em direção do apartamento dos "sem noção" e começou a esmurrar a porta. Andei até lá e fiquei ao seu lado,com esse cabeça de musgo falando é  capaz de arrumar mais confusão ainda, se isso acontecer, com certeza, não irei conseguir trabalhar.

Quando a porta finalmente se abriu, me deparo com duas garotas, muito diferentes para serem irmãs,mas extremamente parecidas na idiotice quando disseram:

-- Dois postes!!!!!~Falaram em uníssono.

-- Hã? Quem diabos vocês pensam que são?! Mal chegam no lugar e já pensão que podem fazer tudo o que querem?Postes? Não  acham que vocês que são pequenas demais não?~Zoro como sempre já começou a procurar briga,só que dessa vez não vai ser eu que vou parar.

-- E quem você pensa que é?! Não é porque você está aqui a mais tempo que acha que pode mandar em alguém cabelo de grama!~ Uma delas retrucou, a garota de franja, impressionante ela achar que está certa.

-- Vocês podem descutir o quanto quiserem, não tenho tempo pra ficar "brincando" com vocês,só desliguem o som e parem de gritaria, ninguém nesse apartamento está interessado nas suas discussões.~Digo com desinteresse.

-- Meu Deus!É um mais alto que o ou.... Espera!Mila-chan!Olha ele tem um chapéu de vaca!~A praga fala isso apontando para o meu chapéu enquanto pulava feito uma doída. Qual o problema desse povo?! Mihawk está tão desesperado por dinheiro assim?!

-- É mesmo!!~A outra garota que somente se pronunciou agora, começou a gargalhar junto com o Zoro. Espera,Zoro?!

-- Do que você pensa que está rindo cabeça de alface?! Pelo oque eu saiba,você estar aqui pelo mesmo objetivo que eu~digo com desdém,oque esse maldito pensa que está fazendo?!

-- Cala a boca Trafalgar, não estou aqui para ficar escutando você reclamando!~Só  podia ser esse maldito pra acabar com a paciência que eu já não tenho. Depois que ele disse isso, fiquei encarando com ódio aquela baixinha que havia comentado sobre o meu chapéu.

-- Sinceramente,aqui só tem gente de cabeça estranha ou é somente impressão minha?~ A tal de "Mila-chan" que não parece ser muito melhor que a outra diz.

-- Oe?Quem você chamou de cabeça estranha baixinha? Você e sua "amiguinha" sequer precisam ser azuis para serem confundidas com um smurf!~Zoro pronuncia com um sorriso carregado de deboche,mas em uma coisa ele está certo,elas não devem ter mais que 1,60.

-- Quer brigar então campo de futebol? CAI P'RA DENTRO, NÃO TENHO MEDO DE VOCÊ NÃO!~No momento que ela grita essa frase, não muito longe escuto passos apressados subindo as escadas que davam assesso ao andar de baixo, tão apressados que no momento que viro minha cabeça, já me deparo com Luffy e Ussop escorados no vão de entrada somentes com as cabeças para fora,esses intrometidos que só sabem falar da vida alheia!

_PODE VIR ENTÃO,NÃO TENHO PROBLEMA DE BRIGAR COM "CRIANÇAS"!!~Zoro da ênfase em "crianças" só para provocar,que pelo jeito funcionou, porque no momento que ela iria pular no pescoço dele,a "Mila-chan" segura ela por traz pela gola da camisa, fazendo a outra quase se engasgar com a falta de ar repentina.

-- Chega Pouck! Não quero ver você destruindo nada ainda!~Depois de reprender a "Pouck",ela se vira para nós~Desculpe pelo volume alto e pela gritaria,o som não irá mais ser um incômodo,mas as brigas não sou capaz de prometer que não iram acontecer! Addio!~Ela se vira para entrar no apartamento levando a outra praticamente a enforcado pelo caminho, sinceramente não quero saber nem um pouco o que elas fazem lá dentro.

-- tsc! Não quero ver a cara delas nunca mais~Disse ele enquanto se dirige até a porta do seu apartamento, batendo-a tão forte quando saiu, também sem mais nenhum pingo de paciência,me dirijo até a porta de onde moro para entrar também,sem antes olhar o final do corredor, reparando que os dois fofoqueiros não estavam mais lá, provavelmente foram espalhar a notícia para qualquer pessoa que aparecesse.




Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Obrigada caso tenha chegado até aqui!
Opiniões e críticas são bem-vindas!

Ps: Vai ser a melhor fanfic que irei escrever!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...