1. Spirit Fanfics >
  2. As duas faces da mesma moeda >
  3. Jay, você está bem? - 015

História As duas faces da mesma moeda - Capítulo 15


Escrita por:


Capítulo 15 - Jay, você está bem? - 015


Kim Jisoo On

- Jay?

- Jisoo - Suspirou - Me desculpa aparecer aqui essa hora da madrugada, eu não estava suportando ficar em casa

Jay parecia estar mal, algo deve ter acontecido com ele.

- Tudo bem, entre! - Dei espaço para o mesmo entrar em casa - O que você tem Jay? - Fechei a porta novamente e fui ao seu encontro na sala de estar.

- Meu melhor amigo... ele morreu a pouco tempo, nós dividíamos a mesma casa e agora eu não estou aguentando ficar naquele lugar

- E-Eu não sabia do ocorrido - Respondi

- Jisoo, aquele lugar está me fazendo mal! - Ele diz

Eu então o abracei.

- Olha, vai ficar tudo bem - Quando me ouviu dizer isso, Jay desabou em lágrimas

- Eu poderia ter impedido isso tudo Jisoo, ele morreu por minha causa! - Ele disse soluçando de tanto chorar

- Não diga isso, por favor! - Limpei seu rosto - Eu estou aqui para te ajudar, hu?

- Sabe... eu ainda estou aqui por sua causa, você me faz bem - Disse levando sua mão até seu rosto e colocando em cima da minha

Eu o olhava um pouco assustada e logo dei um jeitinho para mudar de assunto.

- Não acha melhor tentar dormir? Você está cansado Jay - Tirei minha mão de seu rosto

- Eu não quero voltar para...

- Você pode ficar aqui hoje - Me levantei - Eu preciso voltar a dormir agora, tenho que trabalhar amanhã

- Desculpa te atrapalhar...

- Não se desculpe - Sorri - Agora vamos lá pra cima!

Jay Park me acompanhou até o quarto de visitas. Ele ficava bem distante do meu...

- Vai ficar bem aqui? - Ele não me respondeu, apenas olhava tudo atentamente - Está com medo? - Ele então me olhou nos olhos mas não disse nada - Vem! - Peguei em sua mão e o levei até meu quarto - Podemos dividir a cama, você no seu canto e eu no meu! - Ele assenti

Me cobri com a coberta e apaguei o meu abajur.

- Obrigado Jisoo - Disse bem próximo ao meu ouvido

Quando estava quase dormindo, senti Jay Park me abraça e respirar fundo logo em seguida. Eu apenas fechei meus olhos e tentei dormir.

Jeon Jungkook On

Acordei bem cedo e sai da cama de Yoojung, se os médicos me pegassem ali não ia prestar.

- Jungkook? - Escutei a voz da garota - Jungkook...

Yoojung estava dormindo e chamando por meu nome, com o que essa menina está sonhando?!
Recebi uma ligação vinda da polícia, me pediram para comparecer à delegacia o mais rápido possível. Eu deixei Yoojung sozinha e fui até minha casa para me arrumar e de lá partir para a delegacia.

- Nós não conseguimos encontrar o assassino de Park Jimin - O delegado diz - E...

- Porque está dizendo isso para mim? - O interrompi e ele suspirou nervoso

- Estou te dizendo isso porque descobrimos que Jimin matou a mãe daquela garota que está com você - Isso me assustou na hora - Ele deve ter agido à mando de alguém!

Eu não sabia o que dizer, estava engolindo seco.

- Estávamos atrás desse "alguém" mas não conseguimos encontrar nenhuma pista ou informação! - Assenti como forma de mostrar que estava prestando atenção naquela conversa - Pensei até em arquivar o caso

- Arquivar o caso? Não é cedo de mais para arquivar o caso? - Perguntei

- Olha garoto, não estamos conseguindo encontrar nada e...

- Isso só mostra o quão fraco vocês são - Digo me levantando - Se me dá licença senhor delegado, eu preciso voltar ao hospital para cuidar da garota!

Saí furioso da delegacia, onde já se viu encerrar o caso sendo que não conseguiram prender o bandido que está fazendo tudo isso na cidade!
Quando retornei ao hospital, Yoojung ainda estava dormindo. Decidi sair novamente, mas dessa vez foi para tomar meu café da manhã.

Min Yoongi On

- Yoongi, a minha irmã - S/n diz assim que acorda - A minha irmã...

- Se acalma - A abracei. Ela estava assustada - Meu amor, toma um banho, se arruma, toma seu café da manhã e depois disse nós vamos até o hospital, ok?

Depois de alguns minutos naquele abraço ela se acalmou.

- Está melhor? - Perguntei e ela assentiu

S/n então se levantou e foi direto para o banheiro.
Depois de pronta, minha garota desceu até a sala e me encontrou sentado no sofá a esperando.

- Já tomou seu café? - Perguntei me levantando

- Eu não quero comer Yoongi

- Sinto muito então - Me sentei novamente - Não iremos sair daqui enquanto você não se alimentar, eu não quero te ver mal depois S/a!

- Yoongi, vamos logo! - Ela diz e eu nego - Tudo bem, vou sozinha então - Disse caminhando no rumo da porta... - Min Yoongi, abre essa porta! - Disse Brava e eu ri

- O que eu acabei de te dizer, hu? - Me aproximei dela e a puxei para colar nossos corpos - Nós não vamos sair enquanto a mocinha não tomar café da manhã!

- Yoongi, abre a porta! - Disse dando tapas em meu peito

- Não - Respondi indo para a cozinha. Logo a mais nova veio atrás de mim

- Acha que é hora pra brincadeiras? - Cruzou os braços

- Eu não estou brincando S/a, estou apenas tentando garantir que você fique bem - Me sentei - Tem certeza que não vai comer comigo? - Perguntei enquanto tirava um pedaço de bolo para mim

Ela bufou e se sentou. Pegou algumas frutas e começou a comer.

- Agora sim! - Sorri. S/n apenas me olhou torto e logo desviou o olhar

Depois de ter certeza que ela estava pronta, eu fui até a sala e destranquei a porta.

- Agora vamos - Liberei a passagem. Ela nem se quer falou comigo, apenas entrou no carro e ficou me esperando

Entrei no carro e dei partida.

- Amor, não fica brava comigo, você sabe que fiz isso para o seu bem! - Disse ainda prestando atenção na direção

- Eu sei Yoongi, mas estou brava do mesmo jeito - Ela diz - Você sabe muito bem o porque da minha pressa e falta de vontade de comer!

- Mas não pode ficar sem comer - Respondi e ela bufou - Você está parecendo uma criança, sabia?

S/n não respondeu então eu resolvi ficar quieto, se aquele assunto se estendesse nós poderíamos ter uma possível discussão.

Kim Jisoo On

Recebi uma mensagem bem cedinho de Yoongi dizendo que a empresa não abriria hoje. Droga, acordei cedo atoa!

- Jisoo? - Jay me olha

- Ah... eu não vou trabalhar mais - Me sentei na cama e tirei meus sapatos - Acho que vou dormir mais um pouco

- Eu já vou - Disse tentando se levantar

- Não! - O puxei - Quer dizer... pode ficar se quiser...

- Mas...

- Eu quero que fique, Jay - Disse olhando

- Tudo bem - Sorriu de lado - Vamos voltar a dormir!

Jay me abraçou novamente.

- Você vai almoçar comigo hoje - Eu disse fechando os olhos

- Uhum - Respondeu sonolento

Resolvi ficar quietinha para que nós dois pudéssemos voltar a dormir...

S/n On

Yoongi me deixou no hospital e disse que teria que ir até sua casa para fazer alguma coisa, não entendi bem o que ele disse.

- Me desculpe - Eu havia esbarrado em um homem e...

- S/n? Olá! - Ele diz

- Oi?

- Ah... eu conheço o Yoongi e por isso te conheço também - Riu - Meu nome é Jungkook!

Acho que já ouvi falar desse tal Jungkook.

- O que faz aqui no hospital? - Ele perguntou

- Minha irmã está internada aqui - Respondi - E você?

- Uma amiga está internada aqui a dias! - Suspirou - Ahn, eu tenho que ir vê-la agora... quer vir comigo?

Bom, eu não vou conseguir ver Sohye agora então acompanhei Jungkook até o quarto onde a garota estava.

- Yoojung - Jungkook a chama - Essa é S/n - Me olhou

- O-Oi - Eu disse um pouco envergonhada - Tudo bem? - A garota assenti

Yoojung parecia não querer conversar comigo, então eu resolvi voltar para recepção e esperar Yoongi chegar.

- Eu não sei o que aconteceu com ela - Jungkook diz - Ela geralmente gosta de conhecer pessoas novas

- Jungkook, posso te falar a verdade? - Sorri

- Deve!

- Eu acho que Yoojung estava com ciúmes - Jungkook parou de me acompanhar no momento - Jungkook?

- C-Ciúmes? - Ri de sua reação - Será que era isso?

Logo vi Yoongi entrar no hospital, ele fechou a cara e veio em nossa direção.

- S/a, o que faz com ele? - Perguntou abraçando minha cintura

- Estava conversando Yoongi - Respondi

- É, pelo visto a conversa estava boa! - Ele disse olhando feio para Jungkook

- Bom S/a, até mais! - Jungkook sorriu para mim e entrou novamente no corredor que levava aos quartos dos pacientes

Me virei para Yoongi que me olhava de cara feia.

- O que foi, hu? - Perguntei

- Eu não gosto dele e não quero ver você perto dele de novo! - Disse seriamente

- Sinto muito Yoon, mas você não manda em mim! - Respondi e sai de perto dele

Procurei um médico para pergunta de Sohye. Logo Yoongi se aproximou de mim de novo.

- Vai ficar me olhando assim? - Perguntei olhando torto para Yoongi

- Quer que eu faça o que? - Rebateu

- Olha Yoongi, se for pra ficar aqui com essa cara feia... pode ir pra casa! - Respondi

Ele apenas bufou e deu um jeito de desemburrar.
Um médico me levou até o quarto que Sohye estava e Yoongi veio logo atrás.

- Se sente melhor? - Perguntei para Sohye

- S/a... se não fosse vocês, eu teria...

- Não diga isso, hu? - Interrompi sua fala - O importante é que você está melhor e logo vai sair daqui

- Obrigada - Ela sorri

Jeon Jungkook On

Quando voltei para o quarto, Yoojung já estava normal.

- Eu quero saber quando vou sair daqui e...

- Posso te fazer uma pergunta? - Eu Disse e ela assentiu - Porque quase não falou com a S/n?

- Ah... não sei...

- Não gostou dela? - Perguntei

- Não, não é isso - Engoliu seco - Eu apenas...

- Você ficou com ciúmes, Yoojung - Sorri

- Eu? Não...

- Yoojung, admita! - Sorri novamente

- Ok... talvez eu goste de você sim - Corou e escondeu seu rosto

- Ei, não precisa ficar com vergonha - Tirei suas mãos de cima de seu rosto - Yoojung, eu gosto de você também

- Como amigo, não é? - Perguntou

Um médico entrou no quarto todo sorridente e...

- Já está na hora de ir para casa mocinha - Ele disse todo animado

- Eu vou sair daqui?! - Yoojung diz sorrindo

- Sim, agora mesmo se quiser!

- Jungkook... - Ela diz manhosa

- Eu vou te levar para casa - Sorri bobo

Até que enfim vou poder voltar para a minha vida normal. Já estava cansado de ficar aqui nesse hospital.

- Eu acho que ainda temos um assunto pendente! - Eu disse assim que o médico nos deixou sozinhos

- Temos? - Engoliu seco

- Sim Yoojung, temos!

Kim Jisoo On

Acordei assustada e não vi Jay do meu lado. Me levantei rapidamente e fui procura-lo pela casa, e logo escutei o mesmo conversando no telefone.

- Eu não quero mais fazer isso, me deixe sair... quero viver a minha vida! - Jay diz

Com quem será que ele está conversando?

- Jun, tente me entender... eu não vou entregar você! - Disse enquanto andava de um lado para o outro - Eu não vou dizer nada sobre os assassina... - De repente Jay se virou e me viu no topo da escadaria. Ele rapidamente para de falar e ficou me olhando assustado

- Não vai dizer nada sobre o que? - Perguntei

- J-Jisoo...


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...