História As férias da minha vida - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Disney, Férias
Visualizações 2
Palavras 1.139
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ficção, Ficção Adolescente

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Cap.3


Fanfic / Fanfiction As férias da minha vida - Capítulo 3 - Cap.3

- Isso aqui é tão mágico. - Sophia diz. - parece que a qualquer momento eu vou vomitar glitter e peidar lantejoulas.
- Ai meu Deus Sophia, sem peidos, no peidos. - Digo fazendo sinal de negativo.
Ela dá risada..
- Então princesa gótica, vamos procurar nosso príncipe encantado? - Ela diz já analisando os caras em volta.
- Você procura seu príncipe encantado, eu vou procurar algo para tomar. - Digo e já vou me afastando dela.
Vou em direção ao bar mas no meio do caminho acabo tropeçando em alguém...
- Eii cuidado. - Digo
Me seguro nos braços do tal ser misterioso para não cair.
💭UAU, FORTES..💭
- Você que deveria ter mais cuidado, da próxima vez eu posso não estar aqui para te salvar.
Reconheço essa voz.. 💭Henrique💭

Olho para cima e meu Deus, ele está muito gato e cheiroso..
💭FOCO HELOÍSA! FOCO💭
- Cuidado para a baba não escorrer. - Ele diz e passa o dedo no canto da minha boca.
- Engraçadinho. - Me recomponho
Ele arqueia uma sombrancelha..
- Não vai nem dizer obrigado?
Era só o que me faltava....
- Obrigada. - digo e me viro em direção ao bar mas sinto ele me puxar de volta. Estávamos cara a cara...podia sentir sua respiração
- Quero um obrigada decente.
Reviro os olhos
- Muito obrigada príncipe encantado perdido por aí, você salvou minha vida..serei eternamente grata. - Digo em tom de deboche.
Ele dá um sorrisinho e dá um tapinha na minha cabeça.
- Agora sim. - E sai no meio da multidão..

Vou em direção ao bar..
- Oi, quero uma agua por favor. - digo para o barman.
Ele me entrega a água e vou caminhando pela multidão para procurar Sophia quando de repente as luzes se apagam.
- Bem vindos a festa de boas vindas dos hotéis Disney World. - Diz uma voz de fundo. - Como tradição do nosso querido hotel, apagamos todas as luzes para que vocês..hum..como se usam gírias de hoje em dia? Se peguem, isso mesmo..em momentos da festa vamos apagar as luzes e a pessoa que está do seu lado...vocês beijam. Tcharan, aproveitem a mágica.

A voz some e as luzes continuam apagadas, coloco meus braços na frente para encontrar uma parede e não cair por ai, quando sinto uma mão forte me puxar para si..
💭Ai meu deus💭
A pessoa se aproxima e cola nossos lábios, um beijo calmo e delicado.. vejo que uma língua está pedindo permissão para passar e acabo cedendo, nossas línguas dançam um ritmo tipo o da música...era um beijo perfeito... até que acendem as luzes..
Abro os olhos e vejo meu príncipe encantado misterioso.

- He...Henrique.. - Digo e começo a gaguejar.
Ele dá uma coradinha e coça a cabeça sem saber o que fazer...
-Er...era você. - ele diz sem jeito.
Cruzo os braços, que ótimo.. acabei de beijar o garoto que eu odeio mais que qualquer coisa nesse mundo.
- Tanta gente nessa festa e tinha que esbarrar justamente em mim, praga? - pergunto irritada.
- Não é minha culpa, eu tava indo beijar ela. - Ele aponta e eu viro para trás e vejo uma garota ruiva.
- Pois é, mas você esbarrou em mim sem querer.
- Você que estava no caminho. - Ele diz irritado.
- EU ESTAVA TENTANDO ACHAR UMA PAREDE. - Me estressei e grito.
- Mas vai dizer que você não gostou. - Ele abre um sorrisinho malicioso.
💭GOSTEI! QUE BEIJO MEUS AMIGOS..QUE BEIJO💭
- É.. é claro que não. - passo minha mão na boca.
Ele dá uma risada.
- Relaxa pirralha foi só um beijo, vamos fingir que isso nunca aconteceu. - ele não me dá oportunidade de falar e sai.
💭Então pra você foi só um beijo?💭
Me viro e vou procurar Sophia..

Vejo um cabelo loiro e reconheço que é o de Sophia, vou me aproximando e vejo que ela está aos beijos com uma pessoa......
Mas não é qualquer pessoa..
É o meu irmão.
Arregalo os olhos
💭 Só pode tá brincando comigo 💭
Eles param o beijo ofegantes e dão um sorriso para o outro.
Forço uma tossida falsa e os dois olham para mim..
- Então é isso? Eu pisco e um segundo depois você está aos beijos com meu irmão? - Digo para Sophia
Ela dá um sorrisinho tímido
- Desde quando ela chegou na festa eu não tirei os olhos dela, tão linda com esse vestido rosa e quando você se afastou eu me aproximei e comecei a puxar assunto e quando as luzes se apagaram eu aproveitei.. - Meu irmão falou e passou a mão na cintura da Sophia que sorriu e abaixou a cabeça.

Olho para trás e vejo Henrique se aproximando, tão surpreso quanto eu.
- Cara, somos amigos e irmãos mas se você magoar ela... Eu arranco o que você tem no meio das pernas e você não poderá ter mais filhos. - Ele dá um sorrisinho.
Seguro a risada ao ver a cara de espanto do meu irmão.
- Se os pombinhos me derem licença, vou para o meu quarto. - digo já me retirando.
- Ei, Lo. - Sophia chama e eu me viro. - Nao me espere no quarto. - ela dá um sorrisinho safado.
💭Eca💭
Ela se aproximou do Henrique.
- Maninho mais lindo desse mundo. - ela diz fazendo vozinha
- O que você quer? - ele olha desconfiado.
- Será que apenas por uma noite você poderia trocar de quarto comigo? - ela pede fazendo biquinho.
💭 ÓTIMO 💭
Henrique parece um pouco pensativo, olha pra mim e pra ela, pra mim e pra ela.
- Certo, mas usem camisinha. - Ele diz meio apreensivo.
- Alô, ninguém perguntou o que eu achava disso? - Levantei a mão.
- Maninha. - era vez do Raffael. - Por favorzinho só uma noite, faço o que você quiser. - Ele diz fazendo bico.
Fico um pouco pensativa.
- Tá tá para de fazer esse bico de pato, eu deixo o Henrique dormir no meu quarto. - digo revirando os olhos.
- Vem coisa estranha. - Digo e puxo o Henrique.

Ele foi até seu quarto buscar uma muda de roupas quando ouço alguém bater na porta do meu.
– Tá aberta. - digo e ele entra.
– Meu Deus quanta coisa de princesinha.
– É porque eu sou uma. - digo e vou em direção ao banheiro para por o pijama. 

Sai do banheiro e Henrique já estava deitado na cama de Sophia, quando fui deitar na minha ele me olhou de cima a baixo.

Fui até ele e fingi que tava limpando algo do canto da boca dele

– Cuidado pra baba não escorrer. - dou um sorrisinho e vou para minha cama.

Ele passa a mão ligeiro na boca e eu dou risada.

Apago as luzes e adormeço. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...