História As filhas de Cronos - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce, Death Note, Diabolik Lovers, Eldarya, Mitologia Grega, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Afrodite, Alexy, Apollo, Ares, Armin, Artemis, Atena, Ayato Sakamaki, Calipso, Castiel, Cronos, Ezarel, Kanato Sakamaki, Kentin, L Lawliet, Laito Sakamaki, Leiftan, Light Yagami, Lysandre, Matt, Mihael "Mello" Keehl, Nate "Near" River, Nico di Angelo, Percy Jackson, Perséfone, Personagens Originais, Poseidon, Reiji Sakamaki, Rosalya, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Viktor Chavalier, Zeus
Tags Cronos, Death Note, Mitologia Grega
Visualizações 57
Palavras 1.244
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eeeppaaa 😱

Capítulo 4 - Levei um tiro


Fanfic / Fanfiction As filhas de Cronos - Capítulo 4 - Levei um tiro

POV: Ângela 

Se passaram 4 anos, os mais longos da minha vida.

Desde que entrei para a máfia não paro de treinar Vitor nunca pegava leve comigo, mas com Elisabeth ele era um amor de pessoa, mas todo esse trabalho valeu a pena eu superei Vitor em esgrima e em armas sem falar que amo motocross .

Hoje com 17 anos vou para a minha primeira reunião de negócios, vou com Vitor, Bella, Elisabeth.

Vitor e Bella estão conversando com outras pessoas, Elisabeth e eu estamos observando todos temos que ter cuidado esse reunião pode ser uma cilada .

Vitor veio até nos duas e disse:

- e então alguma coisa suspeita

-sim aqueles dois homens trocam olhares cada vez que vc dá um passo, os dois estão armados- falei

-e ouvimos um homem dizendo que de hoje vc não passa temos que te tirar daqui Vítor- falou Elisabeth

-ok mais...

Começaram a atirar já tinha muitos no chão desacordados puxei Vitor e Elisabeth puxou Bella para a saída dei dois tiros no cara que tentou entrar na limosine, entramos e fugimos.

-bom trabalho meninas-falou Vitor

Quando chegamos tinha um grupo de homens nos esperando, fomos obrigados a sair da limosine. Eram cinco homens peguei minha arma e atirei em dois Elisabeth atirou em mais dois e Vitor matou o outro, pensávamos que tinham acabado quando um homem tentou atirar em Vitor, empurrei Vitor e acabei levando o tiro, Elisabeth matou o homem e correu em minha direção assim com Vitor e Bella

- Angela resista fica comigo- falou Elisabeth

De repente tudo ficou escuro .

2 DIAS DEPOIS

Ai!! Minha cabeça está doendo onde eu estou , eu estou no meu quarto?

-bom dia- falou Vitor

-bom dia ? Como assim- então me lembrei de tudo- Vitor você está bem?

-sim e obrigado se não fosse por vc eu estaria morto, mas confesso que foi meio que burrice fazer isso- falou Vitor

- pois é,mais o que eu não faço pela pessoa que me acolheu- falei

-vc e corajosa fez bem ser frio com vc cada vez que eu era frio vc ficava mais forte até me superou .

-onde está Elisabeth?-perguntei

-ela está com Bella, elas foram ao shopping. Bella falou que seria bom a Elisabeth se distrair um pouquinho.

-ok

Tentei me levantar mas senti uma forte dor , levantei a minha blusa e percebi que tinha uma cicatriz. Sorri e Vitor se assustou com a minha reação.

- vc esta sorrindo!!

- sim eu sempre quis ter uma cicatriz-falei sorrindo

Elisabeth entrou no quarto e pulou em cima de mim e me abraçou bem forte e perguntou sorrindo :

-como e o inferno?

- divertido-respondi sorrindo-olha só

Mostrei minha cicatriz

- legal-respondeu-agora levanta preguiça você tem que fazer doces

- ok - falei sorrindo

Levantei e fui até a cozinha eu realmente amo cozinhar e amo principalmente fazer doces eu amo doces eu com umas 10 barras de chocolate por dia .

Faz uma semana que eu levei um tiro e agora eu e Elisabeth estamos"treinando" praticando luta ou seja batendo uma na outra .paramos .

-essa noite tive um sonho estranho-falei

- me conta- falou Elisabeth

SONHO ON

eu estava em um lugar frio e escuro dava para ouvir gritos de dor

-olha minha filha faz muito tempo - alguém falou mas eu não conseguia ver quem- não se assuste querida

-quem e vc- perguntei

- eu sou seu pai,o Titã que foi despedaçado é jogado no tártaro

-o que vc quer de mim- perguntei

-calma minha criança vc saberá mas cuide de sua irmã e de vc mesma, vc pode ser

Mais perigosa do que pensa

- espere...

FIM DO SONHO

- e foi um sonho bem Loko

- e mas agora temos que... Ouviu isso -perguntei

Fomos até o jardim da mansão e percebemos que Vitor estava no chão todo ensanguentado e Bella estava chorando ao seu lado

- o que aconteceu- perguntou Elisabeth

-um monstro ele estava invisível e...do nada..ele bateu bem forte em Vitor começou a espanca-lo e o apunhalou com uma adaga envenenada

Olhei ao redor procurando algo e então vi uma mulher com olhos por todo o corpo. Eu realmente estava com raiva não sei o que deu em mim mas avancei para cima dela

Meu colar agora era uma foice preta com detalhes vermelhos. Apareceram muitas pessoas mas como eu estava cega pela raiva nem percebi que essas pessoas estavam sendo controladas e acabei matando todas a coisa cheia de olhos fugiu . Quando vi as pessoas mortas no chão me dei conta do que havia feito.

POV: Vítor

Fui ao jardim tentar encontrar Bella foi quando vi o meu pesadelo na minha frente e ainda estava de vestido de noiva .

-oi meu amor, já estou pronta para o nosso casamento

-sabe que eu não te amo, sai daqui e não chega perto da minha família seu monstro

-monstro, hahaha sério eu sou o monstro e a tal Ângela, e ela, ela é um monstro Vitor? Me responda !

- não ela não é um monstro ela... Ela não teve culpa de nascer assim ela não tem culpa de ser filha...filha de Cronos

- Vitor esqueça o que eu disse, o que acha de se casar comigo e seremos felizes amor, case-se comigo e eu não mato vc é sua família

- não chegue perto delas- A monstro tirou um boné do bolso-que boné e esse

-ah esse boné eu roubei de uma menina loira, Annabeth, eu acho

A monstro colocou o boné bem na hora que Bella chegou ao jardim e começou a me espancar , bela sem saber o que estava acontecendo chamou as meninas, então a monstro me apunhalou com uma adaga

-desculpa amor mas se vc não fosse meu não seria de ninguém-falou a monstro antes de ir embora

-VITOR!-gritou Bella e foi correndo até mim

Junto com Elisabeth e Ângela-fica comigo, Elisabeth chama a ambulância

- não-falei- não dá tempo eu sinto muito Bella

- não amor não faz isso comigo

-desculpa. E vocês duas em tem que dizer que vocês são as únicas filhas de Cronos

- como assim- perguntou Angela

- não se preocupe vai dar tudo certo

UMA SEMANA DEPOIS POV Bella

Faz uma semana que Vitor havia sido morto e eu não paro de chorar agora vou acabar com meu sofrimento Vitor havia deixando toda a herança para mim e Angela pois ela era sua irmã mas ela não sabia, agora vai ser tudo deixado para Elisabeth e Ângela.

Já estava a ponto de puxar o gatilho quando Ângela entrou em meu quarto

-Bella oq está fazendo-eu falo vendo ela segurando uma arma

- por favor para trás não se aproxime

Fui recuando

-bella para por favor

- não eu não aguento viver sem o Vitor por favor entenda

POV: ÂNGELA

Fui me aproximando dela não podia deixar ela fazer isso ela era uma mãe para mim.

Cada vez que eu me aproximava ela recuava

- por favor Bella não faça isso não me deixa

Bella me olha chorando ela está com meu ursinho de pelúcia na mão esquerda

- eu não vou te deixar querida, esse ursinho que eu te dei e mágico vou aprisionar minha alma nesse ursinho vou me esquecer de Vitor mas vou lembrar de vc é sempre te ajudarei, mas me prometa uma coisa

- o que ?

-sempre andar com ele

Assenti, no fundo eu entendia sua dor.

De repente uma névoa cercou Bella, quando a névoa se foi só havia o ursinho no chão me aproximei e o peguei sorri e falei:

- vamos

Expliquei tudo para Elizabeth ela sorriu e tentou pegar o ursinho mas não deixei


Notas Finais


Espero que estejam gostando da fic,mesmo tendo muita coisa aleatória .
Bjinhos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...