História As filhas de Cronos - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce, Death Note, Diabolik Lovers, Eldarya, Mitologia Grega, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Afrodite, Alexy, Apollo, Ares, Armin, Artemis, Atena, Ayato Sakamaki, Calipso, Castiel, Cronos, Ezarel, Kanato Sakamaki, Kentin, L Lawliet, Laito Sakamaki, Leiftan, Light Yagami, Lysandre, Matt, Mihael "Mello" Keehl, Nate "Near" River, Nico di Angelo, Percy Jackson, Perséfone, Personagens Originais, Poseidon, Reiji Sakamaki, Rosalya, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Viktor Chavalier, Zeus
Tags Cronos, Death Note, Mitologia Grega
Visualizações 48
Palavras 908
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capítulo empolgante.

Capítulo 5 - Vamos para o orfanato dos super dotados


Fanfic / Fanfiction As filhas de Cronos - Capítulo 5 - Vamos para o orfanato dos super dotados

POV: Elisabeth

Explicamos para a polícia que Bella havia se suicidado . Como eu e Elisabeth ainda eramos menores de idade teríamos que ir para um orfanato nos estados unidos.

- outra vez, vamos para um orfanato-falei

-mas primeiro temos que falar com um cara, fazer um teste para definir o orfanato.

O tal homem veio e nos deu um teste .

Quando terminamos o teste o homem nos informou o orfanato que ficaríamos.

-bom meninas vc vão ficar no orfanato dos super dotados,arrumem suas coisas as esperarei no carro.

Arrumamos nossas coisas ou seja doces, armas, dinheiro,roupas, doces,livros,doces,jogos, aparelhos eletrônicos,doces, sapatos,doces...

-elisabeth pegou os doces ?

-sim,e vc

- temos que pegar algumas malas se não vão perceber a mochila mágica

-ok então enche as malas de barras de chocolate,e quebra cabeça

Quando acabamos colocamos as malas no carro e fomos nos despedir da casa com casa quero dizer carros e motos e é claro que peguei Bella meu ursinho.

Chegamos ao orfanato ele parece uma mansão de cor marrom e tinha um lindo jardim

-bom vamos falar com o tal Roger-falei

POV Ângela

Eu já estava estressada com o fato de ter que morar em um orfanato,quando um muleke estranho rebelde do caralho emo gótico trevoso lindo da porra esbarrou em mim

- olha por onde anda carai - ele fala

-foi mal loira - falei

- loira e a su... Quer saber deixa pra lá vc são Ângela e Elisabeth

-sim.-respondeu Elisabeth

- então me acompanhem

Seguimos a Madonna (trevosidade trevosas)até a sala de Roger ao chegarmos ele falou

- obrigado Mello

Então a Madonna se chama Mello

- olá senhoritas Velasquez sinto muito pelo ocorrido, eram muito apegadas a eles?

-sim ele eram como pais-falei

- ok ,então vou pedir para o near acompanhá-las até seu quarto vc vão dividir. Um albino entrou,esse deve ser o tal near,

- olá near leve-as até o quarto .

Nós acompanhamos near até o nosso quarto,até que eu coloco o pé na frente da Elisabeth e aconteceu o que eu queria

Ela caiu em cima de near

- desculpa- falou Elisabeth se levantando

- tudo bem - falou near

- Ângela vou te matar -

-calma aí mana sei que vc gostou, foi mal aí near

-nossa a baixinha e rebelde-falou a loira de farmácia

Eu não estava com ânimo para começar uma treta então peguei uma barra de chocolate branco e comecei a comer de repente Mello pegou minha barra de chocolate

-ei me devolve-falei

-ou o que?- ele mordeu minha barra

Tentei pegar da mão dele mas ele é alto pedi para Elizabeth segurar Bella meu ursinho então fiz a coisa mais lógica subi nas suas costas abaixei a mão dele e pegue a barra, e sai de suas costas ,fique de frente para ele e comecei a comer a barra ,ele sorriu então a minha querida irmã resolveu se vingar e me empurrou em Mello acabamos Caindo

Levantei rapidamente e olhei para Elisabeth que sorria, sorri também e falei :

-sei vingando Elisabeth? Que feio

Mello e near nos olharam, como já estávamos na porta do quarto então entramos,lá tinha duas camas de solteiro um pequeno closet uma estante e um armário com tranca banheiro uma mesa e as paredes eram brancas.

- então... obrigada near por nós trazer até aqui - falei

- tchau-falou near

Antes que eu pudesse fechar a porta Mello pegou minha barra de chocolate e comeu, sorri e fechei a porta

-ta com tudo hein

- cala a boca- falei para Elisabeth- Elisabeth o que acha de fazer uns desenhos nessas paredes

Por sorte eu tinha algumas tintas na minha mochila mágica

Começamos a desenhar. Demorou duas horas mas eu desenhei um dragão preto e vermelho bem grande do lado da minha cama e Elisabeth desenhou do lado dela um balão segurando uma nuvem e uma âncora.

Arrumamos nossas coisa

-e agora o que fazemos- perguntei

-bom eu vou tomar um banho- falou Elisabeth já entrando no banheiro

Esperei um pouco e escolhi uma roupa, logo Elizabeth saí do banheiro e eu entro. Depois do banho resolvemos conhecer o orfanato afinal não custa nada eram 19:00. Algumas pessoas já estavam jantando então resolvemos comer.

Olhei para o lado e então percebi que near estava olhando para Elisabeth, chamei a atenção de Elizabeth quando ela percebeu que estava sendo observada começou a sorrir. Quando íamos para o nosso quarto mello me chama

- o que você acha de dar uma volta? - ele fala segurando uma chave .

- claro vamos - eu respondo com uma certa alegria

Eu segui ele para fora do orfanato até que vejo uma moto e fomos em direção a ela , Mello sobe na moto

- vamos - ele fala sorrindo

Eu subi na moto e perguntei aonde iriamos

- tem um park aqui perto poderíamos ir lá

-ok mas só vale se tiver montanha russa-falei

Ele sorriu e ligou a moto

- se segura- ele acelerou e eu segurei na sua cintura

Quando chegamos ao park ele estacionou a moto

- então sabe que não podemos sair a essa hora não é

-sim eu sei -sorri- então tem uma montanha russa nos esperando

Fomos até a montanha russa

- até que foi legal-falou mello

De repente vimos um homem vendendo chocolate eu literalmente corri até lá.l

Depois do passeio voltamos para o orfanato

todos já estavam dormindo.

-bom boa noite -e disse

-por que você não vem dormir comigo vc pode ficar na cama do Matt e podemos conversar mais sobre aquilo

-ok só vou pegar minha mochila


Notas Finais


Obg por lerem ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...