História As filhas de Cronos - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce, Death Note, Diabolik Lovers, Eldarya, Mitologia Grega, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Afrodite, Alexy, Apollo, Ares, Armin, Artemis, Atena, Ayato Sakamaki, Calipso, Castiel, Cronos, Ezarel, Kanato Sakamaki, Kentin, L Lawliet, Laito Sakamaki, Leiftan, Light Yagami, Lysandre, Matt, Mihael "Mello" Keehl, Nate "Near" River, Nico di Angelo, Percy Jackson, Perséfone, Personagens Originais, Poseidon, Reiji Sakamaki, Rosalya, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Viktor Chavalier, Zeus
Tags Cronos, Death Note, Mitologia Grega
Visualizações 38
Palavras 1.098
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Sou uma pessoa de poucas palavras então só gostaria de dizer que esse capítulo é fofo.

Capítulo 6 - Uma lâmpada tenta me assassinar


Fanfic / Fanfiction As filhas de Cronos - Capítulo 6 - Uma lâmpada tenta me assassinar

POV: Elisabeth

Depois que Ângela saiu com o loiro resolvo ir até a biblioteca, quando entrei percebi que no teto haviam desenhos,estava tão encantada com os desenhos que nem percebi que tinha uma pessoa sentada no chão acabei tropeçando

-me desculpa-falei

-sem problemas-falou near

Ajudei a juntar as peças do quebra-cabeça que haviam se espalhado,eu realmente amo muito quebra-cabeça

-e...será que eu posso montar com você-perguntei

-claro eu já montei esse várias vezes-falou near se retirando

- não precisa sair- falei

Near se sentou do meu lado e começamos a montar o quebra-cabeça

- então aquela menina que estava contigo ela é sua irmã?

- bom ela é minha irmã adotiva, e o tal Mello e seu amigo?

- não ele é meu rival somos os sucessores de L ,e ele não gosta de mim porque eu sou o número um

-nossa porque brigar por uma coisa tão irrelevante, podiam trabalhar juntos assim os dois seriam o número um mas a sua maneira

- eu também penso assim mas Mello não,ele prefere trabalhar sozinho ele é orgulhoso

- a Ângela também é assim,ela é muito orgulhosa

- deve ser por isso que eles saíram juntos mesmo sendo proibido sair a essa hora

-angela não se importa muito com as consequências- falei sorrindo

Nós terminamos o quebra-cabeça de duas mil peças

-bom. Boa noite near- falei me levantando quando senti algo acertando minha cabeça e então caí desmaiada

POV: Near

uma lâmpada caiu na cabeça de Elisabeth que acabou desmaiando corri até ela e percebi que não saia sangue de sua cabeça ela só havia desmaiado por causa da pancada não era nada grave então resolvi levá-la ao seu quarto não podia contar a ninguém pois estaríamos encrencados a carreguei no colo até sua cama .quando a deitei ela acordou

-hum...o que aconteceu ?-perguntou

-bom uma lâmpada caiu na sua cabeça e você desmaiou então te carreguei até aqui

- obrigada- falou se sentando na cama

-por nada

A porta abriu e Angela entrou logo sorriu

-estou atrapalhando ?-perguntou

- não - respondi

-ok só vim pegar minha mochila fiquem a vontade

Ela pegou a mochila e se dirigiu até a porta com o ursinho que ela nunca larga.

-onde você vai -perguntei

-bom vou dormir

-mas seu quarto e aqui mocinha

-pois e né então tchau

- você vai dormir com alguém?

-sim tchau

Ela saiu do quarto

- isso não é bom vou atrás dela -falei

-eu vou contigo

Seguimos Angela até o quarto do...

-mello- falou near

-o que ela tá aprontando,ela conheceu ele hoje e já vai dormir no quarto dele

-bom. Ele não dorme sozinho o Matt divide o quarto com ele

- e aí trouxe ?- ouvimos a voz de Mello

- sim -falou Ângela

O que eles estão aprontando

-ta o Matt foi dormir na sala de jogos então ficaremos a vontade- ouvimos Mello falar

-ok-responde Ângela -ainda bem que amanhã é domingo não precisamos acordar cedo

- e senta aqui me mostra

Não dá mais não posso deixar Ângela fazer o que eu estou pensando abri a porta de uma vez e me deparei com Ângela estava do lado de Mello sentados na cama com muitas barras de chocolates por todos os lados e Mello estava com a espada de Ângela não mãos

- ei o que estão fazendo aqui -perguntou Mello

- e que eu pensei que vocês...

- e o que !! Elisabeth acha mesmo que eu faria esse tipo de coisa com alguém que conheço a menos de uma dia

- a não me culpe do jeito que você é louca

- e confesso- falou Angela

- Mello vc tem uma espada-perguntou near

- pera aí você vê uma espada near

- sim

- mortais não devem ver uma espada a não ser que near não seja mortal já que mello não é- falou Angela

POV: Ângela

flash back on

- bom vamos voltar para o infer... orfanato

-vamos-falei sorrindo mas quando estavamos chegando ao orfanato um ciclope nos atacou logo puxei meu colar de caveira que se transforma na arma que eu quero , ele se transforma em uma katana

- fica atrás de mim Mello

- a não essa coisa de novo não - Mello pegou um revólver e atirou na cabeça do ciclope que logo virou pó

Olhei surpresa para Mello

-como assim você pode ver?

-sim,essas coisas vivem me perseguindo

- então você é ....

- um meio sangue? Sim

- legal mas temos que voltar logo para o orfanato lá é mais seguro

- espera Ângela porque você topou sair comigo mesmo não me conhecendo

-bom pude te conhecer melhor e posso afirmar que foi divertido

Sorrimos e subimos na moto entramos no orfanato e silêncio pois todos já estavam dormindo

Flash back off

-e agora eu vou dormir aqui com o mello porque apesar de ele saber que é um meio sangue ele não sabe muita coisa sobre o nosso mundo

- ahh...ok então me desculpa bom tchau

-espera agora fica,near senta alí- falei

-ok

- ei eu não quero essa ovelha aqui-falou Mello

-e só por hoje Mello ele tem que saber

-ok

Near e Elisabeth se sentaram na cama de Matt então eu e Elisabeth explicamos tudo a eles

-ok eu poderia discordar mas a partir de quando eu fiz 12 anos monstros começaram a aparecer -falou Near

- vocês escutaram isso, tem alguém no corredor- falou Mello

Ele estava certo,tinha alguém no corredor rapidamente desligamos a luz e deitamos acabei deitando muito rápido e acabei encostando os lábios nos dele fiquei envergonhada e ele sorriu malicioso eu me virei e dei um rápido boa noite ele respondeu ainda rindo, e acabei dormindo abraçando ele

Quando eram uma duas da madrugada escutei algo caindo no chão olhei e era Mello, ele estava xingando bastante comecei a sorrir então o filho de uma puta me puxou e acabei caindo em cima dele,ele sorriu e me abraçou eu certamente fiquei corada mas se não pode vencer ele junte-se a ele.

Mello cutucou meu ombro olhei para ele e ele apontou para Elisabeth e Near eles estavam abraçados então resolvi tirar uma foto levantei e peguei meu celular tirei a foto e mostrei para Mello ele sorriu e me puxou para cima dele outra vez

-espera essa roupa e desconfortável-falei

fui até o banheiro com minha mochila e vesti uma roupa mais confortável uma regata branca um short e um moletom de panda quando voltei Mello começou a rir

- você está fofa

Fiquei muito corada ele riu outra vez e eu joguei uma almofada nele,ele sorriu e colocou debaixo da cabeça mas como a Elisabete disse sou louca então deitei em cima dele ele me abraçou e fechou os olhos.


Notas Finais


Awww fofos :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...