História As Gêmeas (Luan Santana) - Capítulo 78


Escrita por: ~ e ~bibilins_

Postado
Categorias Luan Santana
Personagens Luan Santana, Personagens Originais
Tags Luan Santana Gêmeas Amor
Visualizações 342
Palavras 1.179
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente
Avisos: Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bora pra mais um? ❤

Capítulo 78 - Esse Davi não perde por esperar.


Fanfic / Fanfiction As Gêmeas (Luan Santana) - Capítulo 78 - Esse Davi não perde por esperar.

Acordei por volta das 09:00 da manhã e Luan não estava mais na cama.

Levantei e ia para o banheiro quando a porta é aberta e ele entra com uma bandeja de café da manhã nas mãos. 

Luan: Não era pra você ter saído da cama!~ Me olhou feio.~ Eu te acordar com beijinhos.~ Fez bico manhoso e eu ri negando. ~ Bom dia amor.~ Sorriu me dando um selinho e colocando a bandeja em cima da cama.

Jhúlia: Bom dia bebê.~ Sorri lhe dando um abraço.

Luan: Tá tudo bem?~ Perguntou alisando meus cabelos e eu assenti.~ Não tá dolorida? 

Jhúlia: Luan!~ Falei o repreendendo sem graça e ele riu dando de ombros.

Luan: Qual é Jhú? ~ Me abraçou beijando meu pescoço rindo.~ Eu me preocupo com seu bem estar.~ Me olhou e eu desviei revirando os olhos o fazendo rir, depois o encarei e ele me olhava.~ Tá ou não tá?~ Perguntou rindo e eu o empurrei saindo de seus braços o fazendo rir mais ainda e me puxar pra ele de novo.~ Cê não precisa ficar sem graça comigo.~ Sorriu me olhando. ~ O que a gente fez não é motivo de vergonha, a gente só se amou.~ Sorri encantada com suas palavras e ele tentou me beijar mas eu o impedi.

Jhúlia: Nem vem, eu acabei de acordar.~ Fiz careta e ele riu.

Me virei pra ir no banheiro quando de repente me passou algo MUITO importante na cabeça. Virei novamente pra Luan com os olhos arregalados.

Jhúlia: Meu Deus, Luan!~ Falei colocando a mão na boca e ele me olhou preocupado.

Luan: O que foi?~ Arqueoou as sobrancelhas mas depois ficou com um semblante divertido.~ A gente usou camisinha tá? Não precisa surtar!~ Riu sapeca e eu o encarei sério. 

Jhúlia: A minha mãe deve tá surtando!~ Falei preocupada e ele continuou do mesmo jeito.~ Você não vai dizer nada?~ Perguntei incrédula e ele deu de ombros rindo.~ A minha mãe sabe que eu vinha pra aqui, sabia? Você não acha que ela vai te matar se souber que você levou a filhinha dela pra cama?!

Luan me olhou como se eu fosse louca e riu logo em seguida.

Jhúlia: Luan eu tô falando sério!~ Bufei.~ Eu tenho que ir pra casa antes que ela apareça com a polícia aí!~ Tentei passar por ele mas ele me impediu rindo.

Luan: Amor calma!~ Pediu me olhando. ~ Eu já resolvi tudo, não se preocupa.~ Piscou convencido e eu arqueei as sobrancelhas confusa.~ O Talvanes falou pra ela que você ia dormir na casa da Isllany.~ Disse simples e eu respirei aliviada. ~ Hoje você é toda minha bebê.~ Me olhou safado e eu ri negando e eu sai de seus braços indo pra banheiro.~ No closet tem uma roupa que a Isllany deixou pra você e no banheiro tem escova de dente. 

Olhei pra ele surpresa e ele riu dando de ombros.

Jhúlia:Vocês pensaram em tudo mesmo né?~ Disse com falso desdém enquanto ia pro closet e ele riu assentindo.

Luan: Vai tomar banho logo que eu tô doido pra comer.~ Sorriu malicioso, deixando a frase no duplo sentindo e eu arregalei os olhos o fazendo rir.~ O café da manhã, ó mente poluída!~ Piscou pagando um pão na bandeja e eu o olhei: Aham, sei!

Revirei os olhos e segui para o banheiro tomando um banho super rápido, não poderia correr o risco do Luan comer tudo e eu ficar sem nada.

........


Jhúlia: Eu tava com medo de você tá bravo comigo.~ Confessei mexendo em seus cabelos.

Já eram 14:00 da tarde, estávamos assistindo um filme na TV da sala. Eu estava deitada no sofá e Luan deitado em meu peito entre minhas pernas.

Luan: Você acha mesmo que eu ia acreditar que você ia me trair com aquele cara?~ Perguntou óbvio e eu ri negando.

Jhúlia: Nunca na galáxia. 

Luan: Mas isso não quer dizer que eu não queira saber por quê diabos ele estava tão perto de você na foto?~ Levantou a cabeça me olhando sério e eu ri lhe dando um selinho. 

Jhúlia: Ele tentou me beijar, mas não se preocupe ele já teve o que mereceu,  e a Bia também. ~ Falei convencida e ele riu negando voltar a deitar sua cabeça em meu peito.

Luan: Esse Davi não perde por esperar.~ Falou ameaçador.

Jhúlia: Luan!~ O repreendi.

Luan: Sem essa Jhúlia!~ Me cortou.~ Eu não mandei ele mexer com o que é meu, agora que aguente as consequências. 

Jhúlia:E quem disse que eu sou sua hein?~ Perguntei debochada e ele levantou o rosto me olhando.

Luan: Eu disse!~ Afirmou piscando pra mim.~ Você é minha e eu não vou deixar ninguém te tirar de mim nunca.~ Aproximou seu rosto.~ Entendeu?~ Perguntou roçando nossos lábios e eu ri assentindo.

Antes que Luan iniciasse o beijo a porta foi aberta bruscamente e nós sentamos no sofá com tudo com medo de quem poderia ser, mas ao ver as duas idiotas rindo à nossa frente eu peguei um travesseiro e joguei na direção delas, mas não pegou em nenhuma.

Bruna: Oiii queridos!~ Falou animada se jogando no meio da gente no sofá.~ Como foi a noite de vocês? ~ Perguntou maliciosa e eu senti minhas bochechas queimarem enquanto Isllany e Luan riram despreocupados.

Isllany: Não seja inconveniente Bruninha, se fosse pra você saber o que eles fizeram aqui ontem, eu não teria te lavado pra minha casa né?~ Riu alto, escandalosa que só ela.

Jhúlia: Vocês podem parar?!~ Esbravejei desconfortável com a conversa e eles riram mais ainda.

Bruna: Você sabia que a mãe da Isllany pensa que eu sou você?~ Perguntou animada e eu a olhei arqueando as sobrancelhas. 

Jhúlia: Como é a história? 

Isllany: Ela não pensa que a Bruna é você exatamente. ~ Explicou dando de ombros.~ Mas como ela nunca viu você eu disse que o nome da Bruna era Anna Jhúlia, caso sua mãe quiser ligar pra minha mãezinha para confirmar se você estava mesmo lá. ~ Piscou convencida. 

Luan: Desgraçada esperta!~ Falou a olhando admirado e ela riu lhe mostrando o dedo do meio.

Isllany: Eu sei, eu sei. Eu sou foda mesmo né?~ Disse se gabando e nós rimos.~ Mas agora nós temos que ir lindinha, eu disse que ia te levar em casa,  minha mãe falou que não era pra demorar.~ Me olhou e eu assenti levantando.

Fui até o quarto peguei minhas coisas e nos despedimos de Luan e Bruna indo para a minha casa. lsllany foi o caminho todo enchendo meu saco com suas retardices sobre minha noite com Luan, eu claro, não disse mais do que ela precisava saber, ou seja: Nada.

Cheguei em casa e dei de cara com Beatriz sentada no sofá, ela me olhou por um momento mais logo desviou seu olhar e voltou sua atenção à televisão. Suspirei e segui para a cozinha, não encontrei ninguém então peguei uma maçã e subi para meu quarto.

Me joguei na cama e fiquei refazendo a noite maravilhosa com Luan, mas minha alegria durou pouco logo alguém bate na porta e eu pedi para entrar. 

Era minha mãe, e ela estava... brava?!

Engoli em seco e me sentei na cama a encarando.

Brenda: Você quer me dizer onde realmente passou a noite?


Notas Finais


Eitaaaa😱

Será que o forninho vai cair? 🙈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...