História As I Told You - Capítulo 32


Escrita por: e bultprowof

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Hoseok, J-hope, Jimin, Jungkook, Park Jimin, Personagens Originais, Suga, Taehyung, Yoongi, Yoonmin
Visualizações 322
Palavras 2.011
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Heyyy
VOLTAMOS PEOPLE
Uouuu o capítulo passado deu o que falar.... várias perguntas e curiosidades sobre o que Kim Taehyung estava fazendo
Espero que os próximos capítulos sejam esclarecedores!!

Espero que gostem do capítulo.
Boa leitura a todos, esperamos que gostem 💕

~Girlbulletproof
~Bultprowof

Capítulo 32 - Cobras são venenosas


Fanfic / Fanfiction As I Told You - Capítulo 32 - Cobras são venenosas

- Como é que é garota? Repete!

- É isso mesmo que você acabou de ouvir, está com algum probleminha auditivo, meu bem?

- Não, o único probleminha que eu tenho é não conseguir decifrar língua de cobras, ainda não virei o Harry Potter ou o Lord Voldemort, será que você pode falar de uma forma que eu entenda, por favor? - mantenho uma expressão de desentendimento.

- Olha aqui.... - tentou vir para cima.

- Olha aqui você, está mesmo achando que falando essas merdas vai me tirar do sério? É melhor ficar sabendo que vai precisar de muuuuito mais informações de onde essa veio, porque digamos que eu seja uma pessoa bem difícil de ser enganada. Não sou tão bobinha como umas e outras.

- E o que você quer dizer com isso?

- Eu? Nada! Cada uma interpreta da maneira que preferir, se a carapuça lhe serviu, já não é um probleminha meu, certo? Certo!

- Não acha que está com um ego muito grande para quem acabou de perder o namorado, e foi trocada em menos de uma semana?

- Você definitivamente não me conhece, não sou de ficar me lamentando na frente de qualquer um. - lhe olhei de cima a baixo com desdém. - se eu tiver que chorar ou explodir de raiva, não vai ser com uma plateia ao meu redor, porque a última coisa que eu sou, é carente de atenção. Agora já não posso falar o mesmo de você, pegar o namorado dos outros e ficar desfilando por aí é coisa de quem precisa urgentemente de um holofote, e quer saber Eun Ji, pode fazer bom proveito do seu show com o Taehyung, eu só quero que vocês sejam muito felizes e de preferência a quilômetros de distância de mim, vai que ser puta pega, não quero correr o risco. - não houve tempo para pensar, apenas senti o peso da sua mão. Levei a minha destra ao rosto.

- Está achando que é quem para falar assim de mim? - era possível ver o ódio nos seus olhos.

- Se ofendeu? Nossa, me desculpa, saiu assim ó... - fiz um gesto com a mão - sem querer.

- Acho que você pode ficar com um olho roxo, sem querer também. - tentou vir para cima, mas segurei suas duas mãos e a imprensei na parede ao lado da porta.

- Eu já acho o contrário. - apenas com uma mão segurei seus pulsos encima da cabeça e lhe acertei um tapa. - Agora é bom ficar sabendo que bem diferente da minha aparência e modo de agir diariamente, eu não bato como uma menininha.

Segurei seus cabelos e bati sua cabeça na parede. Eu poderia até ter pena da expressão de dor que contornou o seu rosto, se não fosse ela quem estivesse ali.

- Isso não vai ficar assim.

- Ai, que ótimo, estava precisando extravasar um pouco a minha raiva e fazer isso justamente com você, vai ser maravilhoso.

Veio a passos lentos em minha direção, mas antes que chegasse muito perto, lhe dou uma rasteira fazendo com que caia no chão e me ponho por cima de seu corpo. Deixo uma série de tapas e puxões de cabelo que a deixam um pouco desorientada, mas antes que eu faça mais algo a porta é aberta com tudo e várias pessoas aparecem atrás dela, minha irmã, Jeon Jungkook, e é claro que não poderia faltar, Kim Taehyung.

- Vocês ficaram malucas? Esqueceram que estão dentro do colégio? - o Jeon entra aflito no banheiro.

- Eu estou maravilhosamente bem, em juízo perfeito. - me levanto do chão e paro ao lado da minha irmã.

- O que aconteceu aqui Yoon? Você não é de arrumar briga à toa.

- Digamos que ela tenha merecido, e que eu também já estava de saco cheio dessa garota, até que demorei muito para fazer isso. - prendi meus cabelos em um coque alto e cruzei os braços a encarando.

- Mas eu não fiz nada, oppa... - agarrou o braço direito de Taehyung, que permanecia ao seu lado ainda perplexo. - Ela veio para cima de mim sem eu ter feito absolutamente nada, olha o meu estado, se não fossem vocês eu não sei o que ela teria feito comigo.

- É mesmo oppa. - me inclinei um pouco para frente e fiz um bico com uma voz de dó. - Acho que é melhor você cuidar da garotinha aí, porquê ela é muito indefesa e não pode se cuidar sozinha, precisa de um protetor ao lado para não se machucar, coitadinha.

- Eu... É... Sério que fez isso com ela? - apontou para a menina ao seu lado, e eu posso estar ficando louca, mas juro que vi um sorrisinho em seu rosto. - Não sabia que você era capaz disso.

- Me poupe, eu tenho coisa melhor para fazer do que ficar aqui olhando para vocês dois. E eu acho bom você levar a sua namoradinha para a enfermaria, ela vai precisar de alguns curativos.

Saio do banheiro batendo a porta e ignorando a plateia de curiosos que havia se formado. Corro para a sala de aula, que para a minha sorte estava vazia graças a educação física.

- QUE ÓDIO! - bato a mão fechada em punho em uma das várias mesas espalhadas por ali. - Essa garota ainda me paga por tudo o que está acontecendo.

- Yoon. - a Kim aparece na porta. - Tenta esfriar um pouco a cabeça, ela já teve boa parte do que merece.

- Aquilo é pouco.

- Acho que estamos falando de pessoas diferentes, você viu o estado em que a garota ficou? - dá um sorrisinho.

- Ela ficou horrível não foi? Nossa, foi uma sensação de alívio tão grande fazer aquilo. - me apoio em uma cadeira qualquer e respiro fundo. - Eles realmente se merecem, acho que o Taehyung deve achar pouco o que já aconteceu com ele e está querendo ser traído mais uma vez. Agora a questão é, quem vai ser o próximo escolhido? Acho bom você tomar cuidado, vai que ela decide agarrar o Jungkook.

- Nem fala uma coisa dessas, se isso acontecer eu não sei nem o que sou capaz de fazer. - senta em uma mesa de frente para mim. - Agora me diz, o que ela falou de tão grave para você explodir de vez?

- Primeiro chegou soltando os venenos dela e tentando me provocar, o que já estava me tirando do sério, mas a gota d'água foi quando ela falou que tinha ido para a cama com o Taehyung. Depois disso não consegui mais me segurar e saí falando tudo que estava preso na garganta, só que o que você não sabe é que não fui eu a primeira a explodir, acho que ela não aguentou receber as verdades na cara e me deu tapa. Como você sabe, eu não tenho sangue de barata e era óbvio que não ia deixar isso passar. - dei de ombros.

- Então por quê não falou isso lá na hora e deixou que ela contasse apenas o lado dela? Agora o Taehyung deve achar que toda a culpa foi sua.

- Olha Kim, ele já é bem grandinho, sabe muito bem se virar sozinho e conhece a garota que está ao seu lado. Não faz diferença se ele acha que eu quem provocou e começou a briga, não vai mudar nada.

- Ok, você tem razão. - deu de ombros.

- Licença. - a porta é aberta e o Jeon passa por ela. - Sei que vocês estão tendo uma conversa de irmãs e tudo mais, eu só queria dizer que para qualquer coisa eu estou aqui. Não sou uma pessoa muito adequada para falar sobre isso por ser amigo dele, mas eu sei que ele tem seus motivos para tudo o que está acontecendo, não é querendo defendê-lo, apenas acho que você deveria ouvi-lo.

- Mas Jeon...

- É só uma opinião Yoon, não estou lhe obrigando a fazer algo só pelo que acho.

- Eu sei, eu sei. Prometo que vou pensar e tentar escutar o que ele tem a dizer.

A manhã passou rápido e com isso o sinal para o fim das aulas soa. Como em qualquer dia normal todos os alunos levantam-se e correm apressadamente para a saída, porém eu não estava como eles. Em um dia comum, eu já estaria com todos meus pertencem arrumados e andando de mãos dadas com meu "namorado", mas agora tudo seria diferente e eu teria que lidar com isso.

Levanto e já não havia mais ninguém na sala. A Kim e o Jungkook até que tentaram me convencer a ir com eles para o parque, porém não quis. Eles não podem parar suas vidas só pelo fato de que eu terminei meu namoro, independente de qualquer coisa, sei me virar bem sozinha e também não quero atrapalhar o momento deles que tanto demorou para acontecer.

Arrumo pacientemente minhas coisas que estavam espalhadas pela minha mesa e ponho tudo dentro da mochila, passando a mesma por meus ombros. Assim que viro me deparo com Kim Taehyung encostado na porta impedindo minha passagem.

- Você pode sair, por favor? Eu quero ir embora. - tento passar por ele mas sinto seu toque mínimo em meu ombro, me afastando.

- Yoon, escuta o que eu tenho para falar e depois você pode ir embora. - respiro fundo e assinto.

- Fala, mas seja breve, antes que eu me arrependa. - ele respira profundamente e então começa:

- Bom, acho que você já me xingou de todos os nomes possíveis e impossíveis, e não tiro sua razão. Mas quero que entenda que nunca quis brincar com seus sentimentos, eu te amei, na verdade, eu te amo. Porém só esse amor não era o bastante. Yoon, você merece muito mais do que um simples fracassado como eu que não tem coragem de assumir seus sentimentos. Que terminou por medo de machucar a pessoa que ele tanto amava, e de novo fez tudo errado, e só percebeu quando tudo já estava feito.

- O engraçado nisso tudo Taehyung que você nem ao menos teve a coragem de me perguntar o que eu estava sentindo. Em nenhum momento perguntou se eu estava feliz ao seu lado. E sabe qual seria minha resposta? Que sim. Mas você teve que fazer a merda de tomar todas as decisões sozinho e sabe qual a coisa mais engraçada disso tudo? Que você foi arrumar consolo justamente com sua ex namorada que te fez de idiota, se você acha que é esse tipo de garota que você merece, faça bom proveito. Mas sabe o que é pior ainda, você deixou que eu me aproximasse dela e que ela se fingisse de minha amiga. Quer saber? Me poupe disso tudo. É melhor você esquecer que eu existo, e cada um segue sua vida, antes que ambos saiamos mais machucados ainda. - passo ao seu lado e me dirijo a saída.

Ir para casa agora não seria uma boa opção, sei que a Kim e o Jeon provavelmente irão para lá assim que saírem do parque e a última coisa que eu preciso agora é dos dois falando e falando no meu pé, hoje também é dia da minha mãe tirar a sua folga da semana e com certeza ela perguntaria algo do Taehyung, e ele é definitivamente o último assunto que quero tocar. Decido então passar em um shopping que tinha pelas redondezas, tomar um sorvete ou comer qualquer besteira, só para passar o tempo e ter um momento de paz, longe de qualquer..... Ah não.

Não!

Não!

Não!

Ele não!

 

Kim Taehyung P.O.V On

- Não, eu não quero mais ter que aturar isso, todas essas situações que eu me submeti estão no limite para eu conseguir suportar tudo. Você foi, com toda a certeza, a pior escolha que eu fiz. Nunca que deveria ter decidido ter algo com alguém como você.


Notas Finais


QUE TRETA, MEUS AMIGOS.
Vc queria treta @? Pois tome treta.
O que será que aconteceu para Kim Taehyung estar agindo tão violentamente? será que tem cocô na cabeça? Quem a Yoon encontrou?
CADÊ A KIM E O JEON? 😂😂😂😂
Bom, queremos nos desculpar pelas atualizações um pouco demoradas. Prometemos que faremos o possível para o próximo capítulo sair o mais rápido possível.
Espero que tenham gostado.
Até a próxima
XOXO 💜💙

~Girlbulletproof
~Bultprowof


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...