História "As I Was Before You" - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Como Eu Era Antes de Você, Justin Bieber
Personagens Barbara Palvin, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Tags As I Was Before You, Barbara Palvin, Como Eu Era Antes De Você, Justin Bieber, Romance
Visualizações 217
Palavras 2.093
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


. Ai meus Deus os favoritos a cada dia esta crescendo que felicidade ♡️♡️♡️

. Comentem também amores apesar de não ser obrigatório quero saber muito o que vocês estao achando ♡️♡️

Capítulo 8 - 8' capitulo


Fanfic / Fanfiction "As I Was Before You" - Capítulo 8 - 8' capitulo

Miami / Flórida 

Sexta-feira / 18:00pm

Point of view Justin Bieber 

Os dias passaram e finalmente estou livre da faculdade pelo menos em alguns meses mais minha preocupação nesse momento é a Lindsay não obtive um sinal dela não fui atrás como ela pediu mais até agora nada estou muito preocupado sinto que ela esta mal precisando de mim; meus pensamentos foram interrompidos pelo toque do meu celular era Chaz.. 

-Diz ai pateta o que quer? 

-Cara você tem notícias da Lindsay? 

-Não; to até preocupado. 

-Preciso ver ela pra fazer os documentos da mesma, semana que vem ja é a viagem. 

-To pensando em ir no beco atrás dela, se quiser podemos ir juntos. 

-Ta to indo pra sua casa então daqui a pouco chego. 

-Beleza, quando chegar guarda o carro na garagem. 

♧️♧️♧️♧️♧️

Chaz chegou e nós seguimos pro beco e não vimos nenhum dos três e decidimos caminhar pra vê se achava alguns deles em uma esquina bem afastada vimos Daniel ele estava sozinho assim que me viu veio até nós dois e nos comprimentou.. 

-Ta atrás da Lindsay né? 

-Sim; sabe onde ela esta? 

-Não; e não vá procurar ela agora. 

-Mais por que? 

-Sempre no dia 25 de todos os meses a Lindsay se afasta da gente tipo some. 

-Mais por que isso? 

-Bom só sabemos que tem a ver com algo no passado dela, Lind fica mal e precisa ficar sozinha ai ela some. 

-Vocês não sabem onde ela esta? 

-Não sabemos, mas ela disse que ia voltar ainda hoje. 

-Desde que horas ela saiu? 

-Faz três dias ja que ela saiu daqui, mas ela vai voltar Lind sempre volta. 

-Quando ela voltar pede pra ela me procurar. 

Ele ia falar mais uma voz doce interrompeu e ela parecia furiosa.. 

-O que faz aqui? 

-Lindsay?! Graças a Deus. 

-Falei pra você não vir. 

-Mais eu.. 

-Mais nada, eu disse pra você não vir aqui. 

Chaz resolveu falar.. 

-Ele veio porque eu pedi Lindsay, precisava falar com você pra resolvermos os seus documentos. 

-Esta bem, amanhã bem cedo você me encontra na frente do apartamento do Drew mais não venham atras de mim, aqui é perigoso pra vocês e sabem disso entao espera eu aparecer não importa se durar um ano mais esperem. 

-Esta bem, vamos indo entao até mais. 

Olhei pra ela e senti vontade de chorar não entendia porque ela estava tao fria e seu rosto mostrava que ela havia chorado também a gente se afastou deles e seguimos pra minha casa.. 

♧️♧️♧️♧️♧️

Eu e os garotos estavamos jogando quando o interfone tocou e Chris foi atender depois voltou e disse que tinha liberado pro Daniel subir eu assenti e alguns minutos depois a campainha tocou e eu abri a porta ele entrou e deu oi pra geral e me chamou pra conversar no corredor.. 

-Voce parece nervoso, aconteceu algo? 

-Sim aconteceu, Josh fez merda e agora Lindsay esta descontrolada. 

-Como assim? 

-Josh esta morto. 

-O que? Mais como isso aconteceu? Quando? 

-Nós recebemos a notícia assim que você e seu amigo foram embora, Lindsay esta horrível não para de chorar estou ficando preocupado vim pedir que vá comigo buscar ela. 

-Vamos agora, só vou avisar pros meus amigos. 

Avisei pros garotos que ja voltava e sai com Daniel no caminho ele me contou que o amigo deles foi tentar roubar e acabou levando um tiro da polícia morreu na hora, chegamos onde Lindsay estava e ver seu estado emocional quase me fez chorar ela estava sentada no chão toda encolhida chorando muito a gente se aproximou dela e Daniel sentou ao lado dela e fiz o mesmo a puxando pra sentar no meu colo ela ficou chorando ainda mais só que logo se acalmou Daniel ajudou ela levantar e fiz o mesmo.. 

-Esta mais calma Lind? 

-Sim Daniel, mas você não devia ter ido chamar ele. 

-Voce precisa ir pra casa dele. 

-Não, eu não vou deixar você aqui sozinho sei que a morte do Josh esta doendo tanto em você quanto em mim. 

-Mais Lind. 

-Mais nada Daniel_ela virou pra mim_agradeço que tenha vindo mais é melhor você ir embora esta tarde e aqui é perigoso pra você, prometo que amanha apareço lá mais agora eu e Daniel vamos ti levar. 

Eu não quis contradizer ela entao apenas concordei os dois juntos me levaram pra casa e nos despedimos e vi ela indo embora abraçada com o amigo toda triste isso tava acabando comigo, entrei e contei tudo pros garotos que ficaram chocados e triste por ela.. 

♧️♧️♧️♧️♧️

Ja estava de madrugada e eu não conseguia prestar atenção no que os garotos diziam estou muito preocupado com a Lindsay, resolvi ir atras dela mais não encontrei nem um dos dois quando ia embora três caras que davam dois de mim me pararam.. 

-Passa tudo playboy. 

Comecei entregar tudo pra eles e feito isso achei que eles iam deixar eu ir embora mais me enganei o primeiro deles me deu um soco na cara que me fez cair logo senti chutes em mim aos poucos fui apagando.. 

♧️♧️♧️♧️♧️

Miami / Florida 

Sabado / 5:00am

Acordei sentindo meu corpo todo dolorido eu ainda estava na rua eu não conseguia me mecher tudo doia desde a cabeça até o dedão do pé e eu estava sem nada nem documentos ou celular tentei levantar sem sucesso me fez apenas gritar de dor, tentei levantar mais uma vez e ouvi um grito olhei pro lado e era Lindsay ela estava com Daniel.. 

-Meu Deus Drew o que aconteceu? Sua cabeça esta sangrando e seu olho. 

-Eu fui assaltado ontem os caras levaram tudo e ainda me bateram acho que acabei desmaiando. 

-O que você veio fazer aqui? 

-Eu precisava ti ver. 

-Mais que porra garoto eu disse que ia lá ti ver não quero você vindo aqui exatamente por isso, você não é um de nós que saco, Daniel me ajuda aqui vamos levar ele embora. 

Daniel me ajudou levantar e eu gemia de tanta dor as vezes dava um grito baixo apoiei um braço nele e o outro na Lindsay e eles me ajudaram chegar na frente do meu prédio, quando Thompson nos viu veio rapido até mim.. 

-Senhor quer que eu chame a polícia? 

Ele olhou pra Lindsay e pro Daniel e eu me incomodei com isso. 

-Não; e a próxima vez que olhar pros meus amigos com essa cara vou mandar demitirem você, agora abre o portao. 

Ele ficou quieto e abriu o portao nós três entramos e seguimos pro elevador eu tentava conter os gemidos de dor, assim que chegamos falei pra Lindsay levantar o tapete e pegar a chave reserva assim ela fez os dois me levaram pro meu quarto e me deitaram na cama.. 

-Lind eu acho que ele pode ter quebrado uma costela. 

-Também to achando, faz o seguinte Daniel diz pro Ricardo que não vai dar pra mim ir lá hoje ver o carro dele, mas diz que hoje a noite vou ir trabalhar. 

-Ta entao ja vou indo, ti espero de noite. 

-Tabom, tente ficar longe de encrenca e ja sabe nada de... 

-Relaxa Lind não vou fazer nada, vou apenas na igreja e depois vou ficar com os meninos. 

-Se cuida por favor. 

-Eu vou me cuidar pode deixar, agora vou indo, melhoras ai cara. 

Ele foi embora e Lindsay foi no banheiro e voltou com minha caixa de primeiros socorros ela cuidou dos meus machucados artificiais.. 

-Preciso do seu celular, vou pedir uma ambulância pra vir buscar você precisa fazer exames. 

-Não precisa, liga pro Chris e pede pra ele vir liga do fixo porque agora estou sem celular porque roubaram. 

-Vou pegar_ela desceu mais logo voltou com o telefone falei pra ela o número e a mesma esperou_alô Chaz?_deu uma pausa_oi é a Lindsay, preciso que venha agora pra casa do Drew, é eu sei ti conto tudo quando chegar aqui ta tchau. 

-E então? 

-Ele esta vindo, estava preocupado disse que veio atras de você mais nao tava e o porteiro disse que você tinha saído e nao voltou. 

-Chaz deve ta pirando nunca faço isso. 

-Deveria ter me escutado. 

-Eu precisava ver você vê-la daquela forma tao fragil destruiu meu coração e eu nao podia fazer nada. 

-Garoto você não pode ficar agindo assim deve se manter longe de mim. 

-Não Lindsay por favor não me afasta de você ou não vou suportar. 

-Somos de mundos diferentes Drew, você não sabe nada de mim e.. 

-Então me deixe ti conhecer, se o problema é nossa diferença de vida então vem morar comigo e fica tudo igual, mas nao me deixa Lindsay desde que ti vi senti que era você a mulher da minha vida sei que isso parece loucura e até precipitado mais tenho certeza do que quero, eu disse pra você que sou incapaz de deixar você sozinha e eu estava sendo sincero me deixa cuidar de você me deixa ti amar por favor. 

-Eu não posso fazer isso com você me desculpa. 

-Lindsay não faz isso comigo. 

-Não Drew esquece desse assunto entre nós não vai ter nada. 

-Vai embora da minha casa Lindsay, se você tem tanto preconceito entao vai. 

-Não se trata de preconceito e sim da realidade, Drew olhe pra mim e pra você eu moro na rua e você aqui isso nunca daria certo, eu fiz coisas que não me orgulho. 

-Que coisas? Me diz Lindsay se abre comigo. 

-Não; 

-Lindsay por favor confia em mim. 

-Não posso esquece que eu existo melhor pra você.

-Não Lindsay você nao pode fazer isso comigo eu te amo. 

Eu falei aquilo sem pensar e ela olhou pra mim assustada até e vi que ela ia chorar mais se conteve.. 

-NÃO VOCÊ NÃO PODE ME AMAR_ela disse gritando até me assustei ela se recompôs_eu ja matei uma pessoa Drew. 

Eu fiquei chocado confesso. 

-Por isso esta na rua? Você esta fugindo? 

-Não, eu matei esse homem eu ja estava na rua acham que ele morreu de overdose mais foi eu que matei ele eu provoquei a overdose. 

-Que mais como? 

-Ele tentou me tocar eu tentei de todas as maneiras me soltar mais não consegui_ela começou a chorar olhando pro chao_ao ver que ele não me soltava fingi que tava afim então falei que ia preparar uma bebida pra ele peguei cocaína coloquei na bebida e ele ingeriu começou passar mal e eu fiquei ali afastada vendo ele morrer quando o mesmo deu o último suspiro fui embora. 

-Sinto muito Lindsay. 

-Eu não sou mulher pra você então me esquece. 

Ela virou pra ir embora e eu me forcei levantar e soltei um grito ela se assustou e veio até mim me fazendo deitar e eu comecei a chorar.. 

-Lindsay esta doendo. 

-Fica calmo Chaz ja deve ta chegando. 

-Não vai embora Lindsay por favor não vai. 

-Eu não posso ti dar esperanças. 

-Por favor vamos nessa viagem juntos e me da uma chance. 

-Vamos falar disso depois. 

Meu amigo chegou e Lindsay contou tudo pra ele o mesmo me ajudou ir pro carro mais ela não quis ir junto então foi somente eu e meu amigo.. 

♧️♧️♧️♧️♧️

Como imaginado eu havia fraturado uma costela mais nada grave meu pai foi comunicado e nem preciso dizer que ele não apareceu apenas me ligou perguntando o que houve apenas omiti os detalhes e tranquilizei ele depois fui pra casa com uma faixa enorme sobre meu abdômem, Chaz saiu pra falar com a Lindsay ja fazia alguns minutos e logo ele chegou estava triste.. 

-O que houve Chaz? 

-Lindsay foi embora. 

-COMO EMBORA? 

-Fica calmo irmão, ela deixou um bilhete. 

Ele me entregou e comecei a ler.. 

"Chaz sei que disse que ia ajudar você mais eu não posso Drew esta começando ter sentimentos por mim que não pode acontecer isso esta errado, em relação a garota não deixe ela abortar faça a viagem e quando o bebê nascer vá até a igreja que vou deixar o endereço abaixo e fale com o padre ele ira me informar que você ta de volta com o bebê nessa parte eu vou ajudar, mas por favor faça seu amigo entender que eu e ele não temos futuro juntos somos de realidades diferentes e ele não pode gostar de mim Drew Bieber vale ouro e nao me merece, cuide dele e não esqueça de ir na igreja quando voltar com seu pequeno beijos Chaz se cuida também." 

Abaixo havia o endereço abaixo entreguei o papel pro meu amigo e comecei chorar foda-se que isso pode parecer gay eu não ligo quero Lindsay aqui comigo novamente.. 


Notas Finais


Amo vocês ♡️❤️😜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...