História As JHYM - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags K-idol, K-pop, Músicas, Romance, Yumi
Visualizações 4
Palavras 1.955
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Ahhhh, desculpa pelo pequeno atraso. Eu meio que estava sem vontade para fazer fanfics ultimamente, então, me desculpem. Gomenasai, >.<
Bem, essa é para compensar a espera, espero que gostem. Pretendo postar mais capítulos com frequência.

Capítulo 2 - "Chegada a Coreia do Sul"


Yumi P.O.V On

Abro meus olhos, acabo percebendo que eu havi dormido enquanto estava no voo do avião. Estava a noite, quase todos os passageiros estavam dormindo, com exceção de mim, claro. Eu resolvi não dormir mais, continuei ouvindo " Crazy " da 4Minute. É uma pena o grupo ter acabado, queria que eles tivessem continuado. Pelo menos a Hyuna ainda tem algumas notícias. 

Olho para o lado e acabo vendo a Misaki dormindo calmamente, como um anjo. Tão fofa. Mesmo assim, não pretendo acordá-la, não gostaria de fazê-la ficar com raiva de mim. Acho que o melhor para mim nesse momento seria dormir de novo. Acho que vou dormir enquanto ouço música, não tô nem aí. Fecho meus olhos levemente, com a tentativa de dormir novamente.

[ ... ]

Acordo por causa de alguém irritante que me cutucava. Só quero ver quem está fazendo isso. Tento abrir meus olhos logo após em que eu acordo por causa desse "maravilhoso" ser. Vejo que era a Misaki, fico com menos raiva, se fosse outra pessoa , ela ia se ver com minha ira, se bem que eu sou bem calma.

- O que foi Misaki?... - Digo enquanto esfregava levemente meus olhos ainda com sono.

- Já chegamos na Coreia do Sul, Yumi! A Maioria dos passageiros já saiu, eu fiquei aqui enquanto eles saiam com a esperança de que talvez você acordasse naquele momento, mas agora que todos saíram, você nem acordou. Então eu tive que te acordar! - Ela dizia como um sermão. - As outras meninas estão nos esperando, então estamos bem atrasadas. 

Ela me levanta mesmo eu ainda estando acordar direito. Quando saímos do ônibus, tampei meus olhos por causa do sol que parecia mais forte que o normal, já que eu tinha acabado de acordar. Nem pra esperar um pouco?

- Que bom que ela finalmente acordou. - Dizia Janyeon Aliviada.

- Na verdade, eu tive que acordá-la, sabe-se lá quando ela ia acordar se eu não tivesse a cutucado. Talvez só mais tarde. Já estaríamos no estúdio. - Ouço Misaki dizer com razão.

- Ei, não me culpe. Eu acordei quando estavam todos dormindo, ainda fiquei um pouco acordada. Eu tenho motivos, ok? - Me justifico, não gostaria que eu pegasse a fama de ser preguiçosa.

- Tudo bem, mas acho que deveríamos estar no estúdio, meninas. Não podemos ficar aqui apenas discutindo sobre algo que não vai levar a nada. - Hiyori dizia. 

- *Suspiro*, tudo bem. - Misaki diz cansada. - Mas como nós vamos ao estúdio, nem temos um mapa ou algo assim. Além do que a Coreia do Sul é bem grande para acharmos um pequeno estúdio.

- Eu não diria pequeno, eu tenho o mapa que nos levará ao estúdio. Afinal, estamos falando do estúdio do Chung-hee, um dos maiores divulgadores de música em relação ao K-Pop. Agora temos que ir. - Hiyori nos faz sair do aeroporto e começar a seguir um caminho de acordo com o mapa em que ela tinha em mãos.

[ ... ]

Depois de uma longa, percebo que eu e as outras finalmente estávamos em frente ao estúdio. Acho que estava bem óbvio que era o estúdio que procurávamos, afinal, ele era extremamente grande e bem chamativo. Era um dos estúdios maiores que vimos ao caminho até aqui.

- Uau... Que estúdio grande. - Falo admirada. 

- Realmente, dá claramente pra perceber que esse é o estúdio. Agora, não podemos nos atrasar mais. - Dizia Misaki um pouco nervosa. Percebia-se com sua expressão. Tentamos entrar no estúdio, mas consequentemente somos barradas por 2 guardas.

- Quem são vocês, e o que querem aqui no estúdio de Coreia do Sul. - Eles falavam em Coreano (Pequena nota do autor: Claro que aqui está colocado como em português.) , mas como eu tinha feito curso para entender coreano, entendi rapidamente.

- Somos pessoas que ganharam um concurso onde nos levaria para esse estúdio. - Mostro o mapa aos guardas. Eles não pareciam ter acreditado.

- Acha mesmo que cairemos nessa? Está bem óbvio que não vieram aqui por causa desse concurso e blá, blá, blá. Se isso fosse acontecer, teríamos recebido informações sobre isso. Então como não nos recebemos, não dá para acreditar se estão falando a verdade ou não.

- Fiquem logo sabendo que elas estão falando a verdade. - Todos nós ouvimos uma voz conhecida, nos viramos para trás e vimos o Lucas... Ai, por que sempre tenho um sentimento entranho quando penso nele?

Lucas P.O.V On

Estava andando já estressado com toda a papelada que estava tendo, sério, isso não para nunca mesmo? Ainda mais que precisam da minha ajuda nesses dias no estúdio. Ouço uma voz familiar, era meu pai, Chung-hee. Nunca foi revelado isso a ninguém, muito menos aos funcionários, já que se descobrirem isso, vai se espalhar boatos que minha fama veio graças ao meu pai que é o maior publicador de músicas K-Pop do mundo, isso seria bastante chato para mim e para minha carreira.

- Filho, será que pode avisar os guardas deste turno que as meninas selecionadas no último concurso, virão daqui a pouco até aqui? Elas já devem estar perto de chegar aqui na Coreia do Sul.

- Tudo bem, pai. Avisarei a eles sobre isso. 

- Obrigado, filhote. - Meu pai volta ao seu escrtório onde passa a maior parte do tempo, quase não vejo ele direito, a não ser que seja assuntos sobre a publicação de algum clipe meu solo, ou , do meu grupo. Também em caso de membros do meu grupo quererem publicar uma música solo. 

Saio do estúdio e aviso os guardas que estavam naquele turno:

- Olha, estou logo dizendo que algumas meninas chegarão aqui para tratar de alguns assuntos. Fiquem atentos a qualquer sinal disso, qualquer grupo de 4 meninas que virem aqui, verifiquem se não são as que estou dizendo.

- Tudo bem, senhor. Estamos ouvindo. - Vejo que os 2 pareciam mexer no celular, ah, quem contratou eles mesmo? Se fosse eu, já teria demitido faz tempo. Pena que não tenho controle para isso.

- Esperam que tenham ouvido mesmo, caso contrário, farão tudo errado e serão despedidos! - Digo com raiva. Esses 2 são assim desde que chegaram aqui, ou seja, 4 anos. Muito tempo, mas pouca mudança. Saio de perto dos 2 e volto a minha sala.

[ ... ]

Estava caminhando para ver os guardas de novo quando vejo a cena deles com 4 meninas. Não acredito... São exatamente as meninas que ganharam na competição. Eles não ouvem mesmo! Parece que terei que resolver isso, agora.

- Fiquem logo sabendo que elas estão falando a verdade. - Vejo todos eles olharem para mim. Eu falei com raiva, eu estava com bastante raiva mesmo.

- A-Ah, oi senhor. Estávamos aqui com essas meninas, pensávamos que eram intrusas já que é bastante comum isso nas gravadores, ainda mais quando tem famosos nelas. - O Primeiro guarda falava nervoso. 

- Eu AVISEI sobre elas, mas como eu já tinha previsto, não me ouviram. Acho que reportarei isso ao meu pai depois, como sempre vocês são os mesmos irresponsáveis de sempre. - Já imaginava isso, quero ver agora eles continuarem nesse emprego.

- D-Desculpe... Por favor, nos poupe dessa vez. - O Segundo falava nervoso, atrás do primeiro com medo de perder o emprego.

- Já poupei muitas vezes, quer dizer, meu pai poupou. Dessa vez não farei questão de fazer com que meu pai caia outra vez. Só esperem para ficar desempregados. Agora vão embora! - Eu falo irritado. Os mesmos, obedecem minhas ordens. Olho para a cara das 4, elas pareciam surpresas com minha reação. Eu entendo. Até eu ficaria com isso. Dou um longo suspiro. 

- Desculpe por isso. Não devia ter levantado minha voz em frente a grandes damas. - Me curvo levemente até elas. - Imagino que tenham vindo aqui para falar com o Chung- hee, me sigam. - Meu sorriso era evidente, não dou nem tempo para elas me responderem.

Quando chegamos perto de um porta onde ficava o escritório do meu pai, eu deixo elas entrarem sozinhas. Não quero atrapalhar a privacidade deles, além do mais, elas tem que decidir sozinhas e o seu próprio destino a partir daqui. Isso é sempre tão emocionante.

Misaki P.O.V On

Quando entramos na sala, nos encontramos com o Chung- hee. Eu estava bem nervosa e percebi que as meninas pareciam estar do mesmo jeito. É normal, afinal estamos falando com um famoso, quem não ficaria? Apenas outro famoso que conheça ele.

- Ah, estava esperando vocês. Como foi o voo? - Ele falava alegre. Diferente de como parecia no palco. Acho que agora sim entendi o ditado " Nunca julgue um livro pela capa". Chung- hee é um exemplo, espero não estar enganada.

- F-Foi bom, nada demais. Não foi nada desconfortável, acho que foi bem normal. - Digo um pouco nervosa. Meu corpo tremia um pouco, como o esperado, o Chung- heee percebeu isso em mim e nas outras meninas.

- Não precisam ficar assim em relação a mim, trabalharemos bastante tempo juntos. Queria esclarecer algumas coisas, primeiro, eu já contratei um estúdio onde vão passar a maior parte do tempo. Nesse estúdio será onde vocês irão fazer seus ensaios para assim, começarem com sua primeira estreia. Estejam preparadas para começar um longo caminho de esforço, espero estar com contando com vocês. - Ele diz com um sorriso.

- A- Ah, C-Claro. - Digo nervosa. Ele começa a procurar alguma coisa em suas gavetas, quando depois de um pequeno curto de tempo, encontra um papel onde estava escrita algumas coisas, parecia um contrato.

- Registrem seus nomes aqui, além de mais algumas coisas que cada uma terá que completar, caso queiram ler o contrato antes, fiquem à vontade. Estarei esperando ansiosamente. - Começo a ler o contrato. - Ah, sobre o horário, o mesmo será para todas vocês, então pensem com sabedoria. Terá que ser 8 horas no máximo de trabalho.

 

1. O Empregado trabalhará em uma empresa em função de _____________________

2. Ao assinar esse contrato, estarão sobre algumas regras como, não poderá desobedecer as principais regras, qualquer coisa assim, todas as membros sofrerão em função de uma, portanto, tenham consciência de seus atos.

3. O Seu horário será de ______________ até _______________ . Um detalhe, aos domingos, serão dias livres para os assinantes.

4. Se a Empresa resolver quebrar o contrato, a mesma terá que pagar uma taixa por isso, de no máximo 163. 265 yenes. Caso seja um caso grave como a morte de um membro, o preço irá abaixar ou dependendo da situação, terá que ser anulado.

5. E Por final, os nomes dos assinantes deverão estar aqui abaixo:

_____________________________ ___________________________

_____________________________ ___________________________

_____________________________ ___________________________

_____________________________ ___________________________

Todas nós assinamos perfeitamente todo o contrato.

1. O Empregado trabalhará em uma empresa em função de MoonLight 

2. Ao assinar esse contrato, estarão sobre algumas regras como, não poderá desobedecer as principais regras, qualquer coisa assim, todas as membros sofrerão em função de uma, portanto, tenham consciência de seus atos.

3. O Seu horário será de 10:00 até 18: 00. Um detalhe, aos domingo, serão dias livres aos assinantes.

4. Se a Empresa resolver quebrar o contrato, a mesma terá que pagar uma taixa por isso, de no máximo 163. 265 yenes. Caso seja um caso grave como a morte de um membro, o preço irá abaixar ou dependendo da situação, terá que ser anulado.

5. E Por final, os nomes dos assinantes deverão estar aqui abaixo:

Tachibana Misaki

Yumisashi Yumi

Kamiouji Janyeon

Munakata Hiyori

Entregamos o papel ao Chung- hee. Que recebe alegremente, dando logo uma carimbada no contrato.

- Que o nosso contrato comece... 


Notas Finais


Espero que tenham gostado. Desculpe pelo contrato meio mal feito, é a primeira vez que eu faço, então, poupem. Tchauzinho, até o próximo capítulo, Byeeee! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...