1. Spirit Fanfics >
  2. As lendas são reais >
  3. Juntos para sempre

História As lendas são reais - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Juntos para sempre


Fanfic / Fanfiction As lendas são reais - Capítulo 6 - Juntos para sempre

Lídia, Sarah e eu caminhamos pelo corredor andando o mais rápido que podemos para evitar os comentários ácidos das pessoas dessa escola, afinal Lídia perdeu seu namorado por causa da minha irmã, ela já tinha um relacionamento aos olhos dos outros errados agora piorou para ela, Sarah também foi um ícone da nossa geração, se envolveu com meu irmão, capitão do time, bonito e de boa família, engravidou cedo foi descuidada e perdeu o bebê, já eu sou um ícone para eles desde que cheguei aqui, ruiva e pequena com uma aparecia muito semelhante a da minha mãe foi motivo o suficiente para alimentar fofocas.

Resolvemos andar para cima e para baixo juntas para que não fiquemos presas entre pessoas maldosas, então nos sentamos na lanchonete longe de olhares, mas como sempre havia pessoas que se aproximam para nós atentar.

__ Veja só, parece que a família que mora na reserva Sul é um bando de esquisitos __ Uma das garotas do time das líderes de torcida falou, eu me levantei da minha mesa.

__ Threena, querida você sabe que ainda está falando da Capitã das líderes de torcida, portanto sabe que punição ira receber não sabe? __ Eu falei colocando a minha mão em minha cintura olhando seriamente dentro dos seus olhos.

Ela me olhou em um tom debochado, ela parecia querer falar algo.

__ Desculpe capitã não irá acontecer novamente __ Um coro de voz soou ao fundo dela, Threena olhou para suas companheiras chocada.

Eu comecei a rir por ela achar que conseguiria virar a cabeça de todas as meninas contra mim, ela já tentou isso antes, agora iria usar minha relação de Fred como jogo, mas eu ainda dou Sofia Lahote e não me abaixou para ninguém.

__ Eu sou sua capitã, por isso estou comunicando que até o final do ano você está banida das líderes de torcida __ Eu falei tocando seu ombro, ela é um ano mais nova do que eu ou seja quando, tiver concluído meu ensino médio ela ainda terá um ano.

Todas as meninas que andam ao lado dela começou a se afastar, eu toquei seu ombro com cuidado, ela me olhou.

__ Eu lamento, mas essa não foi sua primeira transgressão com as regras, eu venho perdoando você, nossa antiga capitã vem perdoando você, chega __ Falei olhando para dentro de seus olhos, ela abaixou a cabeça saindo correndo em direção a saída da cafeteria.

Eu me sento na mesa vendo cada uma de minhas líderes se sentando ao nosso lado, Lídia e Sarah são líderes também, todos começamos a conversar sobre coisas banais, muitas fizeram a generosidade de falar tudo na minha cara, disseram que acham estranho, que acham errado, mas que não tem nada a ver com minha vida, então não iriam interferir.

__ Olha meninas, sei que é complicado para todas entenderem, sei que muitas aqui quando soube da separação de Fred com Sarah pensaram em ter uma oportunidade, mas Fred e eu estamos juntos por amor, não como uma coisa nojenta e incestuosa, somente nos vemos como somos, parceiros e amantes __ Falei olhando para minhas pequenas com carinho, devo deixar claro que isso não tem a ver como essas coisas incestuosa que muitos fazem, transam para se saciar.

Elas assentaram sobre essa questão suas opiniões, Sarah e Lídia nada falaram sobre isso por um bom tempo, sinto que após nossa conversa eu ganhei treze aliadas, treze pessoas para me apoiar.

__ Sofia podemos conversar um instante? __ A voz de Santiago soou no corredor que estava caminhado em direção ao meu armário, eu me viro para ele.

Ele está com um short verde com uma blusa da mesma cor seu tênis característico, ele tinha um olhar meu distante.

__ Bom, acho que tá okay __ Falei com um tom de voz doce como sempre uso.

Nos caminhamos até a parte externa do colégio nos sentamos em um dos bancos de frente ao enorme arbusto de flores vermelhas, eu deixo meu corpo se sentir confortável porque hoje ele foi um verdadeiro herói, graças aos céus não está chovendo, porque ficar sozinha com ele em uma sala levantaria muitos comentários.

__ Ontem foi um dia fodidamente chato, foi um verdadeiro horror, você tem que ver e sentir para saber, como sabe eu sempre fui muito protetor com minhas irmãs, protetor ao limite, então quando soube que Lúcia estava com Santiago eu surtei, não sabia do imprinting, afinal ainda não era um lobo __ Ele falou com uma voz distante, eu balanço minha cabeça concordando com sua fala, Fred comentou por alto sobre sua transição de humana completo para meio humano e meio lobo.

Eu deixei um sorriso nascer em meu rosto, Isack apesar de tudo nesse mundo tem um amor devoto por cada uma de suas irmãs, ele é o único filho homem dos meus padrinhos, portanto sempre achou que deveria proteger suas irmãs de uma forma ou de outra.

Uma parte minha sabe o que ele sente pelas irmãs, eu sou capaz de dar minha vida para ter a certeza que tanto Charlotte, Lúcia, Lucca e Fred estão bem, sei que a raiva que ele demonstrou ontem foi o estupor da sua transformação, acredite se quiser tudo foi ocasionado pela lua.

Ele pelo que ficamos sabendo se transformou três minutos depois de ter entrado dentro do carro, suas palavras apesar de muito ofensivas são a base da raiva e da vontade incontrolável de se proteger, proteger sua irmã e botar sua fúria para fora.

__ Eu te entendo, amo mais do que tudo a família que meu pai me deu quando claramente eu não teria uma família __ Falei apertando um pouco a barra da minha blusa com minhas mãos, todos sempre me falaram que minha mãe era uma pessoa amarga que certamente não se casaria se tivesse sobrevivido.

Meu costumava a me contar sobre minha mãe nas nossas sessões de vídeos dela, minha mãe Isabella sempre fez questão de me falar que eu tinha uma mãe que me teve e eu saí de sua barriga, mas que ela era e sempre será minha mãe.

__ Você não entende, eu vi minha mãe chorar por perder dois filhos antes da minhas irmãs nascerem, Olivia foi a que mais teve complicações ela é minha boneca, mas Lídia e Lívia nasceram prematura, elas quase morreram ainda me lembro de ir em cerimônias implorar para lua por minhas irmãs __ Ele falou olhando no arbusto onde nos dois mantivemos nossos olhares, ninguém olha para ninguém.

Eu suspiro afinal sei que foi dura a trajetória da minha madrinha para realizar seus sonhos de ser mãe, Isack foi seu tiro de conquista, depois ela pensou que seria fácil ter bebês, mas minha mãe me disse das dificuldades.

__ Sei que não entende, mas ontem nada da minha raiva era para você, você estava no lugar errado e na hora errada, eu estava sobre o efeito do meu lobo e como sabe os lobos são extremamente superprotetores, eu vi em Lúcia uma ameaça para minha irmã então cai matando __ Ele falou balançando sua cabeça como se estivesse afastando suas lembranças.

__ Eu te entendo, somente interferir por que você ameaçou minha irmã, aos meus olhos você representou perigo a minha princesinha __ Falei tocando seu ombro, ele me olhou assistindo cada movimento meu.

__ Quando minha raiva passou após minha transição, tudo pareceu cair sobre mim com sua verdadeira intensidade, eu realmente não estava sobre posse de meu corpo, eu realmente lamento pelo o horror que te fiz passar, lamento não ter mais as marcas do soco de Fred para me lembrar do quão escroto eu fui __ Ele falou passando a mão sobre seus cabelos que estão muito grandes para um lobo, ele deve cortar.

Sinto meu coração ainda doer por suas palavras, mas entendo o que ele quer dizer, realmente sei que eles falam para machucar tudo pela raiva, me lembro que eu fui a causa do estupor da transformação de Fred, ele me falou tantas coisas antes de correr para fora de casa.

__ Eu te desculpo, só me de um tempo para esquecer suas palavras, foram muito pesadas para que eu perdoe __ Falei tocando seu rosto com a ponta dos meus dedos puxo minhas mãos e encosto na minhas bochechas, esse é o sinal de afeto da alcateia.

Ele repetiu meu movimento com carinho, ao longe pude ver sua ex namorada nos olhando, Isack assim como o resto dos lobos terminou sua relação assim que se transformou.

__ Ainda tá difícil olhar para ela? __ Perguntei olhando para Danielly, ele olhou discreto e negou com a cabeça.

__ Hoje eu encontrei minha companheira, a Lua foi muito cruel com relação a isso __ Ele falou tocando meu joelho com cuidado __ Ela me puniu, me fez engolir tudo o que eu disse para vocês com meu imprinting, Lívia.

Eu olhei para ele chocado, ele imprimiu sua irmã biologicamente completa, que ironia justo a pessoa que ele humilhou ontem.

__ Como estão as coisas na sua casa? __ Perguntei com um tom preocupado, isso deve estar virando a casa de Emily de ponta a cabeça.

__ Lívia ainda está chocada, mas está tudo bem entre nós, estamos tentando nos manter somente amigos, mas agora é torturante a ver somente de calcinha em uma das minhas blusas passeando pela casa e desejar... você sabe __ Ele falou balançando a cabeça, eu deixei a minha risada reprimida sair pela minha boca com uma intensidade avassaladora.

Ele me olhou indignado com minha risada, sorte de Isack que Lívia fica mais em Forks do que aqui, como ela trabalha em um restaurante de lá passou a estudar no colégio de lá, ninguém sabe de sua familiaridade com Isack.

__ Ela disse se quer ou não ficar com você? __ Questiono ao notar a movimentação das pessoas aqui fora amamentar, as aulas estão acabadas e todos estão se arrumando para ir embora.

__ Ela disse que me aceita, que me deseja como imprinting, disse que ter um amor que é certeza que a ama vale mais do que tudo, eu pedi um tempo para ela, preciso entender o que isso significa, se era para ser assim ou foi castigo da Lua __ Ele falou com uma voz muito angustiada, sei qual é essa sensação.

Isack e eu sempre fomos muito ligados na infância, sempre brincávamos quando minha mãe me deixava na casa dos meus padrinhos, Isack gostava de comer meus bolinhos de barro e fingir que era meu marido e minhas bonecas nossos filhos, seus sorriso sempre foi muito doce e amigável, até que um dia ele começou a gostar de Sarah e Fred a namorar a mesma, tudo ruiu como o mais perfeito castelo de areia na praia muito perto do mar.

Isack e Fred sempre ficavam brigando por todos os cantos da casa e do colégio, Sarah disse na frente de todo colégio que jamais o amaria e que seu coração pertence ao Fred, isso foi o fim da guerra dos dois, da nossa amizade também, então Isack percebendo que eu sou o único ponto fraco de Fred começou a me humilhar, me chamar de bastarda. Foi uma grande briga, mas todos desistiram disso, então a cada dia ele inventava uma coisa diferente para me ofender. Fred ficava possesso de raiva cada vez que o ouvi falar de mim, era sempre uma troca de socos.

__ Vou te falar por experiência própria, lutar contra o imprinting é loucura, muita loucura, ele te toma inteiro para ele, Lívia agora é a sua vida, sempre será, você acha que a amava agora ama muito mais do que qualquer outra coisa, sua vida se torna pouco em comparação com a vida dela __ Eu falei tocando seu ombro enquanto me ergo, ele me olha com seus olhos brilhantes que me lembra dele quando era pequeno __ Isack se envolva, se deixe levar, não precisa ficar com ela, somente passe um tempo com ela, converse e saiam juntos que os seus laços se fortalecem.

Fred chegou ao lado de Fernando os dois pareciam ter se entendo bem, Isack ficou de pé assim que viu Fred com um olhar quase assassino, ele deixou Fernando falando sozinho e veio em nossa direção furioso.

__ Se afaste dela seu miserável __ Fred berrou se aproximando, me coloco na frente ele para proteger Isack.

__ Ele me pediu desculpas, eu o desculpe está tudo bem, somente estávamos conversando, se acalme Fred __ Falei tocando seu ombro com carinho, ele relaxou de modo automático.

__ Eu já fui castigado pela Lua, de uma forma cruel tenho que falar __ Ele falou baixinho somente nos três fomos capazes de ouvir suas palavras.

Fred me envolveu em seus braços dando um beijo no alto da minha cabeça, ele parece relaxado agora mesmo sobre tantos olhares.

__ Você está maravilhosamente bela hoje __ Ele falou dando um leve beijo em meus lábios.

__ Urg não sou pago para ver isso, bom como eu sou um lobo a mais para correr pela floresta, você finamente pode pegar a sua semana de férias imprinting, depois eu pego __ Ele falou se virando de costas para sair de perto, Fred o olhou estranho.

__ Ele teve imprinting por quem? Quando? __ Ele me perguntou um pouco chocado com as coisas que acabou de ouvir.

__ A Lua deu Lívia como se imprinting, ironicamente __ Contei um pouco do que ele me falou.

Fomos para casa no carro de Fred, ganhamos cada um de nós um carro quando fizemos 16 anos, apesar de meu avô Charlie não concordar ele não tinha opção, era um carro ou uma moto.

O silêncio é reconfortante para nos dois, Fred parece animado com sua semana de férias sem rondas, meu trabalho finalmente diminui e pude tomar férias, afinal trabalhei mais do que deveria nessas últimas semanas.

__ Vamos acampar? __ Perguntei com um tom animado, desde que ele falou sobre a possibilidade de acampar com nosso pai fiquei animada com isso.

__ Você quer acampar? __ Ele perguntou com um tom de voz muito calmo, parecia ponderar a minha pergunta.

__ Sim, eu quero acampar, mas apesar disso ser legal quero passar mais tempo com você, em um lugar onde podemos nos amar sem ter que ficar de vigia, tendo que trabalhar e prestar atenção em quem pode nos ver __ Comentei com ele baixinho perto ao seu ouvido.

Nenhum de nós dois é virgem mais, apesar dele ter uma forma mais digna de perder a virgindade do que a minha, foi tudo por causa de mera atração, Fred foi por amor a Sarah.

__ Você sabe que dentro de três dias vamos nos mudar não sabe? __ Ele perguntou com um tom distraído quando estacionou o carro de frente a nossa casa.

__ Nos mudar? __ Questiono chocada com sua revelação bombástica para mim.

__ Sim nosso pai reformou a antiga casa da vovó para ser como uma sede para nos lobos e imprinting, afinal todos ainda moramos com nossos pais mais queremos privacidade, com a ajuda dos outros ex lobos mudamos tudo __ Ele falou em um tom bem baixinho, eu me viro chocada para ele, seu sorriso me mostra o quão empolgado ele está.

Já tínhamos pensado em nos mudar de casa juntos, quando fossemos fazer a faculdade em um país ou estado diferente, prentediamos nos mudar para um lugar ensolarado, aconchegante e tropical.

Mas antes nossos planos eram como irmãos, sem envolver beijos e lugares para nos amar, agora é diferente, nossos pais sabem que quando saímos de casa não será somente como amigos e companheiros e sim como amantes.

__ Você não acha precipitado, tipo nos estamos juntos a três dias? __ Falei me inclinando no aconchegante banco do seu carro, Fred desativou seu cinto de segurança me olhando.

__ Não acho que seja precipitado, nossos pais ficaram noivos com dias de namoro, ficaram na mesma casa com dois dias de convivência, se casaram com um mês, podemos estar precipitado para nos não para o imprinting __ Ele falou antes de desativar meu cinto também, com um puxão eu estava com meus joelhos cada um de um lado diferente de seu corpo, meus lábios não esperaram muito para atingir os seus.

Minhas mãos partiram para seu couro cabeludo, apertos seus cabelos em minhas mãos puxando seus fios em minha direção, Fred pega uma parte do meu corpo muito sensível que são minhas costelas, minha costela ficou muito sensível com a marca de nossa ligação.

__ Sexo no carro parece empolgante não é mesmo? __ Perguntei com uma voz sensual, Fred me olhou mordendo seus lábios antes de puxar meu rosto para seus olhos penetrarem nos meus.

__ Você adora me desafiar não é mesmo? __ Ele falou me beijando logo em seguida.

__ Minha intensão é te levar ao limite sabia? __ Falei flertando usando o duplo sentindo para esquentar ainda mais as coisas, Fred apertou suas mãos em volta do meu corpo me inclinando para frente.

Fred então colocou a mão no porta luvas pegando uma caixinha pequena dentro do porta luvas, eu olhei para o formato da caixinha sabendo exatamente do que se trata.

__ Sofia Yumi Lahote, desde que me entendo por gente eu te amo mais do que tudo, te amo além da vida, a generosidade da Lua foi tão grande em nos unir que chego apesar que desde início tinha que ser assim, você é tudo que eu sempre quis ser, inteligente, responsável, generosa e muito amorosa, eu fiquei muito honrado se me dar a chance de te fazer feliz para o resto de nossas vidas, Sofia Lahote você aceita se casar comigo? __ Fred perguntou com um tom de voz tão carinhoso e repletl daquilo que meu coração tem para dar, amor.

__ Frederick Swan Lahote, meu meio irmão, sempre nos disseram que éramos como gêmeos, nunca tiveram tanta razão, somos gêmeos, somos almas gêmeas, eu amo seu jeito protetor, amo como me defende e me faz sentir que sei para onde voltar e como seguir em frente, falar eu te amo nunca será o suficiente, por isso durante toda a nossa vida irei me empenhar em te mostra o quanto eu amo você, por isso, aceito ser sua esposa quando terminamos nossos estudos __ Falei dando beijos em seus lábios intercalando entre beijos, mordidas e minhas falas, ele sorriu me beijando de verdade.

Trocamos as alianças ali mesmo dentro de nosso carro, em uma bolha de amor, nunca quis algo bonito, somente algo verdadeiro e Fred me deu isso.

__ Eu te amo Sofia Lahote __ Ele falou após soltar meus lábios.

__ Eu amo você Frederick Lahote, como nunca amei ou irei amar alguém, eternamente sua __ Confesso bem perto ao seu ouvido enviando ondas de calor pelo seu corpo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...