1. Spirit Fanfics >
  2. As lendas são reais >
  3. Tecendo fios de esperança

História As lendas são reais - Capítulo 8


Escrita por:


Capítulo 8 - Tecendo fios de esperança


Fanfic / Fanfiction As lendas são reais - Capítulo 8 - Tecendo fios de esperança

Eu acordei me sentindo muito calma e plena quase como um desperta depois de um dia cansativo, renovei minhas forças de uma maneira intensa, acordar ao lado do homem da sua vida com um clima agradável de se sentir, nem chuvoso e nem calorento, com os passarinhos cantando ao seu redor parecia um sonho dos mais belos.

Meu corpo está um pouco dolorido por causa dos acontecimentos de ontem, tudo tão exaustivo e cansativo ontem que não poderia ter sido melhor meu sono de beleza, me movo para sair dos braços pesados de Fred que dorme de maneira pesada ao meu lado, se eu estava cansada certamente ele estava mais do que eu, afinal tudo que eu vivi até agora o dobro ele viveu.

Pego uma camiseta dele e coloco para poder sair da barraca vendo o lindo Sol nascer ap horizonte, o clima agradável ajudou meus músculos a relaxar deliciosamente, eu olho para o pequeno fogão de duas bocas que sempre trazemos para o acampamento, peguei alguns dos alimentos e comecei a fazer um café da manhã.

Quando estava terminado meu café sinto uma mão envolvendo meu corpo ela passou em volta da minha cintura e beijou a curva entre minha nuca e meus ombros, eu sorri para meu noivo que estava aqui comigo.

__ Bom dia minha ruivinha __ Ele sussurrou bem aconchegado em meu corpo e perto ao meu ouvido.

Sinto meu corpo derreter como mantega sobre seu toque, chega a ser patético a servidão que temos um ao outro, mas com toda certeza não abro mão dessa servidão por nada nesse mundo.

__ Eu amo você, Fred __ Falei tocando seu braço em volta da minha cintura, ele suspirou de modo apaixonado.

__ Eu vivo somente porque você existe, você é mais do que meu amor, você é minha gravidade na terra __ Ele falou me virando para poder tocar meus lábios com os seus.

Nós nos beijamos intensamente, suas mãos passeiam pelo meu corpo, eu puxo seu cabelo enquanto dou um leve impulso para cima envolvendo seu corpo com minhas pernas, ele me escorou em uma das mesas dobráveis que trouxemos para inclinar ainda mais seu corpo ao meu alcance.

Quando ele soltou meus lábios deixou um sorriso amigável se instalar em seu maravilhoso rosto, não sei qual devoção esquisita eu tenho pela sua beleza, minha mãe Bella sempre falou que amava observar meu pai somente para admirar sua beleza, nunca nos acabaremos bela o suficiente para eles, mas eles sempre afirmaram o quanto somos as mulheres de sua vida.

Eu toco seu ombro com cuidado mordendo meus lábios para mostrar o quão ansiosa eu estou para beijar ele novamente.

Seus braços me envolveram com carinho puxando minha camiseta para cima sorrindo de uma maneira totalmente maliciosa, minhas mãos foram para suas costas passando a unha de maneira provocativa para despertar arrepios em seu corpo.

__ Aqui, tudo parece tão distante da realidade que temos __ Sussurro em seu ouvido demonstrando até onde meus pensamentos estão vagando, ele soltou minha blusa com delicadeza sorrindo.

__ Aquele jardim que você montou com a nossa mãe é um lugar para fugir, você ficar sozinha é tranquila, aqui será o nosso paraíso, onde iremos fugir sempre que desejarmos ficar somente nos dois __ Suas palavras enviado calma por todo meu corpo, está com ele se tornou uma coisa maravilhosa.

Eu toquei seu queixo puxando seu corpo para o meu, nosso lábios se encostam causando leves arrepios pelo meu corpo, ele me beija transmitindo tudo que de mais belo ele sente por mim, sou capaz de saber por cada detalhe de seu corpo o quando ele em ama, suas reações aos meus toques e tudo que ele pode usar sem parecer errado.

__ Você parece chateada com alguma coisa? __ Ele falou mais em um tom de pergunta do que uma observação, eu encosto minha cabeça em seu ombro com carinho.

Um suspiro escapa por entre meus lábios, as coisas por mais dolorosa que sejam, eu não consigo não pesar em tudo que foi dito durante aquele momento, os rostos das pessoas que eu mais confiava na minha vida daquela forma.

__ Lúcia está em minha cabeça, não consigo tirar suas palavras de minha mente, elas parecem loops sem fim, isso me abalou mais do que posso ou consigo demostrar __ Confesso me arrumando em uma posição mais confortável para se estar sobre uma mesa.

__ Você está insegura por conta da suspeita que ela levantou em sua cabeça em minha relação, se eu escondo ou não escondo coisas de você? __ Ele afirmou apesar de ser uma pergunta, eu olhei para minhas mãos constrangidas __ Você quer saber o que mais eu escondo, não é mesmo?

Eu ergo meus olhos e seguro sua mão firme para passar a segurança que eu sinto nesse momento.

__ A Lúcia tem razão, minha vida inteira eu fui poupada das coisas, mentiras não são algo que eu entendo Fred, apesar de sempre tentar nunca entendo a necessidade de metros para as pessoas em principal as mais importantes da nossa vida, então descubro que existe muita mentira que foi escondia debaixo do tapete, vocês pode não ver, mas eu sou mais forte do que você pensa, aquele momento de fraqueza não revela que eu sou, ou até onde posso chegar __ Eu calmamente tento transmitir uma segurança inteiro que eu tenho, eu desejo saber a verdade, nem que ela doa como aquela.

Ele fechou os olhos suspirando, parecia em uma guerra interior, entre ele e a possível verdade que me deixará frágil novamente.

__ Nossa mãe nos contou várias histórias um dia, era para nosso conhecimento, para entendermos o porque Rafaela era um nome não muito comentado pela matilha como de outros falecidos, um dia eu irei contar, mas agora você tem que aprender a desconstruir essa imagem perfeita da sua mãe na qual você se apegou tanto, eu te amo mais do que tudo nesse mundo e conheço a verdade, sei que isso agora somente te machucaria muito. __ Suas palavras demostrando uma verdade que pode novamente abalar minhas estruturas, minhas mãos suam como se estivessem sendo molhadas por água normalmente.

__ Como se desconstrói o que foi feito durante anos, eu vejo minha mãe como aquela mulher alegre, divertida, muito amigável e carinhosa que eu assistia nos vídeos que me foi mostrado desde nova, como espera que de repente eu esteja preparada para ouvir que sim eu estou imaginado uma mãe perfeita, eu não conheço minha história você sabe o que é isso? __ Eu perguntei para ele olhando dentro de seus olhos com aquele tão amado tom azul que herdou de sua mãe.

__ Eu prometo que irei te contando aos poucos, você não precisa se preocupar com uma coisa que mais cedo ou mais tarde você ficará sabendo, mas o que é importante que Rafaela sempre te amou muito, nosso pai disse que você ao longo dos 9 meses de gestação foi a luz da vida de sua mãe.

Foi quando dentre as árvores um barulho começou a ser ouvido por Fred e eu, Fred mais do que automaticamente se virou preparado para atacar quem quer que fosse.

Mas então dentre as árvores surgem Isack e Lívia, eles estavam animados para acampar também, quando falamos que iriamos acampar eles decidiram vir também quando outro membro da matilha se transformasse para ele poder tirar sua semana de férias.

__ Isack o que faz aqui? __ Fred perguntou de uma maneira muito espantada, eu me concerto sobre a mesa olhando para minhas coisas ainda no fogo.

__ Trevor o filho da tia Julia e do Jared se transformou, ou seja, férias para mim, quando contei isso a minha imprinting, Lívia insistiu que queria acampar o que ela me pede rindo que eu não faça chorando __ Eu o ouço falar de maneira alegre enquanto ganha minis soquinhos de sua companheira.

__ Até parece que você também não queria sair daquela casa onde nossos pais nos olham esquisito __ Ela comentou com um tom ligeiramente triste, eu olhei para suas coisas enquanto eles começam a arrumar.

Fred não tem um sorriso amigável no rosto, parecia que suas férias perfeitas tinham sido arruinadas. Eu toquei seu corpo retirando seu café da manhã do fogo.

__ Fred meu amor, a chegada deles não atrapalha em nada nossos momentos juntos, Lívia e Isack estão passando pela mesma coisa que nos dois, sabemos muito bem o que eles sentem com seus pais, sentimos isso também, além do mais podemos nos vingar um pouco fazendo com que eles ouçam mais do que o necessário __ Falei brincando com cada palavra, Fred encara isso como uma tristeza, eu não penso em como deve ser chato para eles.

Fred logo se animou em poder ficar brincando de luta com seu outro soldado, eu somente fiquei observando os dois e lendo um dos livros sobre rituais da sacerdotisa, Lívia estava conversado no telefone com Lídia garantindo que sua gêmea estivesse bem.

Fred logicamente encontrou sua alegria com Isack, eles parecem ter voltado a serem amigos, ambos não se alfineta mais então encaro isso como um bom presságio, ouço meu telefone tocar dentro da barraca e caminho para pegar.

Dentro da minha bolsa junto com as minhas coisas meu telefone brilha com o nome de Flora na tela, eu fecho os olhos tentada a não atender.

Eu aperto o botão para atender a chamada saindo para fora da barraca, olho para meu companheiro que ainda está se divertindo com Isack e vou a caminho da floresta já falando.

__ Bom dia Flora __ Falei caminhado para dentro da floresta, ela parecia assustada.

__ O que é imprinting? __ Ela me perguntou com um tom que revela sua aflição, eu encaro meu celular sem perceber nada.

__ Como assim? Quem te falou essa palavra? __ Pergunto um pouco aflita, ela mal chegou e já estão importunado ela com essa história de Fred e minha. Isso não é do interesse de ninguém a não ser Frederick e eu.

__ Mamãe disse que eu sofri isso pelo Trevor por isso não consigo pensar dele com aquela piranha, mas eu não consigo sabe o que é, mamãe não me conta, meu pai nem falou até agora de choque eu bom eu não vou atrás dele que é comprometido para saber __ Ela falou de modo acelerado, eu nego com a cabeça pelo excesso de informação muito rápido.

Eu de maneira calma tenho explicar o que se consiste o termo imprinting, ela parece uma boa ouvinte.

__ Imprinting é uma espécie de amor à primeira vista, acontece quando uma pessoa encontra sua "alma gêmea". Raro acontecer, mas quando ocorre é mais forte que tudo. A pessoa que sofre isso não consegue sair de perto da pessoa com quem teve imprinting __ Eu tento explicar de maneira clara e objetiva porque pelo que me lembro de Flora ela sempre foi muito assim, clara e objetiva.

__ Quer dizer alma gêmea daquelas romaticamente? __ Ela falou em um tom meio engasgado, eu suspiro por saber como ela está se sentindo agora.

__ Sim, vocês dois estão destinados a ficarem juntos para sempre, isso significa o termo alga gêmea __ Sussurro de maneira clara para ela me escondendo entre as árvores quando notei que Fred se deu conta de meu sumiço.

__ Ele vai se casa dentro de três meses, como eu posso ser a alma gêmea dele sendo que ele vai se casar, porra eu aceito que ele é um lobo enorme e muito bonito, que ele tenha uma vida estável aqui e não em um lugar melhor, mas que ele seja noivo eu não posso com isso __ Flora falou com um tom choroso, eu respiro fundo com carinho.

__ Provalvemte a essa altura ele não é tão noivo assim, bom se acalma tá legal? Passe o telefone para Betty __ Falei de maneira materna, isso sempre funciona.

Eu fiquei esperando ela passar o telefone para sua mãe, Betty apesar de tudo sempre foi uma mãe muito bondosa para sua filha e ela foi criada a pão de ló.

__ Sofia, o que eu faço ela está muito nervosa? __ Ela falou assim que ela pegou o celular da mão da filha, eu suspiro ouvindo os gritos de Fred por mim.

__ Somente acalme ela, eu irei telefonar para Trevor agora, não quero que ela fique mal por isso tudo vai se resolver __ Falei com um tom autoritário vendo Fred como uma batata tonta, me caçando e logo os outro também.

__ Tudo bem eu vou conversar com ela, por favor assim que terminar de falar com Trevor me avisa, eu quero saber o que ele falou? __ Betty comentou com uma voz de uma mãe desesperada por não consegue ajudar a sua filha.

__ Não se preocupe com isso agora por favor, não temos que nos preocupar com nada disso agora __ Falei para ela antes de desligar o celular, arrumo minha roupa saindo por entre as árvores.

Não pensei ter ido tão longe, mas pelo tanto que caminhei fui um pouco distante, quando pisei no galho de árvore a minha frente duas pessoas se viraram para mim, justamente as que tem as vozes mais bondosas.

Fred correu até meu corpo em uma velocidade sobrenatural, quando ele me alcançou me puxou para seu corpo em um abraço apertado, seu coração batia a mil por hora, as vezes parecia que iria sair pela boca.

__ Se acalme eu estou bem, estou resolvendo umas coisas da matilha __ Falei tocando seu rosto com carinho, Fred encostou seu rosto em meu pescoço cheirando o mesmo profundamente.

__ Você ainda está cheirando a sexo, deveria tomar banho para não deixar Isack te zuar sobre isso __ Ele comentou de maneira divertida, eu somente balanço minha cabeça de maneira para demonstrar minha irritação.

No meio do caminho me lembrei porque tinha saído, Fred me desconectar das minhas obrigações, já sei porque meus pais não gostam de conversar sobre o trabalho eles perdem o foco com rapidez.

Eu disco o número de Trevor na tela colocando para chamar, até cair na caixa de mensagem, eu tento novamente foi preciso três tentativas para finalmente atender.

__ Que merda Sofia eu estou no meio de uma discussão, será que dá para parar de me ligar __ Ele falou de maneira brusca, eu fecho meus olhos controlando minha raiva.

__Você abaixe o tom de voz para falar comigo, não sou qualquer pessoas e você vai parar a merda que está fazendo e falar comigo entendeu mocinho? __ Eu usei o tom que minha mãe costuma a fazer para se referir ao meu irmão quando ele está sendo pouco colaborativo com ela.

__ Sofia eu realmente estou no meio de uma DR aqui com Victoria então por favor podemos nos falar mais tarde? __ Ele implorou com um tom agressivo, eu olhei para a tela do meu celular com o mesmo olhar cortante que faria para ele.

__ Eu não sou a sua segunda opção, você vai sentar a merda da sua bunda na cadeira e ira me ouvir está bem Trevor Henrique? __ Eu falei com minha voz autoritária que se assemelha a de Fred quando ele está em modo liderança.

Pude ouvir três xingamentos, dois dele e um de sua noiva, eu me sento na grama sobre o olhar de todos.

__ Obrigado por foder minha vida!

Sua voz foi bastante irônica, eu somente me sentei mais confortável antes de falar.

__ Você já sabe o que aconteceu, você já tem dimensão que seu casamento com ela seria errado, primeiro porque não a ama, segundo porque isso faria mal para Flora e para você, terceiro porque isso te levaria a morte e por último e não menos importante porque seria inválido todo o sacrifício de seus pais por você se simplesmente todas os desejos da Lua fossem desrespeitados __ Eu falo para ele de modo grave, eu não quero que ele saia do controle, da linha nesse sentido.

__ Você não pode despejar isso em cima de mim faltando três meses para meu casamento, isso não é justo, eu não posso escolher meu destino somente porque você não deseja, porque herdei a maldição da minha família __ Ele falou com um tom rosnados para mim, eu fecho meus olhos sabendo que esse momento é complicado para nós dois.

__ Você não pode se casar ou levar isso adiante, Trevor isso machucada muito Victoria por perceber todos os dias de sua vida que você não a ama como deveria e a Flora que você irá condenar a uma vida sem amor, sem filhos e sem família __ Eu falei de modo irritado, ele respondeu a isso desligando na minha cara.

Eu seguro o chão em baixo do meus pés com força, a raiva contamina minha cabeça e meu coração, ele não pode passar por cima de todas as regras.

Imprinting é sagrado, ele tem que respeitar isso.

Eu vou a lista de telefone e ligo para Julia a mãe de Trevor, precisou de cinco toques para ela atender.

__ Sofia o que aconteceu? __ Ela comentou em um tom apressado, com certeza está em algum lugar com a pequena Gaby.

Eu olhei para meu companheiro indicando para ele sentar no chão, o mesmo fez o que eu pedi sem muitas reclamações escoro logo em seguida minha cabeça em seus joelhos e coxas, ele começa a acariciar meus cabelos.

__ É o seguinte, Trevor se transformou como você já sabe, bom ele acabou de sofrer o imprinting e não foi pela sua noiva então já sabe a complicação, você tem que falar com ele, explicar que ele deve me ouvir e ligar para mim, se for preciso traga ele para colina do Norte onde estamos, Não o deixe achar que pode passar por cima de tudo assim __ Falo com minha voz firme sobre os olhares do outro casal que está comigo, eu estou tão chateada por ter que lhe dar com as coisas assim.

Nunca fui muito boa com as coisas, sempre fui muito exigente e tudo que tenho direito, porém ordenar e mandar nunca foi meu forte, então de uma hora para outra começo a ter que mandar, organizar as coisas e impedir que a Lua tenha que tomar atitudes.

__ Resolverei isso, nossa senhora isso me lembra muito como sua mãe reagiu, bom não tanto, mas eu não vou enrolar estou indo agora para casa __ Ela falou antes de ouvir o som do carro ligado, eu fecho os olhos antes de me despedir.

__ Tchau Julia e não se esqueça de convencer ele, isso pode dar um muito mal, tanto para ele quanto para sua imprinting, se meu pai deixou minha mãe grávida, Trevor é mais do que capaz de deixar sua noiva, peça para ele não insistir nessa palhaçada ou eu mesma resolverei isso ao meu modo.

Falei antes de desligar, minha mãe sempre dizia isso quando éramos crianças, não sei qual modo irei resolver, mas que eu vou, com certeza eu vou.

Fred me olhou assim com os demais esperando uma explicação, foi então que eu comecei a contar a história para ambos, os lobos da alcateia aqui presentes balançam a cabeça contrariados.

__ O pobre não dura uma semana! __ Isack comentou envolvendo Lívia em seus braços beijando seu pescoço.

__ Eu não digo uma semana, afinal eu durei uma semana, mas essa brincadeira não passa de duas nem que a vaca cante músicas da Beyoncé __ Fred falou rindo um pouco da situação, eu olhei para meu noivo com um sorriso nos lábios.

Eu roubo um beijo rápido em seus lábios, quando ouço meu celular tocando, eu pego olhando a tela e vejo um número brilhando na tela, Jared está me ligando.

Eu suspiro sabendo possivelmente do que se trata, eu vou acabar enlouquecendo.

__ Jared? __ Falei ao atender o telefone com Fred muito perto para ouvir, o que é um costume dele afinal ele consegue ouvir a longas distâncias.

__ Trevor está mais do que irritado com você, ele disse que está indo aí tomar satisfações com você, tenha paciência ele ainda está em choque __ Ele falou com um tom de voz que reflete exatamente o que está sentindo.

__ Só aviso um coisa se ele me faltar com o respeito, Fred da um soco na cara dele por mim __ Brinquei com ele em uma voz beirando a diversão intensa, mas com uma verdade encoberta.

Ele desligou depois de se despedir, eu olhei para Lívia que entendeu o recado e começou a falar com Flora no telefone, ela disse que viria aqui para causar um impacto em Trevor, assim que a movimentação das folhas começaram eu olhei para cima vendo a mensagem da Lua, ele chegou.

Não demorou muito para vermos um lobo médio não tão grande como Fred chegando, seus pelos tinham um tom castanho vermelhado muito semelhante ao pau Brasil. Logo depois um carro parou ao lado do lobo, uma menina de cabelos loiros chegou descendo pela escadinha de sua camionete, eu sorriu para ela acenando com a minha mão, ela pulou no chão com sua sapatilha vermelha que é um tom que ela ama de paixão, seu casaco é vermelho também, vermelho boldo que é uma coisa que a madrinha dela de Riverdale usa como emprendorismo, seu vestido por dentro era Preto e Branco, mas preto com simples detalhes branco.

Trevor já como humano seguiu até meu corpo tentando ignorar a sua imprinting, Fred se colocou a minha frente com intuito de me proteger, eu olhei por cima de seu ombro acenando para ele.

__ Vocês vieram para o acampamento imprinting, peguem uma barraca e uma tenda e sejam bem vindos __ Eu falei abraçando meu companheiro com carinho.

Ele me olhou com olhos severos, sua pose reflete sua raiva.

__ Você está interferindo demais, essa não é merda da sua vida, é a minha e eu você querendo ou não posso decidir com quem eu quero ficar __ Ele falou driblando meu namorado, eu pus a mão de seu peitoral olhando para ele serenamente.

Sua postura reflete sua raiva e a de Flora uma expressão de medo.

__ Trevor você não ama mais Victoria, você sabe disso, mas prefere dar murro na ponta de faca e machucar sua imprinting __ Comento apontando para Flora, ele relutante olhou na direção, seu corpo quase instateamente começou a relaxar.

Ouço os lobos sussurrar imprinting em um tom debochado, eu somente peguei a mão de Flora e coloque sobre a de Trevor.

__ Você tem que acabar com esse namoro o mais rápido o possível para não acabar finalizando faltando horas para seu casamento porque parece ser isso que você quer.

Ele deu um grito abafado tentando puxar os cabelos de sua cabeça, eu toco seu ombro tentando passar calma e tranquilidade.

Flora deu um passo para frente tocando seu ombro com carinho, eu me afasto para ela continuar mantendo o contanto com seu companheiro, sei como somente um toque é capaz de espantar demônios pessoais.

Ela manteve o contanto tocando delicadamente seus cachos vencendo pouco a pouco sua resistência pessoal, eu somente observo ela fixar o olhar dela em seu companheiro.

__ Eu sei que seu sonho de mulher nunca foi parecido comigo, eu não sou quem você escolheu para dividir a sua vida e sim sua noiva, Victoria é especial e maravilhosa, eu conversei com minha mãe sobre esse lance de lobo e sei que você foi obrigado pelo seu lobo a me ter como companheira e que não foi sua escolha.

Apesar de suas palavras serem de alta compreensão sei que seus sentimentos estão cada vez mais tortos, ela está quase chorando com suas palavras.

__ Eu estou abrindo mão de nosso laço, estou te dando a chance de sua escolha ser feliz com ela como o planejado, eu irei morar em Riverdale e tentar a minha vida por lá, primeiro sempre ligar para dizer que estou bem e manter contato, seja feliz Trevor, por você e por mim __ Ela falou beijando o rosto dele antes de se virar de costas para ele caminhando em direção ao carro, eu me viro abraçando meu noivo com força chorando.

Isso é muito triste, abrir mão de um amor em prol da felicidade dele porque sabemos que ele jamais será feliz conosco, Fred me apertou nos seus braços com carinho.

__ Eu sempre te amei, você era linda e divertida, mas completamente apaixonada pelo Frederick, eu tornei minha vida uma busca pela pessoa perfeita para substituir você e consegui, Victoria é linda, divertida, alegre e apaixonada por mim e pela vida, eu a amo muito, mais do que tudo nesse mundo, então meu lobo te escolhe e eu sou obrigado a abrir mão novamente da perfeição __ Trevor começou a falar com uma voz aflita, eu olho para o mesmo eu sei que sua declaração é verdadeira, nossas vidas sempre foi uma bagunça.

Flora olhou para ele cobrindo os lábios chorando, Flora é quase dois anos mais velha que Trevor, eu somente acenou para minha amiga indicando para mesma ir em frente.

__ Eu estou falando isso porque cansei de impedir minha felicidade por sua causa, primeiro porque você não me queria agora porque eu não quero abandonar uma mulher maravilhosa por você, Victoria é minha escolha perfeita, mas eu te amo que somente em pensar em você longe doi meu coração __ Trevor falou confuso, então acenei para as pessoas ao nosso redor.

Eles me olharam com interrogação nos olhos, Lívia tinha o lábio inferior preso em seus dentes com força.

__ Vamos deixar eles conversarem sozinhos, nos quatro acima de todos da matilha sabemos o que eles estão sentindo agora, tivemos a chance de conversarmos sozinhos vamos dar a mesma cortesia a eles.

Minha voz era como a de um comandante o que de início me irritou, eu nunca em hipótese alguma fui dessa forma, mandona e respeitada.

__ Mas eu quero ver quanto tempo ele aguenta a pressão? __ Isack comentou se divertindo com os acontecimentos, eu lhe dei um olhar cortante __ Okay chata, vamos contar quantas folhas tem naquela árvore enquanto você se diverte.

Eu soltei um palavrão com sua indagação eu conheço bem demais ele para saber que está se referindo ao cheiro que está em meu corpo, eu somente deixo ele falando sozinho enquanto dou as costas para mesmo andando em direção a cascata.

__ É pecado gostar do fato de Flora está com seu companheiro eterno agora? Porque tipo eu não estou feliz porque ela está feliz e sim porque irá parar de correr atrás de você __ Eu comentei andando de mãos dadas com Fred para a cascata enorme de água que está a nossa frente.

__ Você realmente quer discutir sobre isso agora? __ Sua pergunta me deixou intrigada por cinco segundos antes de sentir sua mão invadir a parte de baixo de sua camiseta a pegando com delicadeza e erguendo a mesma.

Deixei um sorriso nascer em meu rosto enquanto ergo meus braços para que o tecido possa sair do meu corpo, Fred me olhou mordendo seus lábios com força me olhando com desejo.

Eu coloco meus dedos no cós de sua calça moletom baixando ela com delicadeza quase como uma provocação explícita, Fred tirou de seus pés antes de me puxar para seu corpo me beiandjo com devoção, suas mãos passearam em minhas curvas com malícia e desejo.

Pouco a pouco Fred vai me levando em direção às águas super geladas da Cachoeira que com ele parecia tão quente, seu calor contagia me corpo como uma fogueira no dia congelante.

Nossos beijos e toques são mais do que quentes, ali naquela água de congelar nossos corpos esquentamos um ao outro de forma completa, não existe uma perfeição maior do que sentir cada toque quente de sua pele. Sentir seu corpo dentro da minha pele era como subir ao paraíso, cada vez que ele entrava e saia com mais força, mais gemidos altos eu soltava, pouco me importa que aqui tem mais dois lobos com super audição, pessoas que claramente poderia nos espiar.

Mas que graça existe em ver outras pessoas obtendo seu prazer enquanto você somente assiste? Isso é ilógico ao meu ver, então se eles estão vendo que tenha um belo espetáculo, quem sou para negar a essas pobres almas um tutorial de como enlouquecer seu companheiro.

Quando em um gemido mais alto acabei por alavancar meu prazer mais do que sonhado, deixei meu corpo mole pelo prazer recém saído dele se escorar em meu noivo, Fred segurou firme minha cintura para me manter segura enquanto as correntes de água batem meu corpo.

__ Não é muito confortável isso, pensei que era mais mágico __ Falei beijando o queixo dele sorrindo, ele puxou meu corpo ainda mais para cima e fez com que me rosto pudesse ficar acima do seu.

__ Tudo com você é mais do que mágico, inclusive uma desconfortável transa na água da Cachoeira __ Ele falou antes de me beijar da forma mais doce que ele foi capaz.

Depois desse momento somente nosso, tomei um banho confortável nas águas, nadando nua pelas águas o que de certa forma foi uma bela realização, Fred sempre me abraçando para me jogar cada vez mais fundo com o peso de corpo, nosso beijos são como uma prova real de quão mágico esses momentos simples se tornam.

Olho para minhas mãos depois de alguns minutos vendo ela enrugada, meus queixos batem de frio pela distância do corpo de Fred que agora está em cima da pedra pronto para pular do alto da cascata, eu saio da água indo até a minha roupa colocando a mesma quando vejo meu namorado saltar de cima da pedra caindo como uma bala atravessando pelas águas e mergulhando em grande estilo.

Fred emergiu segundos depois, eu abro meus braços tremendo, vejo seu corpo cortar a água com uma velocidade de se impressionar, Fred colocou sua calça rapidamente para me puxar para seu corpo alguns segundos depois, seus braços quentes me abrigam tentando afastar um pouco do frio, eu deixo um beijo no seu pescoço.

Nosso beijo foi quente acusando ondas de calor em meu corpo, ele me levou de volta ao acampamento onde Lívia, Isack, Flora e Trevor estavam sentados em volta de uma fogueira rindo enquanto cada casal se abraçavam esquentando a humana ao seu lado.

Fomos nós trocar, minhas mãos tremem enquanto ele me ajuda a colocar minhas roupas, uma após a outra, quando minhas luvas são colocadas eu me sinto um pouco mais abraçada pelo calor, mal podíamos imaginar que ficamos a maior parte da tarde floresta a dentro, nadando, fazendo amor, andando entre as árvores.

Quando chegamos perto de todos com nosso pacote de batatas e um refrigerante quente todos me olharam.

__ Vocês contaram muita folhas não é mesmo? __ Brincou Isack antes de levar a mão para pegar um pouco das minhas batatas.

Eu balanço a cabeça debochando de sua fala, me escoro em meu companheiro buscando calor e não precisar me sustentar sozinha.

__ Eu aproveitei minha tarde, você deveria aproveitar a sua também, depois nossas vidas iram virar um caos __ Eu falei levando umas batatinhas aos lábios de Fred que mordeu antes de deixar um selinho em meus lábios.

Flora abaixou a cabeça suspirando o perfume de Trevor que está em seu colo, o mesmo alisa suas coxas indicando que ficará tudo bem, Lívia somente fecha seus olhos olhando para cima sem ver nada apenas tentando afastar s tensão de seu corpo, Isack somente solta uma risadinha sem graça.

Voltar para o olho do tufão não parecia ser algo que agrade muitas pessoas, fiquei olhando as folhas das árvores balançaram de maneira calma, a Lua nascendo no horizonte, uma calma envolver nossos corpos, ficamos conversando e rindo uns dos outros com nossas histórias de criança.

__ Isack você lembra daquele dia em que nos casamos de verdade com a bênção de minhas bonecas, nosso convidado de honra seu cachorro Sccot? __ Eu falei cutucando um pouco as lembranças dele, um sorriso de nostalgia surgiu e seus lábios.

__ Olha só, nem me lembrava de jurar te amar até que a morte nos separasse, agora senhorita Sofia estou recordado de minha promessa peço para que me libere disso e me de o divórcio? __ Ele falou com um tom muito formal para indicar sua brincadeira, eu escoro minha cabeça em seu ombro sorrindo.

__ Senti muito sua falta __ Falei para ele enquanto minas mãos brincam com a palma da sua mão.

__ Eu também princesa!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...