História As Long As you Love Me - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Dylan O'Brien, Justin Bieber
Personagens Dylan O'Brien, Justin Bieber
Tags Romance
Visualizações 171
Palavras 944
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Date? Oh no


Fanfic / Fanfiction As Long As you Love Me - Capítulo 5 - Date? Oh no

Anteriormente...

 

— Tudo bem, foi um aciden...— perdi a fala assim que levantei a cabeça para ver quem era.

 

Agora. 

 

— Acho que vc está me seguindo — Ele falou rindo.

 

— Mais fácil você estar me seguindo — eu ri. 

 

— Pode ser isso também — ele riu e me deu os livros— Desculpe esbarrar em você, minnie mouse— ele deu um sorriso de canto que era lindo, mas me fez revirar os olhos.

 

— O que você faz aqui?— perguntei olhando para o lado e só então percebi que a Clara não estava mais ali ao meu lado.

 

— Vim fazer parte da palestra, faço medicina, lembra?

 

     Ele me olhou sorrindo enquanto andávamos pelo corredor, já era a terceira vez que encontrava com ele casualmente.

 

— Ah, verdade — sorri de lado.

 

— Para onde você estava indo?— ele perguntou enquanto me olhava com aqueles belos olhos.

 

— Estava indo ver a palestra— Sorri— Eu não sabia que viria, mas vai ser legal te ver falando— eu sorri fazendo-o rir.

 

— Se eu não me atrapalhar e começar a gaguejar— ele riu. 

 

— Você vai se sair bem— sorri e chegamos na porta de onde seria a palestra.

 

— Sai comigo?- ele disse do nada, me pegando de surpresa.

 

— Como assim?- eu ri sem querer entender aquilo, ele pode ter se enganado.

 

— Sair sabe?! Um encontro, tenho certeza que já foi em um.

 

— Talvez...— eu ri — Okay, eu saio com você - eu não pude conter um sorriso.

 

     Ele deu um sorriso lindo e fez uma cara de surpresa, como se não esperasse que eu saísse com ele.

 

— Ótimo— ele sorriu — Eu te pego hoje, as 19:30 — ele beijou minha bochecha — Até mais tarde minie — ele disse e saiu.

 

— Mas Justin você...nem sabe onde é a minha casa— falei mais para mim mesma, ele já tinha entrado na sala. Não estava mais me ouvindo.

 

      Suspirei, feito uma garota boba e entrei na sala. Andei e sentei em uma cadeira que dava para ter uma boa visão. Me surpreendi com o convite de Justin, nunca pensei que um dia ele viria me convidar para sair, talvez eu não deva ter muitas expectativas, ele está querendo só amizade, sim, com certeza é isso. 

 

— E aí, como foi?- levo um susto quando Clara senta ao meu lado, afinal, onde ela estava?

 

— Como foi o que?— a olhei erguendo as sobrancelhas.

 

— Com o Justin.

 

— Como conhece ele?- a olhei um tempo sem entender, como ela conheceria ele?

 

— Ele e o Dylan são grandes amigos— ela riu— Conheci ele um tempo depois que comecei a namorar com o Dylan.

 

     Clara e Dylan namoram acho que a mais ou menos um ano e meio, eles são um casal fofo e muito felizes, ele tem sorte de ter ela e ela também tem sorte de ter ele, o Dylan é uma ótima pessoa, um ótimo namorado e faz ela bastante feliz, isso já é mais do que suficiente.

 

— Ah, que mundo pequeno— eu ri— Ele me chamou pra sair— olhei para frente mordendo o lábio.

 

— O que?— ela quase gritou e todos nos olharam, ela pós a mão na boca.

 

— Cala a boca. Nos conhecemos na igreja, e depois nos vimos em um jantar, também da igreja, e agora aqui e ele me chamou pra sair— soltei um suspiro que nem eu sabia que estava segurando.

 

— Ahh...ele é lindo, vocês ficariam bem juntos.

 

— Cala a boca— ri— Somos só amigos.

 

— Hum, tenho certeza que ele não te chamou pra sair pra você ser só amiga dele— ela deu um sorrisinho de canto que me fez rir.

 

— Cala a boca- neguei com a cabeça e olhei para frente— Cadê a Vitória que não está por aqui?

 

— Está ali, na primeira cadeira— Clara apontou para ela— Você sabe que ela não perderia essa né?— ela riu.

 

— É, eu sei— ri concordando.

 

    Olhei para a frente, a palestra estava começando...

 

      Já fazia um tempo que estava tendo a palestra, o pessoal que estudava direito já tinha falado, alguns estudantes de medicina falaram e agora, Justin estava falando.

 

— Muitas pessoas que decidem fazer medicina, só gostam, outros tem uma motivação. Posso dizer que eu tive uma ótima motivação - Ele fez uma pausa e nossos olhares se cruzaram, eu sorri— Não um curso fácil, é difícil, as coisas mexem com a sua cabeça. Mas só posso dizer que é um dos melhores cursos, vale muito a pena, salvar a vida das pessoas, é tudo— ele sorriu largo e todos aplaudiram.

 

    Olhei para o lado, Clara tinha um sorriso enorme e lagrimas descendo pelo seu rosto, foi engraçado vê- la daquele jeito, aquilo era tudo o que ela queria.

 

{...}

 

— Você não vai usar isso, é muito brega— Vitória revirou os olhos quando eu mostrei um vestido verde que era meio cumprido. 

 

— Não é brega, é bonitinho— foi a vez de Clara opinar. 

 

— Ah pelo amor de Deus.

 

    Vitória se levantou e entrou no meu closet, jogou minhas roupas no chão e...

 

— ISSO— ela gritou— É esse— ela apareceu segurando um cropped que eu tinha ganhado e uma saia justa.

 

— É claro que eu não vou usar isso— a olhei com olhos arregalados.

 

— Ah qual é, você vai ficar linda e ela vai amar— ela disse sorrindo maliciosamente. 

 

— Eu não vou me vestir igual uma piriguete— falei rindo e ela me acompanhou.

 

— Não vai mesmo, você vai com

Isso — Clara apareceu na minha frente me mostrando um vestido rosa com algumas flores, era perfeito. Bastante delicado.

 

— Amei— sorri largo. Vi Vitória bufar e revirar os olhos, o que nos fez rir. 

 

— Agora vai tomar um banho, porque a senhora, tem um encontro em uma hora e meia- Vitória sorriu batendo palminhas.

 

— Okay— revirei os olhos me caminhando até o banheiro.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...