História As long as you love me (Em edição) - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Backstreet Boys
Personagens AJ MacLean, Brian Littrell, Howie D, Kevin Richardson, Nick Carter
Tags Amor, Boys, Girls, Love, Romance, Sexo
Visualizações 36
Palavras 940
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa tarde meus queridos! Desculpem a ausência, mas sinceramente o inverno me deixa preguiçosa para escrever...
Boa leitura ♡

Capítulo 32 - Jealous


O mês se passou correndo, apesar de ser o mês das férias os rapazes trabalhavam a todo vapor para fazer os últimos arranjos do novo álbum. Nesse novo trabalho as meninas ficariam inativas, assim poderiam iniciar outros projetos. 

May já inativa desde o nascimento de Madeleine tinha planos de abrir sua própria loja, além de dançarina era designer e já pensava nisso bem antes de assinar contrato com eles.  

Nick havia passado o dia no estúdio e May pesquisava possíveis lugares aonde poderia ser aberta, depois de muito procurar encontrou o lugar perfeito, decidiu ver de perto e já pensar na decoração. Foi até o local e fechou negócio, enfim, quando se quer fazer algo levante-se e faça, não espere o amanhã! Essa era uma das frases favoritas dela. 

O dia foi bastante corrido mas ela conseguiu resolver tudo, queria fazer surpresa para Nick que por sinal a esperava em casa. Falaram ao telefone e May voltou para casa em seguida. Dirigiu cantarolando algumas músicas e chegou em casa após uns vinte minutos. 


- Onde você estava May? Sai sem avisar, eu fico preocupado! -Nick disse sério

- Estava fazendo negócios meu amor...-disse May envolvendo seus braços no pescoço dele

- E porque não me disse nada? Não gosto quando não me avisa, desde aquele dia...

- Meu querido eu já tenho a minha própria loja. Vou poder criar meus modelos e vender, vou poder fazer parcerias e trabalhar com o que gosto...

- Eu fico feliz por você meu amor, mas não me esconda nada mais... - Nick a abraçou ternamente sorrindo em seguida. - Você é uma grande mulher, estou orgulhoso de você! 

- Sou uma grande mulher com um grande homem ao meu lado, me apoiando sempre, em tudo. Eu te amo, eu te amo muito.

- Eu te amo mais, meu tudo! -Nick abraçou-a beijando intensamente


Sairam para jantar e comemorar a conquista, Nick levou May a um restaurante novo na cidade, gostaria de experimentar a comida e conhecer o lugar. Jantaram, conversaram e encontraram alguns amigos, uma noite boa. Antes que eles saíssem o dono do restaurante se apresentou em agradecimento, conversava com um crítico quando viu May de longe e sentiu seu coração bater mais forte, era May Lynn, fora sua namorada no colegial, ele nunca havia esquecido dela, desde que ela terminou o relacionamento, iria mudar para outra cidade e tinha outros planos de vida. 

 

Os olhos de Ethan brilhavam, era ela... pediu licença ao crítico e foi até May que esperava Nick retornar.


- Boa noite! Agradeço a sua presença em meu restaurante... -Ethan falava sorridente

- Boa noite, foi um prazer... - May sorriu de volta

- Desculpe a indiscrição, você se chama May Lynn não é? 

- Sim, desculpe, nos conhecemos? 

- Não está lembrada de mim? - disse Ethan retirando os óculos - Sou eu, Ethan

- Nossa... você está diferente! Quanto tempo Ethan, como vai você? 

- Muito bem, depois que terminei os estudos abri meu restaurante, esse já é o terceiro. Mas e você como vai? 


 - May, desculpe por ter demorado é que... -Nick interrompeu ao ver que May conversava com o rapaz

- Sem problemas meu amor, deixe eu te apresentar, esse é Ethan, era meu vizinho e...

- E fomos namorados... -disse ele completando

- Sim... e ele é Nicholas, conhecido como Nick, meu marido... -disse May sem graça após ser interrompida

- Prazer em conhecê-lo! -disse Nick com a cara fechada

- O prazer é todo meu! Fico feliz em recebê-los no meu restaurante. Espero que tenham gostado e que possam retornar mais vezes...

- Gostamos sim. Muito boa a comida, a bebida... só o ambiente que é um pouco fechado, energia pesada! - disse Nick irônico

- Bom Ethan, nós estamos de saída. Estava só esperando ele retornar. Obrigado pela companhia. - May falava sem jeito 

- Eu é que agradeço...


Os dois deixaram o local sem nem uma palavra, Nick emburrado até que chegaram no carro, entrou e segurou o volante encarando o visor, respirou fundo e fechou os olhos por alguns segundos...


- Nick, não precisava ter sido tão grosso...

- Ah eu fui grosso!? Você estava lá, com um sorriso largo conversando confortavelmente com seu ex namorado que nem se importou com minha demora! 

- É sério isso? Você me trouxe aqui, eu não tinha a mínima idéia que ele seria o dono! Eu não pedi que ele viesse até a mim ele veio só, e eu não estava confortável porque não era um alguém que eu queria encontrar! 

- Eu não deveria ter te trazido aqui! Seria melhor ter ido a outro lugar, eu não gostei desse cara, muito audacioso pro meu gosto...

- Nick por Deus! Vamos embora, ou então deixa eu dirigir...

- May você o viu antes? 

- Mas é claro que não! Eu não tinha idéia de onde ele morava nem quero saber...

- Sentiu algo ao vê-lo? 

- Tá brincando né? Inseguro? Você sabe que eu te amo, sabe que nada nem ninguém mudaria o que sinto nem me deixaria mexida. Por favor, para com isso meu amor.

- Está bem, vamos... 


Nick dirigia intrigado. Mateve-se em silêncio por todo o trajeto enquanto May cochilava. Estava exausta. Ele também, mas o ciúmes falava mais alto. Estava receoso, sabia que aquele cara iria aprontar. Sentiu no seu jeito e da maneira como olhava para May. Sentia o ciúme o consumir e não queria isso. Não devia, ela o amava, era um ótimo marido e pai. Lindo e famoso, sim o egocentrismo insistia em marcar presença.  

Ele cogitava até em se mudar. Lembrou que May estava prestes a abrir sua loja e tornaria mais acessível. Pensava e pensava muito sobre isso, tanto que quase não dormiu a noite toda...



Notas Finais


Agradeço por acompanharem a fic! ♡♥♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...