História As long as you love me (Em edição) - Capítulo 33


Escrita por:

Postado
Categorias Backstreet Boys
Personagens AJ MacLean, Brian Littrell, Howie D, Kevin Richardson, Nick Carter
Tags Amor, Boys, Girls, Love, Romance, Sexo
Visualizações 42
Palavras 1.412
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Novo capítulo, espero que gostem...

Capítulo 33 - Love me harder...


Algumas semanas haviam se passado desde que assinamos o contrato com a banda e desde então começamos com ensaios intensivos, apreendendo novas coreografias, fazendo novas escolhas e até mesmo nos preparando para a turnê que estava se aproximando.

A convivência com Nick me deixava com o coração na mão e por mais que eu tentasse disfarçar estava se tornando impossível. Ele não imaginava que por ele eu terminava namoros e nunca consegui amar alguém de verdade, me via imaginando uma vida com aquele homem que sempre foi a minha vida mesmo sem ele mesmo saber. Eu sempre tive tudo, dinheiro, tudo e todos ao meu alcance e praticamente todos os rapazes me desejavam mas era ele, apenas ele, sempre foi ele, aquele na qual meu coração esperava para entregar todo o amor que guardava por tanto tempo.

Já havíamos nos encontrado em festas vips mas nunca tivemos contato, ele sempre acompanhado e eu sempre receosa de parecer invasiva.

Seu olhar me perturbava, sua voz me calava, seu sorriso me desconcentrava... Eu sentia que de alguma forma ele sentia o efeito que causava em mim, e adorava seduzir, mas de alguma maneira ele também sentia alguma coisa.

Conviver com Nick era como um vício que eu precisava alimentar cada vez mais, os olhares e as investidas estavam cada vez mais frequentes mas nenhum de nós tínhamos coragem de dizer um para o outro o que de fato estávamos sentindo.

Beijo como aquele eu nunca havia provado, a cada dia que passava aquele sentimento só me consumia, apesar dos avisos para não sonhar demais, não acreditar que ele de fato me levasse a sério como ele estava acostumado a fazer com todas aquelas que ele conquistara da mesma maneira.

E dois meses se passaram desde que fomos escolhidas como dançarinas, desde então ensaiamos com muita dedicação para a nossa primeira turnê com os garotos, estávamos ansiosas!

- Mond acabamos de ser convidadas para a festa de aniversário do Howie, vai ser na casa de praia dele... - Kim dizia enquanto caminhava até a poltrona em frente a mim e sentava me olhando.

- Temos que pensar em looks babadeiros! Quero me esbaldar nessa festa, faz tempo que não curtimos...

- Nossa rotina tem sido bem corrida mas tudo tá valendo a pena. Mas me diz, o que Nick queria quando te chamou no canto lá no ensaio hein? Todo mundo está comentando que vocês estão se pegando.

- Sushi, ele me convidou para sair no sábado. Chegou meio sem jeito e me convidou, confesso que fiquei surpresa ao vê-lo sem jeito, ele é sempre tão direto... - eu falava enquanto bebia um gole de café

- E esses olhos brilhando toda vez que fala dele?

- Ai amiga tá tão evidente assim? Você sabe o quanto eu amo esse homem, você melhor do que ninguém sabe disso. Estou sonhando com sábado, não sei o que vestir, nem como agir, o que falar... Me sinto uma adolescente no primeiro encontro!

- Eu sei mana, mas segura um pouco o coração. Se controla até você ver onde isso vai chegar. Eu não quero te ver sofrer. Por favor...

- Eu estou tentando mas toda vez que ele se aproxima e me olha nos olhos eu nem sei quem sou.

Na noite seguinte... ( aniversário do Howie)

Finalizamos o cabelo e a maquiagem. Como se tratava de uma festa na praia escolhemos roupa branca com pequenos detalhes em dourado. Eu optei por um vestido mini com alças finas, não tão justo nem decote considerável. Kim preferiu um longo com abertura lateral, maquiagem leve e acessórios discretos. E lá fomos nós pegar a estrada até o local indicado, cantamos feito loucas no carro como de costume e demos boas risadas, esses pequenos momentos eram únicos em nossas vidas, a nossa amizade era um presente divino.

Depois de enfrentar o trânsito por meia hora chegamos na casa de Howie, entregamos o seu presente ao cumprimentá-lo.

Todo mundo já estava lá, pegamos um drink e seguimos cumprimentando a todos que estavam no caminho, agradecia o elogio de Aj que roubava Kim de mim no momento em que o avistei ali entre os outros, ele estava estupidamente lindo com uma camisa um pouco longa e bermuda, mantinha uma mão no bolso e outra segurava o drink, estava conversando com uma garota que parecia bem empenhada em tomar a sua atenção...

Senti meu coração apertar e meus sangue ferver, me contive e não segui em frente para cumprimentá-lo. Lana me chamou num grupo de amigos e ficamos ali por um bom tempo até que senti um toque em minha cintura me fazendo virar de repente...

- Boa noite! Não vai falar comigo essa noite? - ele me perguntava com um sorriso tímido

- Boa noite... Eu não quis atrapalhar a sua conversa com aquela garota.

- Ciúmes a essa hora garota? Brincadeirinha! Ela é uma amiga da Angel e vez ou outra nos encontramos por aí.

- Hum... Legal.

- Vamos dançar pra tirar essa marra, vem! - disse ele me puxando para a pista

Dançamos por alguns minutos até que alguém o chamou para algumas fotos. Voltei a conversar com Lana e Kim que estavam no canto. A festa rolava, a música estava ótima a comida e a bebida nem se fala! Mas eu quis dar uma volta na praia sozinha, sentir um pouco a brisa em meu rosto, sentir a paz daquele lugar.

Caminhei até uma parte mais distante com passos lentos e curtos, rodopiava sentindo aquele momento e me sentindo completamente em paz.

Sentei ali mesmo na areia e fiquei observando o balanço das ondas, a harmonia entre as águas e o vento, fechando os meus olhos tentando ajeitar os meus sentimentos dentro de mim, mas cada vez que eu os fechava era ele que eu via, no fundo eu tinha medo, tinha medo de ser mesmo só mais uma na vida dele e depois ser descartada. De repente senti quando alguém sentara ao meu lado e imaginei que fosse Kim, abri os meus olhos e ele estava ali, ao meu lado.

- Nossa que susto Nick!

- Desculpe, aconteceu alguma coisa?

- Não, não. Só quis vir aqui para caminhar um pouco, sentir a paz. Adoro caminhar na praia. Como você me encontrou aqui?

- Senti que deveria vir aqui, eu quis o mesmo que você e te encontrei aqui, destino...

- Ah é? Então o que eu quis só vir aqui?

- Você quis encontrar respostas assim como eu, e acho que encontramos.

- Quais são?

- Essas... - Ele sussurrou enquanto me surpreendia com um beijo delicioso, preenchendo minha boca com sua língua e explorando cada parte de minha boca. Segurava meu rosto e mordia de leve os meus lábios enquanto abria devagar os seus olhos sem dizer uma só palavra.

Eu não esboçava nenhuma reação, esse beijo sempre foi tudo que eu sempre quis, queria encontrar as palavras para dizer mas não as encontrava.

- Nick eu...

- Eu não consigo parar de pensar em você May

- Eu também não... - eu disse beijando-o em seguida abraçando seu corpo com tanta força como se eu precisasse daquele beijo e daquele calor para viver.

Nick me deitou na areia ficando por cima de mim enquanto beijava minha boca e pescoço, eu já arrancava sua camisa sentindo arrepios pelo contato de nossas peles e nesse momento eu já nem me importava se eu era apenas mais uma, iria valer a pena.

Sua boca passeava em meus seios e meu vestido já estava na cintura quando o coloquei por baixo e retirei toda a roupa sentando sobre o seu corpo...

Beijei seu peitoral com todo o desejo que pulsava em mim, estava mais do que úmida enquanto percorria seu corpo com minha boca, toquei seu membro e com movimentos devagar arrancava gemidos daquele homem maravilhoso que a esse ponto já não se preocupava caso alguém aparecesse ali, aquele medo só dava mais tesão. Ele se contorcia ao receber um bom oral, segurava os meus cabelos e empurrava seu membro em minha boca, parei ao sentir que ele gozaria em breve quando ele me deitou e me chupou com maestria, movimentos precisos e velocidade perfeita me fez gozar três vezes antes de me fazer sentar em seu colo de frente para ele, me senti preenchida com aquele homem enorme! Aumentamos a velocidade das estocadas até que gozamos juntos, ficamos ali deitados nos beijando até que decidimos nos recompor e voltar para a festa... 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...