História As Memórias do Meu Pai - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Naruto Uzumaki, Sai, Sarada Uchiha, Shikamaru Nara
Tags Boruto, Drama, Naruhina, Naruto, Revelaçoes, Sasusaku
Visualizações 171
Palavras 1.004
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Romance e Novela, Saga

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Yoo Minna-san,Turo baum? espero que sim kkk ta ai mais um cap! tentei fazer meu melhor porque to muito atolada, se estiver meio estranho ou com erros de português é porque eu não revisei, só escrevi e postei, bom.. é só isso, sem mais delongas !
Boa leitura <3

Capítulo 7 - Entre Tapas e beijos.....


Fanfic / Fanfiction As Memórias do Meu Pai - Capítulo 7 - Entre Tapas e beijos.....

 

Shikamaru ON
  Sai da casa da Hinata e fui andando sem rumo por Konoha, pensando sobre oque tinha acontecido e esse tal de Jogan que eu nunca tinha ouvido falar, estava tentando juntar as peças até que escuto uma voz.... TEMARI, perguntei desesperadamente a um senhor que vinha em minha direção com sua neta as horas que quase tive um infarte quando ele me disse que eram 18:39, estou completamente atrasado para o jantar! a Temari vai me matar, sai correndo e me escondi na primeira loja aberta que eu vi, fiquei lá cerca de 5 minutos até ver ela passar praticamente explodindo de raiva, resmungando coisas desnexas e literalmente arrastando shikadai pelo braço que estava uma cara de quem pensava que saco, ri internamente, ele me lembra eu mesmo quando mais novo, quando pensei que tinha despistado eles sai do estabelecimento, dando de cara com Temari me olhando nos olhos, parecia que ela tava vendo minha alma, as vezes ela me medo, mas de repente a expressão dela mudou para decepção e medo, pera ela estava... ela estava chorando? porque ela estava chorando? meu deus oque eu fiz, olhei para os lados desesperado e vi Shikadai segurando a barra do vestido da Temari com o Rosto corado e olhando para o chão, eu.... 

Autora ON 

 A única coisa que Shikamaru podia sentir era uma ardência em sua bochecha direita, o mesmo botou a mão nela numa tentativa de amenizar a dor

 

Temari: Seu desgraçado - falou chorando - e-eu não a-acredito nisso - disso soluçando e escondendo Shikadai atrás de si - 

Shikamaru: Isso oque? - falou não entendendo nada, deixando a mulher a sua frente vermelha de raiva -

 

Temari: NÃO SE FAÇA DE DESENTENDIDO - gritou chamando a atenção das pessoas que passavam ao redor dali - 

Shikamaru: C-calma Temari - falou nervoso - vamos conversar, desculpa pelo atraso e... - foi interrompido por outro tapa, dessa vez na bochecha esquerda, após isso Temari puxou Shikadai pelo braço e saiu dali deixando Shikamaru sozinho e confuso, mulheres pensou massageando a bochecha e negando com a cabeça, saio da entrada do estabelecimento e olhou para o seu alguns segundo, suspirou e resolveu voltar lá e ver se vendia alguma comida, mas se surpreendeu ao ver o nome do lugar.....

 

Shikamaru ON

 

Kami-sam! por isso a Temari.... por isso ela.. preciso falar com ela, sai correndo em direção a minha casa, pequei a chave do meu bolso e destranquei a porta, dando de cara com ela chorando no sofá junto com um pote de sorvete 

 

Shikamaru: Tema.. - a chamei - foi um mal entendido - vou ter que dar uma desculpa, não posso simplesmente falar que estava fugindo dela, pensa Shikamaru, pensa -

 

Temari: SAI DAQUI S-SEU seu..... CANALHA - gritou apontando para a porta - 

 

Shikamaru: Mas amor.... eu estava apenas me escondendo de um grupo de crianças que quase me atropelaram - merda, não tinha desculpa melhor não pensou nervoso - 

 

Temari: Sério? - perguntou e assenti que sim com a cabeça - eu.. e-eu te amo - veio chorando até mim e me abraçou, não acredito que ela caiu nessa, melhor pra mim - 

 

Shikamaru: Tudo bem amor, passou - falei fazendo cafune na sua cabeça para acalma-lá, tomara que isso aconteça logo, quero dormir, depois que ela se acalmou ela me perguntou porque eu tinha demorado e contei oque tinha acontecido ela imediatamente chamou uma babá para o Shikadai que estava dormindo e mandou irmos para o Hospital com a desculpa de " não posso deixar a minha amiga passar por isso sozinha "  como sempre eu obedeci ela, porque se não obedecer, melhor nem lembrar, esperamos a babá chegar e Temari dar as instruções a ela, saímos de casa e percebi que ela não queria me dar as mãos, acho que ela ta chateada pelo assunto do Motel, resolvi deixar quieto, porque do jeito que  essa ai é barraqueira.. vish, minha cabeça doí só de lembra, quando chegamos ao Hospital a enfermeira que foi no meu quarto mais cedo foi quem nós atendeu, é hoje não é meu dia de sorte, chegou me dando bronca e reclamando e ainda por cima Temari concordava com Tudo, ah Mulheres, elas são tudo e nada ao mesmo tempo, depois do banho de sermões a enfermeira finalmente me respondeu, de acordo com ela Boruto passa bem, mas Naruto.... nem tanto, perguntei se podia falar com Sakura já que ela é a Médica Chefe ela disse que ia pedir a permissão, depois de alguns minutos que mais pareceram horas ela voltou dizendo que Sakura estava no escritório dela juntamente a Tsunade, é, para Tsunade estar junto o caso é bem sério, porém, informou ela, que somente eu poderia ir para a sala em que elas estavam, olhei para Temari que suspirou irritada e assentiu como se me desse permissão para ir, a enfermeira foi bem gentil e perguntou se eu sabia onde era sala e obviamente que eu não sabia, então ela se ofereceu para me guiar até lá, deixando Temari morta de ciúmes, essa mulher... me deixa mais louco cada dia que passa, no caminho até o escritório de Sakura percebi que o Hospital é bem maior do que aparenta, assim que chegamos a um corredor isolado com uma porta no final dele, ela fez uma reverência e saio dizendo que aquela era porta do escritório, agradeci a ela e me direcionei a aquele corredor, bati na porta mas não ouve resposta, bati de novo e foi a mesma coisa, resolvi entrar dando de cara com Sakura e Tsunade com Boruto numa Maca, elas me olharam com aquela cara de vaza daqui, mas ao ver que era eu Sakura veio já me puxando para dentro e me interrogando, não deu nem tempo de dizer oi, após eu responder todo perguntei a situação e o porque de Boruto está ali, Sakura falou algo para Tsunade que assentiu com a cabeça, logo após veio em minha direção, sentou suspirou e começou a falar...


Notas Finais


Iai minna-san, gostaram?
Até o próximo cap!!
Bay,Bay minna-san


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...