1. Spirit Fanfics >
  2. As Minhas Pétalas >
  3. Prólogo

História As Minhas Pétalas - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Adivinham quem chegou? ninguém muito importante, só eu mesmo.

Cadê as minhas palmas? *clap clap clap*
Muito obrigado!

Eu fiz a reescrita da fanfic, mudei o conceito e tudo mais, aqui abordaremos assuntos muito importantes, como a depressão, o descobrimento de sua sexualidade, e a ansiedade e suas crises.

Eu recomendo que se você tem sensibilidade em relação aos sentimentos de depressão, suicídio e crises de ansiedade, pule a última parte do capítulo.

Mas se você é uma pessoa forte e quer ler, siga em frente e espero realmente que goste!
Passei quase seis meses planejando a reescrita da fanfic, então eu realmente espero que curtam pois eu fiz com todo o amor e carinho <3

Nos vemos nas notas finais! Boa leitura, yags

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction As Minhas Pétalas - Capítulo 1 - Prólogo

Ah, o colegial. Todos dizem que é a melhor época da adolescência, onde você frequenta várias festas, tem vários amigos, é o líder de algum clube esportivo do colégio, é idolatrado pelas garotas e provavelmente já perdeu a sua virgindade. 

E é aí que você questiona, aconteceu o mesmo contigo, certo?

Errado.

Eu sou daqueles alunos que sentam na primeira carteira quase colado á mesa do professor, que usa aqueles óculos fundo de garrafa e que não faz mais nada além de estudar e ver animes. E de novo, você questiona, pelo menos você tem UM amigo, igual todas as fanfics clichês que vemos por aí, certo? 

Errado.

Eu já tentei algumas vezes me enturmar, arrumar algum amigo, nem que seja falar sobre como as fórmulas da matemática são lindas, perfeitas e precisas, mas todos fogem de mim, talvez seja porquê todos odeiam a matemática ou porquê odeiam a mim mesmo.

E sobre o tão sonhado colegial, eu queria que tivesse sido como citei a cima, mas não nasci para ser desse tipo popular, seria estranho se eu fosse. 

E sobre garotas, elas não me querem pois eu não sou atraente na visão delas, e nem na de ninguém, minha aparência é desagradável para qualquer um, e bom, eu gostaria mais que fossem garotos

Tenho uma série de defeitos que posso colocar em garotas, elas são sensíveis demais, são drámaticas, são as piores pessoas quando não gostam de alguém, falam mal das pessoas pelas costas, que muitas das vezes, são suas amigas , além de que, não as acho bonitas e muito menos atraentes, são muito cheias de curvas e peitos, e acho horrível o que elas têm embaixo das pernas, só de me imaginar beijando uma garota, sinto vontade de vomitar.

E meninos? Na minha humilde opinião, meninos são perfeitos, cada detalhe, o corpo que parece que foi montado perfeitamente pelas as mãos de Deus, a personalidade de cada um, são carinhosos na medida certa, sabem muito bem como conquistar alguém, e são extremamente atraentes, como não se apaixonar por garotos?

É, talvez eu seja bem gay.

Ok, com certeza, eu sou gay. 

Mas como tudo, temos exceções. Eu simplesmente odeio os héteros do colégio, eles se acham os pegadores, usam as garotas como prêmios, suas notas são péssimas apenas para tentar mostrar que são os valentões, e não faz sentido algum (?), porque os únicos prejudicados da situação são eles e apenas eles. Além de que, humilham os menos populares ou invisíveis, como preferirem chamar, eu acho isso tão errado, odeio garotos idiotas assim, pessoas que eu simplesmente quero passar bem longe.

Por exemplo, Park Jimin.

Não é que eu o odeio, mas eu só não vou com a cara de metidinho a besta dele, se acha só porque seus pais são ricos e dão o que o merdinha sempre quer. Além de exibir as garotas que transam com ele como prêmios, ele e seu grupinho tosco têm um caderno com os nomes de todas as garotas do colegial, e quem conseguir transar com a mais "difícil" ganha algum prêmio. 

E eu acho isso completamente ridículo.

Felizmente o merda nunca fez nada contra mim, e se fizer algum dia, ele vai ver o que é o inferno de perto.

Talvez eu o odeie, mas sem certeza.

Mas voltando ao assunto, eu. Quem se importa com Park Jimin? Todo mundo, eu sei. Mas deixem eu me iludir achando que alguém se importa comigo e não com o popularzinho de merda. 

Enfim, eu acho que deveriam saber algumas coisas sobre mim, antes de acompanhar isso aqui que nem eu sei o que é, eu sou um garoto ansioso e depressivo. 

Ou aquele que vive na merda. Como preferirem me chamar.

É bem difícil as crises, mas eu consigo controlar com alguns remédios anti depressivos, só é difícil passar pelas tremedeiras e choros constantes.

O foda mesmo é me olhar no espelho e me achar completamente feio e vazio, fora que todos os "amigos" que eu já tive ao longo da minha vida sempre se afastaram, davam desculpas que estavam passando por momentos difíceis e por isso que foram embora, mas na verdade, eles só encontraram pessoas melhores e se foram.

E em relação a vida amorosa, nunca me amaram de verdade, os garotos com que eu tive relações, ou ficaram com pena de mim e por isso fingiram sentir algo ou apenas estavam carentes e me usaram de escape. Fora aqueles que eram héteros e só namoraram comigo para experimentar a fruta e, ao ver que não era daquilo que eles gostavam, saíram fora.

E as amizades? Bom, sempre me usaram, isso não é novidade para ninguém. Mas algumas amizades específicas fizeram eu ser quem sou hoje: um idiota depressivo, frio e chato.

Sabe quando você confia na pessoa, fala todos os seus segredos, expõe os seus sentimentos, se dá de corpo e alma, dá o seu coração para ela e no final, ela o corta em trilhões de pedacinhos sem dó e sem nem piedade? É isso que sempre rola comigo.

Já estou até acostumado, virou rotina e agora eu não confio em mais ninguém e muitos menos dou liberdade para as pessoas tentarem se aproximar de mim, sempre as corto e por enquanto, é o que está me ajudando a não me decepcionar mais com as pessoas.

E eu gostaria de agradecer a Kim Jennie e Lee Taemin, vocês fizeram muito mal ao meu psicológico e hoje em dia, eu me sinto insuficiente, inútil, horrível e completamente substituível, graças a vocês! De verdade, vocês se merecem, espero que nos encontremos no inferno, estarei aguardando por vocês.

Sinceramente, pode parecer que sou forte, mas eu só queria desaparecer, porque eu não aguento mais essa dor, ela não está mais cabendo dentro do meu peito e tenho certeza que se eu morresse, não faria falta nenhuma, então está tudo bem se eu cometer um suícidio, não é?

Qual morte seria menos dolorosa? Um tiro no peito? Overdose? Cortes fundos no pulso? Enforcamento? Ou até mesmo, afogamento?

Vontades não faltam, mas é que eu sou medroso e odeio sentir dores. Além de que, amanhã é o meu primeiro dia de aula, e não vejo por esperar as aulas de matemática, os melhores horários do dia.

Não será hoje que o capeta receberá Jeon Jungkook no inferno.

Uma pena, sei que vocês estavam quase festejando que não iriam mais ter que ler essa merda ou me aturar. Mas pois bem, minha hora infelizmente ainda não chegou.

Talvez na minha próxima crise, quem sabe.


Notas Finais


E chegamos nas notas finais!

O que acharam? Gostaram? Eu espero que sim! Por favor, se gostou favorite e comente, eu amo receber comentários, meu coração fica quentinho de amor e é o maior prazer responde-los.

=)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...